Clique aqui e faça sua inscrição para o Desafio. Clique aqui para mais informações sobre o pedal. Clique aqui para ver a lista de inscritos.
NOVAS NOTÍCIAS:
Carregando...

2a. Etapa Regional dos Campos Gerais de Mountain Bike

Pessoal, mais outro desafio pela frente.

Essa desafio promete, pois é em Ponta Grossa que moram alguns dos Bikers mais fortes de pal do Paraná, e eles estarão presente no evento.

Se Deus quiser, nós Mazobikers estaremos lá!

Brasileiro fatura vice-campeonato mundial de bicicross

- -_O piloto varginhense Igor Martins Ferreira conquistou o título de vice-campeão mundial de bicicross no dia 23, em Adelaide, na Austrália. O atleta é o segundo melhor piloto do mundo na categoria Boys 16 anos.
- -_O Campeonato Mundial de Bicicross é organizado pela União Ciclística Internacional (UCI) e este ano reuniu cerca de dois mil pilotos, representando 32 países dos cinco continentes. As provas começaram no dia 23 e foram até o dia 26 de julho.
- -_Igor retornou a Varginha na terça-feira, dia 28 e foi recebido com uma grande festa organizada pelo Diretor de BMX da Secretaria Municipal de Esportes, Márcio Cunha. Para começar a comemoração, o atleta desfilou no caminhão do Corpo de Bombeiros, passando pelo centro de Varginha e chegando à pista de bicicross, onde foi recebido pelos familiares, amigos e imprensa.
- -_Márcio Cunha fez questão de mobilizar todas as modalidades do ciclismo na homenagem ao jovem talento, enfatizando que esta inédita conquista será um grande incentivo aos novatos, ao esporte e até mesmo a futuros investimentos. "Desde que conseguimos a construção da pista municipal em 2003, muitos pilotos tem se destacado nos cenários estadual e federal. Mas esta conquista do Igor ficará marcada na história do BMX Varginhense", diz Cunha.
- -_Igor iniciou a carreira no BMX com 11 anos e aos 12 passou a se dedicar integralmente ao esporte. Suas conquistas passam pelos títulos Paulista, Brasileiro, e agora este bravíssimo segundo lugar no Mundial, onde foi a melhor colocação brasileira entre os pilotos que ainda treinam no Brasil.
- -_Para participar do Mundial seus pais se desdobraram para conseguir arcar com todas as despesas, pois o varginhense não estava entre os convocados da Confederação Brasileira de Ciclismo.
-
Fonte: 360 Graus - http://360graus.terra.com.br
Link Origem: http://360graus.terra.com.br/motos/default.asp?did=28822&action=news

Alberto Contador recusa renovar com a Astana

- -_Vencedor do último Tour de França, o ciclista espanhol Alberto Contador recusou a proposta de renovação de contrato que lhe foi feita pela equipa cazaque Astana, alegando que o dinheiro não é tudo.
- -_A informação foi divulgada, em declarações ao L`Equipe, pelo irmão e empresário do ciclista espanhol, Fran Contador, o qual revelou que «respondi-lhes que recusamos a oferta e que o futuro de Alberto não era questão de dinheiro. Disse-lhes que Alberto tinha passado por uma época complicada em termos psicológicos e que teríamos de olhar para o futuro de modo a garantir-lhe a paz.»
- -_Depois de uma temporada em que, apesar da vitória no Tour, Contador esteve no centro de uma polêmica com o companheiro de equipe Lance Armstrong, terceiro classificado na última Volta da França de ciclismo, o representante do espanhol assumiu que «esta temporada tivemos o manager Johan Bruyneel de um lado, o staff cazaque de outro e Alberto no meio de tudo isto sem saber ao certo o que se estava a passar», pelo que, agora, «precisamos pensar em Alberto.»
-
Fonte: Diário Digital
Link Origem: http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?section_id=123&id_news=402004

Lance Armstrong no MTB - Ciclista compete as 100 milhas de Leadville.

- -_Por mais contraditório que parece, o norte-americano Lance Armstrong, pensando no Tour de France 2010, dará um tempo nas provas de estrada e retornará ao Leadville 100, tradicional prova de mountain bike disputado no Colorado, EUA. A prova acontece no dia 15 de agosto e reunirá 1200 ciclistas. A confirmação partiu do treinador do heptacampeão do Tour, Chris Carmichael.
- -_“Desde que anunciou sua volta, eu disse a Lance que ele estaria muito mais forte no segundo ano do que no primeiro. Todas as provas que ele competir este ano terão efeito direto na performance do próximo ano”, explica Carmichael.
- -_Armstrong tentará superar Dave Weins, hexacampeão da prova. No ano passado, Lance ficou em segundo, quase dois minutos atrás de Weins, que bateu o recorde da prova na ocasião.
- -_O calendário de Armstrong até o final da temporada ainda não está completamente definido. Nem se sabe se ele voltará a competir com a Astana este ano. Para 2010, Armstrong liderará a equipe Radio Shack, na qual Arsmtrong representará em provas de ciclismo, corrida e triathlon.
- -_Fabiano Nyenhuis será o único representante do Brasil na Leadville 100. O brasileiro competiu a prova em 2008 e terá 4200 m de subida acumulada pela frente.
-
Fonte: UOL Prologo - http://prologo.uol.com.br
Link Origem: http://prologo.uol.com.br/scripts/materia/materia_det.asp?idMateria=3101

Começa o desafio continuo mais longo do ciclismo nacional

Por Leandro Bittar
- -_Começou na madrugada desta quinta-feira o brevet Farrapos 1000 km. O mais longo evento ciclístico realizado de forma continua aqui no Brasil. É a primeira vez que um evento desta distância e modalidade é realizado aqui no Brasil. O brevet tem validade internacional, é homologado pelo Clube Audax Paris e válido pelo calendário ACP- Audax Club Parisien (http://www.audax-club-parisien.com/). Os 29 participantes têm até 75 horas para concluir o percurso de 1017 km
- -_As 12h desta quarta, alguns ciclistas já haviam completado 200 km de prova no frio inverno gaúcho. "Pegamos geadas e momentos de zero grau de temperatura", explica Luiz Faccin, organizador da prova, mas que também está competindo.
- -_“O Farrapos 1000 km é um evento Randonnée, modalidade que aqui no Brasil ficou mais conhecido pelo nome de Audax”, explica Luiz Faccin, um dos maiores entusiastas da modalidade. Em resumo, o Randonée é um desafio ciclístico não competitivo amador onde o ciclista deve pedalar uma distancia dentro de um tempo limite para obter o brevet. O ciclista deve pedalar sem apoio e deve ser o mais auto-suficiente possível. Apoios serão permitidos apenas nos Postos de Controle (PC) do evento.
- -_“Neste tipo de evento o maior desafio é superar os próprios limites, pedalando cada vez mais longe. Por não ser competição, possibilita ao participante pedalar longa distancia com um mínimo de segurança, em companhia de amigos e conhecendo novas pessoas”, diz Faccin.
- -_Não existe categoria e nem classificação. Todos que pedalam a distância do brevet dentro do tempo máximo são vencedores, recebem uma medalha, certificado de conclusão e a homologação que tem validade internacional e permite ao ciclista participar do brevet seguinte.
- -_Conforme o regulamento, só pode participar do brevet de 1000 km o ciclista que tiver pedalado o brevet anterior que é de 600 km. Para fazer o 600 km tem que ter feito o 400 km e assim por diante. Os prazos para efetuar cada brevet são em função da distancia: 13h30min (200 km), 20h (300 km), 27h (400 km), 40h (600 km) e 75h (1000 km).
- -_O brevet é realizado em qualquer condição climática e este pode ser um desafio maior do que o fato de pedalar a distância especificada. “Um pré-requisito para concluir a prova é a observância do tempo limite para chegada. Para tanto é importante é manter um bom ritmo de pedalada, saber dosar e economizar energia, e alimentar-se corretamente, além de treinar para manter o preparo físico”, explica Faccin, um dos poucos brasileiros a completar o Paris-Brest-Paris, uma prova de 1200 km, considerada a mais importante do gênero.
- -_Pedalar longa distância representa a necessidade de enfrentar calor, frio, sono, vento contra, longos declives, longos aclives, escuridão da noite, às vezes, solidão e outras dificuldades e perigos das estradas brasileiras.
- -_Também representa ter autonomia, preparo psicológico, conhecimentos e vontade de superar desafios. Exige reservar um tempo na vida para realizá-la, significa pedalar como se vivesse desde sempre sobre uma bicicleta ou como se fosse a única coisa a ser realizada para sempre.
- -_“De certa forma é esquecer o mundo real e brutal do cotidiano, reduzir o stress, virar-se “super homem”, ou “super mulher”, capaz de superar tudo, por um objetivo sobre uma bicicleta”.
- -_Porque Farrapos?
- -_A idéia do nome veio das dificuldades que o ciclista enfrenta durante a jornada. É preciso ter espírito de guerreiro farroupilha para pedalar mil quilômetros sem apoio, enfrentando todas as dificuldades da estrada, lutando contra o sono e suportando o clima de inverno. “Além disto, o Brevet Farrapos será um marco no ciclismo de longa distância não competitivo no Estado e no país, da mesma forma que a Revolução Farroupilha foi para o Rio Grande do Sul”.
-
- -Percurso dividido em 4 etapas:
- Etapa 1- Santa Cruz do Sul- Rio Pardo- Pantano Grande- Encruzilhada do Sul- Posto Fita Azul na Br-392 em Canguçu. Retorno a Santa Cruz do Sul até o Hotel Antonios.
- Total da etapa= 420 km
- Etapa 2- Volta na Quadra- Santa Cruz do Sul- Candelária- Novo Cabrais- Cachoeira do Sul- Posto Muller e Restaurante Papagaio- Pantano Grande- Rio Pardo- Santa Cruz do Sul.
- Total da Etapa= 226,76 km
- Etapa 3- Santa Cruz do Sul- Venâncio Aires- Lajeado- Arroio do Meio- Encantado no Hotel Hengu e retorno a Santa Cruz do Sul.
- Total da Etapa= 192,8 km
- Etapa 4- Santa Cruz do Sul- Passo do Sobrado- Vale Verde- General Câmara no Posto ABS e retorno até a chegada em Santa Cruz do Sul.
- Total da Etapa=178 km
- Total do brevet= 1017 km

Veja o regulamento da prova blog:
http://audaxsantacruz.blogspot.com/2008/10/novo-regulamento-dos-brevets.html
Leia mais em:
www.zerohora.com/pedivela
http://audaxlajeado.blogspot.com/
http://www.audaxsantacruz.blogspot.com/
http://audaxbresil.blogspot.com/
-
Fonte: UOL Prologo - http://prologo.uol.com.br
Link Origem: http://prologo.uol.com.br/scripts/materia/materia_det.asp?idMateria=3104

Brasileiro participa de Ultramaratona de Mountain Bike de um dia.

- -_Entre os 1.200 participantes, Fabiano Nyenhuis será o único representante do Brasil na "A Leadville trail 100 MTB Race - The Race across the Sky", uma ultramaratona de mountain bike que acontece no dia 15 de agosto, em Colorado, nos Estados Unidos. A prova terá cerca de 185 quilômetros de percurso em uma altitude de mais de 3 mil metros.
- -_Com presença de nomes de peso do ciclismo mundial, como Lance Armstrong e Floyd Landis, a competição promete ser difícil, com 4.200 metros de subidas acumuladas, além de contar com a previsão de temperaturas baixas e chuva para a data.
- -_Fabiano embarca no dia 12 de agosto e está confiante, colocando uma meta de realizar a prova em 11h30. Em 2008, o vencedor da prova foi um atleta amador, seguido por Armstrong, sete vezes campeão do Tour de France.
- -_O atleta, além das provas realizadas no Brasil e no exterior, como a Cape Epic, se prepara para encarar as altitudes da prova. “Estou realizando um treinamento extremamente especial com um novo sistema de simulação de altitude, chamado AltoLab Altitude Simulator”, declarou o brasileiro, que explica que a máquina estimula o sangue e aumenta a capacidade de absorção do oxigênio.
-
Fonte: Webventure Bike - http://www.zone.com.br
Link Origem: http://www.zone.com.br/bike/conteudo/noticias/index/id/26384

Volta de São Paulo 2009 - Organização confirma traçado, destaque para contrarrelógio por equipes

- -_Tudo definido para a Volta Ciclística de São Paulo, que acontece entre os dias 22 e 30 de agosto. A prova mais importante do ciclismo nacional – pela visibilidade e pela importância para as equipes – tem como principal destaque um contrarrelógio inaugural em São Paulo, que dará o privilégio ao pelotão de 21 equipes de percorrer a Ponte Estaiada, um dos novos cartões postais da cidade.
- -_Assim como no ano passado, a prova terá como nome oficial Tour do Brasil Volta Ciclística de São Paulo e contará para ranking da União Ciclística internacional (UCI). Segundo a organização, a competição terá 1289,4 quilômetros por estradas do estado, passando por cerca de 70 municípios.
- -_Passando por cidades conhecidas do pelotão nacional – a maior parte das cidades esteve no traçado do ano passado – a grande diferença deste ano será a ausência do contrarrelógio individual e da etapa de montanha, que no ano passado foi na Serra de Campos do Jordão.
- -_Isso deve tornar a prova muito mais nivelada, valorizando as bonificações e aumentando o nervosismo do pelotão em relação às fugas, que precisarão ser controladas em dias longos – com mais de 200 km – e também em dias curtos, com até 100 km. Como no último dia, quando os ciclistas percorrerão 50 km entre Jundiaí e São Paulo, com a promessa da mesma emoção do ano passado, quando uma fuga interferiu diretamente nas classificações.
- -_A prova terá a participação de 21 equipes, sendo que as 10 primeiras do ranking nacional tem convite garantido. Seis equipes estrangeiras e cinco nacionais serão convidadas.
- -_O velocista Luciano Pagliarini deve ser uma das estrelas da competição, provavelmente, com a camisa da equipe Memorial/Santos. O campeão de 2008, Gregory Panizo (DataRo/Cordeirópolis) deve defender o título, após superar problemas físicos que prejudicaram-no na temporada passada.
-
Roteiro da 7ª Volta de São Paulo
1ª etapa, 22/08, São Paulo (contrarrelógio por equipes), 6 km
2ª etapa, 23/08, São Paulo/São José dos Campos, 91.1 km
3ª etapa, 24/08, São José dos Campos/Atibaia, 113 km
4ª etapa, 25/08, Atibaia/São Carlos, 247 km
5ª etapa, 26/08, São Carlos/Ribeirão Preto, 99,5 km
6ª etapa, 27/08, Ribeirão Preto/Bauru, 211,6 km
7ª etapa, 28/08, Bauru /Sorocaba (largada em Pardinho), 181 km
8ª etapa, 29/08, Sorocaba/Campinas, 169,6 km
9ª etapa, 30/08, Jundiaí/São Paulo, 51.5 km
-
Fonte: Prologo - http://prologo.uol.com.br
Link Origem: http://prologo.uol.com.br/scripts/materia/materia_det.asp?idMateria=3099

Ciclista brasileiro derruba marca do km contrarrelógio que já durava 22 anos

Por Leandro Bittar
-
- -_No terceiro dia do Pan-Americano de Ciclismo disputado no México, o Brasil conseguiu um importante resultado pessoal. Davi Romeo, da equipe Flying Horse/Caloi, quebrou o mais antigo recorde brasileiro de pista ao registrar 1min04s754 na prova do Quilômetro contrarrelógio.
- -_A melhor marca (1min05s152) pertencia a Paulo Jamur, de Curitiba, um dos principais ciclistas brasileiros. Ele havia estabelecido este tempo em 1987, durante o Mundial daquele ano, disputado em Colorado Springs, nos Estados Unidos.
- -_Em comum, os dois ciclistas têm o velódromo de Curitiba, que serviu para o início da carreira dos dois ciclistas.
- -_“Quando dei as minhas primeiras pedaladas no velódromo, acompanhava meu pai que também treinou o Jamur por algumas temporadas. Tenho Paulo Jamur e meu tio Adilson Romeo, que também foi recordista desta prova como espelho e como ídolos", diz Romeo em e-mail enviado pelo pai, Adir Romeo.
- -_Davi Romeo foi centro de muita polêmica nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro, quando sua convocação foi associada ao fato de ser filho do então técnico da seleção, Adir Romeo. Aos poucos, porém, Davi foi evoluindo e comprovando sua qualidade. Hoje, ele tem a confiança do atual técnico, o santista Cláudio Diegues.
- -_A comemoração, no entanto, termina aqui, já que o tempo do brasileiro não permitiu que ele sonhasse com um lugar no pódio. No México, o americano Jimmy Watkins (EUA) estabeleceu um novo recorde para o campeonato, 1min01s086. O recorde mundial pertence ao francês Arnaud Tournant, 58s875, registrado em 2001, em La Paz.
- -_Após o terceiro dia de provas, o quadro geral de medalhas aponta a Colômbia em primeiro lugar, com nove medalhas de ouro, seis de prata e quatro de bronze. A seleção cubana está em segundo, com três de ouro, uma de prata e duas de bronze. O Brasil ainda não subiu ao pódio no México. A competição termina nesta quinta-feira.
-
Fonte: Prologo - http://prologo.uol.com.br/
Link Origem: http://prologo.uol.com.br/scripts/materia/materia_det.asp?idMateria=3098

Bruno Tabanez sagra-se campeão do 5º Giro Memorial de Ciclismo

- -_Líder do ranking brasileiro de estrada e um dos melhores sprintistas do País, o ciclista da equipe São Lucas Saúde/UAC/Americana, Bruno Tabanez, confirmou a excelente condição com a vitória no 5º Giro Memorial de Ciclismo, neste domingo, em Santos.
- -_A prova foi válida pela 3ª etapa do Campeonato Metropolitano Tremendão e também somou importantes 120 pontos no ranking nacional, atraindo grandes nomes da modalidade. Entre as mulheres, a equipe Scott/Marcondes Cesar/São José dos Campos dominou as três primeiras posições, com vitória de Natália Lima.
- -_Realizada na Avenida Portuária, que conta com duas grandes retas de mais de 2 km cada, a competição foi marcada por chegadas emocionantes. Entre os homens, foram 74 km (17 voltas) e em vários momentos, atletas tentaram fugas. Uma delas quase “vingou”, com Pedro Nicácio, de Pindamonhangaba, especialista em contra-relógio.
- -_Mas faltando menos de duas voltas para a chegada, o pelotão compacto anulou a escapada e as equipes se “armaram” e foram embaladas, num ritmo forte, para o sprint. Dois ciclistas apareciam como grandes cotados. O próprio Bruno Tabanez, que este ano já faturou a 9 de Julho, e o argentino Francisco Chamorro, de São José dos Campos.
- -_Nos metros decisivos, o vencedor pedalou “na roda” do estrangeiro e no final abriu para a esquerda para passar todos os rivais. Ele cruzou a linha de chegada, após 1h54min20s. Logo em seguida e com as colocações definidas no “Photo Finish”, Fabiele Mota, de São Caetano do Sul, ficou em segundo e Francisco Chamorro, em terceiro.
- -_“Foi uma vitória muito importante, tanto no individual como por equipes, porque garantimos 120 pontos no ranking. A nossa estratégia foi sempre manter a equipe à frente do pelotão, controlando os ataques, como o do Pedro Nicácio. Na chegada, os meus companheiros ajudaram muito e me colocaram na frente e fui encaixado no Chamorro e passei no final”, comemorou Bruninho, que abriu quase 400 pontos de vantagem sobre os rivais no ranking nacional.
- -_Os resultados completos do 5º Giro Memorial no site www.lsciclismo.com.br. O Metropolitano Tremendão de Ciclismo terá a quarta etapa com o GP Paterlini Bike, no dia 9 de agosto, na Av. Pedro Lessa, também em Santos.
-
Fonte: A Tribuna Digital - http://atribunadigital.globo.com
Link Origem: http://atribunadigital.globo.com/bn_conteudo.asp?cod=424694&opr=454

4a. Etapa do Circuito Regional de Mountain Bike de Regularidade e 1o. Enduro de MTB de Itararé

- -_Pois é Amigos,
- -_
Está lançado o desafio, nos dias 15 e 16 de agosto estará se realizando na cidade de Itararé um dos maiores eventos de ciclismo da nossa região.
- -_No sábado dia 15 de agosto a 4a. Etapa do Circuito Regional de Mountain Bike de Regularidade será realizada no periodo da noite e será um verdadeiro teste de resistência, senso de tempo e direção para os atletas. E no domingo dia 16 o 1o. Enduro de MTB de Itararé, esta sim promete esquentar, serão 43km de pedal forte em estradas e trechos de single track de alto nivel técnico, o que exigira muito dos atletas.

Nós Mazobikers parabenizamos nossos amigos de itararé, ao Reinaldinho e a todos os amigos da "Equipe 7 em Ponto" que estão apoiando e ajudando para este evento seja o primeiro de muitos, e com certeza fará muito sucesso.

Mazobikers preparem-se vamos mostrar a nossa força, vamos levar o nome de Jaguariaíva ao lugar mais alto do pódio, assim como fizemos por duas vezes em Tomazina e a mesma garra que tivemos ao participar do brasileiro em Campo Largo em 2008, se assim Deus nos Permitir!!!!!!

COPA INTERNACIONAL VZAN DE MOUNTAIN BIKE

Data(s):
16/08/2009

Local:
LONDRINA

Tipo de prova:
Marathon

Programação:
EM BREVE PROGRAMAÇÃO COMPLETA

Descrição:
Londrina será a sede da COPA INTERNACIONAL VZAN de mountain bike marathon,no dia 16 de agosto, atletas de todo o Brasil percorrerão 60 km nas estradas rurais da cidade, a prova terá validade para o Ranking Interncional e Ranking Nacional XCO, e também vale pontos para o Ranking Estadual de Mountain Bike.

Fonte:Federação Paranaense de Ciclismo - www.fpciclismo.com.br

Contador conquista seu segundo Tour de France.

- -_O ciclista espanhol Alberto Contador (Astana) foi hoje consagrado em Paris, ao conquistar seu segundo Tour de France (Volta da França), na final da 21ª e última etapa da competição nos Champs Elysées, em Paris.
- -_Alberto Contador, de 26 anos, repetiu o triunfo de 2008.
- -_Esta 21ª e última etapa da prova foi marcada pela vitória do inglês Mark Cavendish (Team Columbia), que venceu o "sprint" em Paris, obtendo assim a sexta vitória neste Tour.
- -_Contador, de 26 anos, concluiu a 96ª edição da 'Grande Boucle' com 4 minutos e 11 segundos de vantagem sobre o segundo classificado, o luxemburguês Andy Schleck, de 24 anos. O americano Lance Armstrong (Astana) o veterano colega de equipe que venceu o Tour por sete vezes consecutivas (1999/2005) e que regressou à competição com quase 38 anos foi o terceiro no pódio, tendo ficado a 5 minutos e 24 segundos de seu companheiro de equipe.
- -_Com este novo sucesso do atleta madrilenho, o ciclismo espanhol acumula um total de 12 títulos no Tour e o quarto consecutivo, depois das vitórias de Oscar Pereiro (2006), do próprio Contador (2007) e de Carlos Sastre (2008).
- -_O ciclista espanhol acumula mais vitórias no Tour, atrás do mítico Miguel Indurain, que reinou na corrida no começo dos anos 90, com cinco vitórias consecutivas (1991-1995).
- -_Mais de 300.000 pessoas, segundo as autoridades locais, despediram-se da Volta da França nas ruas da capital francesa, num ano em que a competição desportiva voltou a ocupar as manchetes da imprensa, depois de marcada, nas últimas edições, por escândalos de doping.
- -_Um dos principais eventos desportivos franceses a 95º Volta da França 2008 (Tour de France) começou no dia 5 de Julho sendo concluído neste domingo, 27 Julho. Durante três semanas, os participantes percorreram 21 etapas num total de cerca de 3,500 quilômetros.
- -_Foram 10 etapas planas, 5 etapas de montanha, 4 etapas de média montanha, 2 etapas de contra-relógio individual.
-
Fonte: Estadão - http://www.estadao.com.br
Link Origem: http://www.estadao.com.br/noticias/esportes,alberto-contador-confirma-titulo-da-volta-da-franca,408644,0.htm

Espanhol vence penúltima etapa, e Contador é campeão do Tour de France

- -_O espanhol Alberto Contador repetiu o feito de 2007 e conquistou neste sábado o título do Tour de France, a prova ciclística mais importante do mundo. Este é o quarto ano consecutivo com um espanhol vencendo a competição.
- -_A etapa deste sábado foi a penúltima da Volta - a última, no entanto, será o tradicional passeio pelas ruas de Paris, sem disputas por posições. O dia foi marcado pela duríssima subida do Mont Ventoux, e o vencedor acabou sendo o espanhol Juan Manuel Garate, da equipe Rabobank, após 4h39min21s pedalando. A inesperada vitória da fuga foi facilitada pelo pelotão do camisa amarela, onde também estavam os outros atletas mais bem colocados. Preocupados em marcar os rivais na disputa pela classificação geral, os favoritos não aceleraram muito e os escapados levaram a melhor.
- -_"Eu sonhei esta noite que Alberto (Contador) me alcançava na chegada, mas isso não aconteceu e ganhei a etapa. É uma recompensa que vale à pena. Eu sonhava em ganhar uma etapa do Tour antes de me aposentar. A aposentadoria ainda está longe, mas a vitória eu já garanti", comemorou Garate, que bateu Tony Martin nos metros finais.
- -_Contador cruzou a etapa na quarta colocação, logo atrás de Andy Schleck, da equipe Saxobank, ambos a 38 segundos do vencedor. O espanhol não fez questão de lutar pela etapa da "montanha da morte" e nada mais fez do que "marcar" o único rival que lhe poderia tirar o título do Tour.
- -_"Foi um grande dia e estou muito contente. Essa vitória é muito, muito especial", comemorou Contador. "Eu sabia que deveria controlá-lo (Schleck) bem e também a Lance. Ainda bem que minhas pernas responderam", analisou. Contador conquistou seu segundo título no Tour, a quarta consecutiva em grandes voltas ciclísticas. Ele é apenas um de cinco atletas a ter no currículo conquistas nas três provas mais importantes do mundo - o Tour de France, o Giro d'Itália e a Volta da Espanha.
- -_Na classificação geral, Contador acabará o Tour com 4min11s de vantagem para Andy Schleck. Lance Armstrong, a 5min24s, acabou em quinto na etapa e conseguiu garantir a terceira colocação e o pódio em Paris. A prova de 2009 marcou o retorno do heptacampeão depois de uma ausência de três anos.
- -_Destaque ainda para a performance do britânico Bradley Wiggins. Dono de três medalhas de ouro olímpicas em provas de velódromo, sendo duas nos Jogos de Pequim, o atleta da Garmin foi a grande revelação do Tour 2009. Depois de emagrecer sete quilos no último ano, o até então especialista em provas de explosão, como o contrarrelógio, evoluiu muito como escalador. O esforço foi premiado com a quarta colocação na classificação geral, a 6min01s do campeão.
- -_A última etapa da Volta da França acontece neste domingo e será um passeio dos ciclistas no percurso de 164km entre Montereau-Fault-Yonne e Paris, com chegada na avenida Champs-Élysées. Não haverá ataques ao líder no geral, mas os atletas vão brigar pela vitória na etapa. Além disso, ainda há chances matemáticas de alteração na liderança da camisa verde, de ciclista mais regular do Tour. A vantagem é do norueguês Thor Hushovd, que soma 25 pontos a mais que o britânico Mark Cavendish. A ESPN e Mazobikers Blog mostram a etapa ao vivo a partir das 10 da manhã (em Brasília).
-
Classificações da 20a. etapa (Montélimar a Mont Ventoux - 167 km).
01. Juan Manuel Gárate (ESP/Rabobank) 4h39min21s
02. Tony Martin (ALE/Team Columbia) a 3s
03. Andy Schleck (LUX/Saxo Bank) a 38s
04. Alberto Contador (ESP/Astana) m.t.
05. Lance Armstrong (EUA/Astana) a 41s
06. Frank Schleck (LUX/Saxo Bank) a 43s
07. Roman Kreuziger (RTC/Liquigas) a 46s
08. Franco Pellizotti (ITA/Liquigas) a 56s
09. Vincenzo Nibali (ITA/Liquigas) a 58s
10. Bradley Wiggins (ING/Garmin-Slipstream) a 1min03s
11. Jurgen van den Broeck (BEL/Silence-Lotto) a 1min39s
12. Andreas Kloden (ALE/Astana) a 1min42s
13. Christophe Riblon (FRA/AG2R-La Mondiale) a 1min47s
14. Joost Posthuma (LUX/Rabobank) a 1min56s
15. Christophe Le Mevel (FRA/Française des Jeux) a 2min26s
16. Christian Vande Velde (EUA/Garmin-Slipstream) a 2min34s
17. Maxime Bouet (FRA/Agritubel) a 2min42s
18. Mikel Astarloza (ESP/Euskaltel-Euskadi) a 2min44s
19. Daniele Righi (ITA/LAMPRE-NGC) a 3min03s
20. Sylvain Calzati (FRA/Agritubel) a 3min15s
-
Classificação geral após a 20a etapa.
01. Alberto Contador (ESP/Astana) 81h46min17s
02. Andy Schleck (LUX/Saxo Bank) a 4min11s
03. Lance Armstrong (EUA/Astana) a 5min24s
04. Bradley Wiggins (ING/Garmin-Slipstream) a 6min01s
05. Frank Schleck (LUX/Saxo Bank) a 6min04s
06. Andreas Kloden (ALE/Astana) a 6min42s
07. Vincenzo Nibali (ITA/Liquigas) a 7min35s
08. Christian Vande Velde (EUA/Garmin-Slipstream) a 12min04s
09. Roman Kreuziger (RTC/Liquigas) a 14min16s
10. Christophe Le Mevel (FRA/Française des Jeux) a 14min25s
11. Mikel Astarloza (ESP/Euskaltel-Euskadi) a 14min44s
12. Sandy Casar (FRA/Française des Jeux) a 17min19s
13. Vlasdimir Karpets (RUS/Katusha) a 18min34s
14. Rinaldo Nocentini (ITA/AG2R-La Mondiale) a 20min45s
15. Jurgen van den Broeck (BEL/Silence Lotto) a 20min50s
16. Stéphane Goubert (FRA/AG2R-La Mondiale) a 22min29s
17. Carlos Sastre (ESP/Cervelo) a 26min21s
18. Alexandre Botcharov (RUS/Katusha) a 29min33s
19. George Hincapie (EUA/Team Columbia) a 33min27s
20. Sylvain Chavanel (FRA/Quick Step) a 34min09s
-
Fonte: ESPN Brasil - http://espnbrasil.terra.com.br/ciclismo
Link Origem: http://espnbrasil.terra.com.br/ciclismo/noticia/64093_ESPANHOL+VENCE+PENULTIMA+ETAPA+E+CONTADOR+E+CAMPEAO+DO+TOUR+DE+FRANCE

Lance Armstrong confirma mudança para a RadioShack em 2010

- -_O ciclista norte-americano Lance Armstrong confirmou que estará de casa nova para 2010. O heptacampeão do Tour, que voltou às pistas em 2009 depois de três anos afastado, trocará a Astana pela equipe RadioShack, cuja criação foi anunciada oficialmente nesta quinta-feira.
- -_No anúncio, não houve a confirmação de outros integrantes do time, mas existe a expectativa de que o diretor-esportivo seja Johan Bruyneel. O belga, que anunciou no começo da semana que não vai continuar na Astana em 2010, é uma das pessoas mais próximas a Armstrong no mundo do ciclismo. A parceria entre os dois em um time norte-americano reedita os tempos de US Postal Service e sua sucessora, a Discovery Channel, equipes pelas quais Lance conquistou suas sete vitórias consecutivas na Volta da França, entre 1999 e 2005. Todos os triunfos aconteceram depois de Lance superar um câncer.
- -_A RadioShack é uma rede norte-americana de lojas de produtos eletrônicos que tem filiais também na Europa. Na quarta-feira, o ciclista usou sua página no serviço de microblog Twitter para dizer que faria a revelação hoje.
- -_Uma outra novidade que veio a público nesta quinta-feira é que a participação de Lance Armstrong pela RadioShack não vai se limitar às competições de ciclismo. O veterano norte-americano deve disputar também provas de corrida e triatlo.
- -_Lance Armstrong, que atualmente defende a equipe Astana, recuperou a terceira posição na classificação geral da Volta da França depois do contrarrelógio da 18ª etapa, na cidade de Annecy. A curta passagem do norte-americano pela equipe cazaque está marcada por polêmicas, já que o clima dentro do time não é dos mais harmoniosos em razão da presença de dois "capitães": Lance e o espanhol Alberto Contador, virtual campeão do Tour de France 2009.

- -_Este é o video na qual Lance Armstrong declara publicamente as mudanças para 2010.

-
-
Fonte: ESPN - http://espnbrasil.terra.com.br/
Link Origem: http://espnbrasil.terra.com.br/ciclismo/noticia/63673_LANCE+ARMSTRONG+CONFIRMA+MUDANCA+PARA+A+RADIOSHACK+EM+2010

Tire o melhor da sua bike - Da preparação física à escolha da bicicleta.

Da preparação física à escolha da bicicleta,
reunimos tudo o que você precisa para curtr ao máximo uma pedalada.
-
- -_Se o cão é o melhor amigo do homem, você pode eleger a bicicleta como a melhor amiga. Ela é uma alternativa para os principais males que nos afligem - trânsito caótico, poluição do ar, obesidade, sedentarismo e até a falta de grana. Fora esse lado politicamente correto, ela ainda garante muita aventura e diversão. Mais de 200 anos depois de inventada por um conde francês, quando não passava de um toco de pau sobre rodas, movida a passadas até pegar embalo e sem fazer curvas, a bike continua imbatível em suas utilidades, como a de construir um coração forte e um corpo sarado. E, como não parou no tempo, o que não falta são (muitas) opções de modelos, materiais, tamanhos e, claro, preços. Saiba escolher a mais apropriada para que ela não, que encostada em um canto acumulando poeira.
> > > DEFINA SEU OBJETIVO
- -_Para tirar o melhor da bicicleta, de, na como você pretende usá-la, de passeios com sua parceira no parque a aventuras em trilhas de terra ou mesmo como exercício aeróbico. Para um treino regular e complementar à musculação, decida entre as categorias mountain bike (MTB) e bike de estrada (SPEED). "São como Jipe e Ferrari. O primeiro vai a qualquer lugar que a Ferrari chegar, ainda um bom tempo depois, mas uma Ferrari nunca atingirá os mesmos lugares que um jipe", compara André Escudeiro, ciclista e vendedor especializado.
> > > MTB - PAU PARA TODA OBRA
- -_Mais robusta e resistente às condições adversas, a mountain-bike tem uma coroa a mais na transmissão da corrente (o menor círculo da frente, de 22 ou 28 dentes), que permite reduzir a força na pedalada, principalmente em subidas, ainda que você gire mais o pedal para sair do lugar. Pesa entre 9 e 18 quilos e engloba diversas modalidades técnicas, como downhill, freeride, cross-country, enduro ou all mountain. Para encarar a pedalada como hobby ou meio de transporte na terra ou no asfalto, o que com a cross-country ou a all mountain, que, embora menos resistentes, são mais leves e confortáveis. As de melhor qualidade funcionam mais em áreas urbanas do que as bicicletas híbridas, que reúnem características das de estrada, mas são mais frágeis na terra.
> > > ESTRADA (SPEED)- VELOZES E FURIOSAS
- -_Usada tanto em provas de triatlo como de resistência, como o Tour de France, a bike de estrada é mais leve - entre 6,5 e 10 quilos - e menos resistente que a MTB. Não tem a coroa de redução de força, mas potencializa a velocidade. Quem não compete pode adotala para treinar resistência aeróbica ou como meio de transporte. Seu uso, no entanto, acaba limitado pelo preço e por exigir boa qualidade do piso, as mais básicas custam a partir de 700 reais.
> > > A EVOLUÇÃO DAS BIKES
- -_ O valor de uma bicicleta está diretamente relacionado à qualidade dos seus componentes, que se tornam mais leves, mais resistentes e com melhor eficiência à medida que o preço aumenta.



Clique na imagem para visualizar a a tabela de evolução.

> > > DÊ VALOR AOS DETALHES
- -_Decidido o tipo de bicicleta, é hora de analisar a compra. Recomendação: pense em gastar 10% mais, nunca 10% menos. O valor (e o diferencial) de uma bike está na qualidade e no equilíbrio dos componentes (veja o quadro ao lado). Ela pode ter até 2 mil reais em peças, considerando porcas e parafusos. "A variação de preço pode ser de mais de 200%. Componentes mais leves, de alta tecnologia e materiais nobres fazem a diferença", diz o escritor, fotógrafo e cicloturista José A. Ramalho, em seu livro Guia da Mountain Bike (Editora Gaia, 143 págs.). Ele já pedalou nos Andes e no Himalaia sobre duas rodas. Você não precisa gastar os tubos com uma bike top de linha, mas fique atento para que o barato não saia caro. "Calcula-se o custo em função da manutenção, e não apenas do valor de compra", afirma Cléber Anderson, ex-atleta da seleção brasileira de ciclismo e treinador especialista em MTB e bikes de estrada. Segundo ele, manetes de plástico, garfo de aço muito fino e freios de aço estampado (mais antigos) denotam equipamentos de qualidade inferior e podem comprometer a segurança. Ao escolher a sua magrela, procure orientação em lojas especializadas, que geralmente permitem test-drive.
> > > BIKE NA MEDIDA
- -_Invista num quadro diferenciado para sua companheira. Bicicletas grandes ou pequenas podem ser causa de dores e desconforto. Por isso, muitas lojas especializadas oferecem o serviço Bike Fit, um acerto postural específico para o usuário. Isso é importante não só para que você fique corretamente montado sobre ela mas também para prevenir lesões, melhorar o desempenho e ter mais domínio, pois a postura influência a biomecânica da pedalada. Veja na próxima página os ajustes necessários.
> > > UPGRADE
- -_ Na relação custo-benefício, é possível comprar uma bike mais acessível e trocar alguns componentes. Esse upgrade, no entanto, não é indicado às muito simples, de até 500 reais. Um componente pode sair mais caro do que a própria bicicleta e o benefício será pouco percebido em razão do desequilíbrio na qualidade das peças, nem mesmo agregando valor à revenda. Nos modelos de até 900 reais, invista em boas rodas. Desse valor em diante, analise os pontos fortes da bike e consulte as lojas especializadas.
> > > PREPARE-SE PARA ELA
- -_ Pedalar até o trabalho ou a padaria já pode ser um exercício suficiente para tirá-lo da categoria dos sedentários, mas se você quer curtir o que a bike pode oferecer de melhor, como os passeios noturnos pela cidade, uma viagem sobre duas rodas ou mesmo trilhas no fim de semana, vai ter que se preparar. "A bicicleta trabalha muito a resistência aeróbica. Na mountain bike, a força e a agilidade são mais exigidas, enquanto na de estrada o ritmo é mais constante", explica o professor de spinning Leonardo Barbosa. "Mais do que o tipo de bike, o que determina os diferentes estímulos são as condições do ambiente, como as variações naturais do terreno", ressalta Ricardo Augusto, diretor técnico da assessoria esportiva paulistana Personal Life. Assim, enquanto áreas mais planas trabalham mais a resistência aeróbica, montanhas ou grandes aclives exigem mais força de um trabalho anaeróbico. Quem não pode pedalar ao ar livre tem a opção de treinar na academia, na bicicleta ergométrica ou em aulas de spinning. Para reproduzir essa variação de estímulos, a elaboração do treinamento envolve quatro tipos de treino, com durações que vão depender do nível de cada ciclista (veja a seguir).
> > > ESCOLHA SEU TREINO
- Endurance ou resistência
- -_Pedale em ritmo constante, com carga leve e contínua para trabalhar a 70% da freqüência cardíaca máxima (FCM) ou a 50% da FCM.
- Intervalado aeróbico
- -_Pedale a 80% da FCM em intervalos de dois a oito minutos com o mesmo tempo de descanso.
- Intervalado anaeróbico
- -_Dê o máximo em tiros de 20 segundos a um minuto. Para cada tempo de tiro, descanse três.
- Resistência de força
- -_Giro com carga elevada, a 85% da FCM, sem tempo de recuperação do estímulo. A duração é variável ao condicionamento de cada um.
- -_Dica: manter o pé preso ao pedal, por meio da sapatilha ou da fivela, aumenta em 30% a eficiência da pedalada. Mas para evitar tombos é bom treinar bastante o movimento de desprender o pé rapidamente antes de parar.
> > > FORÇA NO PEDAL
- -_Para garantir força nas pedaladas, trabalhe os músculos inferiores. Segundo o professor Leonardo Barbosa, dois treinos de musculação por semana alternados com os três treinos de bicicleta são sufi cientes para trabalhar a resistência muscular. Faça três séries de cada exercício com 12 a 20 repetições cada uma: leg press/cadeira extensora (unilateral)/ mesa romana/fleexão de um pé (unilateral)/ abdutores/adutores/panturrilha. Para ficar livre das dores e agüentar mais tempo em cima da bike sem sair torto depois, exercite também os músculos superiores.
> > >AJUSTES NA BIKE
> QUADRO
- -_O tamanho é definido com base nas medidas do "cavalo" do ciclista, que vai da virilha até o pé. Para definir a medida de quadro ideal para seu corpo, faça a conta: estrada - multiplique a altura do cavalo por 0,65, com resultado em centímetros; MTB - subtraia 10 centímetros da altura do cavalo e divida por 2,54 (resultado em polegadas). Quadro curto: gera mais insegurança e desequilíbrio. Quadro comprido: causa dores na região lombar. Um exemplo: seu cavalo mede 81 centímetros, então o quadro para bike de estrada é 53.
> SELIM
- -_Para regular a altura, a perna deve ficar totalmente estendida, mas relaxada, com o calcanhar apoiado no pedal. Selim alto: força panturrilha e virilha. Fica difícil descer da bike. Selim baixo: força muito a patela, os ligamentos e os tendões e tira a potência da pedalada.
> GUIDÃO
- -_Embora muitos usem o antebraço como medida, entre o selim e o avanço (ou mesa) não há consenso sobre se a mão deve ficar aberta ou fechada (com a palmadas mãos viradas para dentro). Segundo o professor de spinning da Reebok Sports Club Leonardo Barbosa, o melhor é usar o joelho como referência. Sentado na bike, com um dos joelhos à frente, apoiado no pedal no alto paralelo ao chão: a patela (rótula) deve estar alinhada ao eixo do pedal. Guidão baixo: favorece a performance, mas sobrecarrega os tríceps e a palma das mãos, além de tensionar o trapézio e a cervical. Guidão alto: favorece o conforto. Esses ajustes também valem para a bicicleta de spinning.
> > > PEDALADAS NA RUA
- -_Como provavelmente é na cidade que você vai passar a maior parte do tempo em cima da bike, atenção às dicas para se virar bem no trânsito urbano. Capacete é acessório indispensável a qualquer hora do dia. Para pedaladas noturnas, certifique-se de que sua bicicleta tenha luzes e que sua roupa possua algumas partes reflexivas.
> > >NÃO PEDALE NA CONTRAMÃO
- -_Você pode até achar que é mais fácil para observar os carros, mas é uma forma de aumentar a força de colisão com eles, no choque frontal.
> > >PELA DIREITA
- -_A lei diz: "Veículos lentos à direita". Procure ficar a 1 metro da calçada ou de um obstáculo, como carro estacionado, ainda mais se houver alguém dentro dele. Mude de faixa só em situações de congestionamento e observe antes se há carro ultrapassando e volte rápido à borda da pista.
> > >FREADAS
- -_O freio dianteiro é mais eficiente e perigoso e você deve ter o cuidado de não travá-lo. O traseiro também diminui a velocidade, mas, como o peso do corpo é transferido para a frente, ele perde um pouco da sua eficiência. Se tiver que frear bruscamente, jogue o peso do corpo para trás, segure com firmeza o guidão e module os manetes para que as rodas não travem.
> > > MUDANÇA DE FAIXA
- -_Jamais faça mudanças bruscas de direção, que assustam quem vem atrás. Antes, certifique-se de que é seguro, olhando por cima dos ombros. Sinalize suas manobras e só cruze na frente de um carro se estiver certo de que o motorista entendeu seu recado. Em cruzamentos, diminua sempre a velocidade - é onde a maioria dos acidentes acontece.
> > > CÂMBIO
- -_Sempre que você for mudar de marcha, alivie antes a força nos pedais, principalmente quando estiver em subidas. Troque uma de cada vez e só volte a fazer força depois de ter certeza de que a marcha "entrou". Quando se aproximar de um semáforo fechado, lembre-se de reduzir a marcha para favorecer sua arrancada em seguida.
> > > CURVAS
- -_ Durante uma curva, deve-se frear o mínimo e observar antes dela se não há areia, óleo ou poças d'água, que favorecem um escorregão.
> > > CHUVA
- -_Redobre os cuidados. Os movimentos não podem ser bruscos e as freadas devem começar com mais antecedência, assim como precisa ser maior a distância em relação aos outros veículos. Nas curvas, se algum ponto se mostrar mais liso, aumente o raio do movimento.
> > > SEJA CORDIAL
- -_Agradeça as gentilezas dos motoristas e também ceda a vez aos pedestres - a bicicleta também é um veículo sujeito às leis de trânsito.
Fonte:Men's Health - http://menshealth.abril.com.br
Link Origem: http://menshealth.abril.com.br/fitness/conteudo_486126.shtml

Alberto Contador vence a 18a. etapa do Tour de France

- -Alberto Contador vence a 18a etapa do Tour de France, Time Trial Individual realizado na cidade de Annecy.
Contador mostrou a sua força novamente, mostrando que não foi a toa que ganhou o titulo de campeão espanhol de Time Trial.
- -_E uma disputa muito interessante para quem obtinha o melhor tempo no percurso de 40,5km, Fabian Cancellara da Saxo Bank dominou até o fim, com diferença de 13 para o segundo colocado que era Mikhail Ignatiev da Team Katucha mas havia um único atleta que podia quebrar este tempo, este era o último atleta a largar, Alberto Contador, o camisa amarela do Tour.
- -_Com uma volta fantástica, Contador parecia voar no asfalto com sua Trek, fechando com um tempo de 48m30s o percurso, três segundos a frente de Fábio Cancellara.
- -_Lance Armstrong mostrou a sua força também fazendo bonito, ficando na 16a colocação e assumindo novamente a 3a colocação da geral o tour.
-
Classificação da 18a etapa (Annecy a Annecy - 40,5km)
01. Alberto CONTADOR 21 ASTANA 48m30s
02. Fabian CANCELLARA 33 TEAM SAXO BANK 48m33s+00m03s
03. Mikhail IGNATIEV 164 TEAM KATUSHA 48m45s+00m15s
04. Gustav LARSSON 34 TEAM SAXO BANK 49m03s+00m33s
05. David MILLAR 56 GARMIN - SLIPSTREAM 49m11s+00m41s
06. Bradley WIGGINS 58 GARMIN - SLIPSTREAM 49m13s+00m43s
07. Luis-Leon SANCHEZ 118 CAISSE D’EPARGNE 49m14s+00m44s
08. Christophe MOREAU 171 AGRITUBEL 49m15s+00m45s
09. Andréas KLÖDEN 23 ASTANA 49m24s+00m54s
10. David ZABRISKIE 59 GARMIN - SLIPSTREAM 49m32s+01m02s
11. Tony MARTIN 76 TEAM COLUMBIA - HTC 49m34s+01m04s
12. Cadel EVANS 11 SILENCE - LOTTO 49m44s+01m14s
13. Maxime MONFORT 77 TEAM COLUMBIA - HTC 49m49s+01m19s
14. Sylvain CHAVANEL 151 QUICK STEP 49m50s+01m20s
15. Vladimir KARPETS 161 TEAM KATUSHA 49m58s+01m28s
16. Lance ARMSTRONG 22 ASTANA 50m00s+01m30s
17. Stef CLEMENT 42 RABOBANK 50m07s+01m37s
18. Bert GRABSCH 73 TEAM COLUMBIA - HTC 50m08s+01m38s
19. Michael ROGERS 79 TEAM COLUMBIA - HTC 50m08s+01m38s
20. Kim KIRCHEN 75 TEAM COLUMBIA - HTC 50m12s+01m42s
21. Andy SCHLECK 31 TEAM SAXO BANK 50m15s+01m45s
22. Mikel ASTARLOZA 61 EUSKALTEL - EUSKADI 50m18s+01m48s
23. Marzio BRUSEGHIN 133 LAMPRE - N.G.C 50m30s+02m00s
24. Christian VANDE VELDE 51 GARMIN - SLIPSTREAM 50m30s+02m00s
25. Joost POSTHUMA 48 RABOBANK 50m35s+02m05s
39. Yaroslav POPOVYCH 27 ASTANA 51m10s+02m40s
70. Carlos SASTRE 1 CERVELO TEST TEAM 52m17s+03m47s
77. Brice FEILLU 174 AGRITUBEL 52m38s+04m08s
79. Denis MENCHOV 41 RABOBANK 52m42s+04m12s
91. Franco PELLIZOTTI 91 LIQUIGAS 53m07s+04m37s
117. Sergio PAULINHO 26 ASTANA 53m44s+05m14s
121. Thor HUSHOVD 6 CERVELO TEST TEAM 53m53s+05m23s
127. Mark CAVENDISH 71 TEAM COLUMBIA - HTC 53m59s+05m29s
136. Serguei IVANOV 165 TEAM KATUSHA 54m21s+05m51s
-
Classificação após a 18a etapa do Tour de France
01. Alberto CONTADOR 21 ASTANA 73h15m39s
02. Andy SCHLECK 31 TEAM SAXO BANK 73h19m50s+04m11s
03. Lance ARMSTRONG 22 ASTANA 73h21m04s+05m25s
04. Bradley WIGGINS 58 GARMIN - SLIPSTREAM 73h21m15s+05m36s
05. Andréas KLÖDEN 23 ASTANA 73h21m17s+05m38s
06. Frank SCHLECK 36 TEAM SAXO BANK 73h21m38s+05m59s
07. Vincenzo NIBALI 95 LIQUIGAS 73h22m54s+07m15s
08. Christian VANDE VELDE 51 GARMIN - SLIPSTREAM 73h25m47s+10m08s
09. Mikel ASTARLOZA 61 EUSKALTEL - EUSKADI 73h28m17s+12m38s
10. Christophe LE MEVEL 106 FRANCAISE DES JEUX 73h28m20s+12m41s
11. Vladimir KARPETS 161 TEAM KATUSHA 73h29m15s+13m36s
12. Roman KREUZIGER 93 LIQUIGAS 73h29m47s+14m08s
13. Sandy CASAR 101 FRANCAISE DES JEUX 73h30m16s+14m37s
14. Carlos SASTRE 1 CERVELO TEST TEAM 73h31m05s+15m26s
15. Rinaldo NOCENTINI 87 AG2R LA MONDIALE 73h31m06s+15m27s
16. Stephane GOUBERT 85 AG2R LA MONDIALE 73h35m26s+19m47s
17. Jurgen VAN DEN BROECK 17 SILENCE - LOTTO 73h35m28s+19m49s
18. Alexandre BOTCHAROV 162 TEAM KATUSHA 73h40m05s+24m26s
19. Brice FEILLU 174 AGRITUBEL 73h41m37s+25m58s
20. Sylvain CHAVANEL 151 QUICK STEP 73h42m44s+27m05s
21. Christian KNEES 185 TEAM MILRAM 73h43m30s+27m51s
22. George HINCAPIE 74 TEAM COLUMBIA - HTC 73h43m51s+28m12s
23. Pierre ROLLAND 148 BBOX BOUYGUES TELECOM 73h45m36s+29m57s
24. Linus GERDEMANN 181 TEAM MILRAM 73h46m39s+31m00s
25. Nicolas ROCHE 89 AG2R LA MONDIALE 73h47m28s+31m49s

Short Track São Silvano faz últimos acertos para prova neste fim de semana

- -_O Short Track São Silvano realiza sua segunda edição no próximo fim de semana (25 e 26), no Bike Park São Silvano, em Morungaba (SP). A disputa dará R$8 mil para o primeiro colocado na Elite Masculina.
- -_Os atletas mais fortes do mountain bike nacional se preparam para a prova, que será feita em um circuito cross-country desafiante e emocionante para os competidores e acompanhantes.
- -_O Bike Park estará aberto ao público, e haverá sorteio de brindes, porém a entrada é feita com a doação de dois quilos de alimento não perecível ou um agasalho. Todo material arrecadado será encaminhado para três instituições sociais da região, como a APAE de Morungaba, Asilo São Vicente de Paulo, em Itatiba e o LAR (Lar Nossa Senhora Aparecida), que realiza um belo trabalho sócio-educacional com o ciclismo, em São Paulo .
- -_São esperados 90 atletas, que receberão, ainda, R$4 mil reais de premiação para o 2º colocado na Elite Masculina, e R$2 mil para o terceiro. Já na Elite Feminina, a campeã fica com R$2 mil de premio, a segunda colocada com R$1 mil e a terceira, R$500. A categoria Júnior não terá premiação em dinheiro, somente brindes.

Programação Completa do Shimano Short Track
Sábado (25/07)
9h - Início das atividades da área técnica.
10h - Montagem do Yumeya. (Tenda da Shimano)
12h -Chegada dos atletas/Montagem dos Boxes das equipes e abertura dos trabalhos (entrega de kits)
12h às 15h30 - Treinos livres
15h30 às 17h - Contra-Relógio Individual ( Elite Masculino )
17h30 - Congresso Técnico

Domingo (26/07)
8h - Abertura Bike Park São Silvano
8h às 8h45 - Entrega de kits + pista livre
9h - Contra-Relógio Individual ( Elite Feminino/Junior Masculino )
10h30 - 1ª Bateria Classificatória (Elite Masc) 15min + 1 volta (classificam 6)
11h - 2ª Bateria Classificatória (Elite Masc) 15min + 1 volta (classificam 6)
11h30 - 1ª Final (Junior Masc) 20min + 1 volta
12h às 13h - Fechamento da pista ( intervalo para almoço )
13h30 - 1ª Bateria Semi-Final (Elite Masc) 20min + 1 volta (classificam 7)
14h - 2ª Bateria Semi-Final (Elite Masc) 20min + 1 volta (classificam 7)
14h30 - Final Elite Feminina ( todas ) 20min + 1 volta
15h - Final Elite Masculino ( 18 atletas ) 30min + 1 volta
15h45 - Cerimônia de Premiação
-
Fonte: Webventure Bike - http://www.zone.com.br/bike
Link Origem: http://www.zone.com.br/bike/conteudo/noticias/index/id/26332

"Capacete salvou a vida de Voigt", diz médico"

- -_Depois do grave acidente sofrido durante a 16ª etapa da Volta da França, o ciclista alemão Jens Voigt segue internado em observação em um hospital da região de Grenoble. Exames constataram a fratura do molar direito e um leve traumatismo craniano.
- -_"O capacete salvou a vida dele", disse Xavier Roy, um dos médicos do Tour de France. Voigt estava a quase 80 km/h quando perdeu o controle da bicicleta na descida depois da última meta de montanha de ontem. A queda foi tão rápida que o ciclista alemão não conseguiu usar tirar as mãos do guidão para se proteger do tombo. O impacto foi diretamente no ombro e no rosto e a velocidade fez com que Voigt tivesse seu corpo arrastado por alguns metros. O atleta chegou a perder a consciência e por pouco não foi atropelado por uma moto que levava um fotógrafo.
- -_"Tive sorte de não ter me machucado ainda mais", declarou o alemão, de 37 anos. Com seu abandono, a equipe Saxo Bank dos irmãos Andy e Frank Schleck está reduzida a apenas sete atletas, dos nove iniciais. Kurt-Asle Arvesen, atual campeão norueguês do ciclismo de estrada, também já havia se retirado da Volta. Os desfalques complicam um pouco mais a vida do time na batalha contra a Astana, que tem Alberto Contador na primeira colocação e Lance Armstrong na quarta colocação, sendo Andy e Frank Schleck nas 2a e 3a colocação.
-
Fonte: ESPN Brasil - http://espnbrasil.terra.com.br/ciclismo
Link Origem: http://espnbrasil.terra.com.br/ciclismo/post/63359_CAPACETE+SALVOU+A+VIDA+DE+VOIGT+DIZ+MEDICO
-
OBS: É por essa e outras que o CAPACETE é item obrigatório em pedaladas, por isso vamos usalo.

Frank Schlek vence a 17a. etapa mas Alberto Contador mantém a camisa amarela

- -_Na fase mais difícil, nos Alpes, não só defendeu a sua camisa amarela, mas também mostrou uma incrível força e credibilidade.
O espanhol chegou junto com os irmãos Schlek nos últimos metros da etapa que foi vencida por Frank Schlek. Alberto Contador parecia o mais forte dos três, mas não contestou o sprint para pódio.
- -_Em quarto lugar foi Vincenzo Nabali e em quinto Lance Armstrong ambos com o tempo de 2m18s atrás e alemão Andreas Kloden logo atrás com 2m27s.
- -_No pelotão, que até os últimos dois pontos de controle haviam sido controladas por Tselinograd sem nenhum problema, equipe no Saxo Bank começou a impor um forte ritmo faltando 40km para o final.
- -_Carlos Sastre (Cervelo) atacou logo no início do primeira subida de Col de rommea, a 35 km do final, e impos um pedal muito forte ao no grupo dos favoritos. El Ávila, atual vencedor do Tour, conseguiu abrir uma pequena diferença com o resto do grupo, no qual estavam Contador, Armstrong, Wiggins, os irmãos Schlek, entre outros.
Posteriormente, o ritmo imposto Frank Schlek e Andy Taylor foi neutralizado e, em seguida, todos se reagruparam.
- -_Contador de perto e sempre menteve sob controle todos os ataques dos dois irmãos de Luxemburgo. Faltando 34 km Wiggins e Armstrong realizaram uma fuga ficando à frente de Contador, irmãos Schlek, Kloden e Van den Broeck, grupo que se situava a poucos metros deles.
- -_O grupo de Armstrong e Wiggins foi 1m04s para 2m50s de Sastre tornando-se o grupo começou a descida.
- -_Faltando 16 quilômetros, em plena subida, Contador atacou, não só foi desafiado com em seguida, parou. Talvez porque foi um teste para ver como o os irmãos Schleck comportariam, ou, mais provável, um chamado da equipe, uma vez que a mudança de ritmo, para que deu companheiro de equipe Andreas Kloden conquista-se mais um minuto no ponto de controle.
- -_A etapa foi vencida por Franck Schleck com o tempo de 4h53m53s.

- -_A 18a. etapa sera um time trial individual e será realizdo na cidade de Annecy.
-
Classificação da 17a Etapa (Bourg-Saint-Maurice a Le Grand-Bornand - 169.5 km)
01. Frank SCHLECK 36 TEAM SAXO BANK 4h53m54s
02. Alberto CONTADOR 21 ASTANA 4h53m54s+00m00s
03. Andy 31 SCHLECK TEAM SAXO BANK 4h53m54s+00m00s
04. Vincenzo NIBALI 95 LIQUIGAS 4h56m12s+02m18s
05. Lance ARMSTRONG 22 ASTANA 4h56m12s+02m18s
06. Andréas KLÖDEN 23 ASTANA 4h56m21s+02m27s
07. Bradley WIGGINS 58 GARMIN - SLIPSTREAM 4h57m01s+03m07s
08. Christophe MOREAU 171 AGRITUBEL 4h58m03s+04m09s
09. Christian VANDE VELDE 51 GARMIN - SLIPSTREAM 4h58m03s+04m09s
10. Rémi PAURIOL 129 COFIDIS LE CREDIT EN LIGNE 5h 00m04s+06m10s
11. Christophe LE MEVEL 106 FRANCAISE DES JEUX 5h 00m04s+06m10s
12. Maxime MONFORT 77 TEAM COLUMBIA - HTC 5h 00m06s+06m12s
13. Roman KREUZIGER 93 LIQUIGAS 5h 00m06s+06m12s
14. Rinaldo NOCENTINI 87 AG2R LA MONDIALE 5h 00m06s+06m12s
15. Vladimir KARPETS 161 TEAM KATUSHA 5h 00m06s+06m12s
16. Jurgen VAN DEN BROECK 17 SILENCE - LOTTO 5h 00m06s+06m12s
17. Sandy CASAR 101 FRANCAISE DES JEUX 5h 00m06s+06m12s
18. Mikel ASTARLOZA 61 EUSKALTEL - EUSKADI 5h 00m06s+06m12s
19. Stephane GOUBERT 85 AG2R LA MONDIALE 5h 00m09s+06m15s
20. Jose Luis ARRIETA 82 AG2R LA MONDIALE 5h 00m13s+06m19s
21. Sylvain CHAVANEL 151 QUICK STEP 5h 00m55s+07m01s
22. Sébastien MINARD 127 COFIDIS LE CREDIT EN LIGNE 5h 01m41s+07m47s
23. Matthew LLOYD 14 SILENCE - LOTTO 5h 01m41s+07m47s
24. Sylvain CALZATI 173 AGRITUBEL 5h 01m41s+07m47s
25. Carlos SASTRE 1 CERVELO TEST TEAM 5h 01m41s+07m47s
29. Serguei IVANOV 165 TEAM KATUSHA 5h 02m24s+08m30s
39. Brice FEILLU 174 AGRITUBEL 5h 05m44s+11m50s
57. Sergio PAULINHO 26 ASTANA 5h 11m27s+17m33s
59. Franco PELLIZOTTI 91 LIQUIGAS 5h 11m27s+17m33s
60. Yaroslav POPOVYCH 27 ASTANA 5h 15m25s+21m31s
63. Denis MENCHOV 41 RABOBANK 5h 15m25s+21m31s
79. Thor HUSHOVD 6 CERVELO TEST TEAM 5h 23m37s+29m43s
81. Cadel EVANS 11 SILENCE - LOTTO 5h 23m37s+29m43s
-
Classificação após a 17a Etapa do Tour de France
01. Alberto CONTADOR 21 ASTANA 72h 27m09s
02. Andy SCHLECK 31 TEAM SAXO BANK 72h 29m35s+02m26s
03. Frank SCHLECK 36 TEAM SAXO BANK 72h 30m34s+03m25s
04. Lance ARMSTRONG 22 ASTANA 72h 31m04s+03m55s
05. Andréas KLÖDEN 23 ASTANA 72h 31m53s+04m44s
06. Bradley WIGGINS 58 GARMIN - SLIPSTREAM 72h 32m02s+04m53s
07. Vincenzo NIBALI 95 LIQUIGAS 72h 32m18s+05m09s
08. Christian VANDE VELDE 51 GARMIN - SLIPSTREAM 72h 35m17s+08m08s
09. Christophe LE MEVEL 106 FRANCAISE DES JEUX 72h 36m28s+09m19s
10. Mikel ASTARLOZA 61 EUSKALTEL - EUSKADI 72h 37m59s+10m50s
11. Roman KREUZIGER 93 LIQUIGAS 72h 38m01s+10m52s
12. Rinaldo NOCENTINI 87 AG2R LA MONDIALE 72h 38m47s+11m38s
13. Carlos SASTRE 1 CERVELO TEST TEAM 72h 38m48s+11m39s
14. Sandy CASAR 101 FRANCAISE DES JEUX 72h 39m01s+11m52s
15. Vladimir KARPETS 161 TEAM KATUSHA 72h 39m17s+12m08s
16. Stephane GOUBERT 85 AG2R LA MONDIALE 72h 42m38s+15m29s
17. Jurgen VAN DEN BROECK 17 SILENCE - LOTTO 72h 44m32s+17m23s
18. Alexandre BOTCHAROV 162 TEAM KATUSHA 72h 46m29s+19m20s
19. Brice FEILLU 174 AGRITUBEL 72h 48m59s+21m50s
20. Christian KNEES 185 TEAM MILRAM 72h51m24s+24m15s
21. Pierre ROLLAND 148 BBOX BOUYGUES TELECOM 72h52m16s+25m07s
22. George HINCAPIE 74 TEAM COLUMBIA - HTC 72h52m47s+25m38s
23. Sylvain CHAVANEL 151 QUICK STEP 72h52m54s+25m45s
24. Nicolas ROCHE 89 AG2R LA MONDIALE 72h55m47s+28m38s
25. Linus GERDEMANN 181 TEAM MILRAM 72h55m58s+28m49s

Mikel Astarloza, da Euskaltel Euskadi vence a 16a. etapa do Tour de France

- -_O espanhol Mikel Astarloza, da Euskaltel Euskadi, foi o grande vencedor da 16a. etapa do Tour de France. No final, o ciclista esteve em conversa com os jornalistas para revelar os sentimentos que o invadiram no final da corrida.
- -_"É o melhor dia da minha vida. Tentei várias vezes ganhar uma etapa, mas nunca consegui porque não sou um bom sprinter", disse Mikael.
- -_Depois foi tempo de "matemáticas" velocipédicas: "Adoro matemática e fiz um cálculo muito rápido - num grupo de fuga com quatro ciclistas, eu tinha 25% de chances de vencer. E foi o que aconteceu..."
- -_"Este ano o meu objetivo para o Tour era vencer uma etapa e isso já está feito. Estou muito contente com este dia de competição", finalizou Mikael aos jornalistas.
-
Classificação da 16a. Etapa (Martigny a Bourg-Saint-Maurice - 159 km)
01. ASTARLOZA Mikel 61 EUSKALTEL - EUSKADI 4h14m20s
02. CASAR Sandy 101 FRANCAISE DES JEUX 4h14m26s+00m06s
03. FEDRIGO Pierrick 144 BBOX BOUYGUES TELECOM 4h14m26s+00m06s 0
04. ROCHE Nicolas 89 AG2R LA MONDIALE 4h14m26s+00m06s
05. VAN DEN BROECK Jurgen 17 SILENCE - LOTTO 4h14m26s+00m06s
06. MOINARD Amaël 128 COFIDIS LE CREDIT EN LIGNE 4h14m26s+00m06s
07. PELLIZOTTI Franco 91 LIQUIGAS 4h14m31s+00m11s
08. GOUBERT Stephane 85 AG2R LA MONDIALE 4h14m31s+00m11s
09. MOREAU Christophe 171 AGRITUBEL 4h15m19s+00m59s
10. CONTADOR Alberto 21 ASTANA 4h15m19s+00m59s
11. NIBALI Vincenzo 95 LIQUIGAS 4h15m19s+00m59s
12. ARMSTRONG Lance 22 ASTANA 4h15m19s+00m59s
13. WIGGINS Bradley 58 GARMIN - SLIPSTREAM 4h15m19s+00m59s
14. KLÖDEN Andréas 23 ASTANA 4h15m19s+00m59s
15. URAN Rigoberto 119 CAISSE D’EPARGNE 4h15m19s+00m59s
16. VANDE VELDE Christian 51 GARMIN - SLIPSTREAM 4h15m19s+00m59s
17. LE MEVEL Christophe 106 FRANCAISE DES JEUX 4h15m19s+00m59s
18. KREUZIGER Roman 93 LIQUIGAS 4h15m19s+00m59s
19. SCHLECK Andy 31 TEAM SAXO BANK 4h15m19s+00m59s
20. SCHLECK Frank 36 TEAM SAXO BANK 4h15m19s+00m59s
21. KIRCHEN Kim 75 TEAM COLUMBIA - HTC 4h15m19s+00m59s
22. LEFEVRE Laurent 146 BBOX BOUYGUES TELECOM 4h15m19s+00m59s
23. TROFIMOV Yury 149 BBOX BOUYGUES TELECOM 4h15m19s+00m59s
24. SASTRE Carlos 1 CERVELO TEST TEAM 4h15m19s+00m59s
25. KARPETS Vladimir 161 TEAM KATUSHA 4h15m19s+00m59s
32. VOECKLER Thomas 141 BBOX BOUYGUES TELECOM 4h18m15s+03m55s
35. IVANOV Serguei 165 TEAM KATUSHA 4h18m15s+03m55s
38. NOCENTINI Rinaldo 87 AG2R LA MONDIALE 4h18m15s+03m55s
41. POPOVYCH Yaroslav 27 ASTANA 4h18m15s+03m55s
46. EVANS Cadel 11 SILENCE - LOTTO 4h18m15s+03m55s
47. ZUBELDIA Haimar 29 ASTANA 4h18m15s+03m55s
54. FEILLU Brice 174 AGRITUBEL 4h18m15s+03m55s
57. PAULINHO Sergio 26 ASTANA 4h18m15s+03m55s
85. MENCHOV Denis 41 RABOBANK 4h31m00s+16m40s
119. CANCELLARA Fabian 33 TEAM SAXO BANK 4h38m35s+24m15s
128. HUSHOVD Thor 6 CERVELO TEST TEAM 4h38m35s+24m15s
150. CAVENDISH Mark 71 TEAM COLUMBIA - HTC 4h41m56s+27m36s

Imprensa francesa põe Contador como protagonista e Armstrong vira "escudeiro"

- -_A briga interna dentro da equipe Astana, pelo título da Volta da França, está próxima de acabar. Pelo menos é o que destacaram os jornais franceses nesta segunda-feira, um dia depois de o espanhol Alberto Contador assumir a liderança e deixar seu companheiro de time, o norte-americano Lance Armstrong, para trás na classificação geral.
- -_O duelo é entre o campeão de 2007, Contador, e o heptacampeão do Tour, Armstrong. Com a vitória do espanhol no domingo, após um ataque preciso nos quilômetros finais, Contador chega à 16ª etapa com 63h17min56s em cima de sua bicicleta, com uma vantagem de 1min37s para Armstrong, o segundo colocado na prova.
- -_"Contador, o matador", rimou o título do jornal francês L'Equipe, lembrando das touradas espanholas, sobre a nova situação na tabela da Volta da França. O diário destacou que os seis últimos quilômetros de subida foram suficientes para que Contador atacasse seus principais rivais e comprovasse sua condição de favorito ao segundo título.
- -_O L'Equipe ainda destacou que as qualidades de escalador devem favorecer o espanhol nas montanhas dos Alpes, que definirão o campeão desta edição do Tour. Após um dia de descanso, nesta segunda-feira, os ciclistas disputam a 16ª etapa entre Martigny e Bourg-Saint-Maurice, com um percurso de 159 km e duas grandes escaladas que dominam o trecho - a maior chegando a 2.473 m.
- -_Já o Le Parisien destacou a qualidade de Lance Armstrong, que retornou após três anos de aposentadoria e se mantém entre os melhores do mundo. "Mas, já não é o melhor", pontuou o diário, para explicar o favoritismo de Contador na reta final da competição.
- -_Por fim, o Le Figaro fez alusão às lutas de boxe e decretou que o norte-americano está "nas cordas", enquanto o Liberatíon escolheu a chegada do homem à Lua como metáfora. "Contador pisou em Armstrong", publicou em sua manchete, lembrando os 40 anos do primeiro passo do homem na lua, por Neil Armstrong.

-
Esses jornais sensaciolistas nao tem o que fazer mesmo... só falam asneiras... Falar do Sastre, Pelizzoti eles nao falam!!! "Purga"
-
Esta segunda-feira é dia de descanso para os ciclistas. Mas, para os agentes controladores de doping, o trabalho não parou. Alguns dos atletas escolhidos foram os principais nomes deste ano no Tour. Pela equipe Astana, os dois líderes da competição, Alberto Contador (1º) e Lance Armstrong (2º), tiveram de dar amostras para análise. A informação veio do Twitter oficial de Lance Armstrong, que ainda listou Andreas Klöden como terceiro ciclista escolhido para ser testado nesta segunda.
-
Fonte: UOL Esportes - http://esporte.uol.com.br/ciclismo
Link Origem: http://esporte.uol.com.br/ciclismo/ultimas/2009/07/20/ult4360u733.jhtm

Ciclista baleado no Tour pensava tratar-se de uma pedrada

- -_O neozelandês Julian Dean, um dos dois ciclistas baleados na 13ª etapa do Tour, não sabia que tinha sido atingido por uma espingerda de pressão de ar, pensando, na altura onde foi acertado, tratar-se de uma pedra, que teria saltado na estrada após a sua passagem.
- -_O corredor da Garmin-Slipstream foi atingido no dedo indicador, Óscar Freire, da Rabobank, foi atingido na coxa direita, e só depois de trocar umas palavras com o espanhol mais à frente durante o percurso é que percebeu do que, de fato, tinha acontecido.
- -_«O incidente não foi tão grave quanto pareceu. No momento, não percebi o que tinha acontecido, pensei tratar-se de uma pedra. Só mais tarde, em conversa com Óscar Freire, um pouco mais abaixo na estrada, ele disse-me que tinha levado um tiro na perna», admitiu Julian Dean, à imprensa do seu país.
- -_«Nenhum de nós ficou seriamente magoado e continuamos a pedalar. No entanto, no final da etapa, tiraram um pedaço de metal da perna do Óscar. Pode parecer estranho, mas, para mim, não foi um grande drama. Já sofri acidentes piores com quedas a alta velocidade, mas tivemos sorte em não ser atingidos no rosto, por exemplo», confessou, ainda, o neozelandês, que, contudo, espera que «a investigação em curso seja a última do género».
- -_«É realmente preocupante que alguém chegue tão perto de nós com uma arma. Mas, atendendo à forma como a Volta a França é disputada, com milhares de pessoas nas estradas, é muito difícil garantir a segurança», reconheceu, ainda, Julian Dean.
- -_A polícia francesa está a investigar o incidente e dois adolescentes são procurados neste momento. Dependendo da natureza do ato - crime ou violência voluntária -, os suspeitos enfrentam uma pena de prisão de três anos e multa de 45 mil euros.
-
Fonte: IOL - http://diario.iol.pt/desporto/
Link Origem: http://diario.iol.pt/desporto/oscar-freire-freire-julian-dean-tour-ciclismo-maisfutebol/1076719-4062.html

Alberto Contador vence a 15a. etapa e é o novo lider do Tour de France, Lance Armstrong é o segundo colocado.

- -_Alberto Contador (Astana) vence a 15a. etapa do Tour de França, que teve o percurso entre Pontarlier e Verbier com 207.5 km de distância e embalados a obetendo o camisa amarela, ele é o novo lider.
- -_Contador, beneficiou-se do forte ritmo imposto pela equipe Liquigas e, sobretudo, a equipe Saxo Bank abordou o grande grupo, no início da subida de Verbier, 8 quilometros da linha de chegada, sem encontrar qualquer resposta de deus rivais, exceto do jovem Andy Schleck (Saxo Bank).
- -_O vencedor do Tour de 2007, gradativamente ampliou a sua vantagem sobre Schleck e o grupo de Lance Armstrong, também suportou outros favoritos, como Cadel Evans (Silence-Lotto) e do vencedor do último tour, Carlos Sastre (Cervelo).
- -_Contador correu sozinho os ultimos 5 km para ganhar o seu lugar no pódio e vestir de amarelo. Atrás Andy Schleck, 42 segundos, e logo após com aproximadamente um minuto, o grupo com Bradley Wiggins (Garmin), Frank Schleck, Vincenzo Nibali (Liquigas) e Sastre. Armstrong, entretanto, chegou com o seu parceiro Andreas Klöden e Evans, a um minutos e meio do novo líder do Tour de França.
-
Classificação da 15a etapa (Pontarlier a Verbier - 207.5 km)
01. Alberto CONTADOR 21 ASTANA 5h03m58s
02. Andy SCHLECK 31 TEAM SAXO BANK 5h04m41s+00m43s
03. Vincenzo NIBALI 95 LIQUIGAS 5h05m01s+01m03s
04. Frank SCHLECK 36 TEAM SAXO BANK 5h05m04s+01m06s
05. Bradley WIGGINS 58 GARMIN - SLIPSTREAM 5h05m04s+01m06s
06. Carlos SASTRE 1 CERVELO TEST TEAM 5h05m04s+01m06s
07. Cadel EVANS 11 SILENCE - LOTTO 5h05m24s+01m26s
08. Andréas KLÖDEN 23 ASTANA 5h05m27s+01m29s
09. Lance ARMSTRONG 22 ASTANA 5h05m33s+01m35s
10. Kim KIRCHEN 75 TEAM COLUMBIA - HTC 5h05m53s+01m55s
11. Roman KREUZIGER 93 LIQUIGAS 5h06m04s+02m06s
12. Tony MARTIN 76 TEAM COLUMBIA - HTC 5h06m11s+02m13s
13. Vladimir KARPETS 161 TEAM KATUSHA 5h06m11s+02m13s
14. Maxime MONFORT 77 TEAM COLUMBIA - HTC 5h06m21s+02m23s
15. Christophe LE MEVEL 106 FRANCAISE DES JEUX 5h06m30s+02m32s
16. Igor ANTON 62 EUSKALTEL - EUSKADI 5h06m31s+02m33s
17. Jurgen VAN DEN BROECK 17 SILENCE - LOTTO 5h06m31s+02m33s
18. Peter VELITS 187 TEAM MILRAM 5h06m34s+02m36s
19. Rinaldo NOCENTINI 87 AG2R LA MONDIALE 5h06m34s+02m36s
20. MARCHANTE GOMEZ Jose Angel 3 CERVELO TEST TEAM 5h06m34s+02m36s
21. Mikel ASTARLOZA 61 EUSKALTEL - EUSKADI 5h06m39s+02m41s
22. Christian VANDE VELDE 51 GARMIN - SLIPSTREAM 5h06m39s+02m41s
23. Sandy CASAR 101 FRANCAISE DES JEUX 5h06m39s+02m41s
24. Matthew LLOYD 14 SILENCE - LOTTO 5h06m50s+02m52s
25. Brice FEILLU 174 AGRITUBEL 5h07m12s+03m14s
42. Fabian CANCELLARA 33 TEAM SAXO BANK 5h08m12s+04m14s
65. Denis MENCHOV 41 RABOBANK 5h10m25s+06m27s
66. Sergio PAULINHO 26 ASTANA 5h10m51s+06m53s
72. Yaroslav POPOVYCH 27 ASTANA 5h11m54s+07m56s
98. Franco PELLIZOTTI 91 LIQUIGAS 5h16m09s+12m11s
-
Classificação Geral após a 15a. etapa do Tour de France
01. Alberto CONTADOR 21 ASTANA 63h17m56s
02. Lance ARMSTRONG 22 ASTANA 63h19m33s+01m37s
03. Bradley WIGGINS 58 GARMIN - SLIPSTREAM 63h19m42s+01m46s
04. Andréas KLÖDEN 23 ASTANA 63h20m13s+02m17s
05. Andy SCHLECK 31 TEAM SAXO BANK 63h20m22s+02m26s
06. Rinaldo NOCENTINI 87 AG2R LA MONDIALE 63h20m26s+02m30s
07. Vincenzo NIBALI 95 LIQUIGAS 63h20m47s+02m51s
08. Tony MARTIN 76 TEAM COLUMBIA - HTC 63h21m03s+03m07s
09. Christophe LE MEVEL 106 FRANCAISE DES JEUX 63h21m05s+03m09s
10. Frank SCHLECK 36 TEAM SAXO BANK 63h21m21s+03m25s
11. Carlos SASTRE 1 CERVELO TEST TEAM 63h21m48s+03m52s
12. VELDE VANDE Christian 51 GARMIN - SLIPSTREAM 63h21m55s+03m59s
13. George HINCAPIE 74 TEAM COLUMBIA - HTC 63h22m01s+04m05s
14. Cadel EVANS 11 SILENCE - LOTTO 63h22m23s+04m27s
15. Maxime MONFORT 77 TEAM COLUMBIA - HTC 63h22m34s+04m38s
16. Roman KREUZIGER 93 LIQUIGAS 63h22m36s+04m40s
17. Kim KIRCHEN 75 TEAM COLUMBIA - HTC 63h23m01s+05m05s
18. Luis-Leon SANCHEZ 118 CAISSE D’EPARGNE 63h23m23s+05m27s
19. Mikel ASTARLOZA 61 EUSKALTEL - EUSKADI 63h23m33s+05m37s
20. Vladimir KARPETS 161 TEAM KATUSHA 63h23m52s+05m56s
21. Sandy CASAR 101 FRANCAISE DES JEUX 63h24m29s+06m33s
22. Brice FEILLU 174 AGRITUBEL 63h25m00s+07m04s
23. Peter VELITS 187 TEAM MILRAM 63h25m54s+07m58s
24. Linus GERDEMANN 181 TEAM MILRAM 63h26m16s+08m20s
25. Alexandre BOTCHAROV 162 TEAM KATUSHA 63h26m33s+08m37s

Heinrich Haussler (Cervelo TestTeam) ganha a 13a. etapa do Tour de France

- -_Heinrich Haussler (Cervelo TestTeam) ganha a 13a. etapa do Tour de France, percurso entre Vittel a Colmar com 200 km de distância.
- -_Haussler se seraparou do pelotão com 26km e seguiu na compania de Sylvain Chavanel (Quick Step), no quilometro 50km, iniciou uma fuga solitária para a vitória em meio a chuva que estava caindo. Amets Txurruka (Euskaltel Euskadi) chegou em segundo, a frente de Brice Feillu (Agritubel).
- -_Rinaldo Nocentini (Ag2r) manteve a camisa amarela de lider do Tour de France the foram poucas as alterações na classificação geral.
- -_A printipal alteração foi a saída de Levi Leipheimer (Astana) que abandou o Tour por causa da fratura sofrida em uma queda ocorrida na 12a. etapa, esta queda que provocou a lesão ocorreu quando Leipheimer e Cadel Evans se chocaram, a três quilómetros da linha de chegada.
-
Classificação da 13a Etapa - Vittel a Colmar - 200 km
01. Heinrich HAUSSLER 5 CERVELO TEST TEAM 4h56m26s
02. Amets TXURRUKA 68 EUSKALTEL - EUSKADI 5h 00m37s+04m11s
03. Brice FEILLU 174 AGRITUBEL 5h 02m39s+06m13s
04. Sylvain CHAVANEL 151 QUICK STEP 5h 02m57s+06m31s
05. Peter VELITS 187 TEAM MILRAM 5h 03m09s+06m43s
06. Thor HUSHOVD 6 CERVELO TEST TEAM 5h 03m09s+06m43s
07. Vladimir EFIMKIN 81 AG2R LA MONDIALE 5h 03m09s+06m43s
08. Bradley WIGGINS 58 GARMIN - SLIPSTREAM 5h 03m09s+06m43s
09. George HINCAPIE 74 TEAM COLUMBIA - HTC 5h 03m09s+06m43s
10. Andy SCHLECK 31 TEAM SAXO BANK 5h 03m09s+06m43s
11. Andréas KLÖDEN 23 ASTANA 5h 03m09s+06m43s
12. Thierry HUPOND 196 SKIL-SHIMANO 5h 03m09s+06m43s
13. Jens VOIGT 39 TEAM SAXO BANK 5h 03m09s+06m43s
14. Christian KNEES 185 TEAM MILRAM 5h 03m09s+06m43s
15. Frank SCHLECK 36 TEAM SAXO BANK 5h 03m09s+06m43s
16. Grischa NIERMANN 47 RABOBANK 5h 03m09s+06m43s
17. Nicolas ROCHE 89 AG2R LA MONDIALE 5h 03m09s+06m43s
18. Matteo TOSATTO 158 QUICK STEP 5h 03m09s+06m43s
19. David LOOSLI 135 LAMPRE - N.G.C 5h 03m09s+06m43s
20. Alberto CONTADOR 21 ASTANA 5h 03m09s+06m43s
21. Jérémy ROY 107 FRANCAISE DES JEUX 5h 03m09s+06m43s
22. Pierre ROLLAND 148 BBOX BOUYGUES TELECOM 5h 03m09s+06m43s
23. Christian VANDE VELDE 51 GARMIN - SLIPSTREAM 5h 03m09s+06m43s
24. Frederik WILLEMS 99 LIQUIGAS 5h 03m09s+06m43s
25. Linus GERDEMANN 181 TEAM MILRAM 5h 03m09s+06m43s
26. Rinaldo NOCENTINI 87 AG2R LA MONDIALE 5h 03m09s+06m43s
27. Lance ARMSTRONG 22 ASTANA 5h 03m09s+06m43s
29. Tony MARTIN 76 TEAM COLUMBIA - HTC 5h 03m09s+06m43s
30. Carlos SASTRE 1 CERVELO TEST TEAM 5h 03m09s+06m43s
31. Cadel EVANS 11 SILENCE - LOTTO 5h 03m09s+06m43s
40. Denis MENCHOV 41 RABOBANK 5h 03m09s+06m43s
47. Yaroslav POPOVYCH 27 ASTANA 5h 03m09s+06m43s
71. Egoi MARTINEZ 64 EUSKALTEL - EUSKADI 5h 03m38s+07m12s
74. Sergio PAULINHO 26 ASTANA 5h 03m38s+07m12s
75. Fabian CANCELLARA 33 TEAM SAXO BANK 5h 03m43s+07m17s
77. Franco PELLIZOTTI 91 LIQUIGAS 5h 03m56s+07m30s
118. Mark CAVENDISH 71 TEAM COLUMBIA - HTC 5h 20m10s+23m44s
-
Classificação Geral após a 13a. Etapa
01. Rinaldo NOCENTINI 87 AG2R LA MONDIALE 53h30m30s
02. Alberto CONTADOR 21 ASTANA 53h30m36s+00m06s
03. Lance ARMSTRONG 22 ASTANA 53h30m38s+00m08s
04. Bradley WIGGINS 58 GARMIN - SLIPSTREAM 53h31m16s+00m46s
05. Andréas KLÖDEN 23 ASTANA 53h31m24s+00m54s
06. Tony MARTIN 76 TEAM COLUMBIA - HTC 53h31m30s+01m00s
07. VELDE VANDE Christian 51 GARMIN - SLIPSTREAM 53h31m54s+01m24s
08. Andy SCHLECK 31 TEAM SAXO BANK 53h32m19s+01m49s
09. Vincenzo NIBALI 95 LIQUIGAS 53h32m24s+01m54s
10. Luis-Leon SANCHEZ 118 CAISSE D’EPARGNE 53h32m46s+02m16s
11. Maxime MONFORT 77 TEAM COLUMBIA - HTC 53h32m51s+02m21s
12. Frank SCHLECK 36 TEAM SAXO BANK 53h32m55s+02m25s
13. Roman KREUZIGER 93 LIQUIGAS 53h33m10s+02m40s
14. Vladimir EFIMKIN 81 AG2R LA MONDIALE 53h33m15s+02m45s
15. Carlos SASTRE 1 CERVELO TEST TEAM 53h33m22s+02m52s
16. Mikel ASTARLOZA 61 EUSKALTEL - EUSKADI 53h33m32s+03m02s
17. Cadel EVANS 11 SILENCE - LOTTO 53h33m37s+03m07s
18. Kim KIRCHEN 75 TEAM COLUMBIA - HTC 53h33m46s+03m16s
19. Vladimir KARPETS 161 TEAM KATUSHA 53h34m19s+03m49s
20. Brice FEILLU 174 AGRITUBEL 53h34m26s+03m56s
21. Sandy CASAR 101 FRANCAISE DES JEUX 53h34m28s+03m58s
22. Haimar ZUBELDIA 29 ASTANA 53h34m44s+04m14s
23. Yaroslav POPOVYCH 27 ASTANA 53h34m50s+04m20s
24. Linus GERDEMANN 181 TEAM MILRAM 53h34m50s+04m20s
25. Nicki SORENSEN 38 TEAM SAXO BANK 53h35m08s+04m38s

Nicki Sorensen sobrevive a fuga e vence pela primeira vez no Tour

- -_Com um brilhante ataque solitário a menos de 5km para o fim da etapa, o dinamarquês Nicki Sorensen venceu nesta quinta-feira a 12ª etapa do Tour de France. Ele completou o percurso de 211,5 quilômetros entre Tonnerre e Vittel em 4h52min24s.
- -_Sete ciclistas foram responsáveis pela fuga do dia e distribuíram entre si praticamente todos os pontos das metas volantes e de montanha do estágio. A briga mais interessante foi pelos pontos de escalador, uma vez que no grupo da frente estavam Egoi Martinez e Franco Pellizotti, líder e vice-líder na briga pela camisa branca com bolinhas vermelhas. O italiano levou a melhor sobre o espanhol nas disputas de hoje e diminuiu a diferença entre eles na classificação desta disputa de 20 para 17 pontos – 88 a 71 para o atleta da Euskatel-Euskadi.
- -_A cerca de 21km da chegada, dois dos integrantes da fuga fizeram um ataque: o dinamarquês Nicki Sorensen e o francês Sylvain Calzati escaparam e chegaram a abrir 15 segundos de vantagem sobre o quinteto de perseguidores. A cinco quilômetros do fim, as pernas de Calzati acabaram e Sorensen tentou um último ataque solitário em busca da vitória. O esforço valeu a pena e o dinamarquês cruzou a linha de chegada 5min58s à frente do pelotão onde estava o camisa amarela, Rinaldo Nocentini, acompanhado dos demais favoritos ao título do Tour. O resultado da prova deve fazer Sorensen dar um salto para o grupo dos 20 primeiros colocados na classificação geral. Ele começou o dia em 33º lugar, a 8min06s de Nocentini.
- -_Não houve grandes alterações na classificação geral de nenhum dos principais prêmios. A camisa amarela continua em poder do italiano Rinaldo Nocentini, que tem seis segundos de vantagem para Alberto Contador e oito para Lance Armstrong.
-
Classificação da 12a. Etapa - Tonnerre a Vittel - 211,5 km
01. Nicki SORENSEN 38 TEAM SAXO BANK 4h52m24s
02. Laurent LEFEVRE 146 BBOX BOUYGUES TELECOM 4h53m12s+00m48s
03. Franco PELLIZOTTI 91 LIQUIGAS 4h53m12s+00m48s
04. Markus FOTHEN 183 TEAM MILRAM 4h53m12s+00m48s
05. Egoi MARTINEZ 64 EUSKALTEL - EUSKADI 4h53m12s+00m48s
06. Sylvain CALZATI 173 AGRITUBEL 4h53m12s+00m48s
07. Rémi PAURIOL 129 COFIDIS LE CREDIT EN LIGNE 4h53m57s+01m33s
08. Mark CAVENDISH 71 TEAM COLUMBIA - HTC 4h58m22s+05m58s
09. Thor HUSHOVD 6 CERVELO TEST TEAM 4h58m22s+05m58s
10. Marco BANDIERA 132 LAMPRE - N.G.C 4h58m22s+05m58s
11. Mauro SANTAMBROGIO 137 LAMPRE - N.G.C 4h58m22s+05m58s
12. Steven DE JONGH 154 QUICK STEP 4h58m22s+05m58s
13. Cyril LEMOINE 191 SKIL-SHIMANO 4h58m22s+05m58s
14. Nicolaï TRUSSOV 168 TEAM KATUSHA 4h58m22s+05m58s
15. Yaroslav POPOVYCH 27 ASTANA 4h58m22s+05m58s
16. Lance ARMSTRONG 22 ASTANA 4h58m22s+05m58s
17. Bradley WIGGINS 58 GARMIN - SLIPSTREAM 4h58m22s+05m58s
18. Christian VANDE VELDE 51 GARMIN - SLIPSTREAM 4h58m22s+05m58s
19. Yauheni HUTAROVICH 104 FRANCAISE DES JEUX 4h58m22s+05m58s
20. Jose Joaquin ROJAS 117 CAISSE D’EPARGNE 4h58m22s+05m58s
21. Alberto CONTADOR 21 ASTANA 4h58m22s+05m58s
22. Andréas KLÖDEN 23 ASTANA 4h58m22s+05m58s
23. Serguei IVANOV 165 TEAM KATUSHA 4h58m22s+05m58s
24. Vladimir KARPETS 161 TEAM KATUSHA 4h58m22s+05m58s
25. George HINCAPIE 74 TEAM COLUMBIA - HTC 4h58m22s+05m58s
37. Tony MARTIN 76 TEAM COLUMBIA - HTC 4h58m22s+05m58s
48. Rinaldo NOCENTINI 87 AG2R-LA MONDIALE 4h58m22s+05m58s
-
Classificação Geral após a 12a. Etapa
01. Rinaldo NOCENTINI 87 AG2R-LA MONDIALE 48h27m21s
02. Alberto CONTADOR 21 ASTANA 48h27m27s+00m06s
03. Lance ARMSTRONG 22 ASTANA 48h27m29s+00m08s
04. Levi LEIPHEIMER 24 ASTANA 48h28m00s+00m39s
05. Bradley WIGGINS 58 GARMIN - SLIPSTREAM 48h28m07s+00m46s
06. Andréas KLÖDEN 23 ASTANA 48h28m15s+00m54s
07. Tony MARTIN 76 TEAM COLUMBIA - HTC 48h28m21s+01m00s
08. Christian VANDE VELDE 51 GARMIN - SLIPSTREAM 48h28m45s+01m24s
09. Andy SCHLECK 31 TEAM SAXO BANK 48h29m10s+01m49s
10. Vincenzo NIBALI 95 LIQUIGAS 48h29m15s+01m54s
11. Luis-Leon SANCHEZ 118 CAISSE D’EPARGNE 48h29m37s+02m16s
12. Maxime MONFORT 77 TEAM COLUMBIA - HTC 48h29m42s+02m21s
13. Frank SCHLECK 36 TEAM SAXO BANK 48h29m46s+02m25s
14. Roman KREUZIGER 93 LIQUIGAS 48h30m01s+02m40s
15. Vladimir EFIMKIN 81 AG2R-LA MONDIALE 48h30m06s+02m45s
16. Carlos SASTRE 1 CERVELO TEST TEAM 48h30m13s+02m52s
17. Mikel ASTARLOZA 61 EUSKALTEL - EUSKADI 48h30m23s+03m02s
18. Cadel EVANS 11 SILENCE - LOTTO 48h30m28s+03m07s
19. Kim KIRCHEN 75 TEAM COLUMBIA - HTC 48h30m37s+03m16s
20. Vladimir KARPETS 161 TEAM KATUSHA 48h31m10s+03m49s
21. Sandy CASAR 101 FRANCAISE DES JEUX 48h31m19s+03m58s
22. Haimar ZUBELDIA 29 ASTANA 48h31m35s+04m14s
23. Yaroslav POPOVYCH 27 ASTANA 48h31m41s+04m20s
24. Linus GERDEMANN 181 TEAM MILRAM 48h31m41s+04m20s
25. Brice FEILLU 174 AGRITUBEL 48h31m47s+04m26s

Mountain Bike dos Campos Gerais tem prova de abertura no dia 19 de julho

- -_Contando com a participação de atletas dos Campos Gerais será aberto no dia 19 de julho o 1º Campeonato Regional de Mountain Bike, que tem promoção conjunta da Prefeitura de Ponta Grossa – Esportes e Recreação e Liga de Ciclismo Campos Gerais.
- -_Segundo o coordenador Sandro Biedermann, a competição é destinada a corredores de toda a região, sejam ou não filiados à Federação Paranaense de Ciclismo.
- -_Todas as provas serão disputadas em Ponta Grossa, com este calendário: 19 de julho, cross country, no Centro de Eventos Cidade de Ponta Grossa (Núcleo Santa Terezinha); 16 de agosto, cross country e marathon, no Balneário Rio Verde (Uvaranas); 6 de setembro, cross country, nas proximidades da UTFPR (Rua Monteiro Lobato); e 27 de setembro, marathon, em percurso do Campus UEPG até o Alagados, com retorno ao Campus da UEPG.
- -_As categorias previstas são: Masculino – Sub-16; Júnior; Máster (30/40 anos); Veteranos (acima de 40 anos); e Open (elite). Também será desenvolvida uma categoria Feminina.
- -_As inscrições deverão ser confirmadas até a quinta-feira que antecede cada prova e terão um custo individual de R$ 20,00 por etapa, para todas as categorias, exceto na Sub-16, que terá taxa de R$ 10,00 por etapa. As inscrições realizadas após este dia terão um custo maior, de R$ 20,00 para a Sub-16 e R$ 40,00 para as demais categorias.
- -_Os três primeiros de cada categoria receberão premiação em medalhas, sendo que na prova final do campeonato os três primeiros de cada categoria receberão troféus, com premiação em dinheiro ate o quinto colocado. Toda a arrecadação da última etapa será revertida para a premiação em dinheiro.
- -_O percentual de distribuição dos prêmios em dinheiro obedecerá estes percentuais: 50% para a Open; 15% para a Júnior; 5% para a Sub-16; e 10% para cada uma das demais categorias.
- -_A categoria que não apresentar 10 corredores inscritos durante todo o campeonato, somando-se as quatro etapas, não receberá premiação em dinheiro, sendo esta dividida em partes iguais para as demais categorias.
-
Fonte: Esportes Campos Gerais - http://www.esportescamposgerais.com.br
Link Origem: http://www.esportescamposgerais.com.br/?pagina=noticia¬icia_id=490

Etapa de Taubaté do Big Biker terá 850 atletas

- -_Com mais de 800 atletas, acontece neste domingo (19) a terceira etapa do Big Biker Cup, uma das mais importantes provas de mountain bike do país.
- -_O percurso terá 91 quilômetros para a categoria Pro e 67 km para a Sport. E a prova promete ser muito rápida, é o que afirma Marilia Barbosa, organizadora do evento. “A previsão é que o primeiro colocado da geral complete a prova em três horas. Será uma etapa bem rápida, não dá tempo de quase nada, precisa estar bem esperto”, comenta.
- -_O percurso é o mesmo do ano passado, com largada e chegada na APAE de Taubaté, que fornece infra-estrutura completa para a prova. O percurso passa ainda pelo Bairro Baracéia, Morro Grande, Rio das Antas, Bar do Pescador (próximo a Redenção da Serra), Serra das Coletas, Bar do Jonas, Caçapava Velha e Bairro Barreiro (veja o mapa ao lado).
- -_Liderança - A briga pela liderança do campeonato no masculino vai esquentar entre Hugo Prado Neto e Kleber Nascimento. Ambos tem uma diferença de apenas cinco pontos na classificação geral. Para esta etapa, outro destaque é João Paulo Firmino, que pode vencer, mas não está na briga pela campeonato.
- -_O grande destaque da etapa de Taubaté (SP) no feminino fica para Adriana Nascimento. Mesmo tendo participado apenas da segunda etapa, em Santo Antonio do Pinhal, a atleta está na quinta colocação da classificação geral e vai em busca do título. Roberta Stopa e Erika Gramiscelli, primeira e segunda colocadas no geral, não correm nesta etapa. Tessa Roorda e Lais Saes também estão na briga.
-
Fonte: Webventure Bike - http://www.zone.com.br/bike
Link Origem: http://www.zone.com.br/bike/conteudo/noticias/index/id/26280

Brusque fará prova em homenagem a Murilo Fischer

- -_Durante a manhã desta quarta-feira, pouco antes do início da transmissão da 11ª etapa do Tour de France, tocou o telefone na redação. Era para o comentarista Celso Anderson, meu parceiro de transmissões da Volta. Na ligação, veio a notícia de que o pessoal em Brusque, Santa Catarina, está organizando uma prova em homenagem a Murilo Fischer, filho da terra que nos últimos anos foi o representante do ciclismo brasileiro no Tour.
- -_A corrida vai acontecer nos dias 19 e 20 de dezembro e a intenção dos responsáveis pela prova é contar com a participação de muitos ciclistas profissionais, se possível até do exterior. E haverá também uma categoria para a participação de amadores. Fica a torcida para que o evento seja um sucesso!
-
Fonte: ESPN Brasil - http://espnbrasil.terra.com.br
Link Origem: http://espnbrasil.terra.com.br/ciclismo/post/61989_BRUSQUE+FARA+PROVA+EM+HOMENAGEM+A+MURILO+FISCHER

As lições de Erik Zabel - É O CONSELHEIRO DE MARK CAVENDISH.

- -_Erik Zabel e Mário Cipollini fizeram as delícias dos amantes do ciclismo na disputa das etapas ao sprint. Alemão e italiano, ambos já retirados, dominaram a arte nos finais da década de 90 e primeiros anos deste século. Depois deles, o italiano Alessandro Petacchi e o australiano Robbie McEwen prometiam ocupar os lugares, mas é um jovem de 24 anos que consegue recuperar o espetáculo das chegadas em pelotão e dar emoção. Mark Cavendish somou ontem o 4.º triunfo na presente edição da Volta a França e promete ultrapassar Erik Zabel, o tal que é conselheiro da Columbia para os velocistas. O britânico está em condições de conquistar a sua primeira camisa verde aos 24 anos, contra os 26 de Zabel, idade com que o antigo ciclista alemão alcançou a sua primeira vitória na classificação dos pontos.
- -_O ciclista da ilha de Man promete também superar a carreira do seu conselheiro e soma já 49 vitórias em 5 anos de carreira profissional (Zabel totalizou 135 em 15 temporadas). Também em triunfos nas etapas da Volta a França, Cavendish está em condições de ser melhor: em apenas dois anos, já contabiliza oito, o alemão somou 12 em seis presenças com vitórias.
-
Fonte: Jornal Record - http://www.record.pt
Link Origem: http://www.record.pt/noticia.aspx?id=41fbb5d0-6ac9-4a47-9921-2588be4a90f9&idCanal=7b125fee-4345-4515-838e-90dc05ae2232

Bulgarelli conquista resultado histórico para ciclismo nacional

- -_O ciclista brasileiro Otávio Bulgarelli conquistou no último domingo, dia 12 de julho, um resultado histórico para o esporte nacional. O paulista de 24 anos, que competiu pela equipe canadense Garneau Club-Chaussures-Suzano, terminou a Volta de Québec como vice-campeão geral, após subir duas vezes ao pódio. O resultado o colocou como o melhor brasileiro na história da tradicional competição.
- -_"Fiquei muito contente com o resultado. Acho que minha adaptação foi bem rápida e estou tendo um ótimo convívio com a equipe. Sou o capitão e tenho respeito por isso e por meus resultados. O Louis Garneau, dono da equipe, está muito contente e me dá todo apoio. Achei a prova muito bem organizada e com ótimas equipes", contou Bulgarelli.
- -_Além do 2º lugar de Bulgarelli, a sua equipe faturou o título na disputa por equipes da Volta. Bulgarelli foi o capitão do time, que contou com os canadenses Antoine Matteau, Arroussen La Flamme, Devon Noakowski, Jeff Racine, Ludovic Fleury e Vincent Quirion. A prova durou cinco dias, com início na quinta-feira, 9 de julho. O brasileiro foi o 3º colocado na 1ª etapa e 2º, na última. A disputa também trouxe equipes dos Estados Unidos e da França.
- -_O ciclista contou ainda com o apoio da mountain biker Jaqueline Mourão. A mineira mora nas proximidades de onde foi realizada a disputa, e fez questão de prestigiar Bulgarelli. "Ela estava lá para torcer por mim e me parabenizou depois da conquista. Conversamos bastante e foi ótimo poder falar um pouco de português", contou o vice-campeão.
-
Fonte: O Radical - http://oradical.uol.com.br
Link Origem: http://oradical.uol.com.br/conteudo/bulgarelli_2lugar_volta_quebec_2009.asp