NOVAS NOTÍCIAS:
Carregando...

Saúde - Dicas para um envelhecimento saudável - 30/12/2008 - 11h48

- _ Desgastes físicos, cansaço e algumas limitações são os problemas enfrentados por boa parte da população idosa brasileira. Embora a expectativa de vida no país tenha aumentado em 5,57 anos, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), problemas antigos, principalmente as crônico-degenerativas (diabetes, hipertensão) e as cardiovasculares ainda ameaçam a longevidade de muitos brasileiros.
- _ A principal arma para combater essas doenças é a prevenção que começa com uma boa alimentação e a prática de exercícios físicos. No entanto, de acordo com o coordenador do Núcleo de Capacitação e Estudos do Processo de Envelhecimento (Nucepe) da UFMA, Isidoro Cruz, as atividades devem ser feitas em locais adequados e acompanhadas de profissionais. “A questão das práticas de atividades para os idosos carece de profissionais capacitados na condução desses programas. Paralelamente, os locais necessitam estar adaptados para estas práticas. As mais indicadas são a caminhada e atividades aquáticas, prescritas após uma revisão médica rigorosa”, afirma.
- _ Mesmo sendo de grande importância para se prevenir do sedentarismo e, conseqüentemente, das doenças, os exercícios físicos não são realizados por muitos idosos. Segundo Isidoro, essa recusa é resultante de vários fatores, tais como questões psicológicas, biológicas e filosóficas, que são a base de sustentação da Educação Física.
- _ “Diante deste quadro, as influências são independentes da faixa etária. Sendo assim, para os idosos que não foram criados dentro de uma política direcionada para estas práticas, as dificuldades são muito maiores ao atingirem determinada faixa etária. O ideal seria que estas práticas acompanhassem todo seu processo de envelhecimento”, comenta o professor.
- _ Por isso, realizar caminhadas, hidroginástica e atividades mais leves são essenciais durante o período de recessos e férias, momentos no quais as famílias se reúnem para as festas de confraternização. Além disso, comidas gordurosas devem ser evitadas, dando preferência a alimentos leves (carnes magras, frutas e verduras).
- _ Para os jovens que desejam alcançar um envelhecimento saudável, Isidoro recomenda algumas atitudes que podem fazer toda a diferença no futuro. “É preciso mudar os hábitos de vida, principalmente com relação ao alcoolismo e tabagismo, e praticar esportes de baixa intensidade, tais como ciclismo e ginástica localizada”, declara.
Ascom/UFMA
-

Aniversariante do Mês de Dezembro. "Fábio Henning"

Parabéns ao nosso amigo Mazobiker "FÁBIO HENNING", por ter completado mais um ano de vida, ontem, dia 29/12/2008.
Que o nosso bom Deus ilumine sempre a sua vida e te cubra de bençãos e de muitas alegrias.
-
Um grande abraço de todos os mazobikers.

Ciclismo: Chile e Paraguai confirmam atletas para a 9ª Copa América

- _ A temporada esportiva nacional terá início neste domingo, dia 4, com a realização da 9ª Copa América de Ciclismo. A competição, considerada uma das mais importantes do calendário das Américas e que vale pontos para o ranking da União Internacional de Ciclismo (UCI), será realizada no Autódromo Internacional José Carlos Pace, em Interlagos.
- _ Duas das cinco equipes estrangeiras, Chile e Paraguai, já confirmaram seus atletas para a disputa que promete repetir o equilíbrio e emoção das edições anteriores.
- _ A programação do evento prevê a largada da prova das mulheres às 7h45min, para seis ou sete voltas no circuito de 4.309 metros, ficando o masculino para as 9 horas, entre 15 e 18 voltas. Rede Globo de Televisão mostrará a prova masculina ao vivo para todo o país, dentro do Esporte Espetacular.
- _ Uma das forças do ciclismo sul-americano, o Chile competirá mais uma vez no país. Nos últimos anos, equipes e atletas chilenos têm participado de diversos eventos, como a própria Copa América e a Volta do Estado de São Paulo.
- _ Neste ano, cinco ciclistas chilenos, comandados pelo técnico Rafael Aravena, competirão no circuito de Interlagos. São eles Luís Mansilla, Cristopher Mansilla, Cristian Concha, Pablo Seisdedos e Rafael Aravena.
- _ Em 2008, o principal resultado foi obtido por Cristian Concha, que terminou no pelotão, em 30º lugar, com o mesmo tempo do vencedor. Sebastian Avendano também finalizou no pelotão, em 71º, enquanto Pablo Seisdedos não completou a prova. Já no ano passado, José Aravena foi o 12º e chegou no pelotão, com o mesmo tempo do campeão. O Chile ainda disputou a Volta do Estado de São Paulo em 2007 e ficou com o décimo lugar no geral, sendo que seu principal atleta foi Luis Sepúlveda, 28º no individual.
- _ O Paraguai, por usa vez, volta a competir no Brasil após um longo período. A equipe comandada pelo técnico Ramon Castillo contará com três ciclistas: Fernando Rolón, Raúl Fernandes e Luis Flores. Com um grupo jovem, o objetivo da equipe é adquirir experiência para as demais competições no Continente ao longo da temporada 2009.
-

Ciclismo: Definidas as equipes nacionais da 9ª Copa América - 28/12/2008 - 11:17:25

- _ Em plena época de festas de final de ano, o ciclismo nacional deixa a comemoração de lado e segue firme em sua preparação para a primeira prova da temporada 2009. Será a Copa América de Ciclismo, um dos mais importantes eventos do calendário das América e que realizará sua nona edição no dia 4 de janeiro, no Autódromo Internacional José Carlos Pace, em Interlagos, São Paulo. Será a sétima vez que o autódromo paulistano trocará os motores possantes pelas também velozes bikes. O evento reunirá 20 equipes convidadas no masculino, sendo 15 nacionais e cinco estrangeiras, e valerá pontos para os rankings da União Ciclística Internacional (UCI) e Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC). No feminino, a disputa contará com as 30 mais bem colocadas no ranking individual nacional e ciclistas convidadas.
- _ A programação do evento prevê a largada da prova feminino às 7h45min, para um total de sete voltas, ficando o masculino para as 9h30min, com 18 voltas.
- _ A Yescom, organizadora do evento, divulgou a relação de equipes nacionais que aceitaram o convite. A força da competição é confirmada pela presença das 10 mais bem colocadas do ranking nacional e a base foi a classificação de 26 de novembro, como estava previsto no regulamento. Os destaques são as primeiras equipes na classificação, com a Memorial, de Santos, que fechou 2008 com a liderança do ranking; a Scott/Marcondes César, de São José dos Campos, segunda colocada, e o Clube DataRo de Ciclismo, de Ponta Grossa, no Paraná, terceira do ranking.
- _ A relação ainda tem outros 12 times também considerados forças do esporte, que são o Suzano/Flying Horse/Caloi (SP); União/Assis/Amea (SP); Team Vale/Fapi (SP); Belo Horizonte (MG); Cesc/Sundown/ Nossa Caixa/ Calipso (SP); Americana (SP); Iracemápolis (SP); Guarulhos (SP); PM Santana de Parnaíba/ Vicini/Kenda/DKS (SP); Seleção Norte/ Nordeste; Seleção Espírito Santo; e a Seleção Minas Gerais.
- _ No começo da próxima semana serão confirmadas também as equipes estrangeiras que participarão da 9ª Copa América de Ciclismo. Os países representados, entretanto, já estão definidos: Estados Unidos, Chile, Uruguai, Argentina e Paraguai. Também serão confirmadas as atletas do feminino.
-
Fonte: http://www.finalsports.com.br
Link Origem: http://www.finalsports.com.br/03/comando/headline.php?n_id=92427&u=0

Apresentação dos produtos SHIMANO para 2009

Pessoal este video é muito interesante, vale a pena conferir. E a apresentação os dos grupos shimano para o ano de 2009.


Curitiba sedia eleição da CBC em janeiro do próximo ano

- _ As eleições de 2009 da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC) vão acontecer em Curitiba. A definição foi divulgada no edital liberado pela entidade nesta semana. O pleito vai acontecer durante a Assembléia Geral entre a confederação e as federações estaduais, no dia 28 de janeiro, no Hotel Victoria Villa. As chapas que desejem participar poderão se inscrever até 10 dias antes das eleições, ou seja, até o dia 18 de janeiro.
- _ Nesta Assembléia Geral, além das eleições, vai acontecer a apresentações das contas da atual gestão, comandada por José Luiz Vasconcelos. Espera-se que o dirigente participe do pleito, para dar continuidade ao trabalho por pelo menos mais um ciclo olímpico. A manutenção do corpo técnico e os rumos do ciclismo brasileiro serão definidos após a eleição desta nova diretoria.
-

CONTATO...

Leia atentamente as instruções abaixo.
COMO DIVULGAR MINHA COMPETIÇÃO / PASSEIO / EVENTO NO PEDAL
Caso queira divulgar seu evento (apenas relacionados com bicicleta), escreva para nós com o conteúdo a ser divulgado (Texto/Imagens/Videos) para o e-mail: mazobikers@gmail.com
 
COMO INDICAR NOTÍCIAS, MATÉRIAS, RELEASES E RESULTADOS

Caso queira indicar notícias, matérias, resultados de provas e releases escreva para nossa redação no e-mail mazobikers@gmail.com

Caso queira fazer sugestões, reclamações ou algum comentário, relativo ao site pode ser enviado  para o e-mail mazobikers@gmail.com ou través do facebook com redator.mazobikers
 
Demais contatos:
Twitter: @mazobikers
Facebook: https://pt-br.facebook.com/Mazobikers

Road Bike versus Mountain Bike - A diferença das Forças.


- _A corrida de Mountain Bike exige um tipo totalmente diferente da potência de saída das corridas de estrada. Aqui, Jason Hilimire do Colorado FasCat Coaching explica a diferença entre a força usada na estrada e no mountain bike, e como você pode otimizar a sua formação para dar resposta a essas demandas.

# Como aumentar a sua capacidade anaeróbia #
- _Embora corredores de estrada tenham uma necessidade constante de potência, a técnica utilizada em terrenos encontrados no mountain bike exige súbitas explosões de energia, muitas vezes precedido ou seguido por períodos de pouca força, quando o ciclista deixar de pedalar para aproveitar a velocidade ou passar através de obstáculos.
- _Portanto, um ciclista com abilidade para o desempenho de alto nível sobre esforço e durante uma corrida de mountain bike é mais crítica. Ter uma maior resistência aeróbica também é importante, mas com ambas habilidades é uma arma letal.
- _Na FasCat Coaching, gostamos de ver atletas de mountain bike executando intervalos de 'Time Burst' (explosões musculares). Trata-se do ciclista pedalar ao seu ritmo normal de dois a quatro minutos e, em seguida, saltar para fora do banco de 10 a 30 segundos em 125 por cento ou mais do seu limiar de força. Após o estouro, o atleta retorna ao seu ritmo normal até o próximo explosão. Aqui está um exemplo de Time Burst em andamento:
• ciclo de nove minutos no tempo normal (224-266 watts se você tiver um powermeter), saltando para fora do banco durante 10s a alta potência (357w) explodindo nas marcas de três, seis e nove minutos. Repeta duas vezes, então continue andando para outro ciclo de nove minutos sem qualquer pausa.
- _Conforme o atleta progride, os intervalos de Time Burst pode ser substituídos por intervalos de 'sweet spot' e até 'pleno gás', que são mais avançados e muito mais difíceis. Aqui está um exemplo sweet spot workout: • ciclo de 10 minutos, a um ritmo ligeiramente mais forte (245-286w), saltando para fora do banco durante 15s de alta potência (357w), explode nas marcos de dois, quatro, seis, oito e 10 minutos. Repita três vezes e, em seguida, continuar andando por outros 10 minutos sem qualquer pausa.
- _O mais avançado é a realização do workout explode durante um determinado intervalo. Na FasCat, reservamo-nos o limitar para o Time Burst para intervalos de duas a três semanas antes de uma corrida.Aqui está um exemplo:
• ciclo de 20 minutos, a um ritmo duro (268-310w), saltando para fora do banco durante 15s a alta potência (357w) explodindo nas marcas de 5, 10, 15 e 20 minutos, então continua andando por outros 20 minutos sem qualquer pausa.
- _Estes intervalos de explosões em vigor são adaptações fisiológicas necessárias para a constante start / stop da pedalada e rajadas de potência anaeróbia necessárias para uma volta rápidas sobre técnicas em terreno off-road.
- _Para trabalhar exclusivamente em sua capacidade anaeróbia, temos um exemplo de zona 6 de workout. Aqui está um exemplo:
• Um Sprint de um minuto (357w), então retorne o seu pedal para uma velocidade normal por um minuto. Repita três vezes. Pedal de cinco minutos, a sua velocidade normal e, em seguida, fazer uma segunda série de quatro com um minuto, um minuto sem intervalos.
- _Este workout contém oito minutos (duas séries de 4 x 1 hora) de capacidade de trabalho anaeróbia. Nós ajustamos a duração, numa base individual, entre cinco e 25 minutos, com periodicidade nunca superior a sete por conjunto. Um minuto é um bom 'meio termo' para uma capacidade anaeróbia duração 30 a 90 segundos, mas também pode ser utilizado.
# A força aplicada na estrada 'versus' a força aplicada no mountain bike #
- _Para ilustrar a diferença entre a força usada na estrada e no mountain bike, foi feito o uso dos dados coletados através de um medidor de potência PowerTap, duas diferentes coletas de 10 minutos. O primeiro foi em uma estrada com uma bike estável seguida com trechos em uma colina de dois para quatro graus. O segundo foi com uma mountain bike até uma subida em um singletrack com a mesma inclinação. Eu usei em ambos os trechos, à mesma taxa de esforço percebido (RPE) e teve uma média de freqüência cardíaca de 159bpm para ambos.
- _No gráfico abaixo, tenho sobreposto à estrada e mountain bike em cima uns do outro para ver a diferença de 2 a 10 minutos. Como você pode ver, muito mais força foi empregada durante a subida de mountain bike do que na bike de estrada.



- Clique na imagem para ampliar -
- _A potência média de esforço para o mountain bike foi de 220 watts, enquanto que a estrada era 246w. No entanto, houve um enorme esforços acima 300W em off road, enquanto a subida necessária na estrada foi com uma potência muito mais estável, sem quaisquer incursões acima 300W.
- _A partir dos dados coletados, podemos ver que esta subida de 10 minutos em singletrack continha seis seções em que foi necessário para produzir mais de 300W. Essas rajadas de esforço a partir de qualquer lugar durou de cinco a 25 segundos e são realçadas em roxo abaixo.

- Clique na imagem para ampliar -
- _Rajadas de esforços como estas ocorrem repetidamente durante o mountain biking - durante duas horas de uma corrida de cross-country, cerca de 88 instâncias.
- _O mountain bike tem uma necessidade de rajadas de força principalmente devido ao tipo do terreno. Pedras, raízes, valetas, subidas íngremes curtas, barrancos e outros obstáculos todos contribuem para uma elevada variação da demanda de potência. É essencial para a corrida de mountain bike ser capaz de produzir esses esforços, a fim de transpor o terreno técnico e manter a sua velocidade.
- _Inversamente, você notará que precedem a maioria destes esforços são períodos de potência zero (destacado em azul). Isto indica que o terreno era bastante técnico e tinha que parar de pedalar temporariamente para transpor uma seção da pista. Quando eu comecei, fui pedalar novamente a partir de 0W até 300W para manter o ritmo.
- _São curtas estas explosões de esforços e as posteriores alterações na potência ou cadência que verdadeiramente distingue a corrida de mountain bike das corridas de estrada. Cumulativamente, esses esforços se somam a uma grande demanda fisiológica. Uma ou duas vezes não é nada, mas 88 vezes (como em uma corrida), isto irá deixar-lhe esgotado.
- _Se você chegar a essa capacidade em uma corrida que você não tem escolha, de uma maneirada. No entanto, se você aumentar o seu trabalho sobre capacidade anaeróbia em formação, terá um carga extra para correr mais rápido. Muito mais rápido.
-
Tradução: Purga
-

Subaru introduz seu nome no mercado de Bicicletas

- - _O mundo do ciclismo sabe sobre Gary Fisher-Subaru uma grande equipe corridas, mas agora é a mesma está lançando sua própria linha de bicicletas em 2009, começando com uma hardtail modelo XB, como preço de $US 3880.
- - _Fuji Heavy Industries Ltd., fabricante de automóveis da marca Subaru, vai terceirizar a produção de bicicletas para um fabricante japonês, a ser feita numa base per-end. Apenas 99 bikes vão ser feitas, com os seguintes componentes:
# Quadro Hardtail de Chromoly japonês;
# Suspensão RockShox Reba Dual Air Race;
# componentes Shimano XT (Pedivela, Coroa, disco de freio, shifters, freios, cassete, corrente);
# Guidão Deda Big Bar;
# Canote Deda Quattro;
# Deda Metal Stick sede post;
# Rodas Mavic CrossRide;
# Pneus Michelin Country Rock 26 x 1,75;
# Banco Selle Italia C2 Gel Flow.
- - _BMW, Mercedes-Benz, Porsche, Land Rover, Cadillac, and Jeep também estão pensando em colocar seus nomes em bicicletas.
-
Tradução: Purga
-

Roberto da Silva surpreende e vence Copa da República de ciclismo

- - _A sétima edição da Copa da República de Ciclismo terminou com vitória do potiguar Roberto Pinheiro da Silva, que completou as 14 voltas do circuito no Aterro do Flamengo em 48min57s799.
- - _No feminino, Janildes Fernandes assegurou o seu segundo título da competição.

A prova realizada na manhã deste domingo marcou a volta da competição às suas origens, uma vez que a primeira edição aconteceu justamente no Rio de Janeiro, em 2002. A disputa também apresentou um novo nome para o esporte.

- - _"Foi o melhor resultado da minha carreira", declarou Roberto, de 25 anos, 12 deles dedicados ao ciclismo. "Fiz uma preparação especial para a Volta de Santa Catarina, mas como ela foi cancelada, acabei focando na Copa da República", explicou o vencedor.Atual campeão e apontado como um dos favoritos, Nilceu Aparecido Santos terminou em quarto após um problema com a corrente.

- - _"Estava muito bem preparado para a prova. Pensei que fosse chegar melhor, mas tive um problema na corrente da minha bicicleta nos últimos 200 metros. Agora é treinar para a Copa America e pontuar no ranking", afirmou o paranaense de Cascavel.

- - _Já no feminino, Janildes Fernandes, que já havia vencido em 2003, garantiu o bicampeonato com o tempo de 30min34s671 para as sete voltas no circuito de 2.730 metros. "Foi um grande presente de Natal para nós", declarou a vencedora, que em 2009 retornará ao Brasil após alguns anos competindo na Itália.

-


'Morcegão' e 'The Flash' voltam a duelar na Copa República de Ciclismo'Morcegão' e 'The Flash' voltam a duelar na Copa República de Ciclismo

- - _ Dois craques de peso voltarão a duelar na sétima edição da Copa da República de Ciclismo. A competição, que acontecerá neste domingo no Rio de Janeiro, faz parte da programação do Verão Espetacular, da Rede Globo, e colocará frente a frente o tricampeão Rodrigo “Morcegão” e Nilceu “The Flash” Santos, o atual campeão.
- - _ A programação começará às 10h30m, com a prova masculina, que terá 14 voltas ou 45 minutos mais uma volta no circuito de 2.730m. A corrida feminina terá sete voltas e acontecerá em seguida. A disputa será transmitida dentro do Esporte Espetacular. A edição deste ano terá um recorde de participantes. Além das 12 equipes mais bem colocadas no ranking nacional, outros sete times convidados competirão, em um total de 114 ciclistas, 98 no masculino e 16 no feminino.
- - _ Além dos concorrentes, os ciclistas terão outro adversário: a chuva que cai no Rio de Janeiro desde a última semana, e que deverá deixar o asfalto molhado durante a prova. Nada, porém, que assuste "Morcegão", que espera subir no lugar mais alto do pódio outra vez com a volta da competição à Cidade Maravilhosa. Em 2007, "The Flash" levou a melhor em Belo Horizonte.
-
-

A GT Bicycles apresenta o troféu mais rápido do Mountain Bike,

- - _GT Bicycles tem o orgulho de apresentar o GT Golden Bike Series. No início de abril de 2009, fãs do mundo todo podem concorrer ao troféu mais rápido que já tenha sido criado: a GT Golden Bike. Os pilotos terão a oportunidade de competir em 21 corridas oficiais GT Golden Bike, e levar para casa uma Golden Bike Limited Edition.
- - _"A idéia é simples: a única forma de obter uma Golden Bike é ganhar uma competição",
- - _Jenni diz Cathcart, diretor de marketing do GT Bicycles. "Ganhe uma corrida e leve para casa uma Golden bike, além de sua própria glória de ter sido o vencedor. Não existem prata ou de bronze nestas corridas.... Tudo gira em torno do ouro!"
- - _O Golden Bike, e a bike mais rápida projetada pela GT tem a sua história, está disponível em três modelos. Fãs das hard tail ficaram loucos pelo ícone GT: o Zaskar.
- - _Estes amantes terão que se desdobrar para vencer a Maratona, o GT Double Suspension e a mais leve produzida, com 150 milímetros de curso. Todos os três modelos dispõem de uma única imagem de fibra de carbono e o grupo é todo XTR "Limited". São leves. Eles são rápidos. E o mais importante, você não encontrará à venda.
- - _Uma pequena nota: o Golden Bike não é para profissionais. Aqueles que se reúnem para competir, tem uma bike patrocinada ou licenciamento profissional, não pode brigar pela Golden Bike. Além disso, os corredores devem ter no mínimo 18 anos.
- - _GT incentiva os fãs a juntar todos que quiserem, mas você só pode ganhar um único prêmio a Golden Bike. Você poderá obter informações sobre as corridas, regras e muito mais no site www.gtisgolden.com, que estará em disponivel a partir de 30 de janeiro de 2009.
- - _E como é hábito, todas as informações sobre a GT está disponível em www.gtbicycles.com.
- - _O GT Bike Série Ouro começa em 4 de abril 2009 na Austrália e irá terminar em outubro no Uruguai. A série irá viajar países como Alemanha, Nova Zelândia e África do Sul, para citar alguns por onde ela irá passar. A lista completa dos "Golden Bike GT Series" é a seguinte:
-
• ABRIL
Canberra, Australia 4/4/09 24 Hour Enduro
Ontario, Canadá 4/19/09 Paris to Ancaster Bike Race
Faro - Algarve, Portugal 4/25/09 Maratona D’alte
• MAYO
Solothurn, Suiza 5/10/09 Bike Days/Racer Bikes Cup
Daejun City, Corea del Sur 5/16/09 Samchuly Bicycle National MTB
Championship
L’esquirol (Barcelona), España 5/24/09 17a Cabrerès BTT
• JUNIO
Ledbury (Herefordshire), Reino Unido 6/20/09 Mountain Mayhem
Maribor, Eslovenia 6/21/09 Nissan UCI WC race
Kirchzarten, Alemania 6/21/09 Black Forest Ultra Bike Marathon
• JULIO
Wuling, Taiwan 7/1/09 Wuling
Villabassa, Italia 7/12/09 Sudtirol Dolomiti Superbike
• AGOSTO
Eger, Hungría 8/2/09 BÜKK MARATON XC race
Oppdal, Noruega 8/8/09 SykkelEner’n
Sopo, Cundinamarca, Colombia 8/18/09 Andean Cross Country Open
-
Tradução: Purga
-

SPECIALIZED - Cuidado: fanáticos por bike trabalhando.

POR ALEX FRANKEL - FOTOS MISHA GRAVENO
QUANDO UMA EMPRESA COMO A SPECIALIZED SONHA COM UMA NOVA BIKE, EQUIPES DE DESIGN SÃO MONTADAS, QUADROS DE TESTE SÃO DESTRUÍDOS, E AS APOSTAS SÃO ENORMES. COM A EPIC 2009, UM OBJETIVO GRANDIOSO: CRIAR A MOUNTAIN BIKE MAIS RÁPIDA E ÁGIL DO MUNDO - E GANHAR UM CAMPEONATO MUNDIAL PARA PROVAR O FATO.
O PESSOAL DA SPECIALIZED: Da esquerda para a direita, Anthony Trujillo, Brandon Sloan, Jan Talavasek, Mick McAndrews, Sam Pickman e Chris D'Aluisio
Nas Profundesas de um Enorme Galpão.
- - _No norte da Califórnia (EUA), onde fica o lar da Specialized Bicycle Components, há uma sala de testes fechada à chave e com uma única janela. Logo ao lado há uma pilha de quadros de fibra de carbono que foram quebrados, dobrados, torcidos e destroçados - tudo em nome da produção de novas e melhores máquinas. Aqui, o gerente de laboratório Sam Pickman observa um processo que pode ser muito doloroso de ser visto por um amante das bikes: testes de resistência de material em que os quadros são forçados até uma ruptura catastrófica. Agora mesmo, quatro deles estão montados em geringonças de aço que empurram, puxam e flexionam os tubos em várias direções.
- - _A fibra de carbono, uma trama de fios extremamente finos ligados por cristais microscópicos, é um material forte, que cede pouco. Quando um tubo de fibra de carbono finalmente se rompe, ele não dobra e quebra simplesmente. Ele se detona com um som que mais parece um rojão. "Há a expectativa, daí vem o medo. Então, ela explode", diz Pickman, um engenheiro mecânico magrelo de 27 anos que também é ciclista competitivo. Esse teste de tortura é apenas um passo no complicado processo de se criar uma bicicleta moderna e top de linha. A maioria dos quadros enviados ao laboratório foram desenhados pelos engenheiros da Specialized em seus computadores, depois moldados numa fábrica na Ásia e enviados de volta à Califórnia.
- - _O menu de abusos inclui testes de fadiga que simulam um ciclista saltando de um degrau alto e testes de estresse de 24 horas que imitam 15 anos de uso e expõem falhas microscópicas de projeto. Em janeiro de 2008, quando passei pelo laboratório, Pickman estava afundado até os joelhos em quadros quebrados, que haviam sido projetados para uma mountain bike cross-country versão 2009 chamada S-Works Epic, o upgrade da popular Epic 2008 (a designação S-Works é usada pela marca para bicicletas top de linha). Antes que os testes terminem, mais de cem quadros - a espinha dorsal de bikes que serãovendidas por cerca de US$ 8 mil nos Estados Unidos - serão destruídos. De certo modo, melhorias são uma rotina.
- - _Na Specialized elas acontecem a cada poucos anos na maioria dos modelos. Mas os designers decidiram que este projeto de 2009 seria uma oportunidade para, fundamentalmente, repensar a bicicleta. Quando a marca lançou a primeira Epic, em 2001, seu sistema de suspensão nas duas rodas foi uma revolução, mas as outras marcas já se equipararam. A quantidade de planejamento, mãode- obra e despesas que vêm com um redesenho como esse dão um bom estudo de caso sobre o que acontece quando uma empresa de bikes de alto nível resolve aumentar seus próprios padrões. Isso é especialmente verdadeiro no caso da Epic 2009, pois o objetivo agora é nada mais do que criar a mountain bike de corridas mais leve, forte e ágil jamais construída.
- - _A idéia era que as vitórias nas competições serviriam como ferramenta de marketing para as outras linhas de produtos. A Specialized colocaria aproximadamente 2 milhões de dólares no projeto de desenvolvimento. A equipe esperava que os atletas patrocinados pudessem mostrar a bike nas competições mais importantes de 2008. O maior desafio recairia sobre Christoph Sauser, profissional suíço cujo objetivo era vencer o campeonato mundial cross-country em junho, em Val di Sole, Itália. "Com a Epic querevendidas por cerca de US$ 8 mil nos Estados Unidos - serão destruídos. De certo modo, melhorias são uma rotina. Na Specialized elas acontecem a cada poucos anos na maioria dos modelos. Mas os designers decidiram que este projeto de 2009 seria uma oportunidade para, fundamentalmente, repensar a bicicleta.
- - _Quando a marca lançou a primeira Epic, em 2001, seu sistema de suspensão nas duas rodas foi uma revolução, mas as outras marcas já se equipararam. A quantidade de planejamento, mãode- obra e despesas que vêm com um redesenho como esse dão um bom estudo de caso sobre o que acontece quando uma empresa de bikes de alto nível resolve aumentar seus próprios padrões. Isso é especialmente verdadeiro no caso da Epic 2009, pois o objetivo agora é nada mais do que criar a mountain bike de corridas mais leve, forte e ágil jamais construída. A idéia era que as vitórias nas competições serviriam como ferramenta de marketing para as outras linhas de produtos.
- - _A Specialized colocaria aproximadamente 2 milhões de dólares no projeto de desenvolvimento. A equipe esperava que os atletas patrocinados pudessem mostrar a bike nas competições mais importantes de 2008. O maior desafio recairia sobre Christoph Sauser, profissional suíço cujo objetivo era vencer o campeonato mundial cross-country em junho, em Val di Sole, Itália. "Com a Epic queremos velocidade absoluta, e criar a ferramenta definitiva para o Christoph", explicou Sinyard mais tarde.
- - _"OS INFINDÁVEIS AJUSTES FINOS NA EPIC 2009 LEVARAM A UMA BICICLETA 680 GRAMAS MAIS LEVE DO QUE O MODELO ANTERIOR. "SE PUDERMOS DIMINUIR 6 GRAMAS COM UM NOVO DESIGN, VAMOS FAZER ISSO", DIZ O DESENVOLVEDOR DE SUSPENSÕES MICK MCANDREWS".
- - _A SPECIALIZED COMEÇOU como uma empresa que consistia de um cara - um barbudo recém-formado de nome Mike Sinyard - que importava componentes da Europa. Após vender seu microônibus Volkswagen em 1974 para financiar seu negócio, Sinyard saía de bike para distribuir os componentes para as lojas na Bay Area de São Francisco (Califórnia) e para construtores de quadro emergentes. No começo dos anos 1980, a Specialized já produzia e vendia a popular Stumpjumper, a primeira mountain bike para o mercado de massa. Atualmente, Sinyard, com 59 anos, dirige um monstro corporativo que projeta e vende uma vasta linha de bicicletas - estradeiras, híbridas, cross-country, downhill, enduro, freeride, cicloturismo e ciclocross.
- - _O projeto da Epic 2009 foi iniciado em abril de 2007 no quartel-general da Specialized em Morgan Hill, na Califórnia, uma hora ao sul de São Francisco. Ali, sob uma linha de lâmpadas fluorescentes, um grupo de caras - o Bando da Mountain Bike de Alta Performance da Specialized - se juntou para estabelecer os objetivos do projeto. O Bando é um time de construtores veteranos classe A. O engenheiro alemão Jan Talavasek é um mestre na complicada arte da fabricação em fibra de carbono; o gerente de produto Brandon Sloan compete em downhill; o líder da suspensão Mike "Mick" McAndrews ajudou a criar a primeira fornada de garfos RockShox em 1992; e o veterano de 21 anos da Specialized Robert Egger criou designs que mereceram lugar no Museu de Arte Moderna de São Francisco.
- - _As anotações de Sloan sobre a reunião foram comuns e misteriosas. Pelo menos um suporte de caramanhola no triângulo principal. Minimizar o peso, alcançando os objetivos de resistência, e manter a altura do quadro a menor possível. Um ponto importante foi marcado como "usp" (do inglês unique selling proposition, ou proposta incomparável para venda): a mais rápida bike cross-country com suspensão. A velocidade numa bike de alta performance vem da combinação de menor peso, melhor transmissão de força, eficiência de pedal, controle sobre terreno irregular e precisão de direcionamento. A equipe tinha 18 meses para iniciar a produção, e a missão era melhorar a efi ciência geral da bicicleta e, ao mesmo tempo, eliminar gramas onde fosse possível.
- - _Uma forma de se cortar peso e melhorar a qualidade da pedalada era por meio do que a empresa rotulou de "integração total da suspensão" - eles mesmos construiriam as suspensões dianteira e traseira e as pedivelas, em vez de fi carem presos a fabricantes de componentes padronizados. Um movimento importante aqui foi a recontratação de Mick McAndrews.
- - _O californiano de 49 anos trabalhou durante dez anos na área de pesquisa e desenvolvimento da Kawasaki antes de criar suspensões pioneiras para bikes na RockShox, Fox Racing, Specialized e Maverick American. As rodas numa mountain bike crosscountry moderna se prendem ao quadro de forma dinâmica, com suspensões dianteira e traseira que se movem para cima e para baixo sobre as pedras e irregularidades do terreno.
- - _A suspensão ideal para um competidor o ajuda a descer mais rápido, mas não o retarda no plano e em subidas. Qualquer mecanismo de suspensão de bicicletas tem dois componentes - uma mola e um amortecedor - e, num garfo típico, cada um se encaixa em um lado do garfo. Na suspensão dianteira da Epic, uma câmara de ar comprimido atua como mola. O amortecedor, que controla o sobe-desce da mola, funciona à base de óleo, que passa através de pequenas aberturas, o que impede o retorno repentino e adiciona uma pequena quantidade de resistência.
- - _O garfo dianteiro da Epic 2009, o E100, originou-se de uma idéia de McAndrews a respeito de design concêntrico. Ele tem os mecanismos de amortecedor e mola na mesma perna, o que elimina 77 gramas. Só esse garfo precisou de 18 meses de projeto e testes. Com o primeiro modelo Epic, a Specialized foi pioneira ao reduzir drasticamente o movimento da suspensão traseira ao se pedalar - o que era o grande problema desses sistemas, já que o balanço gerado pelo ciclista atrapalha a transferência direta da força da pedalada para força motora.
- - _Para o modelo 2009, McAndrews e sua equipe decidiram não repensar radicalmente a suspensão traseira; em vez disso, eles diminuiriam um pouco seu peso com um corpo mais esguio e incorporariam duas patentes da Specialized. Uma delas é um sistema de junção que permite à roda traseira mover-se apenas para cima e para baixo, e não para frente e para trás. Dessa forma, as fl utuações no comprimento da corrente, que atrapalham muitos sistemas, foram eliminadas.
- - _Outra patente é o chamado "sistema inércia de válvula," inventado por McAndrews na Specialized em 1998. Essa válvula, conhecida dentro da empresa como brain technology (tecnologia cerebral), consiste em um pequeno cilindro contendo um peso de metal que é preso à rabeira superior e conectado por meio de uma mangueira à suspensão. O impacto, de baixo para cima, gerado por terreno irregular, move o peso, abrindo uma válvula que deixa o óleo fl uir e ativa a suspensão.
- - _Em superfícies lisas, o peso fecha a válvula e a desativa. A idéia é oferecer suspensão ao ciclista apenas quando necessário. A recompensa pelos infi ndáveis ajustes fi nos foi lenta, mas crucial. "Se pudermos diminuir 6 gramas com um novo design, vamos fazer isso", diz McAndrews. Com estas e outras inovações, 227 gramas foram cortados da suspensão.

-
Fonte: http://gooutside.terra.com.br
Link Origem: http://gooutside.terra.com.br/Edicoes/43/cuidado-fanaticos-por-bike-trabalhando-118548-1.asp

Circuito Ponta-grossense de Mountain Bike conhece seus vencedores.

Publicado em: 18/12/2008 00:00
- - _Com a realização da 6ª e última no final de semana, o Circuito Ponta-grossense de Mountain Bike conheceu os campeões de 2008.
- - _A temporada serviu para o fortalecimento da categoria, com a vinda de atletas de outras cidades da região, e a revelação de novos talentos que passaram a representar a cidade nas competições oficiais, como os Jogos da Juventude do Paraná.
- - _Na classificação final da categoria elite, o título ficou com Ângelo Turra. Na sub-23, Felipe Tomacheski foi o campeão. Luciano Marins venceu na sub-30 e Gilson Riquerme se garantiu em primeiro na Master. Alvin Foltran foi o campeão da Sênior e Diego Carneiro ganhou na 'estreantes'.
- - _Em todas as etapas, a competição reuniu aproximadamente 300 atletas. Para a última prova, na pista do Parque Agropecuário, vieram atletas de Iraty, Prudentópolis, Jaguariaíva, Palmeira, além de Colombo, Araucária e Campo Largo.
- - _Para o coordenador do evento e também técnico da seleção ponta-grossense de ciclismo, Geovano Oliveira, a avaliação do circuito é positiva. "Pudemos observar os atletas, conferir a revelação de novos talentos e ainda obter bons resultados, tanto na equipe juvenil quanto na adulto. Agora é se organizar e começar a definir o calendário de 2009", conta.
-
Fonte: http://www.jmnews.com.br
Link Origem: http://www.jmnews.com.br/index.php?setor=NOTICIAS&nid=217811

DataRo confirma presença na 7ª Copa da República de Ciclismo

- - _Neste domingo, 21 de dezembro, as melhores equipes do país competem no Aterro do Flamengo, Rio de Janeiro, na 7ª edição da Copa da República de Ciclismo. Entre os times já confirmados está o Clube DataRo de Ciclismo, do Paraná, equipe 3ª colocada no ranking nacional.
- - _Valendo importantes pontos no ranking, a Copa da República fecha o calendário nacional no ciclismo. E a equipe de Ponta Grossa chega para a disputa otimista, graças aos últimos resultados do time. Comandados pelo técnico Rogério Fagundes, os ciclistas do DataRo conquistaram os títulos da Volta de São Paulo e da Volta do Paraná, algumas das competições de estrada mais importantes do ano.
- - _"É, sem dúvida, nosso melhor ano. Além das voltas, também garantimos o título do Brasileiro de Contra-Relógio, com o Cleberson Weber. Não temos do que reclamar de 2008", declara Fagundes, que destaca a boa preparação da equipe, mas sabe que não será fácil conquistar o título da Copa da República. "A equipe já não está no mesmo ritmo de antes, mas vai para o Rio de Janeiro em busca de um bom desempenho. Trata-se de uma disputa para velocistas e vamos montar uma estratégia para isso", completa.
- - _A equipe vai com os atletas: Sidinei Silva e Carlos França, os velocistas do time, além de Alcides Vieira, integrante da seleção brasileira no Pan-Americano do Uruguai, em 2008; Cleberson Weber, campeão brasileiro de Contra-Relógio, Daizon Mendes, campeão brasileiro júnior; e Eduardo Santos.
-

Róbson Ferreira e equipe Amazonas renovam com a ProShock para 2009

- - _A equipe Amazonas de mountain bike estará novamente com as suspensões ProShock durante a temporada 2009. A parceria, que já dura mais de 7 anos, foi renovada para o primeiro ano do ciclo olímpico visando Londres-12.
- - _Com a parceria mantida, o atleta Róbson Ferreira, um dos principais nomes do cross country brasileiro, irá competir de ProShock em 09, assim como seus companheiros de equipe Amarildo Ferreira, Cláudio Roberto e Luiz Cláudio “Dentinho”.
- - _Atual campeão brasileiro de maratona e do Iron Biker, Róbson afirmou estar feliz em continuar utilizando as suspensões ProShock durante seus treinos e competições em 2009.
“É claro que fico satisfeito. Além de ser um produto de excelente qualidade, equivalente aos importados, é uma empresa que sempre está ao lado da gente. Fico muito feliz”, disse.
- - _Róbson afirmou estar otimista para a temporada que começa no próximo mês. Mas sabe que terá de trabalhar duro para se manter no topo.
- - _“Estou com expectativas muito boas. Irei recomeçar os treinamentos na semana que vem, focando totalmente nas grandes provas do MTB brasileiro. Ao lado da minha equipe, que dá toda a estrutura, tenho certeza de que temos tudo para ter um grande 2009”, explicou.
- - _Durante a temporada, a equipe Amazonas irá utilizar a suspensão ProShock One Air. Desenvolvida integralmente no Brasil, pela área de engenharia da ProShock, ela é específica para alto rendimento em cross country – e uma das mais leves do mercado, a partir de 1450g.
--
Fonte: http://www.freeridesport.com.br/
Link Origem: http://www.freeridesport.com.br/Not_2008/2008_12_12_robson_proshock_amazonas2009.htm

Mundial de Downhill Urbano 2009

- - _ O evento mais esperado do ano na modalidade abre inscrições para a edição de 2009. A prova acontece nas escadarias do Monte Serrat, em Santos, nos dias 14 e 15 de Fevereiro .
O evento está em sua sétima edição e atrai atletas estrangeiros também pelo turismo e pela ausência de etapas da copa do mundo que acontecem normalmente nos países europeus no meio do ano.
A grande novidade da edição anterior, a cronometragem eletrônica, pioneira no país em provas de downhill já é obrigatória, devido à excelente repercussão entre os atletas, que podiam acompanhar seus tempos e de seus adversários imediatamente pelas telas de plasma instaladas no local, gerando maior competitividade.
-
- - > Programação do evento
- - - * Dia 13 de fevereiro:
- - * 20h00 - Congresso Técnico obrigatório
- - > Dia 14 de fevereiro:
- - - * 10h00 - Início das descidas - s/ tempo
- - - * 11h00 - Início das descidas cronometradas
- - - * 18h00 - Término das descidas cronometradas (em caso de chuva)
- - - * 20h00 - Término das descidas cronometradas
- - - * 20h30 - Premiação oficial das categorias.
- - > Dia 15 de fevereiro:
- - * 09h00 - início da semi final - 20 melhores do sábado (masculino)
- - * 10h00 - início das finais - 5 melhores (feminino) 10 melhores (masculino)
# Premiação após a chegada do ultimo atleta.
-
Esse é um pouco do que espera o pessoal nas escadarias do Monte Serrat, em Santos, nos dias 14 e 15 de Fevereiro.

Chamorro vence a 49ª Corrida "Aguinaldo Archer Pinto"

- - _ O ciclista argentino Francisco Chamorro, da equipe de ciclismo de São Caetano (Cesc/Sundown/Nossa Caixa/Calipso/Maxxis), conquistou mais um título na temporada. Neste domingo (14), ele sagrou-se campeão da 49ª Corrida Ciclística Aguinaldo Archer Pinto, que foi realizada em Manaus.
- - _ O atleta, que tinha ficado em terceiro lugar em 2007, completou o percurso de quarenta quilômetros em 48min04s.
- - _ O pódio ainda teve o ciclista Jean Coloca, que foi campeão no ano passado, na segunda colocação, seguido por Bruno Pereira, de Americana. Na quarta posição chegou Andrey Ortiz, da equipe de Ribeirão Preto (São Francisco Clínicas/Nossa Caixa/Kenda/DKS Bike/SME) e o ciclista da casa Rafael Loro.
-
Fonte: http://www.reporterdiario.com.br/
Link Origem: http://www.reporterdiario.com.br/index.php?id=111329&secao=4

Resultados da 6ª e última do Circuito Ponta-grossense de Mountain Bike

- - _ Pois é pessoal, neste ultimo domingo, 14/12/2008 realizou-se a 6ª e última do Circuito Ponta-grossense de Mountain Bike, prova esta, realizada no Parque Agropecuário (ao lado do Centro de Eventos). A pista montada no local tinha em torno de 4km, a distância total prova foi de mais ou menos de 36km. A prova muito concorrida e bem equilibrada principalmente na categoria Elite.
-
- - _ Os resultados que recebemos foram em relação a categoria elite.
- - _ 1º Colocado: Romildo Woinarovicz
- - _ 2º Colocado: Angelo Turra
- - _ 3º Colocado: Hugo Silva
-
Agradecimento ao nosso amigo Everton "PLUC - Bike Adventure PG" pelas informações.

Ciclismo: Líder do ranking nacional, A "Memorial" vai atrás do título na 7ª Copa da República

- - _ Uma das mais importantes disputas do calendário brasileiro, a Copa da República de ciclismo conta com a participação das equipes mais bem colocadas no ranking nacional. Pois é justamente a líder do país que confirmou sua presença na sétima edição da prova, marcada para o próximo domingo, dia 21 de dezembro, em um circuito montado no Aterro do Flamengo. Trata-se da Memorial, comandada pelo técnico Cláudio Diegues, que tentará fechar o ano com mais um importante título. A 7ª Copa da República terá transmissão ao vivo para todo o país a partir das 10h30min, dentro do Esporte Espetacular, da TV Globo.
- - _ Força do ciclismo nacional, a Memorial chega para a 7ª Copa da República com um grupo bastante forte. Nele estão Armando Camargo, líder do ranking brasileiro de estrada, Antônio Nascimento, campeão da Volta do Estado de São Paulo, Rodrigo “Morcegão” de Brito, tricampeão da competição (2002, 2003 e 2005), André Pulini, terceiro colocado no Brasileiro de Estrada e oitavo do ranking nacional, Robson Dias, 18º, e Emerson Silva.
- - _ Cláudio Diegues, técnico da equipe, destaca o ano positivo do grupo, mas também ressalta a dificuldade para estar no topo.
- - _ “Estamos na guerra. Por isso disputamos uma prova em Maceió neste final de semana. A situação está melhor do que esperávamos, pois a Scott/Marcondes Cesar/Fadenp conta com ciclistas fortes. Vamos para a disputa no Rio buscando manter essa vantagem no ranking”, explica.
- - _ A 7ª Copa da República reunirá 15 equipes, sendo 13 pelo ranking da Confederação Brasileira de Ciclismo e duas convidadas pela organização, enquanto no feminino participarão as 30 melhores ciclistas do ranking individual. A disputa masculina terá entre 14 a 17 voltas em um circuito montado no Aterro do Flamengo. Já as mulheres farão oito voltas no circuito, que terá sua largada e sua chegada em frente ao Monumento aos Expedicionários da Segunda Guerra Mundial (Monumento dos Pracinhas).
-

Lance Armstrong planeja lutar desde o começo do Giro. - 14 de Dezembro de 2008, 11:56am

- - _VENEZA - Lance Armstrong já sabe qual será sua estratégia para o Giro d'Italia, e tem avisado que o mesmo não seja para escalar passos lentos, como ele costumava fazer quando eles nos venceram sete vezes o Tour de França. Em vez disso, o americano vai lutar desde o início durante o Giro, de 9 a 31 de maio. Esse ritmo é imperativo às condições do percurso que foi anunciado no sábado.
- - _"Isso é totalmente diferente para mim. Estou acostumado com o Tour, em que tem pelo menos 10 estádios em terreno plano, que não têm um impacto sobre as posições gerais", disse Armstrong, que não compareceram pessoalmente à apresentação da rota, citado em uma entrevista com o Gazzetta dello Sport no domingo.
- - _"Nas primeiras fases do Giro, no entanto, terá muito a perder e muito a ganhar", acrescentou. "Vamos confrontar directamente os Dolomitas, na primeira semana, e esses passos não são menores. Estes dois consecutivas são metas para cima. Eu vou ter que estar prontos imediatamente."
--//--
- - _A 100a edição do Giro começa com um teste contra as equipes. A quarta e a quinta etapas incluem ascenções em montanha.
- - _Durante as suas vitórias no Tour, Armstrong tinha normalmente com o plantel, nas fases iniciais, em terreno plano, que decorrem nas primeiras semanas. Em seguida, começa a dominar a concorrência na primeira etapa de montanha.
- - _Habituados às condições do verão durante o Tour, que decorre em julho, Armstrong também está preocupado com o possível mau tempo nos Alpes italianos.
- - _"No início de maio, em algumas zonas de montanha, o clima poderia ser terrível", disse ele.
Armstrong volta ao ciclismo em 2009, após três anos de aposentadoria, e compete no Giro pela primeira vez.
Mas o que mais lhe preocupa é o longo contra o relógio individual de 61,7 km, ao longo das Cinque Terre, na costa da Ligúria, na décima segunda etapa.
- - _"É muito tempo, talvez a mais longa da minha carreira, com ascenções", disse Armstrong. "Vai durar cerca de uma hora e 20 minutos, e poderá haver diferenças de vários minutos entre o primeiro, quinto e décimo lugar."
- - _As outra etapa que serão essenciais para Armstrong é a 17 ª, entre Chieti e Blockhaus, que tem um objetivo a subida de algumas montanhas.
-
Tradução: Purga
-
Fonte: http://www.univision.com/
Link Origem: http://www.univision.com/contentroot/wirefeeds/30deportes/mas/7678364.html

Cadel Evans nega que ira correr no Giro d'Italia em 2009.

--_SYDNEY: O ciclista australiano Cadel Evans negou que ele irá correr no próximo ano o Giro d'Italia, colocando-o em contradição com sua equipe Silence-Lotto, em uma reportagem. Organizadores da corrida nesta quarta-feira, anunciaram que com 31 anos de idade o participante dos dois últimos Tours de France iria competir com Lance Armstrong no próximo Giro em maio. A diretor da equipe belga, Roberto Damiani disse, Evans vai correr as 3 semanas da corrida italiana. Mas Evans, que está atualmente na Austrália se preparando para o Tour, na sexta-feira, negou que ele seria participaria do Giro, em alguns sites sobre ciclismo.

--_"Eu não gostei de terem anunciado que eu iria correr o Giro, como os organizadores fizeram. Eu não vou correr o Giro no próximo ano, o meu enfoque será o de vencer o Tour de França, em julho", disse Evans, em comentários anunciados ao Cycling Weekly site. "Eles anunciaram que eu iria correr por que eles querem publicidade para a corrida. Eu nunca disse que eu ia correr o Giro ". Evans disse que o Giro d'Italia foi a última coisa que sua mente, uma vez que regressou aos treinos a duas semanas atrás. Após ficar fora por um curto período de tempo, ele disse que tem se concentrado unicamente na preparação de seu corpo para o Tour de França, em julho. Na reportagem disse Evans, que apesar de ter assinado um novo contrato de dois anos com Silence-Lotto este ano, criticou a equipe Astana por contratar Yaroslav Popovych em substituição a Bernhard Kohl depois do seu teste positivo de dopping. O Giro vai começar em Veneza em 9 de maio.
-
Tradução: Purga
-
Fonte: http://www.dailytimes.com.pk
Link Origem: http://www.dailytimes.com.pk/default.asp?page=2008\12\14\story_14-12-2008_pg2_18