Campeonato Paranaense de DH 2018
7º Desafio de Cicloturismo da Santa do Paredao
}
NOVAS NOTÍCIAS:
Carregando...

Olá amigos cicloturistas de toda a região, faltam somente 7 dias!

Dia 21/10 se realizará a 7º DESAFIO DE CICLOTURISMO DA SANTA DO PAREDÃO, juntamente com a FESTA DA SANTA DO PAREDÃO em honra a Nossa Senhora Aparecida, na cidade de Jaguariaíva-PR, e como sempre... para prestigiar organizamos para mais um desafio, a festa religiosa tradicional é organizada pela Paróquia Senhor Bom Jesus da Pedra Fria.
Este desafio vem com intuito de além de divulgar as belezas naturais de Jaguariaíva-PR, vem para ajudar aquele que mais precisa. 

Para a sua participação, estamos solicitando uma pequena ajuda!!
O PROJETO VIDA (lar para recuperação de dependentes químicos) precisa muito da ajuda da comunidade para que pacientes recebam os cuidados, apoio e carinho que realmente merecem.
O custo de inscrição para a participação:
2kg de alimento não perecível
Lembrando novamente que todo o conteúdo arrecadado é em prol do PROJETO VIDA.
Os itens, serão recebidos no local de saída, no dia do evento.

As inscrições devem ser feitas aqui: Link para inscrições.

A sua inscrição será de suma importância pois além do controle do que será arrecadado, estaremos providenciando um café da manhã, para antes do pedal. 
A concentração dos bikers será na Praça Dr. Getulio Vargas - Centro - Jaguariaíva PR, em frente a antiga prefeitura. a partir das 07:00 da manhã com previsão de saída as 08:00, para que assim possamos curtir o pedal em um ritmo confortável, até o local da festa e chegar a tempo para a Santa Missa.
O percurso terá um total de 52Km de distância levados no ritmo do cicloturismo para que possamos curtir as belezas naturais da região, tendo como parada principal o local da festa, onde iremos repor as energias, saboreando lanches ou belo churrasco no velho espeto de pau, no pé do Paredão da Santa.
Os Lanches, Porções, Bebidas e o Churrasco são vendidos no local pela organização da festa (Santuário do Senhor Bom Jesus da Pedra Fria).
-
Programação religiosa no local da Festa da Santa do Paredão
  • 05:00h - Início da caminhada saindo do Santuário do Senhor Bom Jesus da Pedra Fria até o local da festa.
  • 08:00h - Saída do Pedal da Praça Dr. Getúlio Vargas - Centro - Jaguariaíva PR
  • 10:30h - Missa Campal
  • 12:00h - Praça de Alimentação (Churrasco, Porções, Lanches, Sucos, Refrigerantes, etc)
    • Churrasco: R$ 30,00
    • Porções: R$ 3,00
    • Refrigerantes: R$ 4,00
  • 13:00h - Apresentações Culturais - Com artistas regionais.
  • 17:00h - Encerramento

Retomaremos o pedal a partir da 14:00 para o retorno a cidade, com algumas paradas obrigatórias no Açude/Cachoeira da Trevo, Cachoeira Escondida, Cachoeira das Andorinhas, Cachoeira do Lago Azul e enfim chegaremos na cidade.

Preparem suas Câmeras, pois vai valer e muito a pena o registro das fotos, pois esses locais, são belíssimos.
-
Obrigatório: Levar Squeeze com Água e Uso de Capacete, um canivete para o Churrasco!
-
Mais informações através do e-mail: mazobikers@gmail.com ou Whatsapp (43)98821-2099
Olá Riders do Brasil, está aberta as inscrições para o 6ª ETAPA do CAMPEONATO PARANAENSE DE DOWNHILL, ETAPA - CAMPO LARGO - PISTA4 - ÁGUAS DA SERRA, a ser realizada nos dias 24 e 25 de Novembro na cidade de CAMPO LARGO-PR.

CRONOGRAMA

DIA 24 - SÁBADO

  • Confirmação das inscrições na secretaria.
  • Reconhecimento da pista.
  • CONGRESSO TÉCNICO: 08:00 às 8:30hrs.
  • TREINOS LIVRES: das 9:00 às 12:00hrs, e das 13:00 às 17:00hrs

DIA 25 - DOMINGO

  • TREINOS LIVRES: das 08:00 às 9:30hrs.
  • QUALIFY: À partir das 10:00hrs.
  • DESCIDA OFICIAL A PARTIR DAS 13:00hrs.
*O QUALIFY E A DESCIDA OFICIAL PODEM SOFRER MUDANÇA DE HORÁRIO*
  • Premiação logo após a descida oficial de todas as categorias!!
  • Premiação dos Campeões Paranaense!!

PRAÇA DE ALIMENTAÇÃO

  • Teremos fornecimento de ALMOÇO, LANCHES, SALGADOS E BEBIDAS EM GERAL.
  • BANHEIROS QUÍMICOS PARA HOMENS E MULHERES.
POUSADA (RESERVAS PELO FONE DA ESTÂNCIA) / ÁREA PARA CAMPING:
HOTÉIS DA REGIÃO, SEGUE 03 OPÇÕES:

CATEGORIAS

1- ELITE: 19 a 29 anos ou critério técnico (nasc 1999 e anos anteriores)
2- SUB 30: 19 a 29 anos (nasc. 1989 a 1999)
3- INFANTO JUVENIL: 12 a 14 anos (nasc. 2004 a 2006)
4- JUVENIL: 15 a 16 anos (nasc. 2002 a 2003)
5- JUNIOR: 17 a 18 anos (nasc. 2000 a 2001)
6- MASTER A1: 30 a 34 anos (nasc. 1984 a 1988)
7- MASTER A2: 35 a 39 anos (nasc. 1979 a 1983)
8- MASTER B1: 40 a 44 anos (nasc. 1974 a 1978)
9- MASTER B2: 45 a 49 anos (nasc. 1969 a 1973)
10- ESTREANTE: Livre
11- FEMININO: Livre

PREMIAÇÃO

TROFÉU DO 1° ao 5° LUGAR (todas as categorias)
PREMIAÇÃO DO 1° ao 5° LUGAR (todas as categorias)

LINK DAS INSCRIÇÕES:
http://www.mazobikers.com.br/p/inscricoes-para-6a-etapa-do-campeonato.html#post-body-7645106324531360756

LINK LISTA DE INSCRITOS:
http://www.mazobikers.com.br/p/lista-de-inscritos-para-6-etapa-do.html#post-body-5114281110001255874

Conta para Depósito das Inscrições:

  • TITULAR: UBALDINO R SOARES
  • CPF: 030.654.779-12
  • AGENCIA: 1630
  • OPERAÇÃO: 013
  • CONTA CORRENTE: 17164-6
  • CAIXA ECONÔMICA FEDERAL

*Os comprovantes devem ser enviados para o email us1212@gates.com ou pelo Whatsapp (41) 99961-0256 - DINO
INSCRIÇÕES
  • FEMININO: R$ 50,00
  • MASCULINO FEDERADOS: R$ 90,00
  • PILOTO NÃO FEDERADO: R$ 100,00
COBERTURA FOTOGRÁFICA

Jeander Ribeiro (acesse sua web site e saiba mais)

Ao custo de apenas R$8.00 o atleta terá direito a todas as fotos de sábado e domingo (pagamento no ato da confirmação de inscrição –APENAS DINHEIRO ou no pagamento da inscrição informar o interesse por foto)
MAIORES INFORMAÇÕES:
(41) 99961-0256 - Ubaldino Soares (Dino) (41) 99700-1117 – Antônio Carlos (Tonhão)

VENHAM PARTICIPAR CONOSCO DESTA FESTA - VIVA O DH - VIVA A VIDA!
A Brasil Ride, uma das principais provas de mountain bike cross country por etapas do mundo, reúne campeões olímpicos e mundiais e alguns dos melhores ciclistas da modalidade do planeta. Mas, o desafio no Extremo Sul da Bahia, atrai também amadores e executivos de importantes empresas. É o caso do presidente da Specialized Brasil, João Firmo, que disputará a prova pela primeira vez ao lado de Adriana Nascimento, ciclista multicampeã nacional, e de Carlos Taguá, representante da marca na região Centro-Oeste. O trio estará na categoria corporativa e enfrentará as trilhas entre Arraial D’Ajuda e Guaratinga, de 21 a 27 deste mês.
Foto: Divulgação

“A ideia de participar da nona edição da Brasil Ride surgiu por um acaso. Já era tarde para iniciar os treinamentos, mas, mesmo assim, aceitamos o desafio. O objetivo é um pouco diferente para quem já participou sete vezes, como é o caso da Adriana, ou a primeira vez como eu e o Taguá. Mas, nós três temos muita vontade de nos divertir e de fazer o melhor resultado possível”, destaca João Firmo, líder da Specialized na América Latina.
Diferentemente das demais categorias da competição, todas disputadas em duplas, na corporativa pode haver um revezamento entro os atletas de cada trio, uma vez que somente dois deles precisam cruzar a linha de chegada dentro do tempo mínimo de prova. Assim, se em uma das sete etapas da ultramaratona algum dos ciclistas estiver mais cansado, ele pode optar por descansar enquanto os outros dois integrantes da equipe precisam concluir o percurso do dia. Os trios que terminam juntos, ganham um bônus no tempo da etapa.
Dona de uma assessoria esportiva voltada para o mountain bike, Adriana Nascimento havia disputado a Brasil Ride pela última vez em 2016, ano em que a prova foi para o litoral do estado. “Competi na sétima edição, em uma dupla mista, porque eu precisava conhecer o novo percurso, uma vez que eu oriento muitas pessoas que treinam para a ultramaratona. Assim, é fundamental eu conhecer a realidade. Quando disputei, há dois anos, saberia que seria mais difícil por conta do calor e umidade, ou seja, fatores que nos fazem sofrer mais. Também sabia das subidas bem inclinadas e complicadas na região”, explica Adriana, bicampeã na elite feminina em 2011 e 2012.
Representante há nove anos da Specialized no Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso e no Triângulo Mineiro, Carlos Taguá trabalha no segmento de bicicleta há 17 anos. Ele pedala desde criança e já competiu no bicicross, downhill e ciclismo de estrada.
“Estava pedalando como sempre, porque nunca fiquei parado. Depois do convite do João para participar da Brasil Ride, intensifiquei os treinos porque sei do desafio e do tamanho do evento. Fiquei mais animado com a integração da Adriana Nascimento ao nosso time. Sempre a admirei como atleta e pessoa e sei da importância de estar ao lado dela e do João”, avalia Taguá.

Palavra de especialista

Responsável por treinar dezenas de pessoas que competiram na Brasil Ride nos últimos anos, Adriana avalia seus companheiros de equipe e conta como surgiu a oportunidade para ela fazer parte do time Specialized Brasil na corporativa. “O João Firmo e o Taguá não são atletas profissionais e sim trabalham com bicicleta, na parte administrativa. Porém, eles se dedicam bastante aos treinamentos e são bastante focados”, conta Adriana.
“Eu entrei na equipe substituindo uma pessoa que não pode ir. Eles me garantiram que o objetivo é concluir a Brasil Ride, dentro dos limites de cada um, sem pensar em pódio. Isso me deu tranquilidade porque eu não treinei focada na competição, para os sete dias, como era na minha época de ciclista profissional. Vou conseguir ajudá-los a completar da melhor forma possível. A busca é por diversão em cima da bike. Experiências únicas como as etapas longas, ficar três dias no acampamento, essa atmosfera superbacana que a prova permite”, complementa a ciclista.

A prova

Considerada a Giro d’Itália do MTB mundial, a ultramaratona marcada para os dias 21 a 27 de outubro, no Extremo Sul da Bahia, oferece um desafio e tanto para os 540 atletas participantes do mundo inteiro. Durante sete dias, os inscritos na disputa têm pela frente cerca de 600 km e quase 11.000 m de altimetria acumulada, entre trilhas e estradas de terra que ligam Arraial d’Ajuda, em Porto Seguro, a Vila Brasil Ride, construída anualmente em Guaratinga. No último dia da competição, o sábado (27), mais 1.200 ciclistas de todo o País juntam-se às estrelas do mountain bike internacional, para a disputa da Maratona dos Descobrimentos. Uma oportunidade única de pedalar e ver de perto os melhores mountain bikers do mundo.

Inscrições

As inscrições para a nona edição da ultramaratona estão esgotadas, com 540 inscritos. No entanto, os interessados em sentirem o gostinho de pedalar com campeões olímpicos, mundiais e continentais, devem se apressar para participar da Maratona dos Descobrimentos, na manhã do sábado (27). Para garantir uma vaga na prova que é realizada durante a decisão da Brasil Ride, basta acessar o endereço: http://www.brasilride.com.br/press/prova/MaratonadosDescobrimentos.
A nona edição da Brasil Ride tem Specialized, Shimano, Caixa e Unidas – Aluguel de Carros como patrocinadores. O Governo da Bahia, por meio da SUDESB (Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia) e da Bahiatursa (Superintendência de Fomento ao Turismo do Estado da Bahia), também patrocina a ultramaratona, enquanto as Prefeituras de Porto Seguro e Guaratinga estão entre as apoiadoras do evento.
Brasil Ride: Mais que uma prova, uma etapa em sua vida.
Mais informações:
Site: http://www.BRASILRIDE.COM.BR
Facebook: www.facebook.com/BRASILRIDE
Twitter: @brasil_ride
Instagram: @brasilride
A Audax está realizando uma promoção que promete levar um entusiasta para competir a etapa de Congonhas da Copa Internacional de MTB em dupla com o atleta Lúcio Otávio.
Confira mais detalhes no release oficial para a imprensa logo abaixo.

Release para a Imprensa


Após o sucesso nas redes sociais, a Audax decidiu realizar mais uma promoção onde os apaixonados por esportes radicais poderão desfrutar toda a adrenalina de pedalar uma bicicleta Audax no maior campeonato internacional de Mountain Bike do país, com todas as despesas pagas.

O #AtletaAudaxPorUmDia irá sortear um(a) ganhador(a) para acompanhar a última etapa da Copa Internacional Levorin de Mountain Bike (CIMTB Levorin), realizada entre os dias 23 a 25 de novembro, em Congonhas – MG. Além disso, o(a) vencedor(a) irá disputar a categoria ‘Dupla Mista’ ao lado do Tricampeão Brasileiro de XCM, Lúcio Otávio, que já é campeão invicto da CIMTB Levorin na ‘Sub 30’.

Para participar basta seguir as regras no Instagram da marca (@audaxbike). O resultado será exibido no dia 22 de outubro na rede social.

Não perca a chance de correr ao lado dos grandes nomes do Mountain Bike brasileiro e arrisque a sorte com os campeões!
Representante do Shimano Sports Team no MTB Downhill, o catarinense Lucas Borba (Manoel Marchetti/Shimano/Maxxis) disputou neste fim de semana a preparatória Pan-Americana da modalidade, em Manizales, na Colômbia. Lukinha – como é conhecido – foi o 11º colocado na decisão, após garantir o quarto lugar na etapa qualificatória. Enquanto o sábado (6) foi reservado para treinos livres, as fases finais foram realizadas durante o domingo (7).
“A prova foi muito bacana. Estou me sentindo bem adaptado ao circuito. Na classificatória, fiz uma descida boa e conservadora, e fiquei em quarto lugar. Na final eu estava bem, em uma descida bastante veloz, mas eu caí em uma curva bem no final. Vim muito rápido na curva e escorreguei. Terminei em 11º lugar e fiquei a cinco segundos do top 3 e a menos de dois segundos do top 5”, avaliou Lukinha.
Foto: Rodrigo Philipps


“Foi um fim de semana bom. Estou feliz com o desempenho que estou tendo nesses dias. Nesta semana teremos o Campeonato Pan-Americano de 2018 e vai ser legal demais competir aqui em Manizales. Mal posso esperar para andar de novo, porque a pista é incrível”, complementou o ciclista de Ibirama, que tem sua bike equipada com o grupo Shimano Saint para a prática do DH.

Com a queda na decisão, Lukinha concluiu sua descida final em 3min23seg250. O título do evento preparatório ficou com o colombiano Rafael Gutierrez, em 3min10seg230. Completaram o top 5 da prova o brasileiro Roger Vieira (3min16seg840), seguido do norte-americano Max Morgan (3min18seg510), do colombiano Camilo Salazar (3min19seg130) e do equatoriano Mario Jarrin (3min21seg310).

Novidades Shimano – Em 2018, a Shimano fez o lançamento do tradicional grupo de ciclismo de estrada 105 R7000, totalmente remodelado: são novas tecnologias herdadas do Dura-Ace, alavancas de STI adequadas para mãos menores (de mulheres por exemplo) e freio a disco hidráulico – finalmente regulamentado pela Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC). Vale destacar que o ciclismo de estrada é uma modalidade bastante praticada por atletas de MTB, como complemento aos treinos.

Também neste ano, a marca lançou o XTR M9100 e atendeu o pedido dos fãs com a configuração de 12 velocidades, trazendo muitas outras inovações. O grupo apresenta um cassete totalmente inovador com pinhões de amplo alcance de 10-45D ou 10-51D, freios com 2 ou 4 pistões, e um novo cubo com a nova tecnologia Shimano Micro Spline. Um novo projeto de configuração de freios e alavancas, que permite ao ciclista posicionar seus comandos, incluindo a alavanca de canote retrátil de selim “dropper post” XTR, em uma situação otimizada para máximo conforto e acionamento rápido.
-
Mais informações no site: bike.shimano.com.br
Twitter:@shimanobrasil
Fanpages no Facebook: https://www.facebook.com/ShimanomtbBrasil/
e https://www.facebook.com/ShimanoroadBrasil/
Ciclistas de Piracicaba e região ganharam mais um espaço para andar de bicicleta. Desde o dia 22 de setembro está aberta a Trilha do Limoeiro na Estação Experimental de Tupi, mais conhecido como Horto de Tupi. O desenho do caminho integra o projeto de doutorado de Carolina Teixeira Bartoletti, da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) da USP, sob orientação da professora Teresa Cristina Magro-Lindenkamp.
O traçado, com pouco mais de dois quilômetros de extensão, já existia, mas sofreu um manejo para se adequar ao novo projeto, pensado especificamente para o ciclismo.
A Estação Experimental de Tupi não possui cercas de delimitação. Apesar do expediente de funcionários no local ser das 7 às 16 horas, os ciclistas podem utilizar a trilha em horários alternativos. A administração e gerenciamento do local é feita pela Divisão de Florestas e Estações Experimentais do Instituto Florestal, órgão da Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo.
Trilha sendo limpada por ciclistas e ambientalistas – Foto: Arquivo pessoal/Carolina Teixeira Bartoletti
A trilha resolveu um problema que há tempos existia na região: ciclistas desejavam mais circuitos destinados à prática esportiva e algumas instituições ambientais reivindicavam a preservação do local.
Nos últimos anos, ciclistas da região começaram a criar traçados informais, abrindo trilhas por conta própria dentro do horto. O problema é que, apesar de ser aberta ao público, a área é uma Unidade de Conservação (UC) destinada à realização de atividades e pesquisas científicas. “Abrir mais caminhos é simplesmente desmatar mais áreas”, afirma Carolina.
O impasse surgiu da grande demanda pelo ciclismo no local, tanto de moradores de Piracicaba quanto de cidades próximas. De acordo com Carolina, esse caso faz parte de uma tendência atual. “Vem aumentando a busca pela prática esportiva ao ar livre. Já existiam trilhas no local para a realização de exercícios físicos, mas foram criadas principalmente para os pedestres”.
Carolina pintando as placas de sinalização para a trilha – Foto: Arquivo pessoal/Diones Borges
Formada em Esporte pela Escola de Educação Física e Esporte (EEFE) da USP, em São Paulo, Carolina é doutoranda em um programa que permite abordagens mais interdisciplinares. “Em minha pesquisa, trato das atividades ao ar livre que tenham impactos no meio ambiente”. Como o horto é muito utilizado pela USP para estudos científicos e a tese da estudante se encaixava com o assunto debatido, ela começou a se envolver na solução desse conflito.
A proposta foi discutir o assunto com todos os agentes envolvidos e as instituições responsáveis. “Pensamos em criar um novo caminho propondo encontros abertos com todos os interessados para achar a melhor saída”, conta ela.
A expectativa é que a necessidade de se criar novos caminhos informais diminua no local, gerando menos impacto ambiental.
-
Fonte:  https://jornal.usp.br/universidade/doutoranda-da-usp-ajuda-a-criar-trilha-de-ciclismo-em-piracicaba/
# Entidade máxima do ciclismo confirma que deve criar regulamento para corridas virtuais de ciclismo.
-
Com a imensa popularização de plataformas de treino e competições virtuais de ciclismo como o Zwift, a UCI confirmou que deve criar um Campeonato Mundial de eSports, com regras criadas especificamente para esta modalidade do ciclismo.
Atualmente, organizadores de provas virtuais já realizam um Campeonato Mundial no Zwift, mas a prova - obviamente - não tem chancela da UCI. A Copa do Mundo CVR foi realizada no último ano em Vancouver, distribuindo um total de 50 mil dólares em premiações. David Lappartient, presidente da UCI, esteve presente no forum mundial de eSports do Comitê Olímpico Internacional e espera estar preparado para quando os eSports foram inclusos nos jogos olímpicos.
"Estamos olhando para o futuro em todos os aspectos do ciclismo e estamos ansiosos para ajudar no desenvolvimento do ciclismo virtual. Queremos assegurar que isso aconteça com regras claras, inclusive com regras anti-dopagem. O ciclismo é diferente dos outros esportes virtuais porque você realmente precisa fazer força. Imagine Peter Sagan competindo em corridas virtuais? Acho que seria ótimo para o ciclismo", afirmou.
Ainda não está claro quando, onde e nem em quanto tempo será organizado o Campeonato Mundial de Ciclismo Virtual, mas o movimento parece seguir uma tendência de rápida adaptação da UCI ao cenário mundial da bicicleta - vale lembrar que, na semana que passou, a entidade anunciou que já no ano que vem teremos um Campeonato Mundial de eMTB.
-
Fonte:  https://www.pedal.com.br/uci-vai-criar-campeonato-mundial-de-ciclismo-virtual_texto13316.html
O que falar do Campeonato de Downhill desse ano hein?
Foram cinco etapas sensacionais, a Associação Paranaense de Downhill está arrasando na organização das provas, duas dela valeram para Ranking Nacional (Londrina e Irati), e cada etapa tem sido um show diferente.
E agora nos dias 24 e 25 de Novembro vai acontecer a 6ª e última etapa em Campo Largo-PR, na Estância Águas da Serra.
O campeonato foi um sucesso, confira alguns cliques:
E o organizador da 6a. etapa Ubaldino "Dino" recomenda: "Esporte é vida. Viva a vida!"

Ubaldino (Dino) e Antônio (Tonhão) organizadores da 6ª etapa do Campeonato Paranaense de DH.
"Agora pra fechar 2018 com chave de ouro a última etapa vem com tudo, temos certeza que faremos do encerramento uma festa, contamos com aproximadamente 100 pilotos, todos os familiares, uma ampla estrutura e lazer. Vai ser mais uma etapa sensacional." (Dino)
-
Fonte: https://www.fpc.esp.br/2018/10/6-etapa-do-campeonato-paranaense-de.html

Façam suas inscrições, faltam somente 4 dias para o DOWNHILL URBANO DE JAGUARIAÍVA 2018, prova esta valida pela 5ª etapa do Campeonato Paranaense de Downhill e com pontos válidos pelo ranking nacional... Bora fazer suas inscrições através aqui do site http://www.mazobikers.com.br


A ciclista Denise Mueller-Korenek, 45, quebrou o recorde de velocidade sobre uma bicicleta atingindo 296 km/h, nesta segunda (17), no deserto de sal de Boneville, em Utah, nos EUA. Ela utilizou um dragster adaptado como pace-car, como são chamados os carros que ditam o ritmo dos ciclistas, que também faz a vez de túnel de vácuo.
Para quebrar o recorde, Mueller-Korenek pedalou a uma velocidade média de 296 km/h por 1,6 km, usando uma bicicleta especialmente construída para o desafio. Ela treinou por seis anos para a tentativa bem sucedida. O recorde anterior, de 269 km/h, do holandês Fred Rompelberg, já durava 23 anos e foi cravado no mesmo local.
-
Veja o Video

-
Fonte: https://www.folhape.com.br/esportes/mais-esportes/ciclismo/2018/09/18/NWS,81646,68,724,ESPORTES,2191-CICLISTA-AMERICANA-QUEBRA-RECORDE-ATINGIR-296KM.aspx
O Desafio Intermodal de Curitiba 2018 está marcado para a acontecer na quarta-feira (19), entre às 18 e às 19:00. São diversos modais de transporte para avaliar qual a forma mais eficiente de se locomover por Curitiba no horário de pico.
Vão competir um pedestre, um corredor, um ciclista, um carro de passeio, uma motocicleta, um ônibus, além de portadores de deficiência física.
O evento, uma tradição na cidade, é organizado pelo Programa Ciclovida da Universidade Federal do Paraná com o apoio do Institutos Lactec, Detran-PR, Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), Cicloiguaçu, Federação Paranaense de Ciclismo entre outros.
O percurso tem aproximadamente 10 quilômetros, com a largada prevista no Centro Politécnico da UFPR, e chegada no prédio histórico na instituição, localizado na Praça Santos Andrade
O desafio contará com a utilização de um protótipo de um laboratório móvel sobre rodas, para monitoramento de parâmetros ambientais e comportamento do trânsito, com particular interesse no ciclista.
O objetivo é gerar uma base de dados para ser utilizada no planejamento urbano, a fim de melhorar a qualidade do transporte e a qualidade de vida da população em geral.
Ao final do Desafio os participantes respondem um questionário sobre a experiência, avaliando pontos sobre a infraestrutura urbana, como ciclovias, iluminação pública, sinalização, calçadas, pontos de maior congestionamento e educação no trânsito.
-
Fonte: https://cbncuritiba.com/quinta-edicao-do-desafio-intermodal-de-curitiba-acontece-nesta-quarta-feira-1909/

A primeira vez ao ganhar uma competição é de muita alegria. Neste domingo, o britânico Simon Yates teve esta sensação ao conquistar a Volta da Espanha.
A confirmação do título mais importante na carreira aconteceu em Madrid, após a 21ª etapa. Nos outros lugares do pódio, ficaram Enric Mas (Quick Steps) e Miguel Angel Lopez (Astana).

A etapa foi vencida pelo italiano Elia Viviani (Quick-Step Floors), que completou os 100,9 km entre Alcorcón e Madri em 2h21m28s e bateu o eslovaco Peter Sagan (BORA-Hansgrohe) e o seu compatriota Giacomo Nizzolo (Trek-Segafredo).

- É realmente surpreendente. Eu estava acostumado a ver os pilotos franceses, italianos e espanhóis liderarem o caminho. Mas Chris e Geraint venceram a Grand Tour no mesmo ano e mostram até onde o esporte chegou neste país - disse Yates.
O atleta tornou-se o segundo britânico a vencer a Vuelta. Chris Froome foi o primeiro nome do país que conquistou a competição. Simon Yates chegou integrado no pelotão e confirmou o seu primeiro triunfo numa das três grandes voltas.

Os britânicos mostraram que a Volta da Espanha é importante. Foi um ano dominado pelos ciclistas do país: Froome venceu no Giro, Thomas no Tour e Yates na Vuelta.

Nas seis participações anteriores nas três principais corridas por etapas, Yates tinha como melhores resultados o sexto lugar na Volta a Espanha em 2016 e o sétimo na Volta a França em 2017.
-
Fonte: https://www.lance.com.br/mais-esportes/ciclismo-pela-primeira-vez-simon-yates-conquista-volta-espanha.html
# Avancini sagra-se Campeão Mundial de MTB Maratona em prova disputada hoje na Itália
Mais uma conquista para o brasileiro Henrique Avancini em 2018. Hoje, em disputa realizada em Auronzo di Cadore, Itália, o atleta sagrou-se Campeão Mundial de Mountain Bike Maratona, categoria que nem sequer é sua especialidade. A competição percorreu 102 km com mais de 4000m de altimetria acumulada e em 2017, Avancini completou o Mundial de Maratona em 30º lugar.
Avancini terminou a prova com o tempo de 5h08m28s, depois de uma disputa intensa contra Daniel Geismayr e Hector Leonardo Paez Leon, com o trio cruzando a linha de chegada com menos de 10 segundos de diferença entre si. O resultado chega para coroar uma brilhante temporada do atleta que é número 2 no ranking da UCI.
Na Copa do Mundo de XCO, a regularidade e dedicação foram as principais marcas de Avancini, único atleta a pedalar entre os 20 primeiros colocados em todas as 13 etapas. No total, foram cinco pódios conquistados e o brasileiro ainda venceu a prova de short track, em Andorra, pequeno principado entre França e Espanha. Na classificação geral, ele ficou em quarto e foi campeão por equipes com a Cannondale Factory Racing.
No Brasil, o atleta também se destacou nas duas provas mais importantes disputadas no país, sendo vencedor da etapa de Araxá da Copa Internacional de Mountain Bike e campeão brasileiro em julho, vitória que lhe deu o direito de vestir a camisa verde e amarela no exterior.
Para encerrar a temporada, que é a melhor de sua carreira, Henrique Avancini volta ao seu país de origem em outubro para disputar a Brasil Ride ao lado do alemão Manuel Fumic. O objetivo do atleta é repetir as conquistas de 2013 e 2017.

Resultados Oficial

1. Henrique Avancini (Brazil) 5:08:28
2. Daniel Geismayr (Austria) 5:08:30
3. Hector Leonardo Paez Leon (Colombia) 5:08:35
4. Mathias Flueckiger (Switzerland) 5:10:09
5. Samuele Porro (Italy) 5:10:10
6. Alexey Medvedev (Russia) 5:10:28
7. Kristian Hynek (Czech Republic) 5:12:17
8. Andreas Seewald (Germany) 5:14:10
9. Juri Ragnoli (Italy) 5:14:27
10. Ole Hem (Norway) 5:17:00
Olá galera,

O Relógio está correndo, faltam somente 10 dias para a prova de Downhilll mais alucinantes do Estado do Paraná e Sul do Brasil... O Downhill Urbano de Jaguariaíva 2018, prova esta válida pela 5a Etapa do Campeonato Paranaense de Downhill, e com pontos válidos para o ranking nacional.
Muitas novidades, obstáculos insanos... um verdadeiro desafio para bikes e pilotos.

Façam logo suas inscrições aqui no site e garantam o seu seguro... Bora acelerar galera!


# Ciclista eslovaco terminou a 17.ª etapa quase em último, mas aproveitou para divertir o público.

Peter Sagan: campeão do mundo, sprinter e... entertainer. rsss
Nesta quarta-feira, o ciclista eslovaco perdeu quase 25 minutos na 17.ª da Vuelta a Espanha, tendo cruzado a linha da meta no 152.ª colocação .
Apesar da dureza de uma tirada que não era propícia às suas características, Sagan não perdeu o bom humor e divertiu os espectadores ao mandar um manualzinho numa subida com 20 por cento de inclinação. Não é para qualquer um não...  rsss