Clique aqui e faça sua inscrição para o Desafio. Clique aqui para mais informações sobre o pedal. Clique aqui para ver a lista de inscritos.
NOVAS NOTÍCIAS:
Carregando...

Ciclistas de São José dos Campos são exemplo de Fé.

--_Entre os dias 22 e 26 de Dezembro de 2011, estive na cidade de APARECIDA DO NORTE no estado de SP, para agradecer a uma graça recebida dentre tantas que tenho recebido. Levei aos pés de Nsa. Senhora da Conceição Aparecida uma cópia do meu diploma de conclusão do curso de Bacharelado de Sistemas de Informação.
--_Aquela cidade é fora do comum, ela exala a fé do povo, todas os tipos de pessoas desde as mais humildes até as com melhores condições, nós encontramos lá demonstrando a sua devoção e agradecendo de todos os modos as graças recebidas.
--_Assim eu, após comprar alguns brinquedos para minha filha, ao sair do shopping e caminhar indo em direção a Basílica de Aparecida, ao olhar para o lado esquerdo vi 3 ciclistas tirando fotos alegres, em seus rostos aquele sorriso como se tivessem conquistado uma vitória e isso me chamou a atenção.
--_Os circulos de amizade que giram em torno da bicicleta são grandes... O que levou a coversar com eles... A curiosidade em saber de onde eles eram, o que os levou a ir até lá??
--_Pois bem, este grupo de amigos são da cidade de São José dos Campos, e que foram desde sua cidade de origem até APARECIDA DO NORTE, por estradas rurais... uma aventura de final semana com o melhor de todos os destinos, a casa da Mãe Aparecida.
--_Nesse grupo eram um total de 6 ciclistas, segundo eles a volta completa foi de 120km, e o que mais judiou deles foi o calor...
--_Para vocês terem idéia a temperatura média em Aparecida durante os dias que estive lá, variava entre 36 a 42 graus, tava de arder o couro.
--_Me arrependo muito de ter esquecido de tirar uma foto, da solução que eles fizeram pra terminar o percurso. O rapaz de camisa LARANJA/CINZA teve um problema sério com sua bike, e pelo tamanho dele na foto vcs ja perceberam... o aro traseiro da bike dele abriu e eles tiveram que fazer a verdadeira SOLUÇÃO TÉCNICA DE EMERGÊNCIA para poder continuar a pedalada.
--_A gambiarra com ARAME e ELÁSTICO acabou por funcionar muito bem. Fui muito engenhosa a idéia que eles tiveram... acho que foi até melhor que a do nosso amigo Potibiker Jhonny que encheu os pneus com capim para poder chegar em casa! rssss.
--_Essa é a vida do ciclista, nas horas qye mais precisamos se não usar de engenhosidade, estamos lascados...
- - -
:: Um grande abração, a estes 6 corajosos que enfrentaram o calor intenso e o sol forte para curtir esta aventura de longa distância com o intuito de chegar a Casa da Mãe Aparecida para agradecer as graças recebidas durante o ano de 2011.
:: Fiquem com Deus, um Feliz 2012 com muita benção e saúde da Mãe Aparecida, regado a bastante PEDAL.



Graminha é o atual vice-campeão brasileiro da categoria mais técnica busca titulos...

:: Aos 16 anos, Graminha busca as três maiores provas nacionais de 2012; depois, a meta é a América Latina.
-
--_Vem aí mais uma nova promessa de Ribeirão Preto para o esporte olímpico. Depois de Laís Souza (ginástica), Serguei Fofanoff (hipismo) e Nicolas Santos (natação), Pedro Graminha já está em preparação para fazer parte do time nacional de mountain bike nos Jogos Olímpicos de 2016, que acontecem no Rio de Janeiro.
--_Credenciais para isso não faltam. Com apenas 16 anos, ele já é vice-campeão brasileiro de XCO, a categoria mais difícil do esporte, bicampeão da Maratona dos 100 km em Canaviais, vencedor do Campeonato Interestadual de Mountain Bike Olímpico e bicampeão da Copa SRAM 50 km, uma das referências do cross country nacional sobre bicicletas.
-
:: Metas
--_Para chegar ao Rio 2016, o segredo é planejar e fixar metas. Por exemplo, em 2012, o objetivo é vencer as três principais competições nacionais, que são a Copa Internacional e os campeonatos brasileiro e interestadual de MTB. "E quero vencer mesmo, não tem essa de ser segundo ou terceiro", disse rindo.
--_Em 2013, o foco serão as competições internacionais, como a Short Track, que envolve concorrentes de diversos países latino-americanos. Na categoria Elite, a principal do mountain bike, o Brasil dá as cartas. Mas nas Sub 23 e Junior, da qual Pedro faz parte, a competição dos "hermanos", sobretudo os colombianos, é bem mais acirrada.
--_Por isso, o negócio é treinar duro. "Treino de duas a três horas por dia, quatro vezes por semana. Nos outros dias, estou na academia a fazer trabalho de reforço físico", conta.
--_A relação de Pedro Graminha com o ciclismo de aventura começou cedo e em casa.
>> "Desde criança que via o meu pai fazer mountain bike", revela. "Desde então, optei por seguir esse caminho e vou pedalando por aí", completa.

--_Atualmente, o atleta de Ribeirão Preto compete pela equipe Multibike/Specialized.
-
Fonte: JORNAL A CIDADE
Link Origem

Copa Sram de MTB - Duas etapas em 2012 - Cross Country e Maratona esquentam a competição...


--_A 2ª edição da Copa SRAM de MTB acontece em duas emocionamentes etapas. Todas com muita ação, aventura e desafios empolgantes com percursos que equilibram técnica e resistência. Etapas de Cross Country e Maratona colocarão à prova a capacidade e versatilidade dos atletas, com amplo número de categorias divididas em dois níveis, sendo um sport com menor quilometragem, para agradar e contemplar a todos.
--_Abrindo a temporada do mountain bike cross country brasileiro de 2012 apresentamos a 4ª Edição do SRAM 50K. A prova é válida para a Copa SRAM de Mountain Bike 2012. O SRAM 50K acontecerá na Represa II em Vinhedo em um circuito de 6.250 metros, 100% pedalável com algumas partes técnicas, proporcionando um início de temporada com nível moderado de esforço físico e técnico.
-
Acompanhe maiores informações sobre a Copa SRAM de MTB 2012 e cada uma de suas etapas através deste hot-site.
-
Fonte: PEDAL.COM.BR
Link Origem

Copa Internacional 2012 - Nova modalidade na disputa...

--_No início de junho deste ano, o colunista da pedal.com.br "Guiné", tinha relatado no artigo "Copa do Mundo de MTB Sprint 2012 - Será?" a possibilidade de uma nova modalidade entrar no calendário 2012 da UCI. E foi confirmado meses depois pela entidade maior.
--_No final do artigo, ele ainda alfinetou o organizador da Copa Internacional de Mountain Bike, Rogério Bernardes, em relação a inserção da modalidade em sua competição.
--_Com o anúncio do calendário da UCI, a organização da CIMTB foi buscar informações com a CBC para inserir este formato aqui. Ação conjunta resultou nesta grande conquista.
--_Com exclusividade, o Pedal anuncia que a Copa Internacional, junto à Confederação Brasileira de Ciclismo, dão uma importante pedalada rumo ao sucesso do mountain biking nacional com a inserção de mais uma modalidade empolgante na disputa.
--_Para 2012, a CIMTB contará com o Cross Country Eliminator. O XCE é aberto a Elite Masculina, Sub23 e Junior (filiados). A modalidade foi usada como teste experimental na temporada de 2011 e foi um sucesso.
-
--_Em entrevista com Rogério Bernardes, organizador da Copa Internacional ele comentou...
-
>> "O XCE vai contar pontos para a CIMTB. Isso vai dar o que falar. Em uma única competição, teremos diversos pontos rolando, abrindo as chances dos atletas se recuperarem ao longo da temporada. Neste caso, além das 3 etapas do XCE, teremos o Desafio da Ladeira, em Congonhas."
-
>> "Evento confirmado no calendario mundial de 2012 pela UCI, depois de muito trabalho (Ufa!!). Estava so esperando esta resposta para comunicar oficialmente e comemorar com vocês que as 3 etapas de 2012 terao o short track eliminator (XCE) de forma oficial. É a primeira vitória de 2012 sem mesmo termos chegado lá."
-
:: Entendendo este novo formato
--_O site Pedal divulgou neste ano algumas informações deste tipo de prova que já é um sucesso na Europa.
--_A prova consiste em uma tomada de tempo e os 32 melhores tempos vão para a chave final com 4 em cada bateria. Ao longo das disputas, ocorrem as eliminações como o próprio nome já diz.
-
:: Entenda a situação do calendário de provas
--_No calendário mundial existem 10 provas de XCE registradas e a situacao é a seguinte:
- 4 delas estão dentro de etapas de Word Cup e Campeonato Mundial.
- 6 delas são XCE com XCO sendo:
- Alemanha com 3 provas Classe 1/HC XCO com XCE (2 em abril e agosto);
- Noruega com 2 provas Classe 2 XCO com XCE (abril e junho);
- Áustria com 1 prova Classe HC com XCE (abril).
--_Analisando estes dados do calendário, teremos no Brasil, através da CIMTB, 1/4 de todas as provas XCE no mundo.
--_Se excluirmos as etapas de Word Cup e Campeonato Mundial, este número passa para mais de 1/3 das provas no mundo. O Brasil será, junto com a Alemanha, o país com maior número de provas XCE no calendário mundial 2012.
-
Fonte: PEDAL.COM.BR
Link Origem

Da cadeira de rodas às competições de ciclismo...

--_Como atleta portadora de deficiência física, Monique van der Vorst ganhou diversos títulos europeus e mundiais de handcycle. Obteve duas vezes a medalha de prata nos Jogos Paraolímpicos de Pequim. No entanto, no ano passado ocorreu algo incrível: voltou a caminhar. E agora tem um novo sonho. A história de Monique faz parte da série “Minha Pequena Revolução” da Radio Nederland.
--_Em 1998, Monique van der Vorst, aos treze anos de idade, foi parar em uma cadeira de rodas após uma cirurgia no tornozelo mal sucedida. Um ano depois estava em um centro de reabilitação e descobriu a handcycle, uma bicicleta que se ‘pedala’ com as mãos. “Eu usava a bicicleta para ir para a escola, mas também para desenvolver-me mentalmente. Melhorou minha autoestima. Pude demonstrar que ainda podia fazer algo."
--_Ao ver que tinha talento, começou a treinar e a participar de competições. Em 2001, tornou-se campeã europeia pela primeira vez. E foi muito bem sucedida. No entanto, em 2008, Van der Vorst sofreu um acidente. Ela foi atropelada por um carro na cidade de Tampa, nos Estados Unidos, enquanto participava de um treinamento. Entrou em estado de coma e com uma lesão na medula.
-
:: Medalhas de prata
-
>> “Depois tive que começar tudo de novo, mas tinha um objetivo: cinco meses depois aconteceriam os Jogos Paraolímpicos em Pequim. Assim que saí do hospital já estava de novo na minha handcycle. Estive em Pequim em 2008 e obtive duas medalhas de prata. Eu não acredito que eu chege a ser tão bem sucedida novamente. Pelo menos não nos Jogos Paraolímpicos.
-
--_Em março de 2010, durante um treino de handcycle na Espanha, o destino mudou novamente sua vida. “Eu parti um pouco mais tarde que o grupo e acelerei para alcançar meu grupo. No momento de frear, senti que um ciclista bateu em mim por trás. Tive um espasmo como se me houvessem eletrocutado. Essa se
nsação não desapareceu e foi muito desagradável”.
-
:: Formigamentos
--_Depois de um período em um hospital espanhol, Van der Vorst foi trasladada para a Holanda.
-
>> “Foi ficando cada vez pior. Perdi mais funções corporais e emagreci muito. Só podia estar deitada e não tinha forças sequer para comer. Uma época insuportável, com muita dor, frustração e insegurança. Até que chegou o momento que, durante a noite, belisquei minha mão e meus dedos se alongaram e senti um formigamento no meu pé esquerdo. Não sentia nada quando tocava minha perna, mas senti o formigamento. Foi muito estranho”.
--_Nenhum médico podia explicar o fenômeno, mas para Van der Vorst foi um sinal de que deveria treinar com afinco.
-
>> “No início, podia movimentar minhas pernas alguns centímetros, mas chegou um momento em que pude levantá-las e pude “caminhar no ar”, sem apoiar os pés, sustentando-me com as mãos. Com essa motivação, comecei a treinar com o dobro de intensidade. Era uma luta contra meu próprio corpo. Não me interessava o passado nem o futuro. Estava eufórica. Queria cada vez mais e mais e mais”.
-
:: De volta ao esporte
--_Em março de 2011, Van der Vorst recebeu sua primeira bicicleta. “Então comecei a treinar somente por diversão. Tudo correu tão bem que eu comecei a participar de corridas. No verão, pedalei da Itália até a Holanda em três semanas; todas as montanhas; mais de 3 mil quilômetros. Sozinha, porque queria tranquilidade para pôr meus pensamentos em ordem. Então compreendi que queria voltar a praticar esportes”.
--_Muitas equipes de ciclismo queriam contratar Van der Vorst, devido ao seu talento e mentalidade, mas também por sua incrível história e publicidade que poderia trazer à equipe. Finalmente ela optou pela Rabobank. “É a equipe de ciclismo mais profissional. Além disso, é fantástico fazer parte do time de Marianne Vos, campeã olímpica.
-
:: Inspiração
-
--_“É difícil entender ser, de cara, tão popular. Eu recebi pedidos de entrevistas do Japão, Brasil, Estados Unidos e Inglaterra. Escrevem sobre mim na internet, no twitter e recebo muitos e-mails de pessoas que me consideram uma fonte de inspiração. Ainda preciso me acostumar”.
--_Através do duro treinamento e a necessária (má) sorte, Van der Vorst pôde levar adiante uma pequena revolução em sua vida. “Há um ano não podia andar de bicicletas nem por cinco minutos; agora todos os dias. Há um ano, não podia andar de bicicletas, agora pedalo por montanhas e sou uma ciclista profissional. Há um ano não era nada, na verdade; havia perdido minha paixão, meu esporte e inclusive meu trabalho. Foi uma busca intensa de mim mesma. Finalmente vivi o cotidiano e tudo acabou bem”.
--_Agora, Monique van der Vorst tem outra meta: os Jogos Olímpicos de 2016 no Rio de Janeiro. “É um propósito muito difícil. Ainda não estou perto desse nível. Tenho que treinar e aprender muito. Mas tenho muito tempo até 2016”.
-
Fonte: RÁDIO NEDERLAND BRASIL
Link Origem

Confederação Brasileira de Ciclismo comemora resultados de 2011 e busca mais vagas na Olímpiada de 2012

--_A Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC) encerra 2011 satisfeita com as conquistas e o bom desempenho de todas as modalidades que representa (BMX, Cicloturismo, Estrada, MTB, Paraciclismo e Pista).
--_A participação em competições internacionais e nacionais de alto nível na temporada mostra que o ciclismo brasileiro está crescendo. Em todas as disciplinas, os atletas nacionais estiveram presentes em mais de 150 competições e estes números deverão ser ampliados em 2012.
-
>> "Estamos trabalhando muito para o crescimento do ciclismo no Brasil. Todas as disciplinas estão recebendo cuidados especiais e pretendemos ampliar ainda mais este aporte para o próximo ano. Já temos confirmadas 19 competições no calendário internacional da UCI e hoje somos o País com maior número de provas internacionais da América do Sul", comentou José Luiz Vasconcellos, presidente da CBC.
-
--_Além disso, o intercâmbio proporcionado aos atletas da Seleção, bem como a preparação inédita feita com os ciclistas, contribuíram bastante para os resultados obtidos no Brasil e no exterior.
-
>> "Precisávamos desse trabalho específico na preparação individual de cada integrante da seleção. Estamos desenvolvendo um planejamento a longo prazo, que vem selecionando novos talentos e inserindo esses atletas no cenário do ciclismo internacional, disponibilizando todo o suporte necessário. Os primeiros resultados já apareceram: fechamos o ano com o título do Campeonato Pan-Americano realizado na Colômbia, conquistamos três vagas para as Olimpíadas de Londres no ciclismo de Estrada e temos grandes chances de conquistar mais vagas em outras disciplinas", explicou o presidente.
-
::: Foco em Londres
--_Com uma preparação adequada e o bom rendimento nas competições internacionais, a previsão é que a equipe brasileira tenha uma atuação positiva nas Olimpíadas de 2012.
-
>> "Durante essa temporada, a CBC desenvolveu projetos para todas as suas disciplinas e o ciclismo de Estrada foi um dos grandes destaques, conquistando a quantidade de vagas limite para o nosso continente nas Olimpíadas de Londres. Iremos realizar um trabalho direcionado em competições de alto nível, levando a seleção para participar de diversas competições internacionais. Além disso, seremos beneficiados com várias provas do ranking UCI que serão realizadas no Brasil", explicou o treinador da Seleção Brasileira, Hernandes Quadri Júnior.
--_O país tem até o momento quatro vagas garantidas para os Jogos de Londres. São três no ciclismo masculino de estrada, podendo utilizar um desses atletas para participar também da prova masculina de contra-relógio. Nas demais disciplinas, ainda não há definição. Para as provas de Pista, contam pontos os resultados dos rankings de maio de 2010 até maio de 2012.
--_No Bicicross, acumulam pontos as competições do calendário internacional realizadas entre 06 de maio de 2010 a 28 de maio de 2012. Já para o MTB, estarão contando pontos as competições do calendário internacional realizadas entre 23 de maio de 2011 a 23 de maio de 2012.
-
Fonte: FINALSPORTS
Link Origem

Em defesa das magrelas invisíveis...

-
::Por Luis Fernando Manassi Mendez, Quaraí, RS (Jornalista)
-
--_Popularmente denominadas de “magrelas”, as bicicletas são um meio de transporte econômico, eficiente e ecologicamente correto além de contribuírem para a qualidade de vida dos ciclistas. Na internet é possível conferir notícias que apontam um crescimento nas vendas do veículo.
--_Ultimamente, no entanto, as vendas de veículos motorizados também aumentaram – carros e motos ganham, continuamente, destaque na imprensa brasileira no que tange ao número de acidentes e aquisições destes veículos. O jornalismo esqueceu, todavia, de mencionar a popularização contínua das bicicletas e os benefícios de seu uso. O jornalismo brasileiro tem uma forte inclinação sobre as rodas motorizadas. Os meios de comunicação têm se mostrados tendenciosos ao excluírem das pautas noticiosas o ciclismo, tornando a população alheia às bicicletas.
--_Os ciclistas vêm sendo, gradativamente, excluídos dos critérios de noticiabilidade. Isso leva a crer uma defesa incrível do jornalismo em torno das motocicletas e automóveis, em prejuízo das bicicletas.
--_Esta desimportância do jornalismo vem tornando-se cada vez mais comum, fazendo o público crer que as bicicletas estão desaparecendo do cenário altamente predominado por motos e carros, o que, no entanto, tem se revelado o contrário. É sabido que a televisão, pelo seu caráter de resumo sintético das notícias, apresenta pouco espaço para aprofundamentos a assuntos específicos, salvo reportagens documentadas.
--_Entretanto, há um desinteresse da mídia em abordar esse “novo” panorama do trânsito, seja de forma resumida, em telejornais, ou em grandes reportagens, exibidas em documentários.
-
:: O ciclista é o condutor mais correto
--_A televisão atinge um público cada vez mais expansivo, já que é o meio de comunicação de massa que predomina. De nada adianta, por exemplo, concentrar informações na internet, aonde o público não tem, muitas vezes, um acesso a informações específicas.
--_Neste papel, entra em cena o jornalismo social, cuja atuação tem sido ineficaz. A consciência ambiental visando a uma qualidade de vida e com um trânsito cada vez mais seguro deveria ser um tema priorizado pela imprensa brasileira em todas as esferas midiáticas. É papel do jornalismo conscientizar as pessoas, e não somente vender o produto. Não é o que acontece, por exemplo, quando vemos, em suplementos de jornais, cadernos especializados sobre carros e motos.
--_Não existem cadernos especializados em periódicos que deem relevância ao ciclismo; apenas a carros e motos. O jornalismo ocupa-se constantemente em mencionar ciclistas nas páginas policiais, limitando-se, basicamente, a tornar publicáveis acidentes envolvendo esses condutores.
- - - - - - - - - - - -
Comentário - Por Rogério Loureiro (Mazobikers Blog)
--_A cultura brasileira ainda engatinha nesse caminho, diferente de outros países como Estados Unidos e vários países da Europa nas quais existem nos maiores portais de esporte existem cadernos especializados somente para o ciclismo em todas as suas modalidades, e sites especalizados só em ciclismo e que não são poucos, cito alguns como www.cyclingnews.com, , www.cycling.tv, www.cyclingfans.com, www.bikeradar.com e entre muitos outros...
--_No Brasil o que nos salva é o www.pedal.com.br, prologo.uol.com.br e vários blogs alimentados por entusiastas como www.mazobikers.com.br, jacusdeduasrodas.blogspot.com, wp.clicrbs.com.br/ogregario/ e entre outros.
-- A carência informação deste esporte no Brasil, faz com que ele cresça a passos de tartatuga.
--_ Temos como exemplo o TOUR DO BRASIL e o TOUR DO RIO, alguém vê divulgação nas mídias televisivas??? Só algumas provas rápidas como COPA DA REPÚBLICA, COPA AMÉRICA são transmitidas. De DH só a "Descida das Escadarias de Santos" e mais nada. O UCI World Cup Master de MTB, que teve em Camburiú-SC nem Flashs tivemos, PENSE!, O Circuito XC de favelas, prova de alto gabarito nacional só teve alguns flashs que a TV Cultura passou, Taça Brasil de XC com a participação dos melhores atletas da MTB do Brasil, só soubemos resultados e só teve uma reportagem feita pela sportime mas a nivel regional, e só soubemos que ela foi feita pelo blog jacusdeduasrodas.
--_Unamo-nos e divulguemos cada vez mais este esporte que é amado por muitos...
- - - - - - - - - - - -
--_Lembro-me do Massa Crítica – grupo de ciclistas que foi covardemente atropelado por um motorista no bairro Cidade Baixa, em Porto Alegre. O engraçado é que o grande público toma conhecimento de movimentos semelhantes apenas quando há um fato trágico; quando há uma ideia dentro do movimento, esta é esquecida pela grande imprensa. Não há um debate, uma continuidade jornalística sobre o tema, já que há uma relevância social em discussão.
--_Além do mais, o ciclista é, no trânsito, o condutor mais correto que existe, fato que a grande imprensa parece ter esquecido. Acidentes nas grandes cidades poderiam ser reduzidos se motociclistas e motoristas trocassem seus veículos motorizados pelas bikes, uma vez que o tráfego seria mais seguro e tranquilo.
-
Fonte: OBSERVATÓRIO DA IMPRENSA
Link Origem

Equipes pré-classificadas para a 10ª Copa América estão definidas...

--_Já estão definidas as equipes pré-classificadas para a disputa da prova masculina da 12ª Copa América de Ciclismo, marcada para o dia 8 de janeiro, em um circuito montado no Aterro do Flamengo, no Rio de Janeiro. A relação de 14 equipes (ainda falta a confirmação de uma convidada nacional) foi feita com base nos resultados da 10ª Copa da República de Ciclismo, realizada no dia 18 de dezembro, em Brasília (DF). Vale ressaltar que a prova contará com 20 times, sendo 15 saídos do torneio no Distrito Federal e outros cinco convidados do exterior.
--_O evento contará pontos para o ranking da União Ciclismo Internacional (UCI), no masculino Elite e Sub 18, e terá transmissão ao vivo pela Rede Globo de Televisão dentro do Esporte Espetacular.

--_A relação de equipes classificadas, com base nos resultados em Brasília, está assim:
:: Geral:
1) Funvic/Marcondes Cesar/FAP Pindamonhangaba (SP), 9 pontos;
2) SJCampos/Cannondale (SP), 25;
3) FW Engenharia / Amazonas Bike / Três Rios (RJ), 43;

4) Suzano/Trotz/Microshift, 45;

5) São Lucas/ Giant Cicloravena/ Americana (SP), 63;

6) Altolim/Assis(SP), 70;
7) Clube Dataro de Ciclismo (PR), 74;
8) Padaria Real/ Caloi / Céu Azul (SP), 75;

9) Clube Fernandes (GO), 109;
:: Equipes que terminaram com dois atletas:
10) Velo/SEME Rio Claro (SP), 38;

11) São Francisco / KHS / Ribeirão Preto (SP), 56;

12) Alto Giro (MS), 69;

13) Seleção de Brasília, 82;

:: Equipes convidadas:

14) Seleção do Rio de Janeiro;

15) a definir.

--_Cada equipe poderá ter no mínimo cinco e no máximo oito competidores. No feminino, por sua vez, com disputa individual, participarão as 15 melhores do evento do Distrito Federal e convidadas. Serão 11 voltas no circuito de 10km, montado em um local praticamente plano, o que faz prever uma prova bastante rápida e emocionante.

--_No ano passado, no Autódromo Internacional José Carlos Pace, em Interlagos, os ciclistas Breno Sidoti e Janildes Fernandes venceram na Elite. Breno completou as 20 voltas, 86km, com o tempo de 2h02m13s. Janildes, por sua vez, marcou o tempo de 46m38s705ms para as seis voltas ou 25,8km, sagrando-se tricampeã da prova.
-
Fonte: FINALSPORTS
Link Origem

Maringaense classificado às Olimpíadas de Londres troca de equipe

--_A equipe Funvic/Marcondes Cesar/ Pinda anunciou a contratação do ciclista maringaense Gregory Panizo, que competiu até esta temporada pela DataRo/Foz do Iguaçu. A negociação foi um grande presente de Natal para os simpatizantes do time do Vale, pois Panizo se encaixa perfeitamente no projeto da equipe, que compete pelo terceiro ano consecutivo o ranking UCI América Tour.
--_Campeão Pan-Americano em 2011 na Colômbia – feito que garantiu ao Brasil a primeira vaga olímpica no ciclismo – e vice-campeão do ranking individual UCI America Tour, Panizo é um ciclista com excelentes resultados nas voltas nacionais e capaz de brigar por importantes pontos para o país nos eventos internacionais.
--_Nos dois últimos anos Pinda sofreu muito para formar um time competitivo internacionalmente, principalmente, pelo dilema de contar ou não com ciclistas estrangeiros, o que significava pontos para outros países no ranking por nações. Com Panizo – e também com Otavio Bulgarellli – a equipe de Benedito Tadeu, o Kid, fica ainda mais forte e mais nacional. A única exceção, até o momento, é o velocista uruguaio Hector Fabian Aguilar.http://www.blogger.com/img/blank.gif
--_Outra vantagem da contratação é a possibilidade de contar com um ciclista bicampeão da Volta de São Paulo (2008 e 2010), conquista que tem sido uma obsessão do time de Pinda e que lhe escapou nos dois últimos anos – inclusive, no ano em que Panizo venceu pela segunda vez.
--_O ciclista de 26 anos é um dos principais nomes do ciclismo brasileiro e, antes do Pan de Guadalajara, onde representou o país nas provas de resistência e contrarrelógio, afirmou ao Prólogo que seu contrato com a equipe paranaense terminava em 2011 e seu futuro era incerto. Agora ele troca um dos times mais unidos do ranking nacional por outro, repleto de grandes nomes e muito mais ambicioso.
--_A estreia de Panizo com as cores do time Pindense deve ser na Copa América, no Rio de Janeiro, no dia 8 de janeiro, sendo que ele deve usar um uniforme que remeta ao título Pan-Americano.
-
Fonte: ODIARIO.COM
Link Origem

Ex-piloto da F1 que perdeu as pernas mira ouro em Londres

--_O ex-piloto da Fórmula 1 Alessandro Zanardi é um exemplo de volta por cima. O automobilista italiano sofreu, em 2001, um acidente em uma prova da Formula Indy que o fez perder as duas pernas. Entretanto, o piloto conseguiu superar as adversidades e, agora, é um dos favoritos para as Jogos Paraolímpicos de Londres, em 2012, na prova do ciclismo com as mãos.
--_Na batida de 2001, Zanardi perdeu o controle na saída dos boxes e atravessou a grama, chocando-se com o carro de Alex Tagliani, que estava a mais de 320 km/h. O impacto fez o carro do italiano se partir em dois. Alessandro apagou quase instantaneamente e só acordou apenas uma semana depois, no hospital, com sua mulher chamando seu nome e sem duas pernas. Antes de amputar as pernas, quase morreu: os médicos disseram que o coração do italiano parou sete vezes durante os procedimentos.
--_Atualmente com 45 anos, o ex-piloto da Fórmula 1, competição na qual passou pelas equipes Jordan, Minardi, Lotus e Williams, se prepara para competir com atletas que tem a metade da sua idade na Paraolimpíada de 2012. Zanardi está classificado para as provas dos 20 km contra o relógio e para o ciclismo de estrada.
--_O plano do italiano não é só competir, mas ganhar. E a história de superação dele é o suficiente para colocá-lo entre os favoritos: após passar por uma depressão, voltou a disputar provas automobilísticas usando próteses feitar por ele próprio e ganhou quatro Campeonatos Alemães de turismo de carro.
--_No ciclismo de mãos, os números do italiano são impressionantes, apesar de ele só ter entrado para o esporte em 2007. Alessandro Zanardi é considerado o melhor de sua modalidade, inclusive fechou a temporada vencendo a Maratona de Nova York, no mês de outubro de 2011. A diferença de idade em relação aos outros competidores não é um limite para ele.
>> "Tem um holandês que terá 21 anos quando chegar em Londres. Ele é muito forte, mas o que você pode fazer? Eu estou velho, mas não me desencorajo por isso. Além disso, a coisa mais excitante é tentar levar a medalha de ouro, para sair todo dia e treinar com o ouro na mente", afirmou ao jornal britânico Telegraph, aproveitando para dizer que o que lhe move é a possibilidade de conseguir disputar pelo topo.
>> "Se eu chegar em Londres e ver que os outros atletas são simplesmente mais talentosos que eu e eu terminar em quinto ou sexto, não iria significar que eu estou perdendo meu tempo. Porque acreditar que é possível e fazer isso é a parte divertida", contou.
Longe há mais de 10 anos da Fórmula 1, ele diz que ainda continua assistindo a todas as provas da competição e que o inglês Lewis Hamilton é o piloto mais talentoso que já viu. Com uma carreira marcada pela superação, o próprio ex-piloto sabe que não importa o resultado em Londres: já é um vencedor.
-
:: Confiram um pequeno video do Zannardi em ação...
-

-
Fonte: CORREIO DO ESTADO
Link Origem

Copa América: Organização destaca mudanças para 12ª edição

--_A temporada do ciclismo nacional em 2012 começará no dia 8 de janeiro, com a disputa da 12ª Copa América de Ciclismo/Desafio Internacional de Ciclismo. A tradicional disputa reunirá as principais equipes e atletas do país, no masculino e feminino, em um circuito montado no Aterro do Flamengo, no Rio de Janeiro, ao lado de equipes do exterior convidadas. A grande novidade é o retorno ao calendário da União Ciclística Internacional (UCI), no ranking do Tour América.
--_Para atender às novas exigências da UCI, a Copa América teve, primeiro, de mudar de lugar. Como as regras pedem um circuito de 10km, a prova deixou Interlagos e será realizada no Aterro do Flamengo, no Rio de Janeiro. Trata-se de um percurso praticamente plano e rápido, com alguns dos trechos que foram usados nos Jogos Pan-Americanos de 2007. Com isso, as equipes poderão dar assistência aos seus atletas, no esquema de caravana, como acontece nas grandes provas. Serão 11 voltas no masculino, totalizando 110km de corrida, enquanto no feminino serão cinco voltas, ou 50km.
--_Vinte e cinco equipes concorrerão na prova do masculino da Copa América de Ciclismo. A composição é feita da seguinte forma: as 15 melhores da Copa da República, realizada em 18 de dezembro, em Brasília, (DF) e as cinco estrangeiras convidadas pela organização. Cada equipe poderá ter no mínimo cinco e no máximo oito competidores. No feminino, por sua vez, com disputa individual, participarão as 15 melhores do evento do Distrito Federal e convidadas.
--_"Estamos trabalhando para esse retorno faz tempo. Com as novas exigências, pudemos nos adaptar melhor e realizar um evento forte, tanto no masculino como no feminino. Além disso, demos uma força ainda maior para a Copa da República, que fecha o calendário, que passou a ser seletiva do um evento UCI", explicou Thadeus Kassabian, diretor de operações da Yescom Entretenimentos.
-
Fonte: FINAL SPORTS
Link Origem

Prova mais longa do ciclismo vai percorrer principais pontos de Londres na Olimpíada...

--_Na prova de resistência do ciclismo, uma das mais longas do programa olímpico, os ciclistas vão percorrer 250 km.
--_Eles passarão pelos pontos mais conhecidos da cidade de Londres, como o palácio de Buckingham – local da largada e da chegada -, a ponte Putney, o museu de história natural e alguns quilômetros à beira do rio Tâmisa. O Brasil tem três atletas garantidos na prova.
-
--_Saiba mais sobre a prova e o percurso:
-

Foz do Iguaçu é destaque no Campeonato Regional Oeste de Ciclismo

--_Os resultados fecharam a temporada do ciclismo regional e mais uma vez contemplam a nossa ótima temporada.
--_A Equipe de Ciclismo AudioPhone/Smel Foz, obteve resultados satisfatórios na etapa e na classificação geral final, dominando as categorias de base do certame, e até dobradinha no pódium.
--_Os resultados fecharam a temporada do ciclismo regional e mais uma vez contemplam a nossa ótima temporada, o trabalho sério e árduo nos treinamento realizados e as varias competições disputadas, o que nos demonstrou um grande nível técnico para trabalhar em prol da melhor preparação física dos nossos ciclistas em prol dos adversários.
>> “Este ano fomos referência no trabalho de base realizado na região Oeste, fico feliz pelo reconhecimento das equipes adversárias e dos companheiros de atividade, como sempre digo, esse sucesso é graças ao apoio recebido em toda temporada”, destaca Thiago Salviano, técnico da equipe.
-
:: RESULTADOS POR CATEGORIA:
:: CATEGORIA JUNIOR (17 e 18 Anos)
- Campeão: Marcelo Dill – Audio Phone/Smel Foz
-- Vice Campeão: Rafael da Cruz – Hospital Santa Rita/Maringá-
--- 3º Lugar: Felipe Martins - Audio Phone/Smel Foz
---- 4º Lugar: Cleiton Balduino – Audio Phone/Smel Foz
----- 5º Lugar: Rodrigo Pereira – Cascavel
-
:: CATEGORIA JUVENIL (13 e 14 Anos)
- Campeão: Wilson Tomio – Toledo
-- Vice Campeão: Bruno da Cruz – Audio Phone/Smel Foz
--- 3º Lugar: Fabio Tabor – Cascavel
---- 4º Lugar: Felipe Trento – Medianeira
----- 5º Lugar: Paulo Silva – Mato Grosso do Sul
-
:: CATEGORIA INFANTO JUVENIL (12 – 13 anos)
- Campeão: Gabriel Amancio – Cascavel
-- Vice Campeão: Joseffer Duarte – Audio Phone/Smel Foz
--- 3º Lugar: Yuri Eichinger – Liquigás/Toledo
---- 4º Lugar: Jonathan Ribeiro – Marechal Candido Rondon
----- 5º Lugar: Fabio Costa - Cascavel
-
Fonte: CLICK FOZ DO IGUAÇU
Link Origem

Houston apresenta novos modelos de Bikes...

:: Investimento da empresa piauiense inclui modelos dobráveis, speed e freestyle.
-
--_A piauiense Houston, que se tornou um fenômeno em vendas de bicicletas no Brasil, apresenta cinco novos modelos. São bikes que incluem estilos diversos como Speed, Freestyle e Mountain Bike, mas a grande novidade é o modelo dobrável FX2, tendência na Europa e ideal para quem busca uma bicicleta prática, segura e ecologicamente correta.
>> “Queremos atingir um público que gosta de qualidade. As bikes foram dese
nvolvidas levando em conta a segurança e custo-benefício final. É para homens e mulheres que gostam de bicicletas modernas e cheias de acessórios. Estamos falando de bicicletas com quadro e freios de alumínio e câmbio Shimano e para quem está iniciando sua vida nas trilhas, estradas ou manobras”, explica João Claudino Junior, presidente da Houston.
--_A Houston investiu R$ 500 mil no desenvolvimento dos cinco novos modelos. A FX2 é o destaque. Primeira dobrável da empresa tem aro 20, quadro em alumínio e câmbio Shimano. Super leve e, principalmente, prática, é a bike perfeita para interação com outros veículos como metrô ou ônibus. É de fácil manuseio e cabe em qualquer local. Além disso, acompanha uma bolsa para guardá-la. Ideal para incentivar o hábito saudável, não polui e ajuda a descongestionar os grandes centros. O modelo, que é tendência pelos quatro cantos do mundo, é muito prática e pesa apenas 12 quilos.
>> “A FX2 é ideal para usuário urbano que deseja uma bike ágil, compacta e leve. É perfeitamente adaptável as condições da cidade, podendo ser levada no bagageiro do carro, no ônibus, no metrô e ainda pode ser guardada em qualquer canto da casa ou apartamento”, complementa o executivo.
--_Outra novidade é a FR1 aro 26 MTB, uma moutain bike perfeita para descidas mais técnicas e íngremes. O grupo Shimano TX50 e freio a disco nas duas rodas, proporciona mais rendimento e segurança.

--_A FR2 aro 26 MTB tem melhor geometria que permite maior desempenho, controle e segurança nas descidas. Grupo Shimano Alívio 24 marchas e freio a disco nas duas rodas. Disponível na cor preta com laranja.
--_A SNAP – aro20 é própria para quem gosta de freestyle. Possui um sistema rotor de 360 gra
us, freios U-brake, dois pares de trolhas e pneus mais largos, garantindo mais aderência e segurança ao usuário.
--_Por fim, a STR 700 - uma evolução da STR 500, um dos sucessos da Houston. Foi especialmente desenvolvida para ciclistas que já possuem algum conhecimento em speed. Projetada com geometria que favorece um bom desempenho em percursos de circuito e estrada. Toda montada com os componentes Shimano 2300, é leve e rápida. Garfo em alumínio 6061 garante segurança e agilidade. Vem com sistema integrado de freio e marchas.
>> “Essas novidades brindam um ótimo an
o que tivemos e o que o consumidor deve esperar da Houston para 2012. Vamos continuar investindo em novos modelos, em comunicação e ponto de venda. Nossa meta é buscar a liderança do mercado nacional de bicicletas”, diz Claudino.
::: Os lançamentos.:
-
Modelo: FR1 aro 26 MTB|Estilo: All Mountain |Cor única: Vermelho|Quadro: Alumínio 6061 com suspensão tamanho: 18 |Garfo: Suspensão Kemp 983 elastomero|Grupo: Shimano TX50 21marchas|Passador: EF-50|Movimento de direção: Over integrado|Movimento central: Semi-selado|Freio a disco mecânico dianteiro e traseiro.|Pneu 26 MTB: 26”x2.1|Cubos em alumínio com blocagem.|Peso: 16 K/G|Peso máximo do Ciclista: Até 100 Kg.
-
Modelo: FR2 aro 26 MTB.:Estilo: All Mountain|Cor única: Preta com laranja|Quadro: Alumínio 6061 com suspensão tamanho: 18 |Garfo: Suspensão Kemp 983 elastomero|Grupo: Shimano Alivio 24marchas|Passador: Alivio|Movimento de direção: Over integrado|Movimento central: Selado|Freio a disco mecânico dianteiro e traseiro.|Pneu 26 MTB: 26”x2.1|Cubos em alumínio com blocagem.|Peso: 16 K/G |Peso máximo do Ciclista: Até 100 Kg.
-
Modelo: FX-2 – aro20.:Estilo: Street Folding|Cor única: Preta|Quadro: Alumínio 6061|Grupo: Shimano Alivio 8 marchas|Passador: Alivio|Transmissão: 52/12-23 Coroa/cassete|Movimento de direção: Over integrado|Movimento central: Selado|Freio: V-Brake aluminio|Pneu 20 Street: 20” x 1.5|Cubos em alumínio com blocagem.|Peso: 12 K/G |Peso máximo do Ciclista: Até 90 Kg.
-
Modelo: SNAP – aro20.: Estilo: Freestyle|Cor única: Preta|Quadro: Aço|Transmissão: 38/16 coroa/roda-livre|Pedivela: em aço 175mm|Movimento de direção: Over|Movimento central: Semi-selado|Freio: U-Brake aluminio diant/tras.|Pneu 20 Street: 20”x2.25 street|Cubos em alumínio 36furos|Trolha: diant/tras.|Rotor|Pedal: plataforma em alumínio.|Peso: 15.500K/G|Peso máximo do Ciclista: Até 90 Kg.
-
Modelo: S
TR700 – ARO700C.:Estilo: SPEED|Cor única: Vermelha-preta|Quantidade: 130pcs|Quadro: Alumínio 6061 tamanhos: 50, 52 e 54|Garfo: alumínio 6061|Grupo: Shimano 2300|Passador: STI 2300 integrado|Movimento de direção: Over|Movimento central: Selado|Trasmissão: 52/42 coroa – 12/23 roda livre.|Aros 32furos tipo aero.|Pneu: 700c x 23.|Cubos em alumínio com blocagem.|Suporte de garrafa em alumínio.|Peso: 10.500K/G|Peso máximo do Ciclista: Até 100 Kg.
-
Fonte: Portal FATOR BRASIL
Link Origem

Capital paulista ganha espaço público para prática de ciclismo

--_Foi inaugurado nesta última segunda-feira (19), o Bike Parque Cancioneiro, um espaço público destinado ao ciclismo localizado na Vila Olímpia, bairro da cidade de São Paulo. O local será mantido e promovido por meio de um projeto idealizado pela Associação Sócio Esportiva SP X, que tem como um dos parceiros a empresa Shimano, de componentes para ciclismo.
--_O espaço, que antigamente era um depósito de entulho, agora conta com novas instalações e pistas para praticar as modalidades BMX, Mountain Bike, Dirt Jump e Bike Trial. Além disso, o parque também tem salas para treinamento, enfermaria, vestiários, lanchonete, estacionamento e depósito.
--_A partir de janeiro, o local realizará aulas de BMX para crianças e jovens. As aulas serão gratuitas para os alunos da rede pública e terhttp://www.blogger.com/img/blank.gifá uma pequena taxa para as crianças que estudam em escolas particulares. A escolha pela modalidade BMX partiu do princípio de ser o esporte base do ciclismo, além de ser praticado em local fechado e por crianças a partir de quatro anos. Também é uma modalidade que possibilita seis medalhas olímpicas.
--_Para incentivar ainda mais a criançada, o local irá sediar em 2012 a Copa Shimano BMX Futuro. Serão seis etapas de competição para crianças e jovens de quatro a 17 anos com premiação em produtos e medalhas. Também serão realizadas atividades paralelas ao longo do ano para promover o ciclismo e o espaço contará com bicicletas para aluguel, que receberão manutenção a cada dois meses.
-
Fonte: Administradores.com.br
Link Origem

Na VOLTA AO ALGARVE, pelotão de estrelas com Contador a liderar

--_A 38.ª edição da Volta ao Algarve, que se realiza entre 15 e 19 de Fevereiro, volta a trazer grandes nomes do ciclismo mundial a Portugal, com destaque para Alberto Contador, Bradley Wiggins e Edvald Boasson Hagen.
--_Da lista de pré-inscritos, hoje divulgada pela organização, fazem parte dez equipes "ProTeams", formações da primeira divisão internacional: Ag2r La Mondiale, BMC, Garmin-Cervélo, Lotto-Belisol, Omega Pharma-QuickStep, Rabobank, RadioShack-Nissan, Saxo Bank, Sky e Vacansoleil.
--_Além de Alberto Contador, que já tinha revelado que estaria presente na 38.ª edição da "Algarvia", nos boletins de inscrição remetidos para a organização constam os nomes do alemão Andreas Klöden e dos portugueses Nelson Oliveira e Tiago Machado, da RadioShack-Nissan, dos britânicos Bradley Wiggins e Christopher Froome e do norueguês Edvald Boasson Hagen, da Sky, e do irlandês Nicolas Roche, da Ag2r.
--_Num pelotão que ainda não está fechado relativamente a conjuntos estrangeiros, nos quais também se incluem as formações continentais Topsport Vlaanderen-Mercator e UnitedHealthcare, terão também lugar as equipes profissionais portuguesas, que se prevê que sejam quatro em 2012.
-
>> "Estão reunidas as condições para que tenhamos um grande espetáculo desportivo, mas também um importante acontecimento sócio-económico", disse em comunicado o diretor da prova, Rogério Teixeira.
-
Fonte: DN.pt
Link Origem

Crianças terão aulas de ciclismo na modalidade BMX em novo espaço de SP

:: Projeto Shimano BMX realizará as aulas no Bike Park Cancioneiro
-
--_A Shimano, líder mundial em componentes para bike, e a Associação Esportiva SP X lançaram nessa segunda-feira (19) o Projeto Shimano BMX*. A partir de janeiro jovens e crianças entre quatro e 17 anos poderão aprender a modalidade de BMX no “Clube da Comunidade Radical Park Cancioneiro”, localizado na Vila Olímpia.
--_As aulas serão gratuitas para os alunos da rede pública e custarão uma pequena taxa para as crianças que estudam em escolas particulares. Os inscritos terão aulas três vezes por semana e além da parte prática, haverá treinamento teórico, aulas de mecânica de bicicletas, leis de trânsito, entre outros.
--_As vagas são limitadas e as turmas têm capacidade para 20 alunos. As inscrições serão abertas na primeira quinzena de janeiro na Secretaria do “Clube da Comunidade Arena Radical Bike Parque Cancioneiro”. E para efetuar a inscrição é necessária a presença e documentação dos pais ou responsável do menor de idade.
--_O evento de lançamento realizado nessa última segunda-feira (19) contou com a presença do presidente da Shimano Latin América, Fabio Takayanagi, do Secretário Municipal de Esportes, Lazer e Recreação de São Paulo, Bebetto Haddad, e também do presidente do Clube Arena Radical, Max Meirelles.
-
::Projeto Shimano BMX
Endereço: Praça Augusto Randemarker Grunewald, 37 – Vila Olímpia;
Inscrições pelo telefone: (11) 3045-1824
Informações para imprensa:
Giornate Comunicação | (11) 3061-3353
Donata Lustosa | donata.lustosa@giornate.com.br
Renata Giordano| renata.giordano@giornate.com.br
-
Fonte: INTELIGEMCIA.COM.BR
Link Origem

Acidentes fatais envolvendo ciclistas no Brasil e nos EUA deixaram chocadas as comunidades de bikers no mundo todo

--_Esta semana um grupo de seis ciclistas que ia para Aparecida do Norte (SP) foi atropelado no quilômetro 25 da BR 460, estrada que liga Lambari a Jesuânia, em Minas Gerais. Segundo informações divulgadas pela rede Globo, uma pessoa morreu e cinco ficaram gravemente feridas.
--_A princípio, o taxista José Donizete Borges, de 44 anos, é considerado o responsável pelo atropelamento, mas ele disse à polícia que três carros se envolveram no acidente, como explica o site EPTV.
--_Entre os feridos, está Sherman Trezza de Paiva (foto ao lado), atual campeão panamericano sub-23 de mountain bike. Ele está internado em observação no hospital São Sebastião, em Três Corações (MG).
--_Nos Estados Unidos, ocorreu uma tragédia parecida. A ciclista Megan Baab, de 19 anos, aluna da Lees-McRae College em Banner, na Carolina do Norte, faleceu esta semana depois de ser atropelada por um caminhão enquanto treinava para um campeonato nacional de ciclismo de estrada. Segundo o site WFAA, o condutor do veículo dormiu ao volante e cruzou a linha central da pista, causando o acidente.
-
FONTE: GO OUTSIDE.COM.BR
Link Origem

Ciclismo urbano abre novos caminhos de negócios...

:: Empresários faturam com a revenda de bicicletas, acessórios e diversos tipos de produto e serviço voltados para os amantes das bikes... - - - Por Nathalia Prates -
-
-_Cansado do trânsito caótico da cidade de São Paulo, Rene Fernandes decidiu substituir o carro pela bicicleta para percorrer o trajeto de casa até a Fundação Getulio Vargas, onde atua como gerente de projetos no Centro de Empreendedorismo e Novos Negócios (FGV-Cenn). Além de chegar mais rápido ao trabalho, Fernandes comemorou a economia de combustível – o consumo passou de um tanque de gasolina em duas semanas por um de álcool a cada três – e de estacionamento.
--_Com o trânsito crescente e a busca por um estilo de vida mais saudável, cada vez mais pessoas estão seguindo esse caminho e adotando a bicicleta como meio de transporte e de exercício. Com essa mudança de hábito, cresce um segmento de negócio: o de produtos e serviços relacionados ao ciclismo.
--_De acordo com o diretor executivo da Associação Brasileira dos Fabricantes e Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e similares (Abraciclo), Moacyr Alberto Paes, as ciclofaixas que funcionam nos finais de semana são uma das grandes responsáveis pelo aumento do número de ciclistas e novas marcas ligadas ao setor. “As ciclovias e rotas preferenciais são uma ótima oportunidade para despertar nas pessoas o interesse pela bicicleta e fazer com que experimentem benefícios como a economia de recursos e a qualidade de vida”, afirma.
--_Revenda de bikes, produção e distribuição de acessórios e serviços de manutenção e customização são alguns dos negócios que estão surgindo e crescendo com esse interesse da população pelo ciclismo. De acordo com Rene Fernandes, antes de investir nesse mercado, é fundamental entender as necessidades consumidor. “O ideal é se especializar em um tipo de ciclismo ou, se quiser atingir um público mais abrangente, conhecer bem a demanda de seus clientes e apresentar soluções.” Segundo ele, as grandes lacunas no mercado nacional de bicicletas são um e-commerce forte, que traga produtos importados e de melhor qualidade para os ciclistas brasileiros, e o aluguel de bikes próximo a estações de trem e metrô. A customização também se apresenta como uma boa oportunidade de negócio.
--_A paulistana Tag and Juice, dos sócios Billy Castilho e Pablo Gallardo, é um dos estabelecimentos que embarcou nessa oportunidade. Antes de entrar para o mercado de ciclismo, a dupla já trabalhava com arte e design. A loja herdou essas características e engloba ateliê de bikes, galeria de arte, butique de roupas e café. “Não vendemos só um produto, mas um conceito, um estilo de vida”, afirma Castilho. Para Gallardo, o ciclista urbano é antenado em questões como sustentabilidade e bem-estar, além de ser preocupar em alternativas para tornar a sua cidade melhor.
--_Na loja, entusiastas e amantes do ciclismo, artes plásticas, música, gastronomia e cultura urbana podem encomendar bikes exclusivas, inspiradas nos anos 1920 e personalizadas conforme cor, modelo, tamanho e tipo de material. O serviço de montagem é terceirizado, e as bicicletas, vendidas por a partir de R$ 3.000, representam quase metade do faturamento total. Desde 2010, ano em que começou a funcionar, a empresa teve crescimento de 40% na receita. “A busca por bikes é algo natural, que vem crescendo não só em São Paulo como em várias cidades do país. As pessoas estão percebendo a necessidade de aproveitar a vida com mais consciência, saúde e diversão”, afirma Gallardo.
-
:: Serviços agregados
-
--_Segundo a Abraciclo, do total de bikes vendidas no Brasil, cerca de 50% é voltada para a locomoção e transporte, 32% para o público infantil, 17% para recreação e lazer, e apenas 1% para competição. Para o diretor executivo da associação, antes as bicicletas eram mais comuns em regiões do interior, periféricas e litorâneas. Agora, elas também estão alcançando as principais capitais do país e consumidores de alta renda. “A bicicleta surge como solução para problemas de transporte dos grandes centros urbanos.” De acordo com Paes, a questão da mobilidade urbana é um dos grandes atrativos e apostas de crescimento no setor.
-
Fonte: PEQUENAS EMPRESAS & GRANDES NEGÓCIOS
Link Origem

Grupo brasiliense encara o desafio de viajar quase 5.000km de bicicleta, até a Patagônia.

:: Além de enfrentar dois meses de pedaladas, os ciclistas tentarão arrecadar recursos para entidade de combate ao câncer e Thiago, Adelson, Rodney, Nilton e Marcelo: suas atividades diárias atingem o ápice no fim de semana, com treino de 300km.
-
--_Estes cinco ciclistas brasilienses estão às vésperas de uma experiência desafiadora: viajar de bicicleta da capital federal até a Patagônia. Serão 4.900km percorridos ao longo de dois meses. Uma média de 150km e oito horas de pedal por dia. No trajeto, cinco estados brasileiros, passagem pelo Uruguai até chegar ao destino em território argentino. A saída está programada para 2 de janeiro.
--_Mais que a realização de um sonho, a viagem tem um propósito. Ao longo do caminho, os aventureiros candangos irão divulgar e tentar recolher doações para a Associação de Apoio à Criança com Câncer (AACC), com sede em São Paulo. Qualquer pessoa pode contribuir por meio do site www.aacc.org.br.
--_A ideia surgiu após o web designer Thiago Vasconcelos, 28 anos, e o técnico em pintura residencial Nilton Silva, 25, terem pedalado até Florianópolis, no início deste ano. Quando voltaram, já tinham o novo destino definido. Juntaram-se ao projeto o comerciário Adelson Carvalho, 28, o músico Roney Cardoso, 32, e o educador físico Marcello Almeida, 32. Todos são atletas e fazem treinos diários de cerca de 150km. Uma vez por semana, realizam uma atividade mais intensa, com cerca de 300km percorridos em cima da bicicleta.
--_A cada cinco dias de pedal, eles terão um dia de descanso. Além do condicionamento físico, o preparo psicológico é fundamental para a empreitada. --_Apesar de terem se conhecido por meio do ciclismo e serem amigos há muito tempo, os ciclistas brasilienses terão de enfrentar os problemas da convivência diária, o cansaço, condições adversas, frio, chuva e o trânsito das estradas. Para se adaptarem à rotina em grupo, eles fizeram duas viagens para a Chapada dos Veadeiros.
--_“O ciclismo nos uniu. Sabemos como é a personalidade de cada um e isso facilita muito. A amizade e a união irão superar qualquer desafio”, afirmou Vasconcelos. Outra dificuldade a ser superada é a distância da família. Esposas, filhos, namoradas, pai e mãe estão preocupados. “É difícil deixá-los para trás, a saudade vai apertar e a preocupação também. Mas o nosso sonho é concluir essa aventura e eles nos apoiam”, disse Carvalho.
--_A menos de um mês da partida, a ansiedade é inevitável, mas o grupo tenta se controlar. “É difícil, mas temos de manter os treinos, a alimentação adequada e o sono. Tem hora certa para tudo, para comer, dormir e tudo mais”, explicou Vasconcelos.
-
:: Estratégias de sobrevivência
-
--_A cada cidade, os ciclistas terão de procurar hospedagem e não dispensam a ajuda dos moradores. Muitas vezes, os habitantes locais oferecem abrigo e alimentaçao aos viajantes. A previsão é de que o custo da viagem seja de R$ 3.726 por atleta. Os ciclistas têm patrocínio, mas ainda não garantiram as passagens aéreas de volta.
--_Cada um dos atletas deve carregar uma bagagem com cerca de 15kg. Na mala, suplemento alimentar, casaco, uma troca de roupa e equipamentos para pequenos consertos na bicicleta. A cada parada, os ciclistas terão de lavar as vestimentas para usarem no dia seguinte.
--_Eles estabeleceram uma estratégia para enfrentar o clima da Patagônia: enviarão pelos Correios uma mala com roupas de frio para Santa Catarina. No estado sulista, trocam de bagagem e seguem viagem. A época também foi escolhida de propósito. É verão na Patagônia e as temperaturas, que podem chegar a –1,5ºC, giram em torno dos 11ºC.
-
Fonte: SUPERESPORTES
Link Origem

Copa da República de Ciclismo 2011 - Francisco Chamorro e Fernanda Souza foram os campeões

--_A Copa da República de Ciclismo tem mais um tricampeão. Na manhã deste último domingo, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília (DF), o argentino Francisco Chamorro, da SJCampos/Cannondale, venceu a décima edição da competição e garantiu seu terceiro título, o segundo consecutivo (2007/2010 e 2011). A final foi emocionante, decidida apenas pela fotografia de chegada (foto finish). Ele completou as 13 voltas no circuito de 2.2 km em 38min15seg535, enquanto Nilceu Santos, bicampeão da Funvic/Marcondes Cesar/FAP Pindamonhangaba, chegou logo atrás, 38min15seg539. Roberto Pinheiro da Silva, também de Pinda, foi o terceiro, 39min15seg994.
--_No feminino, Fernanda da Silva Souza, da Funvic/Marcondes Cesar/FAP Pindamonhangaba, garantiu seu primeiro título na competição com uma vitória tranquila. A ciclista marcou o tempo de 23min17seg769 para as sete voltas no traçado, com 2min31seg de vantagem para a vice-campeã, sua companheira da equipe Luciene Ferreira. Clemilda Fernandes, da SJCampos/Cannondale, chegou em terceiro lugar, com o tempo de 25min50seg067.
--_Seletiva para a Copa América de Ciclismo 2012, no dia 8 de janeiro, a X Copa da República reuniu as feras do esporte no masculino e feminino. Mesmo com a garoa constante, que deixou a pista bastante escorregadia, a disputa foi acirrada. As equipes adotaram a tática de não fazer nenhuma fuga, deixando a decisão para o final. E que sprint fantástico, com Chamorro chegando em primeiro, mas quase perdendo o título porque levantou os braços antes da linha de chegada e Nilceu veio de surpresa, chegando apenas três milésimos depois.
>> "Não sei de onde o Nilceu apareceu, se não estivesse bem, teria perdido na chegada. Mas, felizmente, deu tudo certo e conseguimos a terceira vitória em Brasília", declarou Chamorro após a vitória neste domingo. "O que importa é ganhar nem que seja por um pneu. E Brasília tem me dado sorte e ajudado a conseguir importantes vitórias", completou o campeão, que em 2012 mudará de equipe, passando a defender a Padaria Real, de Sorocaba.
--_Nilceu, que deixou de conquistar o tri por pouco, estava feliz com o desempenho. "Lógico que queria ganhar, mas do jeito que foi me deixou muito satisfeito. Agora é seguir na preparação para a Copa América e voltar aqui e buscar mais uma conquista", destacou o ciclista, primeiro colocado em 2007 e 2009.
-
Fonte: VNEWS
Link Origem

A prova da verdade - Speed vs Mountain Bike - Confira como foi a Paris-Roubaix do Brasil

--_Com uma participação recorde de 345 atletas de todo o Brasil e também participações de grandes nomes do ciclismo de Portugal e Costa Rica, aconteceu em novembro o 8° Desafio Internacional de Ciclismo SESC TV GAZETA, divididos em duas competições distintas e três percursos possíveis. Uma competição diferenciada, que se consagra como a única clássica freebike do mundo.
- - - - -
:: Speed X Mountain Bike = Bike 29" campeã
- - - - -

--_Chamada de "Paris-Roubaix" do Brasil, a prova já esquenta os bastidores pelas "brigas" particulares entre as mountain bikes e speed por não ter regras em qual bicicleta usar. Equipes de vários lugares do Brasil e das duas modalidades fizeram de tudo para conquistar os mais de 35 mil disponíveis nesta edição.
--_Destaque para as bikes 29! Em uma prova onde o asfalto e o barro fazem parte das regras, as bikes 29 se destacaram. Trilhas com single track, raízes, estradões e subidas foram os alguns dos obstáculos enfrentados. Sorte para aqueles que pedalaram com as rodas gigantes.
:: Grandes estrelas do ciclismo mundial marcaram presença
--_As principais estrelas do ciclismo português vieram conferir o modelo de competição nascido em Alagoas, dentre eles Nelson Oliveira, jovem revelação do ciclismo de estrada, atual campeão português de contrar-relógio e contratado pela equipe Radiosharck, dos Estados Unidos. Luis Leão Pinto, o mais experientes de todos, tetra campeão de maratona MTB de Portugal, que corre pela equipe espanhola Specialized Heras. O empresário e ciclista João Serralheiro. Da Costa Rica vieram Alexander Sanches Calderon, O Alemão, como é conhecido em seu país, nono lugar em La Ruta de Los Conquistadores 2011, que corre pela Specialized Costa Rica, acompanhando veio também Ramon Urbina, empresário e ciclista costarriquenho, idealizador e organizador da Ruta de Los Conquistadores, uma das mais importantes competições de MTB das Américas e uma das mais difíceis competições de ultramaratona do mundo.
--_Do Brasil, alguns nomes importantes; Gesiel Nunes, pentacampeão Goiano de MTB e campeão do DESAFIO 2010, Abraão Azevedo, campeão mundial máster de MTB e Montoya, considerado por muitos um dos melhores ciclistas do MTB brasileiro. Do nordeste, o paraibano Sharlys Silva, ciclista revelação no desafio 2010, os pernambucanos Cícero Marcio e Ivan Lampião, campeões do 6 Horas do Crato e do Piocerá, respectivamente. O sergipano Wesley Souza, campeão da última etapa do PRODESAFIO e o Alagoano Ismael Pacheco, único bicampeão da competição.
--_Um time de peso com garantia de um grande espetáculo ciclístico.
:: Primeiro dia - Desfile dos amadores e entusiastas
--_Com largadas na cidade de Marechal Deodoro e na Usina Caetés, para os percursos de 110 e 60 km, mais de 280 ciclistas pedalaram forte rumo à cidade de Limoeiro de Anadia, no agreste alagoano. Primeiro largou os atletas do percurso de 110 km, em Marechal.
--_Na passagem do primeiro pelotão de atletas pela Usina, deu-se a largada do percurso de 60 km. Duas ondas de ciclistas desfilaram pelas rodovias, canaviais e estradas de terra que ligam Marechal à Limoeiro, num percurso relativamente leve, com poucas subidas e vento a favor. No percurso de 110 km, o paraibano Danilo Gomes vence na categoria Júnior, o potiguar José Emiliano vence na Categoria Sub30. Na Máster A vence o paraibano Valter Soares, enquanto o alagoano Erisvaldo Lins venceu na Máster B, na Máster C o goiano João Batista Alves, completando a lista, na Open Feminina, vence a paraibana Danila Ferreira.
--_No percurso de 60 km, só deu alagoanos. Diego Gomes e Josenildo Sousa venceram na categoria Turismo A e Turismo B, respectivamente. Enquanto as Alagoanas Natacha Montelle e Patricia Pillar vencem nas categorias Sub30 e Over30. No primeiro dia, paraibanos e alagoanos desfilaram e mostraram sua força no pódio.
:: Segundo dia - Competição extrema com os 220km
--_Com largada na cidade de Jaramataia, no sertão alagoano, e passagens pelas cidades de Limoeiro de Anadia e Taquarana, na região agreste, os ciclistas se dirigiram para a capital do estado, num percurso com vento sempre contra, muitas subidas longas e passagem pela barragem da Usina Porto Rico, trecho mais difícil da competição, além dos dois pontos de cortes, onde seriam cortados do pelotão os atletas muito atrasados em relação aos primeiros colocados.
--_No primeiro trecho, todo em asfalto, ligando a cidade de Jaramataia e Limoeiro de Anadia, muito sprint para as disputas dos 5 prêmios de metavolantes e mais de R$ 1.500,00 em dinheiro. Estrategicamente, o pelotão se manteve distante dos 4 atletas escapados, que largaram com bicicletas speed e ciclocross, principalmente devido ao pit stop de 15 min que viria pela frente na cidade de Limoeiro, tempo suficiente para recompor o pelotão. Nesse trecho brilhou a estrela do sprinter sergipano Nilton Soares, que faturou a maioria da grana de metavolante.
--_Após a relargada em Limoeiro, a competição começa realmente de fato, com o início dos trechos em terra. Antes da chegada a Taquarana, Luis Leão Pinto se destaca em relação aos demais e assume a cabeça da competição. Lá atrás, se formam alguns pelotões que se colocam em perseguição ao português. Montoya, Rodrigo Nunes, Sharlys Silva e Alexander Sanches, são os perseguidores imediatos de Luis Leão.
--_Pedalando como uma moto, o português segue aumentando a distâncias sobre seus perseguidores, cruzando as dificuldades sem perder o ritmo. Passa pela barragem da Usina Porto Rico, canaviais da região de Campo Alegre e São Miguel. Chega ao Mirante do Gunga com 24 segundos de vantagem sobre os quatro e na reta final com pouco mais de 30 segundos. Numa demonstração de grande performance e preparo físico cruza a portal de chegada com a bike nos braços. Seus perseguidores chegam disputando o prêmio de segundo lugar, ficando Rodrigo Nunes em segundo, Montoya em terceiro, Sharlys Silva em quarto e Alexander Sanches Calderon em quinto.
:: Desafio de Ciclismo: Um modelo de competição única
--_Todos os estrangeiros, que estiveram no DESAFIO pela primeira vez, foram unânime e afirmar que o modelo de competição é único no mundo, que a competição é super difícil de ser completada, que aprovaram e gostaram da competição e que principalmente que o Desafio Internacional de Ciclismo deve ser classificado como uma Clássica Mundial Freebike, onde o tipo de bicicleta mais adequado é a MTB aro 29 sem suspensão dianteira, podendo sofrer alterações no movimento central e no tipo de guidão.
--_O 8° Desafio Internacional de Ciclismo SESC GAZETA é um organização da Associação Arapiraquense de Ciclismo, em parceria com o SESC Alagoas e TV Gazeta de Alagoas, que este ano contou com o patrocínio de Braskem, Governo do Estado de Alagoas, e Prefeituras Municipais de Maceió, Marechal Deodoro e Limoeiro de Anadia.
-
Fonte: PEDAL.COM.BR
Link Origem

COPA PARANA XCO - ARO BIKES - 8ª Etapa Campeonato Metropolitano de MTB

--_Neste próximo dia 6 de novembro irá se realizar na cidade de Curitiba-PR a COPA PARANA XCO - ARO BIKES - 8ª Etapa Campeonato Metropolitano de MTB o local será o NOSOL Bike Park, prova esta de CROSS COUNTRY, válida pelo RANKING NACIONAL
para todas as categorias.
-
:: A assinatura das sumulas será até 30 minutos antes da largada da sua categoria...
-
1ª Bateria - Largada as 09:30 hs
Máster B1
Máster B2
Máster C
Veteranos
Estreantes
Iniciantes
Juvenil
Infanto - Juvenil
-
2ª Bateria - Largada as 11:00 hs
Elite
Junior
Sub-23
Sub-30:
Máster A1
Máster A2
Feminina Elite
Feminina Máster
------------------------------
Inscrições:
Valores:
INSCRIÇÕES A PARTIR DE 17 DE OUTUBRO DE 2011
Inscrições no valor de R$ 30,00 para inscrições realizadas e pagas até o dia 03/11/2011
Inscrições no valor de R$ 40,00 para inscrições realizadas até o dia 03/11 e pagas após o dia 03/11/2011
Inscrições no valor de R$ 50,00 para inscrições realizadas no dia da prova até as 08:30HS
- - -
Fazer Deposito em:
Banco Bradesco
AG 1886 CC 4973-5 em nome de Adriano Malinowski
Banco Itau
Ag 4020 CC 47673-7 em nome de Alexandra Malinowski
Data final:
------------------------------
:: Premiação:
Trofeus de 1º a 3º colocado de cada categoria.
Medalhas de 4º a 5º colocado de cada categoria
Premiação em dinheiro ao 1º colocado de cada categoria
(20% do valor das inscrições da categoria será revertido em premiação ao 1º colocado da categoria)
***Exceto categoria Estreantes / Infanto-Juvenil e Juvenil
Somente para categorias com mais de 10 inscritos.
Medalhas de participação a todos que completarem a prova
- - -
Organização:
Federação Paranaense de Ciclismo.
Apoio:
ARO BIKES
NoSol Bike Park
-
Contato:
Pinduca no fone 041-9245-0215 ou pinducacl@hotmail.com

Brasil Ride 2011 chega ao fim, conheça os campeões

--_A segunda edição da Brasil Ride, Ultramaratona de Mountain Bike chega ao fim neste último sábado (29) em Mucugê, após 7 dias de muito pedal pelas trilhas da Chapada Diamantina (BA), repetindo o sucesso da estreia e agora consolidando-se como uma das melhores provas de Mountain Bike do Planeta!
-
--_A Brasil Ride oferece infraestrutura inédita na América Latina, voltada para todo tipo de ciclista desde o entusiasta ao profissional: “O componente humano, o carisma da público e competidores e o cuidado com que a organização tem com os atletas é o grande diferencial da Brasil Ride, esse tipo de postura você não encontra em nenhum outro lugar no mundo,” comenta Andrea Marcelini, comissão da UCI, que participou como competidora da prova, conquistando a segunda colocação na categoria feminina.
--_A grande final da Brasil Ride 2011 foi disputada numa etapa alternativa do previamente anunciado. A mudança ocorreu devido a recomendação dos brigadistas diante ao alerta de incêndio na região, no qual passaria o percurso antigo de 107 km. Com isso os ciclistas voaram rumo ao pórtico de chegada, num circuito de "apenas" 49 quilômetros, para fechar a prova com chave de ouro, ou melhor, diamante, já que seu brilho encantou os ciclistas de 18 países e 14 Estados Brasileiras, num circuito final composto por trechos velozes e técnicos
--_O pelotão da frente quebrou na entrada da trilha do prólogo. A equipe Easton Rockets, de Lukas Kauffman e Christopher Maletz, especialistas em cross country, assumiram a liderança para ficar com a vitória na etapa. Os líderes da categoria Open fizeram uma etapa mais conservadora conquistando a 4ª posição e bicampeonato.
--_"Estamos muitos felizes com essa vitória, porque sabíamos que tudo podia acontecer, como um tombo ou a bicicleta quebrada, qualquer coisa poderia tirar nosso bicampeonato, por isso estamos muito, muito contentes com o título 2011," comentou Kristian Hynek, ao lado de Robert Novatny (Future Cycling / Sweep), com completaram os 7 dias em 23 horas, 02 minutos e 43 segundos, para percorrer 544.9 km no total.
--_Outro bicampeão da Brasil Ride foi o brasiliense Abraão Azevedo (Master Brasil Soul / RC Bikes), que confirmou o título em 2011, ao lado de Paulo Freitas, na categoria máster, com o tempo total de 27 horas, 26 minutos e 55 segundos.
--_Na categoria mista, Ivonne Kraft e Mateus Ferraz (Brasil Soul/RC Bikes) conquistaram não deram chances as adversários, venceram 6 etapas e asseguraram o título da Brasil Ride 2011. No feminino, Adriana Nascimento e Sabrina Gobbo (Ladies Brasil Soul / RC Bikes) também mantiveram o domínio na prova e conquistaram o título invictas! A nova categoria Brasil foi vencida por Josemberg "Montoya" Pinho e Raphael Mesquita Mendes (JC Bikes) que terminaram a sétima etapa novamente entre os melhores do mundo e confirmaram o título inédito!
--_A Brasil Ride fechou a temporada mundial de mountain bike com sucesso absoluto, recebendo elogios pela organização, percursos, alimentação e todos serviços prestados, consolidando-se com uma das principais ultramaratonas do MUNDO!, afinal, mais do que uma corrida, certamente a Brasil Ride foi uma experiência marcante na vida de todos participantes, dentro e fora das pistas: atletas, staffs, voluntários, comunidades locais, entre outros envolvidos. Por fim, vale ressaltar que a Brasil Ride deixa um legado: duas ações sociais em 2011, formenta o esporte olímpico, colabora para o ecoturismo da região, sobretudo, promove alegria e bem-estar! Que venha 2012!
--_Brasil Ride agradece especialmente aos patrocinadores: RC Bikes, Shimano e TAP Portugal. Aos carros oficiais da Ford. Ao vestuário oficial da Timberland. E aos apoiadores: Bahiatursa, Dynamic Lab, Tia Sônia, Karcher, Thule, Squirt, Café Piata, Top Four e Mafra.
:: Para resultados completos, fotos e vídeos, acesse: www.brasilride.com
:: Prepare-se para Brasil Ride 2012 - Faça sua inscrição antes e largue na frente!
-
:: Classificação Resultados TOP 3
:: Open
1 - Robert Novotny & Kristian Hynek (Future Cycling/Sweep) - Rep. Tcheca - 23:02:43
2 - Luís Leão Pinto & Alejandro Lopez (Team Spano-Luso) - Portugal/Espanha - 23:08:01
3 - Tomas Vokrouhlik & Martin Horak (BMC) - República Tcheca - 24:01:53
-
:: Brasil
1- Josemberg "Montoya" Pinho & Raphael Mendes (JC Bikes) - Goiás - 24:12:48
2 - Hugo Prado & Douglas Neto (OCE-Treine/KHS/Infanti) - Minas Gerais - 24:26:09
3 - Uira Castro & Gustavo Santos (Specialized/LM/Tripp) - Minas Gerais - 27:06:15
-
:: Feminino
1 - Adriana Nascimento & Sabrina Gobbo (Brasil Soul / RC Bikes) - 34:15:36
2 - Andrea Marcellini & Melanie Leveau (Hora do Blush/Specialized) - 36:34:45
3 - Valéria Conceição & Carla Plens (Hemo Vale/Votu/Maxxis/Proshock) - 45:26:44
:: Mista
1 - Ivonne Kraft & Mateus Ferraz (Brasil Soul/RC Bikes) - Alemanha/Brasil - 28:06:44
2 - Annabela Stropparo & Piero Pellegrini - (San Marco) Itália - 29:28:37
3 - Agustina Apaza & Cesar Lettoli (Olmo/Flecha Bus) - Argentina - 32:10:40
:: Master
1 - Abraão Azevedo & Paulo Freitas (Master Brasil Soul / RC Bikes) Brasil - 27:26:55
2 - Barti Bucher e Hansjuerg Gerber (Bixs-Zelleweger Archtekten) - Suíça - 28:02:22
3 - Heleno Borges & Giovane Rufino (Konskrito/ DBike) - Brasil - 29:37:10
-
Fonte: PEDAL.COM.BR
Link Origem
-

Veja o filme oficial da 7a etapa.

Desafio Marcio May terá sorteio de bicicleta aos inscritos

--_Os participantes do 5º Desafio Márcio May de Ciclismo de Estrada e Mountain Bike estarão concorrendo ao sorteio de uma bicicleta ORBEA. Basta participar da prova e estar presente na premiação quando será realizado o sorteio.
--_Considerada uma das maiores provas do Brasil, o Desafio Márcio May é realizado em percurso de asfalto com 29 categorias divididas em Ciclismo de Estrada ou Mountain Bike, dando a oportunidade a todos de participarem de uma grande competição, desde os iniciantes até atletas olímpicos. Sucesso desde a primeira edição, a prova vem aumentado o número de participantes, a estimativa é que mais de 600 atletas irão enfrentar o desafio.
--_O trajeto será o mesmo do ano passado sendo 84 km para as categorias de Speed, 60 km para Mountain Bike ou 45 km para as categorias Light. A novidade para este ano é a inclusão da categoria MTB 60 km Dupla, onde os dois atletas devem percorrer o percurso juntos, e também a categoria PNE - Portadores de Necessidades Especiais.
-
Para inscrever-se, entre no site
http://www.marciomay.com.br/desafio/2011
-
Fonte: PEDAL.COM.BR
Link Origem

Bike Plus apoia Desafio de Ciclismo de Estrada e Mountain Bike em Rio do Sul

:: Loja virtual especializada na venda de componentes e acessórios para bikes será uma das marcas apoiadoras da 5ª edição do Desafio Márcio May.
-
--_A loja virtual Bike Plus, especializada na venda de equipamentos, componentes e acessórios de alto desempenho para quem pratica de forma amadora ou profissional esportes com bike, será um das marcas apoiadoras da 5ª edição do Desafio de Ciclismo de Estrada e Mountain Bike Márcio May. O evento ocorre no próximo dia 27 de novembro, em Rio do Sul (SC), com a realização de três percursos de 84, 60 e 46 quilômetros de distância.
--_Durante o evento, a Bike Plus estará presente em uma tenda montada para a divulgação de informações técnicas sobre os equipamentos comercializados, além da exposição de uma bike montada com componentes de ponta. Além disso, a empresa irá estampar sua marca nas camisetas que compõem os kits entregues aos participantes do Desafio. Segundo o sócio-proprietário da Bike Plus, Marcelo Censi, essa ação visa a fortalecer a marca e divulgá-la junto aos participantes inscritos no Desafio.
--_No decorrer deste e do próximo ano, a Bike Plus projeta o apoio a outros eventos relacionados ao universo das bikes, como forma de tornar a marca ainda mais conhecida entre os atletas ou praticantes do esporte. "Para nós é muito importante esse tipo de evento, pois reúne um grande número de atletas que são apaixonados por esportes com bike. Também é uma excelente oportunidade de ouvir sugestões, sentir o que o público espera em relação ao nosso trabalho", destaca Censi.
--_Recentemente, a Bike Plus apoiou o 2° revezamento Caminhos da Fé, com um percurso iniciado na cidade catarinense de São José e chegada em Nova Trento, no Santuário da Madre Paulina.
--_Sobre a loja virtual Bike Plus Por atuar exclusivamente no e-commerce, a Bike Plus canaliza toda a sua atenção para o atendimento on-line. Através do site, a empresa também orienta o cliente quanto à utilização e aplicação dos produtos comercializados. No site, os usuários encontrarão produtos de marcas como Fizik, Continental, Crank Brothers, Brooks, Selle Royal, Shimano, Sram, Rock Shox, Truvativ, Mavic e Topeak.
--_A Bike Plus também investe no relacionamento através das redes sociais da internet e mantém um blog que traz novidades e notícias sobre o universo das bikes. O blog da Bike Plus pode ser acessado pelo endereço
http://www.bikeplus.com.br/blog. A empresa também estará presente no Twitter (@LojaBikePlus), Facebook (http://www.facebook.com/lojavirtualbikeplus) e no YouTube (http://www.youtube.com/lojabikeplus).
-
Fonte: OBV
Link Origem