NOVAS NOTÍCIAS:
Carregando...
Clique aqui e faça sua inscrição para o Desafio Clique aqui para mais informações sobre o pedal.

Copenhagen quer receber a abertura de uma edição do Tour

___A Dinamarca apresentou esta segunda-feira a candidatura para receber a partida de uma edição da Volta a França, a mais importante prova velocipédica mundial, entre 2019 e 2021.
"É um verdadeiro desafio. O Tour nunca esteve tão a norte. Vamos desenvolver as nossas análises e examinar melhor essa possibilidade", disse o diretor da competição, Christian Prudhomme, em Paris.
___A delegação dinamarquesa na capital de França, que integra o presidente da Câmara de Copenhagen, Frank Jensen, pretende que se realizem três etapas na Dinamarca: Copenhagen-Copenhagen, Roskilde-Odense e Vejle-Sönderborg.
"Naturalmente, existem outros candidatos, mas gosto desta candidatura, porque estimula a ligação entre o ciclismo do dia-a-dia e o ciclismo de competição", sustentou Prudhomme.
___Copenhagen, que tem como slogan da candidatura "a maior prova de ciclismo mundial encontra a melhor cidade para a prática do ciclismo", acolheu os Mundiais de ciclismo em 2011.
-
Fonte: http://www.record.xl.pt/modalidades/ciclismo/tour/detalhe/copenhaga-quer-receber-arranque-de-uma-edicao.html

5+: pedalar emagrece, melhora sono, aumenta imunidade e alivia o estresse

___Está buscando uma nova atividade física para entrar em forma e ganhar condicionamento? Então apostar na pedalada com a bike pode ser uma ótima ideia. Pensando nisso, o educador físico Gustavo Luz destacou cinco motivos para você fazer da bicicleta uma grande companheira. Confira:

Pode ser uma ótima opção para emagrecer___Combinar pedaladas com uma dieta equilibrada pode auxiliar na perda de peso e na redução da gordura corporal. Uma pedalada de uma hora em ritmo moderado pode detonar 400 ou até 500 quilocalorias (kcal).

Pedalar pode estimular a produção de endorfina no seu organismo___Essa substância, entre outras funções, é uma das responsáveis pela sensação de bem-estar. Isso pode fazer a diferença quando o objetivo é aliviar o estresse do dia de trabalho.

Com a bike você pode fugir do trânsito ___Além de poupar tempo para ir para o trabalho, por exemplo. Pedalar distâncias que podem ser percorridas em 20 ou 30 minutos, de uma maneira geral, é mais rápido do que ir de ônibus ou de carro. Mas é preciso ficar atento às normas de segurança para circular no meio do trânsito.

Uma pedalada logo pela manhã pode ajudar a melhorar o seu sono___Pesquisas sérias indicam que três pedaladas de meia hora na semana já podem ajudar quem tem problemas de insônia. A regularidade na bike fez com que o tempo necessário para que esses indivíduos adormecessem caísse pela metade. E o tempo de sono aumentou em quase uma hora.

Não fique doente ___Ciclismo moderado deixa as células do sistema imunológico mais ativas e prontas para lutar contra infecções. Pedalar duas ou três vezes na semana já podem deixá-lo doente menos vezes por ano. Faça o teste!
Por: Gustavo Luz- EU ATLETA
-
Fonte: http://globoesporte.globo.com/eu-atleta/treinos/noticia/2016/06/5-pedalar-emagrece-melhora-sono-aumenta-imunidade-e-alivia-o-estresse.html

Volta à Suíça: Miguel Ángel López (Astana) Triunfa

___O ciclista colombiano Miguel Ángel López (Astana) venceu neste domingo a volta à Suíça, após a última etapa que teve início e fim em Davos, com uma passagem de montanha em Flüelapass. O vencedor da etapa foi o também colombiano Jarlinson Pantano, da IAM Cycling.
___Pantano foi o primeiro a cruzar a meta, seguido pelo russo Sergey Chernetsky, da Katusha. O vencedor da prova acabou a etapa em quarto lugar, atrás de Jon Izaguirre (Movistar), que terminou em terceiro.
___Na classificação geral final, Miguel Ángel López foi o grande vencedor, com 12 segundos de vantagem para Izaguirre e 18 para Warren Barguil, da Giant.
-
Stage 8 Results
1  IZAGUIRRE INSAUSTI, Jon (MOV)                      21:31
2  LOPEZ MORENO, Miguel Angel (AST)                   +   18
3  CANCELLARA, Fabian (TFS)                           +   19
4  KELDERMAN, Wilco (TLJ)                             +   21
5  TALANSKY, Andrew (CPT)                             +   23
6  CASTROVIEJO NICOLAS, Jonathan (MOV)                +   24
7  PANTANO GOMEZ, Jarlinson (IAM)                     +   25
8  MATTHEWS, Michael (OGE)                            
9  THOMAS, Geraint (SKY)                              +   33
10 VAN GARDEREN, Tejay (BMC)                          +   34


General Classification after Stage 8
1  LOPEZ MORENO, Miguel Angel (AST)                   29:32:03
2  TALANSKY, Andrew (CPT)                              +     8
3  IZAGUIRRE INSAUSTI, Jon (MOV)                       +    16
4  BARGUIL, Warren (TGA)                               +    18
5  PANTANO GOMEZ, Jarlinson (IAM)                      +    52
6  KELDERMAN, Wilco (TLJ)                              +  1:21
7  VAN GARDEREN, Tejay (BMC)                           +  1:26
8  THOMAS, Geraint (SKY)                               +  1:30
9  SPILAK, Simon (KAT)                                 +  1:31
10 FARIA DA COSTA, Rui Alberto (LAM)                   +  2:09
-
Fonte: http://www.record.xl.pt/modalidades/ciclismo/detalhe/volta-a-suica-rui-costa-termina-em-setimo.html

Circuito Regional de Cicloturismo reúne 800 pessoas na fronteira do PR


___Pelo menos 800 ciclistas participaram ontem (19), em Foz do Iguaçu do Circuito Regional de Cicloturismo. Além de brasileiros, o passeio reuniu muitos estrangeiros. Equipes da Guarda Municipal auxiliaram no evento, fazendo a escolta dos participantes durante o trajeto pelas ruas de Foz do Iguaçu.
___O percurso foi do Icle até o Refúgio Biológico de Itaipu. Houve sorteio de prêmios, orientações, diversão e muito entretenimento.

-
Fonte: http://massanews.com/esportes/ciclismo/circuito-regional-de-cicloturismo-reune-800-pessoas-na-fronteira-A46LW.html

Rejeição de projeto de ciclofaixas em Ponta Grossa preocupa ciclistas

___A Câmara de Vereadores de Ponta Grossa rejeitou na última semana o projeto de instalação de ciclofaixas nas principais avenidas da cidade. A proposta do vereador George Luiz de Oliveira (PMN) foi negada por 11 votos a cinco. Diversas avenidas movimentadas seriam contempladas pela proposta que, segundo vereadores que votaram contra, não era tecnicamente viável ao se apoiar em um ofício do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Ponta Grossa (Iplan).

___O projeto previa a implantação dessas faixas exclusivas para ciclistas nas avenidas Carlos Cavalcanti, em Uvaranas, Visconde de Mauá, em Oficinas, e Vicente Machado, na área central de Ponta Grossa. O problema é que, na mesma semana que a Câmara vetou a proposta, um ciclista de 58 anos ficou ferido em um acidente na região de Uvaranas – que seria contemplada com ciclofaixas, levantando a questão sobre a importância em garantir segurança àqueles que optam por esse meio de transporte.
___Quem está acostumado a andar de bicicleta considerou a decisão da Câmara um retrocesso, como é o caso de Danilo Estreiechen, vice-presidente da Liga de Ciclismo dos Campos Gerais. “Os governantes acham que se fizessem ciclovias e ciclofaixas em Ponta Grossa seria um retrocesso para eles, para o comércio e para o sistema de trânsito, eles não entendem que tem que adaptar aos poucos, assim o todo mundo vai se adaptando”, comenta.
___Estreiechen também vê as ciclofaixas como uma possível solução para o trânsito caótico de Ponta Grossa. “Para a mobilidade urbana, é muito interessante o uso da bicicleta como meio de transporte, assim como a caminhada a pé e o uso do transporte coletivo, mas desde que tenha todo um sistema em andamento e que funcione”, completa.
-
Fonte:  http://massanews.com/noticias/plantao/rejeicao-de-projeto-de-ciclofaixas-preocupa-ciclistas-Bo7Wa.html

Brasil Ride cresce e chega a região Sul do Brasil com o Warm Up Santa Catarina

___Com a intenção de estar cada vez mais presente no território nacional, a Brasil Ride, em seu sétimo ano de história, traz uma novidade para os amantes do ciclismo. Após a realização da quarta edição do Festival Warm Up Botucatu, em maio, a organização da maior ultramaratona de MTB das Américas anuncia seu mais novo desafio: o Warm Up Santa Catarina, nos dias 6 e 7 de agosto. Enquanto o Resort Costão do Santinho, em Florianópolis, sediará a abertura da pró no sábado (6), no domingo (7) será vez do município de São Pedro de Alcântara receber o segundo dia da pró e também a categoria sport.
___Mantendo o padrão de organização responsável por construir uma imagem de referência em eventos de ciclismo, o primeiro dia terá no mountain bike a categoria pró, com largada e chegada no início da tarde no Resort Costão do Santinho, patrocinador principal do Warm Up Santa Catarina, onde os ciclistas pedalarão por 16 km com altimetria de 200 metros.
___No dia seguinte, o desafio será intenso, com início de manhã e o término no meio da tarde em São Pedro de Alcântara. Enquanto a categoria sport contará com 60 km e 2.000 metros de ascensão acumulada, na pró os atletas enfrentarão 108 km, com a altimetria de 3.719 metros.
___Os interessados em participar da inédita competição em Santa Catarina já podem garantir sua participação no site oficial. Na sport, o valor varia entre R$ 150,00 - até o dia 20 de junho no valor do primeiro lote - e R$ 300,00 no quarto lote. Já a pró conta com diferentes pacotes, entre eles: Pró Completo, Pró Completo + Unidas, Pró Local e Pró Finisher. Todos os valores estão detalhados no site na área de inscrição.

Abertura Campeonato Paranaense de Downhill 2016 - O GIGANTE DESPERTOU!!!

___Vem aí Campeonato Paranaense de Downhill 2016, A modalidade mais quente do Mountain Bike está devolta, Depois de muita luta e correria, o mesmo retorna com força total ao nosso estado. Com Supervisão da Federação Paranaense de Ciclismo, apoio e patrocínio de várias empresas, o mesmo será será realizado em 05 (cinco) Etapas, sendo a Abertura Oficial nos dias 18 e 19 de junho de 2016, na cidade de Arapongas – Paraná através do 2o. DESAFIO PÉ VERMELHO DE DOWNJILL, na qual a pista está localizada na parte lateral do CIRCUITO DE MOTO-CROS PÉ VERMELHO, com um percurso de total de 1.050 metros.
___A comissão organizadora do evento tem o apoio da Prefeitura Municipal de Arapongas, Federação Paranaense de Ciclismo validada pela Confederação Brasileira de Ciclismo – CBC, e de outros parceiros importantes como Gios Br, Aro Sul, Mud Bike, etc.

1.001 Este guia baseia-se nas normas disciplinares da União Ciclística Internacional – UCI e da Confederação Brasileira de Ciclismo - CBC.

1.002 Só participaram do Campeonato Paranaense de Downhill 2016 e pontuarão no ranking Paranaense, os atletas filiados a federações de qualquer estado.

Informações sobre o evento:
  • Programação dia 18/06/2016
    • Sábado – 18/06
      • Horários
      • 08:30 às 16:00 Retirada dos numerais
      • 08:30 ás 16:00 Treinos livres
  • Programação dia 19/06/2016
    • Domingo – 19/06
      • Horário
      • 08:00 às 10:00 Treino oficial - Todas as categorias
      • 10:00 às 12:00 Seeding run
      • 12:00 às 13:00 Pista fechada
      • 13:00 às 15:00 Descida oficial - Todas as categorias
      • 15:00 Pista Fechada
      • 16:00 Premiação e Encerramento
INSCRIÇÕES 2.001 As inscrições serão realizadas exclusivamente ON-LINE através deste site.
http://www.criatividadevirtual.com.br/downhill/
 
2.002 Período: Das 12h do dia 15/05/2016 às 23h 59min do dia 14/06/2016.

2.003 Valor: R$ 90,00 (noventa reais).

2.004 Inscrições Limitadas a 120 (cento e vinte) atletas até a data limite estabelecida de 14/06/2016 com direito a SEGURO. Serão reabertas no sábado (direto na pista) para mais 10 (dez) atletas no valor de R$ 100,00 (cem reais) sem direito a SEGURO.

2.005 Forma de pagamento: deposito bancário/transferência online na seguinte conta corrente:
TITULAR: CICLOPONTES
CNPJ/MF: 03.586.675/0001-52
BANCO DO BRASIL S/A
AGENCIA: 0359-X
CONTA CORRENTE: 11.063-9


CONSIDERAÇÕES RELEVANTES
___Os Organizadores poderão suspender o evento por questões de segurança pública, atos públicos, fatores climáticos, vandalismo e/ou motivos de força maior sem que caiba qualquer tipo de indenização sobre os mesmos.
___Este Guia poderá sofrer alterações até a data de sua publicação impressa antes da prova. Em caso de dúvida, prevalece a edição impressa e disponível na secretaria do evento.
___Casos omissos serão julgados pelo Comissário da FPC que estará presente.
___A base do evento será montada na pista lateral do circuito de Moto-Cross Pé Vermelho, Arapongas, Pr. A infraestrutura contará com a presença do SAMU, energia elétrica, som ambiente, locução da prova, banheiros químicos e produtos para alimentação dos atletas e do público presente.

Copa do Mundo de MTB Downhill chega à metade da temporada com americano na liderança

___Pela sexta vez na história, a cidade de Leogang, na Áustria, recebe uma etapa de Downhill da Copa do Mundo UCI de Mountain Bike nos dias 11 e 12 de junho, encerrando a primeira metade da temporada 2016 do evento. Depois de três etapas da modalidade, o campeonato chega à Áustria com o americano Aaron Gwin na liderança do ranking. A disputa será transmitida ao vivo no Brasil no www.redbull.com.br/bike a partir das 9h30 (horário de Brasília).
___Uma semana depois da Copa do Mundo de MTB Downhill em Fort William, na Escócia, a competição segue para Leogang. Em busca do título mundial, o americano Aaron Gwin tentará, mais uma vez, um grande resultado para continuar líder do ranking e aumentar a vantagem em relação aos rivais.
___Com a vitória do sul-africano Greg Minnaar na etapa anterior, em Fort William, na Escócia, Aaron Gwin ficou com a segunda colocação, mas aumentou a sua vantagem nos resultados da competição.
___Agora, tem 560 pontos, 68 à frente do segundo lugar, o australiano Troy Brosnan. Na Áustria, Gwin seguirá focado para abrir ainda mais vantagem e ficar mais próximo do título mundial.
___O francês Loic Bruni, considerado um dos favoritos da Copa do Mundo, é menos um desafio a ser superado pelo americano Gwin na próxima etapa. Bruni não participou da prova em Fort William por conta de uma lesão, caindo para o quarto lugar do ranking. Ele também não deve participar da etapa austríaca para continuar com sua recuperação. Em terceiro, está o britânico Danny Hart.
___Na categoria feminina, a britânica Rachel Atherton segue imbatível depois de vencer na Escócia. Ela segue para Leogang como líder do ranking com quase 200 pontos de diferença para a segunda colocada, a também britânica Manon Carpenter.
___A Copa do Mundo UCI DHI acontece em Leogang, na Áustria, nos dias 11 e 12 de junho, com transmissão ao vivo no www.redbull.com.br/bike a partir das 9h30 (horário de Brasília) do dia 12.

Veterano sonha em acabar com sina de vice na 9 de Julho de volta às ruas

___O brasileiro Jean Carlo Coloca tem uma história rica na Prova Ciclística 9 de Julho. Em suas contas, são cinco vice-campeonatos, além de subidas ao pódio em outras posições. Mas nenhuma vitória. Por isso, ele encara a 70ª edição do evento como uma chance de finalmente quebrar o jejum.
___Um dos eventos ciclísticos mais tradicionais do Brasil, a Prova Ciclística 9 de Julho terá sua 70ª edição no sábado 9 de julho, unindo profissionais e amadores. Serão 3.500 atletas, divididos em três categorias: 2.000 na aspirantes, mil na elite masculina e 500 na elite feminina.
“Só não ganhei ainda. Vamos ver se perto da aposentadoria eu consigo”, disse Jean, atleta da equipe de Osasco, celebrando a participação de ciclistas amadores no evento. “Estou próximo de me aposentar e tenho uma cabeça muito diferente de há dez anos. Adoro provas com amadores porque você tem o carinho deles e isso é uma coisa bacana”, explicou.
___O ciclista brasileiro não sabe dizer exatamente de quantas edições da 9 de Julho participou, já que se inscreve em competições da modalidade desde 1990. Mas acredita estar perto de sua 20ª prova. E mesmo assim terá uma experiência diferente este ano, com a disputa ocorrendo nas ruas de São Paulo.
___A edição de 2016 será a segunda consecutiva do evento nas ruas de São Paulo depois de temporadas dentro do Autódromo de Interlagos. A elite masculina completará quatro voltas em um circuito montado por vias que geralmente são utilizadas por carros e estarão fechadas para a prova.
___A largada e a chegada são na Avenida Lineu de Paula Machado. A primeira volta tem 28,3km. As três seguintes, 22,7km cada, totalizando 96,4km. Os aspirantes farão apenas a volta de 28,3km. A elite feminina dá uma volta a menos, com 73,7km de percurso.
“O ciclismo na Europa e no resto do mundo é todo feito em ruas e estradas. É a raiz do ciclismo. Temos problemas no Brasil por não existir a cultura de fazer esse tipo de prova, por isso é muito legal ter essa oportunidade, correr de bicicleta onde você passa no dia a dia de carro”, afirmou o veterano. 
-
Fonte: http://esportes.terra.com.br/veterano-sonha-em-acabar-com-sina-de-vice-na-9-de-julho-de-volta-as-ruas,c46b96b6adc7bd6c783e3eb9c842405f5nrh3tgb.html

Paranaense quer usar conhecimento de SP para triunfar na 9 de Julho

___Pedalar pelas ruas de São Paulo não será uma novidade para Ana Paula Polegatch, da equipe Memorial de Santos, na 70ª edição da Prova Ciclística 9 de Julho. A atleta mora e treina na capital paulista e espera que seu conhecimento da cidade a ajude a vencer a corrida
___Um dos eventos ciclísticos mais tradicionais do Brasil, a Prova Ciclística 9 de Julho terá sua 70ª edição no sábado 9 de julho, unindo profissionais e amadores. Serão 3.500 atletas, divididos em três categorias: 2.000 na aspirantes mil na elite masculina e 500 na elite feminina.
“Conheço o percurso, já dá para fazer um mapa na cabeça e traçar uma estratégia”, afirmou a ciclista paranaense, que reside em São Paulo há dois anos e também já viveu em Santos, sede de sua equipe.
___A edição de 2016 será a segunda consecutiva da 9 de Julho nas ruas de São Paulo depois de temporadas dentro do Autódromo de Interlagos. A elite masculina completará quatro voltas em um circuito montado por vias que geralmente são utilizadas por carros e estarão fechadas para a prova.
___A largada e a chegada são na Avenida Lineu de Paula Machado. A primeira volta tem 28,3km. As três seguintes, 22,7km cada, totalizando 96,4km. Os aspirantes farão apenas a volta de 28,3km. A elite feminina dá uma volta a menos, com 73,7km de percurso.
“Esse é o maior atrativo da prova. Muitos amadores se inscreveram porque passam todo o dia ali de carro e ficam pensando como seria legal na corrida”, avaliou a paraense, celebrando também o fato de contar com público acompanhando as disputas na rua. “Uma prova assim incentiva a torcida a ver a corrida e para os ciclistas é muito mais empolgante”, completou.
-
Fonte: 

Boasson Hagen volta a vencer no Critério do Dauphiné

___Hagen recuperou a veia triunfal, impondo-se num ‘sprint’ apertado em Belley, diante dos franceses Julian Alaphilippe (Etixx-QuickStep) e Nacer Bouhanni (Cofidis).
___O ciclista quebrou um regime de três anos, ao vencer a quarta etapa do Critério do Dauphiné, ainda liderado por Alberto Contador (Tinkoff), apesar da aproximação de Chris Froome (Sky), a sua quarta vitória em etapas na prova francesa e a primeira desde 2013.
“No final, tinha de partir de longe. Os outros estavam ficando cansados e consegui ficar na frente. Estou muito contente. Esta etapa era a última oportunidade para ciclistas como eu e queria mesmo sair bem hoje. Esta sendo uma ótima temporada e estou a ficar cada vez melhor para o Tour”, disse o norueguês, depois de conquistar a sexta vitória da temporada.
___O grito de raiva que lançou quando cruzar a linha de chegada, com o tempo de 4h39m26s, espelha bem o estado de alma de Hagen, que parece ter deixado definitivamente para trás as temporadas dececionantes, coincidentes com o seu percurso na Sky (2010-2014), em que deixou de ser considerado um dos talentos mais promissores do ciclismo mundial para ser visto como um dos maiores ‘fracassos’.
___Hoje, o campeão norueguês, de 29 anos, foi perfeito, nunca deixando Bouhanni sair da sua roda e batendo Alaphilippe por centímetros, no final dos 176 quilômetros desde Tain-L'Hermitage.
___Com o triunfo da etapa entregue ao homem da Dimension Data, as atenções voltaram-se para a folha das classificações, que confirmaram que os cortes percetíveis na chegada do pelotão à meta iriam contar para a geral.
___Num final desordenado, motivado por uma queda nos quilômetros finais, o britânico Chris Froome (Sky) soube posicionar-se melhor para, na véspera de uma jornada decisiva, 'roubar' nove segundos a Alberto Contador (Tinkoff) e assim subir ao segundo lugar da geral, a apenas quatro segundos do espanhol e dois segundos diante do seu antigo companheiro, o australiano Richie Porte (BMC), que desceu a terceiro.
Hoje (sexta-feira), a quinta etapa decorre ao longo de 140 montanhosos quilômetros, entre Ravoire e a contagem de segunda categoria de Vaujany.
-
Fonte: http://desporto.sapo.pt/ciclismo/artigo/2016/06/09/boasson-hagen-volta-a-vencer-no-criterio-do-dauphine

CBC divulga lista dos ateltas convocados para o ciclismo de estrada na Rio 2016

___A Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC) acabou de divulgar a lista dos ciclistas que vão representar o Brasil no Ciclismo de Estrada. O país terá dois representantes em cada disciplina e não conseguiu classificação para a prova de contra-relógio. No masculino ficou assim, Murilo Fischer, Kleber Ramos e Caio Godoy como suplente. No feminino deste forma, Clemilda Fernandes, Flávia Oliveira e Janildes Fernandes de suplente.
___A prova masculina de estrada acontece no dia 6 de agosto e terá 256,4 quilômetros. No dia seguinte as mulheres vão percorrer 130,3 quilômetros. A largada vai acontecer na praia de Copacabana. A disputa conta com uma combinação de subidas e descidas íngremes e longos trechos planos na orla carioca. Os atletas vão passar por pontos turísticos da cidade maravilhosa como Ipanema, São Conrado, Barra da Tijuca, Grumari e Vista Chinesa.
___Murilo Fischer tem sido um dos principais destaques do Brasil na modalidade. Com experiência de mais de 10 anos no ciclismo profissional, o catarinense conquistou em 2015 a famosa "Tríplice Coroa do Ciclismo Mundial", tornando-se o primeiro e único brasileiro a completar os três grandes Tours do Ciclismo de Estrada: Giro d’Itália, Tour de France e Volta da Espanha. Os Jogos do Rio de Janeiro serão a quarta Olimpíada do brasileiro na carreira.
___Kleber Ramos, mais conhecido como Bozó, foi o melhor brasileiro no evento-teste para a Rio2016, alcançando o 7º lugar, com uma performance muito boa principalmente nos trechos de subida. O paraibano tem se destacado muito nas últimas temporadas no circuito internacional e por isso está embalado para sua estreia em Jogos Olímpicos.

___A carioca Flávia Oliveira é atualmente a melhor brasileira no ranking mundial. Flávia faz parte do seleto grupo que integra o ciclismo feminino profissional e tem cumprido um extenso calendário internacional de provas, competindo entre as melhores ciclistas do mundo. A atleta também foi medalhista de bronze no último pan-americano da modalidade e disputará a sua primeira olimpíada.
___Já Clemilda Fernandes chega com muita experiência para disputar a sua quarta olimpíada. Após competir várias temporadas no circuito europeu, a ciclista mato-grossense, que atualmente reside em Goiânia, é a atual campeã brasileira na modalidade e segunda melhor brasileira no ranking mundial.
-
Fonte: O Globo

Apresentada a mais longa Volta à Portugal dos últimos anos

___Nestes dias, o pelotão vai percorrer 1618 quilômetros entre Oliveira de Azeméis e Lisboa, percurso dividido por um prólogo e dez etapas, com um dia descanso em Viseu.
___Estão inscritas 18 equipes e um total de 144 corredores, entre eles o espanhol Gustavo Veloso, vencedor das duas últimas edições e um dos principais candidatos à vitória.

Percurso:27 julho: Prólogo - Oliveira de Azeméis-Oliveira de Azeméis, 3,60 quilômetros
28 julho: 1ª etapa - Ovar-Braga, 167,4km
29 julho: 2ª etapa - Viana do Castelo-Fafe, 160,0km
30 julho: 3ª etapa – Montalegre-Macedo de Cavaleiros, 158,9km
31 julho: 4ª etapa – Bragança-Mondim de Basto (Sra. da Graça), 191,9km
01 agosto: 5ª etapa - Lamego-Viseu, 153,2km
02 agosto: dia de descanso
03 agosto: 6ª etapa – Belmonte-Guarda, 173,7km
04 agosto: 7ª etapa - Figueira de Castelo Rodrigo-Castelo Branco, 182,0km
05 agosto: 8ª etapa – Nazaré-Arruda dos Vinhos, 208,5km
06 agosto: 9ª etapa - Alcácer do Sal-Setúbal, 187,5km
07 agosto: 10ª etapa (contrarrelógio individual) Vila Franca de Xira-Lisboa, 32,k
___A 78.ª edição da Volta a Portugal foi apresentada esta terça-feira, em Lisboa. A prova realiza-se entre 27 de julho e 7 de agosto.
-
Fonte: http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=615888

Rio 2016: Peter Sagan desiste da vaga de Estrada para correr prova de MTB

___Há algum tempo, o Comitê Olímpico da Eslováquia, país natal de Peter Sagan, o campeão mundial de ciclismo de estrada, havia pedido uma segunda vaga na prova de mountain bike que vai acontecer nos jogos olímpicos do Rio de Janeiro. A vaga foi pedida em nome de Sagan, atleta que não seria selecionado pelo critério de pontos escolhido pela Associação Eslovaca de Ciclismo - os atletas mais bem colocados no ranking da UCI eram Michal Lami e Martin Haring.
___Porém, as vagas extras foram fornecidas para Guam, Hungria e Russia, o que levou a Eslováquia a escolher Sagan, com Michal Lami e Martin Haring ficando como reservas.
"Essa nominação foi um acordo comum entre os comissários das disciplinas envolvidas. Todos pensaram que Peter, como campeão mundial de estrada, correria a prova de estrada. Porém, ele ofereceu sua vaga em troca de um lugar na corrida de mountain bike", disse Peter Privara, presidente da Associação Eslovaca de Ciclismo.
___Sagan, que já foi campeão mundial de MTB Junior e correu recentemente duas provas de mountain bike, a Grazer Bike-Opening Stattegg e a Czech Strabag MTB, já havia se posicionado contra tentar correr a prova de estrada nas olimpíadas graças ao percurso muito montanhoso e não apropriado para suas características.
"Depois de terminar o Tour de France, Sagan fará um treinamento especia de quatro semanas. Ele não vai para o Rio somente para participar, ele quer uma boa qualificação", concluiu Privara. Na prova de estrada, as duas vagas do país ficaram para Martin Haring e Patrik Tybor. 
-
Fonte: http://www.pedal.com.br/olimpiadas-rio-2016-peter-sagan-vai-correr-prova-de-mtb_texto10832.html

Novos talentos do BMX nacional fazem bonito no Mundial da Colômbia

___O Brasil começou muito bem o Mundial de BMX, que rolou a semana passada em Medellín, na Colômbia. A nova geração do país na modalidade mostrou como o BMX brasileiro deu um salto de qualidade nas categorias de base, conquistando resultados expressivos na classe Challenge. Foram 19 atletas finalistas, faturando uma medalha de ouro e duas de bronze para o País.
___Na categoria Girls 5-7 anos, a pequena Stephany Brazão mostrou que a garra e a perseverança é forte nos brasileiros desde cedo, foi até as semi-finais e acabou ficando na 11a. colocação da geral.
___Ela apesar da pouca idade tem se destacado muito tanto em campeonatos no Estado do Paraná e São Paulo, tanto no BMX quanto no DH. Paixão esta, herdada do seu Pai, o piloto André Brazão. Sua família e amigos se sentem orgulhosos em ver a pequena Stephany entre os TOP 15 do mundo no BMX em sua faixa etária.
"Apesar da sua pouquíssima idade, para ela é um salto imenso, estar correndo entre as melhores do mundo na modalidade, sabemos que a estrutura e apoio que os outros países e equipes tem é muito grande e nós brasileiros ainda estamos engatinhando e acabamos dependendo de ajuda, de patrocínio, da ajuda de amigos e de pessoas ligadas a nós, para que possamos levar o amor de nossos filhos pelo esporte mais adiante, pois foi com este tipo de ajuda que pudemos chegar aqui em Medelin, e a Stephany com sua garra e determinação pode mostrar ao mundo que o Brasil tem fibra e coragem sobre duas rodas e assim pode chegar aonde chegou. Agora é chegar ao Brasil e começar a treinar para o mundial do ano que vem, que será nos EUA." comenta André Brazão - Pai e Treinador da Stephany
___Na categoria Boys 10 anos, Lucas Moresco Zimmerman ficou com a 5ª colocação em uma disputa contra mais 77 atletas. Na categoria Men 17-24, Fellipe Gonçalves terminou na 6ª colocação. Na categoria Boys 14, Iago Reinheimer Machado terminou em 7º lugar enquanto Julia Lauffer Schuler alcançou o 4º Lugar na categoria Girls 13 anos e Maite Naves Barreto ficou na 8ª posição na categoria Girls 16 anos.
 ___Na Cruiser, Felllipe Gonçalves por pouco não subiu ao pódio, terminando na 4ª colocação da categoria Men 17-24. Iago Reinhemer Machado conquistou 3º lugar na Boys 13-14, prova que teve ainda Pedro Vinicius Santos Medeiros de Queiroz finalizando em 4o lugar. Mas o destaque do Brasil foi Eduardo Rezende, irmão do piloto da seleção brasileira Renato Rezende, que pelo segundo ano consecutivo, faturou o título na categoria Men 17-24 Cruiser e ainda conquistou a medalha de bronze na categoria Men 17-24 da aro 20.
"Gostei muito dos resultados dos nossos atletas, mostrando muita garra e determinação em cada bateria. Fazia muito tempo que não tínhamos tantos atletas disputando as oito primeiras posições num campeonato mundial e isto é muito importante para o crescimento da modalidade em nosso país", afirmou o técnico Guilherme Pussieldi.
___Mas não foram só os jovens que colocaram o Brasil entre as melhores equipes do Mundo. Gustavo Mesquita alcançou a medalha de prata na categoria Men 25-29 da aro 20 e ainda foi 4º colocado na Cruiser 25-29 Men. Ainda na aro 20, Person Pauletto conquistou o 7º Lugar na Master e enquanto Ricardo Fernando Belter e Giovanni Fernandes Vieira terminaram em 7º e 8º Lugar, respectivamente, na Categoria 30+. Na Cruiser 35-39 Men, Edmilson Gomes da Silva ficou em 5º lugar, uma posição a mais que Vitor José Plentz, 6º na Cruiser 45+ Men. Entre as mulheres, Leticia Martins Alves Pereira conquistou a 4ª colocação na Cruiser 17-29 Women, pouco a frente de Thaise Lanusa Ribeiro de Souza, que cruzou em 6º lugar.___Os Pilotos da Elite e Júnior competem na nova pista do Complexo de Ciclismo em Medellín. Os 16 melhores tempos no masculino e as 8 atletas mais rápidas do feminino se classificam para a Super Final, valendo o título mundial de Time Trial. No mesmo dia ocorrem as etapas eliminatórias da Racing, no qual os campeões serão conhecidos após as fases finais, marcadas para hoje. Na elite, a seleção brasileira será representada pelos pilotos Renato Rezende, Rogério Reis e Priscilla Carnaval. A disputa promete ser uma das mais acirradas, visto que para muitos pilotos de várias seleções essa é a principal chance de carimbar o passaporte para os Jogos Olímpicos do Rio 2016.
"Estamos na reta final de preparação para as Olimpíadas. É importante aproveitar a oportunidade para observar os adversários que teremos no Rio de Janeiro, além de somar o maior número de pontos possíveis para assegurar a classificação para os Jogos", lembra o técnico Pussieldi.
-
Fonte: http://blogs.oglobo.globo.com/de-bike/post/novos-talentos-do-bmx-nacional-fazem-bonito-no-mundial-da-colombia.html