Banner do Campeonato Paranaense de DH 2018
NOVAS NOTÍCIAS:
Carregando...

Mazobikers encaram o desafio de Jaguariaíva a Curitiba - 241km em 1 dia.

- -_No dia 05 de Fevereiro de 2011, foi o grande desafio para dois mazobikers.
Eu (Rogério "Purga") e André Oliveira (Negão), pela primeira vez, encarar o desafio de colocar o corpo a prova a sua resistência e encarar um trecho de longa distância em um mesmo dia.
- -_Este passeio foi mais para um cicloturismo, mas muitos interperes iriam desgastar, tanto a parte física quanto psicologica
- -_O desafio era encarar o trecho desde a cidade de Jaguariaíva-PR até Curitiba-PR, mais precisamente até a Rodoviária de Curitiba. O percurso total deu uma distância de 241km, tendo como ponto de pertida o Posto Mirandinha's na entrada da cidade de Jaguariaíva.
- -_Após um café bem reforçado, as 07:00 da manhã tomamos o rumo do asfalto em direção ao nosso desafio, o André com sua Caloi 10 e eu com a minha "Vovó" rsss uma hibrida que é o meu xodó rsss.
- -_Sabiamos que, o que mais iria nos afetar era o psicologico, pois como nós nos consideramos atletas de final de semana, seria algo extremamente difícil, pois além do sol, poderiamos pegar pelo caminho chuva forte, furos de pneu, quebra mecânica, desgaste físico.
- -_Logo com 6 km tivemos um pequeno susto, a camara de ar da minha bike mastigou, e tivermos que parar para troca-la.
- -_A previsão que eu tinha feito para percorremos o caminho todo era de 12 hrs em um ritmo que para mim era susse.
- -_É muito legal ver os amigos pedaleiros passarem de carro em viagem, nos ver, e comprimentarem. Várias buzinadas e acenos, isso é algo muito gratificante.
- -_Uma coisa engraçada aconteceu com 52 km percorridos, rss fomos abordados no posto policial de Piraí do Sul, kkk o soldado pede para a gente parar, e imagine, qual o foi a indagação dele?? Soldado: Cara sou apaixonado por bike, pra onde vcs estão indo??? kkkk.
- -_Ficamos surpreendido com aquilo, ficamos mais de 20 min conversando com eles e assim tomamos nosso rumo novamente.
- -_Chegamos a primeira parada para lanche, no Posto Ipirangão, já com percorridos 58km.
- -_Ao entrarmos na lanchonete do posto, muita gente que viu a gente parado conversando com os policiais perguntou o que porque de termos sido abordados.... kkkk
- -_Reabastecemos a barriga e bora pedalar denovo, ao passar por Carambei, ja dava para notar o desgaste físico do André, após uns goles de soro, pedal novamente...
- -_Chegamos a Ponta Grossa, mais precisamente no Restaurante Estrela de Prata, parada para o almoço, era em torno de 12:40.
- -_Após um descanço de uma hora e meia, passamos na farmácia para comprar soro para rehidratação, pegamos a estrada novamente, era 14:10 da tarde.
- -_Pensem em um calor infernal no asfalto, terrível. A subida do Jardim Sta. Luiza parecia interminável, estava de suar as bicas.
- -_Paramos novamente no posto Panorâmico, reabastecer novamente os squizzes e pedal novamente. hehehe problemas a frente, chuva a vista! kkk
- -_Mal saímos, chuvaaaa forte, desde o panorâmico até o posto Pelanda no alto do Tibagi, pensem numa água. Era aparente o esforço do André pois ele já estava sentido muitas dores. Eu sentia dores nos dedos dos pés por causa do tênis umido.
- -_Paramos no Pelanda para fazer um lanche e uma ida no banheiro, já eram 17:20.
- -_As 17:40 pegamos a estrada novamente, já com as lanternas a postos nas bikes, pois sabiamos que o horario previsto de chegada não seria cumprido.
- -_São Luiz do Purunã, eta subidinha brava...rsss
- -_Ao passar o pedágio, falei para o André: "...aqui na serra não tem o que me segure...", pedal forte até a entrada da Cimento Itambé, faltava marchas na descida, a relação 53/13 foi pouco, para minha sorte pude aproveitar bem o vácuo de uma carreta, esta só reduzia para passar nos radares, e nisso eu passava, e na hora que a carreta emparelhava, dalhe pedal pra mander a velocidade e aproveitar o vácuo.
- -_Passando pela entrada da Itambé, uma subida forta, eu pensei vou continuar forçando e aproveitar o pique... que nada, o celular toca, era o mazofriend Fabio Henning perguntando sobre como estava indo a pedalada.
- -_Depois de uns 10 minutos ao celular,rsss, Eram 19:40 cade o André???

- -_Ai começaram os problemas. 1o. pneu furado, retornei uns 3km até onde ele estava, fizemos o remendo e pedal novamente. O desgaste do André estava mais que aparente, ele estava dando o máximo para conseguir atingir o objetivo. Deste ponto até Curitiba faltavam 35km... que nhaca, foram mais quatro furos, o 5o. e último furo foi na entrada da ciclovia da 7 de setembro, nesse momento era 23:20.
- -_Sabiamos que era improvável pegarmos um ônibus e retornar para Jagua naquele momento, tivemos que procurar um hotel pra descançar, por sorte achamos um legal perto da rodoviária.
- -_Posso dizer amigos bikers, até o momento foi o maior desafio que eu ja encarei na minha vida.
- -_A alimentação nos pontos corretos, a hidratação não com isotônicos, mas sim com SORO e algumas barrinhas, mas o mais importante na minha opinião, foi o psicologico de encarar o desafio, estes foram os pontos chaves para cumprirmos o percurso no mesmo dia.
- -_A sensação da liberdade que o pedal dá, as belas paisagens dos nossos campos gerais, o tempo de viagem para se refletir sobre o que temos feito e que iremos fazer... são coisas que não tem preço.
- -_Amigos digo a vocês, que adoram o pedal, façam o mesmo! É show de bola.
- - - - -
Ao meu amigo André Oliveira (Negão), os meus parabéns, você foi um heroi, pois conseguiu transpor o cansaço e as dores e atingiu a sua meta de concluir o percurso.
- - - -
E que venha a próxima!!
-
Abraços a todos.

----
Clique nas fotos para Ampliar

1 comentários:

Cascavel Bikers disse...

Louco mais legal.. houve uma competicao de 12h aq em Cvel, onde fiz quase 200 km em 8h.... coisa louca, só sabe mesmo quem já participou...
Um abraço