...Mazobikers

-->

Através destas fontes você consegue acompanhar as principais provas do ciclismo mundial!

Clique em uma das Opções de Streaming para assistir...

Para fechar basta clicar no botão na referida Streaming...

As Transmissões do ciclismo feitas pela CyclingToday, EUROSPORT1 UK, EUROSPORT1 ES e EUROSPORT1 POR-PT iníciam-se sempre em torno de 09:00am.

Indicamos o uso do Browser BRAVE para que não haja aberturas de Popups/ADs.

Para o download do Brave Browser acesse aqui!


Vuelta a España 2024: Uma Vuelta para escaladores, com início em Portugal; Confira todo o percurso

    Uma Vuelta a España duríssima e preparada para os escaladores: essa definição talvez seja a mais próxima do que acontecerá a partir de 17 de agosto. A 79ª edição da principal prova ciclística da Espanha, iniciará com três dias no país vizinho, Portugal e totalizará 3.265km.

Largada em Portugal

    A Vuelta a España 2024 terá terá sua largada em Lisboa, junto à icônica Torre de Belém, às margens do rio Tejo. A chegada está programada para a vizinha Oeiras, após um Contrarrelógio praticamente plano de 12 quilômetros.

1ª Etapa 17.08 Lisboa – Oeiras 12km ITT

    Tanto a segunda etapa (Cascais – Ourém) quanto a terceira (Lousã – Castelo Branco), também ocorrerão em território português, o que confere um caráter especial ao evento.

2ª Etapa 18.08 Cascais – Ourém 191Km

3ª Etapa 19.08 Lousã – Castelo Branco 182km

    A Vuelta iniciar fora da Espanha, não é uma ocorrência comum. Nas últimas 78 edições, a competição teve início fora do país apenas quatro vezes. Lisboa já sediou a saída em 1997, seguida por Assen (2009), Nîmes (2017) e Utrecht (2022). A segunda etapa em solo português, pode ser desafiadora para os escaladores, enquanto os sprinters terão dificuldades na terceira etapa.

4ª Etapa 20.08 Placensia – Pico Villuercas 167Km

    Na 4ª etapa, já em território espanhol a primeira demonstração do que está por vir. Este será o primeiro grande teste para os ciclistas que correm pela Classificação Geral. É uma etapa de montanha muito dura, com uma subida de primeira categoria, uma subida de segunda categoria e uma subida de terceira categoria ao longo do caminho, antes de terminar no Pico Villuercas (14,5 km a 6,2%). A Vuelta visitou esta subida há dois anos e Roman Bardet foi o primeiro a cruzar a linha.
    Depois, há algumas etapas no sul da Espanha, especialmente na região muitas vezes sufocante da Andaluzia. Por exemplo, os ciclistas terminam em Sevilha, há etapas até Yunquera e Córdoba que não devem ser subestimadas e estão planejadas etapas de montanha até Cazorla e Granada. No percurso até Granada, os ciclistas atravessam o Puerto de el Purche e nada menos que duas vezes o desafiante Alto de Hazallanas (7,2 km a 9,8%).

5ª Etapa 21.08 Fuente del Maestre – Sevilla 170km

    Aqui uma oportunidade para os sprinters e um pequeno “descanso” para os escaladores.

6ª Etapa 22.08 Jerez de la Frontera – Yunquera 181 km

7ª Etapa 23.08 Archidona – Córdoba 179 km

8ª Etapa 24.08 Úbeda – Cazorla 159 km


9ª Etapa 25.08 Motril – Granada 178 km


26/08 – Dia de descanso

    Na segunda semana da Vuelta, as atenções estarão centradas nas etapas 12, 13 e 15. Os ciclistas terminarão respectivamente na subida à estação de esqui de Manzaneda, a variante mais íngreme do temido Puerto de Ancares e o terrível e íngreme Cuitu Negru. A subida até Cuitu Negru é na verdade uma extensão do Puerto de Pajares, com percentuais bem acima de 20%.

10ª Etapa 27.08 Ponteareas – Baiona 160 km


    O que é imediatamente perceptível após uma primeira olhada no percurso: os ciclistas serão presenteados com poucas etapas reais de transição em 2024. Esta é uma escolha consciente, como afirmou anteriormente o diretor da prova, Javier Guillén. “Será, como todos os anos, uma jornada exigente. Pessoalmente, não sou fã de etapas de transição e dificilmente haverá alguma. Cada etapa deve ser uma luta. Temos algumas surpresas reservadas.”

11ª Etapa 28.08 Cortizo Padrón – Cortizo Padrón 164 km

12ª Etapa 29.08 Ourense – Estación de Manzaneda 137 km

13ª Etapa 30.08 Lugo – Puerto de Ancares 171 km

14ª Etapa 31.08 Villafranca del Bierzo – Villablino 199km


    A etapa até Cuitu Negru está prevista, logo antes do segundo dia de descanso, mas depois do dia de descanso, também há uma etapa até os míticos Lagos de Covadonga. Continuaremos então pela costa cantábrica até Santander e depois descemos lentamente novamente até Madrid. Ao longo do caminho, haverá mais duas subidas em Alto de Moncavillo e Picón Blanco.

15ª Etapa 01.09 Infiesto – Cuitu Negru 142 km

02/09 – Dia de descanso

16ª Etapa 03/09 Luanco – Lagos de Covadonga 181 km

17ª Etapa 09.04 Monumento Juan de Castillo Arnuero – Santander 143 km

18ª Etapa 09.05 Vitória-Gasteiz – Maeztu 175 km

19ª Etapa 09.06 Logroño – Alto de Moncalvillo 168 km

20ª Etapa 09.07 Villarcayo – Picón Blanco 171 km

    Tradicionalmente, encerramos a Vuelta a España em Madrid, mas desta vez não será com a típica etapa plana para sprinters. A organização preparou uma última surpresa para os ciclistas: um Contrarrelógio individual de 22 Km. A última vez que a Vuelta terminou com um Contrarrelógio foi em 2021, contudo, a chegada não ocorreu em Madrid, mas sim em Santiago de Compostela.

21ª Etapa 09.08 Madri – Madri 22 km, ITT

-
Labels:

Postar um comentário

[blogger]

Mazobiker

{google#Mazobiker}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget