...Mazobikers

-->

Através destas fontes você consegue acompanhar as principais provas do ciclismo mundial!

Clique em uma das Opções de Streaming para assistir...

Para fechar basta clicar no botão na referida Streaming...

As Transmissões do ciclismo feitas pela CyclingToday, EUROSPORT1 UK, EUROSPORT1 ES e EUROSPORT1 POR-PT iníciam-se sempre em torno de 09:00am.

Indicamos o uso do Browser BRAVE para que não haja aberturas de Popups/ADs.

Para o download do Brave Browser acesse aqui!


Philippe Gilbert - ''Se fosse à Jumbo, atacava logo na primeira semana do Tour''

    Tadej Pogacar sofreu uma fratura no pulso com a queda na Liège-Bastogne-Liège e voltou à competição na Eslovénia, onde se sagrou campeão nacional de fundo e de contrarrelógio. Ainda assim, a oposição não convenceu Philippe Gilbert, que defende que a Jumbo-Visma deve partir a loiça toda logo no País Basco, no arranque do Tour.
"A Jumbo-Visma vai estar muito forte. O que Pogacar fez antes da lesão foi incrível, mas todos sabem como foi a sua recuperação. Se fosse à Jumbo, atacava logo na primeira semana. Porque se o Pogacar não estiver no máximo da sua condição será na primeira semana do Tour. É importante não deixar que ele recupere e que, depois, não volte à corrida se lhe ganharem tempo", advoga o agora comentador do Eurosport, em declarações...
    O ex-campeão do mundo acredita que com Roglic a Jumbo poderia defender melhor a amarela que Vingegaard ganhou em 2022. "Seria mais fácil com Roglic, mas ele ganhou o Girtenro e vai à Vuelta. Imaginem se a Jumbo ganha as três Grandes Voltas num ano. Seria histórico. É normal, tiveram de respeitar a vontade de Roglic também", vinca, considerando que o dinamarquês é superior a Pogacar na alta montanha: "Concordo com essa visão. O Vingegaard consegue bater o Pogacar nas montanhas com mais de 10 km. Só que o Pogacar faz diferenças nas subidas de 5 a 10 km. É impossível batê-lo nessas. Se trabalhar mais nos esforços longos pode ser mais competitivo nesses, mas pode perder explosão. Ainda assim, já mostrou capacidade. Ganhou duas Voltas a França. Não precisa de mudar nada."
    A Ineos, para o homem que venceu quatro Monumentos distintos e que foi o segundo a ganhar as três provas das Ardenas no mesmo ano, corre por fora: "Fazem bem em lutar por etapas. A UAE e a Jumbo são mais fortes neste momento. Quanto ao Bernal, acho que se lutar por etapas pode, como consequência, chegar a um top-10. Mas acho que o que ele está a fazer já é incrível. Recuperou e vai testar-se".
-
Labels:

Postar um comentário

[blogger]

Mazobiker

{google#Mazobiker}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget