...Mazobikers

-->

Através destas fontes você consegue acompanhar as principais provas do ciclismo mundial!

Clique em uma das Opções de Streaming para assistir...

Para fechar basta clicar no botão na referida Streaming...

As Transmissões do ciclismo feitas pela CyclingToday, EUROSPORT1 UK, EUROSPORT1 ES e EUROSPORT1 POR-PT iníciam-se sempre em torno de 09:00am.

Indicamos o uso do Browser BRAVE para que não haja aberturas de Popups/ADs.

Para o download do Brave Browser acesse aqui!


Giro d'Italia: Groves vence a 5ª etapa em Salerno

Kaden Groves vence a 5ª etapa do Giro d'Italia 2023 em Salerno (Foto: Getty Image Sports)
    Depois de um par de lugares no pódio no início da semana, Kaden Groves (Alpecin-Deceuninck) acelerou para sua primeira vitória nesta 5ª etapa do Giro d'Italia em Salerno, no final de um dia molhado, miserável e batido no selim
    O australiano, que se recuperou de um acidente tardio a apenas sete quilômetros do final, foi longe, correndo ao longo das barreiras a cerca de 200 metros da linha de chegada. Ele segurou Jonathan Milan (Bahrain Victorious) e Mads Pedersen (Trek-Segafredo) na corrida para a finalização.
    Atrás deles, um acidente pouco antes da linha de chegada viu Mark Cavendish (Astana Qazaqstan) entre os que se bateram após um toque em alta velocidade entre rodas. A 2,4 km antes da chegada, o ex-maglia rosa Remco Evenepoel (Soudal-QuickStep) estava entre as várias quedas durante aquela que foi sua segunda queda na etapa.
    Evenepoel, que caiu em um acidente de vários pilotos causado por um cachorro sem coleira no início do dia, voltou a proba e chegou com quatro minutos de desvantagem ao lado do companheiro de equipe Pieter Serry. Ele não perderá nenhum tempo do GC com a queda nos últimos três quilômetros. Ele parecia ter evitado qualquer ferimento grave, mas estava machucado e parecia compreensivelmente zangado enquanto pedalava até o final.
    Outro acidente aconteceu a sete quilômetros do fim, quando os pilotos viraram na reta final à beira-mar. Primož Roglič (Jumbo-Visma) e maglia rosa Andreas Leknessund (Team DSM) estavam entre os muitos envolvidos, mas conseguiram se levantar rapidamente e perseguir de volta ao pelotão e assim evitar perder tempo.
    No sprint, Groves foi o primeiro a pular da frente do pelotão no sprint final, estourando ao longo das barreiras e liderando na frente com o vencedor da 2ª etapa Milan e Pedersen em seu guidão.
    Nenhum dos dois teve nada em resposta à aceleração de Groves, deixando o Milan para derrotar Pedersen e um finalizador rápido Alberto Dainese (Team DSM) para o segundo lugar. Dainese, no entanto, mais tarde seria rebaixado do quarto lugar pelo júri da corrida por suas ações ao causar a queda nos metros finais.
"Acho que me surpreendi hoje", disse Groves após a finalização. "Estava tudo a correr bem, mas bati na rotatória a sete quilômetros do fim. Felizmente, coloquei a corrente de volta rápido o suficiente e os grupos voltaram a juntar-se, mas não foi muito limpo, todos nos perdemos. Os rapazes fizeram um bom trabalho desde o início e, felizmente, fui bom o suficiente para estar em posição com o DSM e ter pernas para liderar e vencer.
"É um sonho. Esta é a corrida que venho focando desde novembro e dezembro. Só quero agradecer à equipe, a todos os envolvidos, aos meus companheiros. Eles acreditaram em mim e, após dois terços desta semana, me entregaram para uma vitória."
    Ao liderar na frente, Groves evitou todo o caos atrás dele.
    Faltando 50 metros, Dainese atravessou a estrada para contestar o sprint, cortando a roda dianteira de Cavendish no processo. Isso fez com que o campeão britânico batesse direto em Filippo Fiorelli (Green Project-Bardiani CSF-Faizanè), que de alguma forma o manteve de pé enquanto esfregava as barreiras, mas ficou com uma lesão feia na mão.
Momento quando Cavendish caiu no sprint final (foto: Getty Images Sport)
    Cavendish, no entanto, não teve tanta sorte, catapultando para o outro lado da estrada e cruzando a linha deslizando de costas quando Mirco Maestri (Eolo-Kometa), David Dekker (Arkéa-Samsic) e outros também caíram, incapazes de evitar o Manxman. Andrea Vendrame (AG2R Citroën) caiu duramente além da linha de chegada e foi levado ao hospital, com sua equipe anunciando mais tarde que ele havia sofrido uma separação do ombro e uma ferida que requer vários pontos.
-
-
Labels:

Postar um comentário

[blogger]

Mazobiker

{google#Mazobiker}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget