...Mazobikers

-->

Através destas fontes você consegue acompanhar as principais provas do ciclismo mundial!

Clique em uma das Opções de Streaming para assistir...

Para fechar basta clicar no botão na referida Streaming...

As Transmissões do ciclismo feitas pela CyclingToday, EUROSPORT1 UK, EUROSPORT1 ES e EUROSPORT1 POR-PT iníciam-se sempre em torno de 09:00am.

Indicamos o uso do Browser BRAVE para que não haja aberturas de Popups/ADs.

Para o download do Brave Browser acesse aqui!


Liège marca a primeira batalha entre o campeão do mundo e o melhor ciclista da atualidade

A corrida monumento de domingo vê o duelo entre Evenepoel e Pogacar, dois atletas geniais que se têm evitado nos últimos anos...
    É impossível não colocar Tadej Pogacar na frente dos favoritos da Liège-Bastogne-Liège atendendo a que o corredor da UAE Emirates tem 12 vitórias na época, o que nunca alguém alcançou em tão curto espaço de tempo num só ano. Ainda assim, o esloveno vai ter Remco Evenepoel, corredor da Souda-Quick Step, pela frente e a generalidade dos fãs percebe que o belga é dos poucos que consegue ser tão genial como Pogacar. Evenepoel ganhou o seu primeiro monumento em 2022, justamente a Liège, e surpreendeu Pogacar, indo a solo nos últimos 16 km de clássica. O duelo seguinte entre os dois decorreu nos Campeonatos do Mundo da Austrália, com a armada belga a jogar na altura certa para deixar Evenepoel sozinho, como gosta, a atacar de longe. O esloveno não teve reação e a arco-íris foi para a Bélgica.
    Este domingo os dois reencontram-se. E é caso para festejar. É que Remco Evenepoel, que venceu a Vuelta do ano passado, tem optado pelo Giro, onde vai lutar com João Almeida esta época. E continua a fugir da Volta a França, a corrida de três semanas que Tadej ganhou duas vezes e privilegia desde 2020. O duelo nas Grandes Voltas está marcado para o futuro, mas o aperitivo dá-se neste domingo, até porque Pogacar, com a vitória na Flandres e duas Lombardias quererá juntar mais uma Liège ao seu palmarés e continua a sonhar com os recordes absolutos de Merckx. Nem nas provas de uma semana, exceção feita ao Tirreno-Adriático de 2022 vencido pelo esloveno, tem-se visto a batalha tão ansiada.
"Não nos defrontamos muitas vezes. Isso pode ser bom ou mau, mas da minha parte há muito respeito pelo corredor que ele é. No entanto, não vou apenas olhar para o Remco. Há muitos corredores a quem tenho de estar atento", disse Pogacar ao "Sporza", reforçando a ideia de preferir "chegar sozinho à chegada."
    Sem comparações no sprint, Evenepoel afirmou não ter "medo de sprintar" contra o esloveno, porque já ganhou a Roglic e o homem da Jumbo "já venceu Tadej ao sprint." "Não há pressão, mas sinto-me a 105%. Vim de altitude e estive a preparar o Giro. Tenho de sentir-me bem. Vamos tentar fazer a nossa tática, seguir o nosso plano, sabendo que Pogacar é o grande favorito", atirou Evenepoel.
"Remco é o líder que não tivemos nas clássicas da Flandres. A equipe acredita nele e ele sabe da pressão. Se não ganhar é um mau resultado", atira Patrick Lefevere ao Het Nieuwsblad, o patrão da Quick Step que é sempre incisivo e que procura ganhar uma clássica monumento na temporada, o que tem sido uma tradição na equipe belga.
    Certo é que Pogacar pode repetir o feito dantesco de Rebellin e Gilbert, os quais, em 2004 e 2011, ganharam Amstel Gold Race, Flèche Wallonne e Liège na mesma semana e repetir o feito de Merckx (1969 e 1975) de ganhar Flandres e Liège no mesmo ano. Evenepoel poderá ser o primeiro desde 1987 a ganhar a Liège vestido com a camisa arco-íris.
-
Labels:

Postar um comentário

[blogger]

Mazobiker

{google#Mazobiker}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget