...Mazobikers

-->

Através destas fontes você consegue acompanhar as principais provas do ciclismo mundial!

Clique em uma das Opções de Streaming para assistir...

Para fechar basta clicar no botão na referida Streaming...

As Transmissões do ciclismo feitas pela CyclingToday, EUROSPORT1 UK, EUROSPORT1 ES e EUROSPORT1 POR-PT iníciam-se sempre em torno de 09:00am.

Indicamos o uso do Browser BRAVE para que não haja aberturas de Popups/ADs.

Para o download do Brave Browser acesse aqui!


Estratégia ambiciosa da equipe Movistar para a Liège Bastogne Liège

Movistar está avisada para os ataques de longe de Pogacar ou Evenepoel e tenciona colocar alguém escapado na frente e responder na Côte de la Redoute
    A Liège-Bastogne-Liège tem 258,5 quilômetros e 11 subidas ao longo do percurso. Nos últimos 100 quilômetros estão nove subidas categorizadas pela frente e as últimas quatro são as mais decisivas por tradição. Depois da Côte de Desnié é na Côte de la Redoute que se espera que a corrida rebente. E, ao que se pôde saber, será mesmo essa ascensão na Valónia a que a Movistar olha com atenção.
    O plano é colocar alguém na fuga do dia e lançar Enric Mas, Ruben Guerreiro ou Aranburu nessa fase, para acompanhar algum ataque que possa surgir. Esta ascensão tem 1,6 km e um desnível de 9,4% e foi aí que Remco Evenepoel (Soudal-Quick Step) começou a partir a corrida em 2022, indo depois, mais à frente, a solo.
    A sequência de subidas não pára e tanto a Côte de Forges e a Côte de la Roche-aux-Faucons, esta última a 13 km da meta, vão ser feitas a alta velocidade, porque Pogacar, da UAE, ou Evenepoel têm todo o interesse em chegar isolados a Liège, de há uns anos para cá um final que já não é a subir e que, portanto, tem motivado ataques de longe.
    Diga-se que a atenção da Movistar em La Redoute pode beneficiar Ruben Guerreiro, que poderá ter liberdade para responder e integrar um grupo que discuta a vitória. O português foi sétimo na Flèche Wallonne de 2022 e foi contratado pela Movistar para procurar um top-10 em provas das Ardenas. Alejandro Valverde, já retirado, deu quatro vitórias à estrutura espanhola na Liège. Evenepoel, recorde-se, procura o segundo monumento da carreira, Pogacar o quinto, depois de já ter vencido este ano a Flandres.
-
Labels:

Postar um comentário

[blogger]

Mazobiker

{google#Mazobiker}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget