...Mazobikers

Clique em uma das Opções de Streaming para assistir...

Para fechar basta clicar no botão na referida Streaming...

As Transmissões são pela TIZCycling, EUROSPORT, BeIN Sports2, ESPN3 a partir das 08:30 da manhã.

Indicamos o uso do Browser BRAVE para que não haja aberturas de Popups/ADs.

Para o download do Brave Browser acesse aqui!


Dia mundial da Bicicleta é comemorado nesta sexta-feira

    Nesta sexta, dia 3 de junho, celebra-se o Dia Mundial da Bicicleta. Por obra do sociólogo polonês Leszek Sibilski, pesquisador do esporte, das mudanças climáticas e da adaptabilidade do ser humano. A motivação para a campanha alcançar a ONU combinou a experiência de 10 anos como atleta da equipe nacional de ciclismo da Polônia e trabalhos acadêmicos para explorar o papel das bicicletas no desenvolvimento e em um consenso entre 193 países, para incentivar a mobilidade urbana sustentável e mostrar os benefícios para o corpo com a prática do ciclismo, e no dia 12 de abril de 2018 todos os  membros da ONU adotaram a Resolução 72/272, que declarou o dia 3 de junho como o Dia Mundial da Bicicleta.
   Considerada um transporte ecológico, simples, confiável e acessível, a bicicleta traz inúmeros benefícios para a saúde. A cardiologista da Unimed Vitória Gracielly Barros explica que as vantagens começam pelo emagrecimento.
“Andar de bicicleta é um exercício que acelera o metabolismo, ou seja, faz com que o seu corpo queime calorias mais rapidamente. O resultado é um menor acúmulo de gordura no organismo e, consequentemente, uma silhueta mais magra”.
    A bicicleta é instrumento estratégico para todos os 17 Objetivos para o Desenvolvimento Sustentável (ODs) da ONU, com especial destaque para os objetivos: "Saúde e bem-estar - Assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todos, em todas as idades", "Ação contra Mudança Global do Clima" e "Cidades e Comunidades Sustentáveis - Tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis".

Bicicleta é o futuro. Aproveite o Dia Mundial da Bicicleta e vá pedalar! 
    Segundo dados da empresa de mobilidade urbana Multiplicidade, com base na Pesquisa de Orçamento Familiar (POF) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), existem mais de 33 milhões de bicicletas nas residências brasileiras.

EXERCÍCIOS

    Pedalar é uma atividade que exige força dos músculos e envolve todo o corpo, incluindo os quadríceps, músculos das coxas, glúteos, braços, ombros, principalmente ao segurar o guidão dos dois lados para subir morros íngremes. O ciclismo aumenta a resistência física, reduz o colesterol e acelera o metabolismo. Isso faz com que as substâncias que geram o colesterol ruim (LDL) sejam rapidamente eliminadas.
    Os passeios diários de bicicleta proporcionam diversas vantagens: aumento do fôlego; disposição para aguentar longas subidas e pedalar por longas distâncias; controle da pressão, o processo de contração e relaxamento arterial fica mais rápido durante a atividade, o que ajuda a equilibrar a pressão arterial; e a atividade física ajuda também no controle e prevenção da diabetes.
“Uma pessoa diabética pode e deve praticar o ciclismo. A atividade ajuda a manter os níveis de açúcar no sangue estáveis, reduzindo o risco de complicações cardiovasculares. Quem não é diabético, mas quer prevenir a doença, também deve incluir essa prática na rotina”, salienta a cardiologista.

BEM-ESTAR

    Para a estudante universitária Caciane Sousa, andar de bicicleta significa liberdade e ser um combustível para dar força ao corpo. “Pratico a atividade há mais de 20 anos. Além de ser prazeroso, é um movimento que traz menos poluição no deslocamento”.
    A ciclista conta que percebeu uma melhora na disposição e atenção depois que começou a pedalar regularmente. “Andar de bicicleta é uma excelente forma de conhecer um pouco mais da cidade, as ruas e os cantinhos que ficam despercebidos no dia a dia, sendo um bônus para a saúde física e mental”.
    Ao andar de bicicleta o corpo libera hormônios que causam a sensação de prazer e felicidade - endorfinas e serotoninas -, que ajudam no combate à depressão, ansiedade e estresse. A cardiologista alerta que não são todas as pessoas que podem decidir, repentinamente, pedalar por distâncias indefinidas.
"A partir dos 35 é recomendado fazer uma avaliação cardiológica especializada, pois nessa faixa de idade muitas doenças silenciosas se iniciam. Acima dessa idade deve-se ir ao clínico e fazer uma avaliação rotineira com exames específicos dos aparelhos cardiocirculatório, pulmonar e ortopédico, checando as lesões crônicas que possam atrapalhar o exercício físico na bike”.
-
Labels:

Postar um comentário

[blogger]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget