...Mazobikers

VUELTA 2021: Rein Taaramäe cai, mas mantém a liderança

    Rein Taaramäe teve seu primeiro gostinho da liderança do Grand Tour na 4ª etapa da Vuelta a Espanha e foi tratado com toda a experiência, caindo enquanto a tensão aumentava na corrida para Molina de Aragón.
    O piloto do Intermarché-Wanty-Gobert Matériaux, que conquistou a camisa vermelha ao vencer o Picón Blanco na tarde anterior, esmagou o joelho e ficou atrás do pelotão.
    No entanto, dado que a queda ocorreu dentro da rede de segurança da faixa de 3 km para ir, o estoniano foi premiado com o mesmo tempo que o resto do pelotão e manteve a camisa vermelha pelo segundo dia.
"Eu realmente não sei como isso aconteceu", disse Taaramäe sobre a queda que ocorreu em uma curva em uma subida a 2,2 km do final.
"Estava muito, muito nervoso. Num momento, do meu lado direito, um cara que ele fez daquele jeito [uma guinada], ele me acertou e eu caí."
    Taaramäe, que pilotava no meio do grupo, foi atingido e caiu do lado esquerdo, sofrendo um corte abaixo do joelho esquerdo e erupção cutânea na canela, mas aparentemente nada mais sério.
"Estou vivo", disse ele. "Não tenho muitos ferimentos. Estou um pouco queimado, mas me sinto bem."
    O incidente foi uma nota amarga para seu primeiro dia em vermelho, mas não pareceu manchar a experiência como um todo.
"Foi incrível", disse ele. "Minha equipe rodou na frente por muito tempo e nós realmente gostamos. Nós brincamos juntos o dia todo. Nós gostamos. Foi lindo."
    Apesar de cruzar a linha alguns minutos atrás dos velocistas e do resto do pelotão, Taaramäe assumirá a liderança geral da corrida para a etapa 5 de quarta-feira.
    8Com um perfil plano, deveria ser um para os velocistas, e o estoniano deveria, em teoria, ser capaz de estender sua passagem no vermelho para um terceiro dia. Depois disso, o terreno se torna mais complicado, com um final vigoroso em Cullera no estágio 6 seguido por um acabamento mais robusto no topo do Balcón de Alicant na 7ª etapa.
"Se amanhã não houver vento, também será possível amanhã", disse Taaramäe.
“Depois de amanhã, é uma subida de 1km, que tem tudo a ver com posicionamento. Acho que tenho pernas para me segurar, mas é o caso de eu conseguir me posicionar no final da subida.
"Acho que mais duas etapas, depois a etapa de Alicante é uma grande batalha para mim, mas provavelmente é muito difícil."
-
Labels:

Postar um comentário

[blogger]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget