...Mazobikers

AVANCINI, LUIZ HENRIQUE COCUZZI E GALINSKI se classificam para a final do XCC

    No primeiro dia de disputas do Campeonato Mundial de Mountain Bike em Val di Sole, na Itália, e na estreia da modalidade XCC – short track – disputada em circuito curto de 950 metros, valendo o título mundial, três mountain bikers brasileiros se classificaram para a final que será disputada na próxima quinta-feira (26/8).
    A primeira bateria, disputada por 26 competidores, onde apenas os 20 melhores avançavam para a final, a vitória ficou com o sul-africano Alan Haterly que superou com uma pequena vantagem o suíço Filippo Colombo, o polonês Bartlomiej Wawak e o tcheco Ondrej Cink. Os brasileiros Guilherme Muller e Juliano Cocuzzi não conseguiram passar à final, Muller ficou a três voltas e Juliano abandonou ainda na terceira volta.
    A segunda bateria, disputada por 27 competidores, foi vencida pelo sul-africano Anton Cooper que desde a largada disputou posições com um grupo formado por Christopher Blevins, Maximilian Brandl, Nadir Coleman e também onde apareceu o brasileiro Luis Henrique Coccuzi que começou com muita força assumindo a liderança do pelotão na segunda volta e mantendo-se à frente do grupo até a metade da competição na quarta volta. Avancini começou a crescer na competição a partir da 5ª volta quando passou em segundo, na volta seguinte liderou o grupo formado por Blevins, Cooper e Fini.
Cooper assumiu a dianteira na metade da última volta superando a Avancini e a Blevins para cruzar na primeira posição. Coccuzzi que havia começado muito forte, apesar de perder contato com os ponteiros, conseguiu assegurar a 9ª posição, liderando o segundo grupo. Rodando mais atrás, mas também em busca da vaga entre os 20 melhores, Ulan Galinski a 50 segundos do vencedor, cruzou em 19º assegurando a vaga para a final. O outro brasileiro na competição, Edson de Rezende Junior não conseguiu entrar no grupo dos 20 melhores.

CAMPEONATO MUNDIAL DE MTB VAL DI SOLE

XCC short track circuit – circuito curto
Elite Masculina - 8 voltas no circuito de 950m - distância total : 7.60 km
20 melhores se classificam para a final do dia
Bateria classificatória 1

1- Alan Haterly – África do Sul – 19m47s
2- Filippo Colombo – Suíça p +4s
3- Bartlomiej Wawak – Polônia +5s
4- Ondrej Cink – República Tcheca +7s
5- Maxime Marotte – França +14s
22- Guilherme Muller – Brasil -3 voltas (não classificou)
Juliano Cocuzzi – Brasil – DNF – (abandonou na 3 /volta não classificou)

Bateria classificatória 2

1- Anton Cooper – Nova Zelândia 20m17s
2- Henrique Avancini – Brasil +2s
3- Christopher Blevins – Estados Unidos +2s
4- Sebastian Fini – Dinamarca +3s
5- Martins Bluns – Letônia +4s
9- Luiz Henrique Cocuzzi – Brasil +21s
19- Ulan Galinski – Brasil +50s
23- Edson de Rezende Junior – Brasil -1volta (não classificou)

Foto 1 – Alan Haterly comemora a vitória; 2- Anton Cooper pedala à frente com Avancini, Blevis e Fini na roda disputando posições 3- Copper, Blevins e o Cocuzzi
Fotos: Val di Sole Bikeland- Michele Mondini /Daniele Molineris / Giacomo Podetti
-
Labels:

Postar um comentário

[blogger]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget