...Mazobikers

-->

Através destas fontes você consegue acompanhar as principais provas do ciclismo mundial!

Clique em uma das Opções de Streaming para assistir...

Para fechar basta clicar no botão na referida Streaming...

As Transmissões do ciclismo feitas pela CyclingToday, EUROSPORT1 UK, EUROSPORT1 ES e EUROSPORT1 POR-PT iníciam-se sempre em torno de 09:00am.

Indicamos o uso do Browser BRAVE para que não haja aberturas de Popups/ADs.

Para o download do Brave Browser acesse aqui!


TOUR DE FRANCE: Cavendish está ''muito cansado'' mas promete continuar em prova até Paris

    O ciclista britânico Mark Cavendish (Deceuninck-QuickStep) confessou esta quarta-feira que prometeu ao diretor da Volta a França que não vai abandonar a prova, apesar das dificuldades sentidas para chegar dentro do controle nas etapas de montanha.
O ciclista britânico Mark Cavendish Fotografia: AFP
    Depois de, no domingo, ter chegado ao alto de Tignes, em lágrimas, a pouco mais de um minuto do fecho do controlo, hoje o corredor de 36 anos teve uma jornada mais tranquila, apesar da dupla ascensão ao Mont Ventoux, cortando a meta sete minutos antes do tempo estipulado para finalizar a 11.ª tirada e 40m40s depois do vencedor, o belga Wout van Aert (Jumbo-Visma).
"Sabíamos que não ia ser tão próximo do limite do controlo como no domingo, mas também sabíamos que tínhamos de passar todo o dia concentrados para evitá-lo. Os meus companheiros estiveram comigo, a ajudar-me nas subidas e nas descidas", notou "Cav", que na 11ª etapa foi "escoltado" pelo seu habitual lançador, o dinamarquês Michael Morkov, e ainda por Davide Ballerini, Tim Declercq e Dries Devenyns.
    O camisa verde, que na quinta-feira poderá igualar o recorde de vitórias do belga Eddy Merckx (34), no final da ligação de 159,4 quilômetros entre Saint-Paul-Trois-Châteaux e Nîmes, confessou estar "muito cansado".
"Suponho que o estamos todos. Fiz muitas Voltas a França e garanto que esta está a ser uma das mais duras", disse o sprinter britânico, a cumprir a sua 13ª participação na "Grande Boucle".
    Cavendish revelou ainda que deu a sua palavra ao diretor da prova, Christian Prudhomme, que não abandonará a 108ª edição do Tour, que termina em 18 de julho, em Paris.
"Expliquei-lhe que amo esta corrida. Sou um homem de palavra, pelo que não penso desistir: continuarei a lutar tudo o que puder", assegurou.
    O segundo ciclista mais vitorioso da história da Volta a França lembrou ainda que, lá por ter vencido três etapas até ao momento nesta edição, não é garantido que celebre novo triunfo na quinta-feira, porque "não é fácil" ganhar.
-
Labels:

Postar um comentário

[blogger]

Mazobiker

{google#Mazobiker}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget