...Mazobikers

TOUR DE FRANCE 2021 inicia-se neste sábado... será de arrepiar!!

O 108.º Tour de France começa a 26 de junho de 2021. E você poderá acompanhar por aqui pela Mazobikers Blog na integra...
Data: Sábado, 26 de junho - Domingo, 18 de julho
Grand Départ: Bretanha francesa, França
Cobertura televisiva via streaming: Eurosport, ESPN2, TIZCYCLING, RPT
Distância total: 3383 km
    A emoção da próxima edição do Tour de France começa assim que o vencedor da edição anterior cruzar a linha nos Champs-Elysées. O evento de 2021 é particularmente especial uma vez que todos o esperamos ansiosamente depois de um ano assolado pelas turbulentas realidades de viver numa pandemia.
    Allez! Allez! O espetáculo tem de continuar e assim vai ser! Nunca estivemos tão prontos para o Tour de France 2021 e mal podemos esperar pelas três semanas de corrida que começam no sábado, 26 de junho, na cidade costeira francesa de Brest.
Tour de France 2021 © Le Tour

Itinerário e etapas do Tour de France 2021

    O itinerário do Tour de France 2021 está dividido em quatro categorias: plana, média montanha (acidentada), montanha e contrarrelógio. Todos os anos, os gestores de equipe utilizam o itinerário para decidir quais os ciclistas escolhidos. Em anos anteriores, o itinerário favoreceu os velocistas em detrimento dos contrarrelogistas, mas este ano isso parece ter mudado.
    Nos últimos anos, a Grand Départ tem dado inicio ao evento, tanto em França como mais longe no Reino Unido e na Irlanda. Após a Grand Départ, a corrida aventura-se ao longo de França em direção às montanhas. Este ano, a primeira escala de montanha são os Alpes, a que se seguem os Pirenéus. Tipicamente, a ordem das montanhas alterna a cada ano.

Etapas planas do Tour de France 2021

    Das 21 etapas do Tour este ano, a maioria é classificada como plana. Estão uniformemente distribuídas ao longo de todo o evento, mas, com os sprinter ansiosos por deixar a sua marca na corrida antes das montanhas, é provável que seja um começo de corrida escaldante.
    Etapas planas são oportunidades privilegiadas para chegadas em grupo decididas ao sprint. A camisa amarela nesta fase da corrida pertence normalmente a um sprinter e é função da sua equipE colocá-lo em posição de obter pontos de bonificação à chegada da linha de meta de forma a aumentar a sua liderança antes da montanha.
    Sem dúvida a etapa mais famosa da corrida é uma das mais planas - a Etapa 21, que termina na avenida mais distinta de Paris. Embora seja pouco mais do que uma procissão para o camisa amarela, uma vitória nos Champs-Elysées é um momento especial na carreira de um ciclista.
- Etapa 3: Lorient - Pontivy, 182 km
- Etapa 4: Redon - Fougères, 152 km
- Etapa 6: Tours - Châteauroux, 144 km
- Etapa 10: Albertville - Valence, 186 km
- Etapa 12: Saint-Paul-Trois-Châteaux - Nîmes, 161 km
- Etapa 13: Nîmes - Carcassonne, 220 km
- Etapa 19: Mourenx - Libourne, 203 km
- Etapa 21: Chatou - Paris Champs-Elysées, 112 km

Etapas de média montanha (acidentadas) do Tour de France 2021

    As estradas ondeadas de França estão presentes regularmente durante todo o evento deste ano. A corrida começa com duas dessas etapas nas Montanhas Armoricanas da Bretanha, onde não haverá tempo para aquecimento nas encostas íngremes do noroeste da França.
    Os estágios montanhosos tendem a apresentar subidas curtas e acentuadas, bem como subidas mais longas mas mais suaves. De facto, a etapa mais longa da corrida deste ano é de média montanha, com uma puxada subida de 18% que queima pernas até ao Le Signal d 'Uchon, uma subida que nunca foi utilizada no Tour antes.
- Etapa 1: Brest - Landerneau, 187 km
- Etapa 2: Perros-Guirec - Mûr-de-bretagne Guerlédan, 182 km
- Etapa 7: Vierzon - Le Creusot, 248 km
- Etapa 14: Carcassonne - Quillan, 184 km
- Etapa 16: Pas de la Case - Saint-Gaudens, 169 km
Etapas de montanha do Tour de France 2021
Etapas de montanha do Tour de France 2021
    As míticas montanhas do Tour são onde muitas vezes a corrida se decide. Assim como as montanhas da Bretanha, o Maciço Central, os Alpes e os Pirenéus vão fazer estragos entre os ciclistas deste ano. A primeira etapa de montanha surge a 3 de julho com nada menos do que três montanhas para ascender na parte final da etapa.
    Existe tanta capacidade envolvida na escalada como na descida, mas com o anúncio recente de novas medidas de segurança, não vamos ver os ciclistas em "supertuck" num esforço para deslizarem no ar um pouco mais rápido do que os seus oponentes.
    Tignes regressa este ano, após um 2019 um tanto ou quanto catastrófico que viu um deslizamento de terra terminar prematuramente a etapa e a camisola amarela mudar de mãos. Esta mesma cidade será anfitriã do primeiro final de topo de montanha do Tour, onde esperamos sessão de fogo de artifício antes do primeiro dia de descanso.
    A etapa 11 do Tour de France deste ano vê o pelotão regressar a Mont Ventoux não uma, mas duas vezes, primeiro vindo de Sault e depois de Bedoin.
    Na véspera do segundo dia de descanso em Andorra, os ciclistas têm que equipar-se e ultrapassar o ponto mais frio de toda a corrida: Port d 'Envalira a 2408 m acima do nível do mar.
    Os Pirenéus são a última cadeia montanhosa no itinerário do Tour de France, os quais possuem novamente um final de topo de montanha na Etapa 17 no cume de Col de Portet. A etapa final da montanha combina dois gigantes: o Tourmalet e Luz Ardiden.
- Etapa 8: Oyonnax - Le Grand-Bornand, 151 km
- Etapa 9: Cluses - Tignes, 145 km
- Etapa 11: Sorgues - Malaucène, 199 km
- Etapa 15: Céret - Andorre-La-Vieille, 161 km
- Etapa 17: Muret - Saint-Lary-Soulan Col du Portet, 178 km
- Etapa 18: Pau - Luz Ardiden, 130 km
ETAPAS DE MONTANHA DO TOUR DE FRANCE 2021

Etapa 18: Pau - Luz Ardiden, 130 km © Le Tour
Etapa 8: Oyonnax - Le Grand-Bornand, 151 km © Le Tour

Etapa 9: Cluses - Tignes, 145 km © Le Tour
Etapa 11: Sorgues - Malaucène, 199 km © Le Tour

Etapa 15: Céret - Andorre-La-Vieille, 161 km © Le Tour

Etapa 17: Muret - Saint-Lary-Soulan Col du Portet, 178 km © Le Tour
 
Etapa 18: Pau - Luz Ardiden, 130 km © Le Tour

Contrarrelógios do Tour de France 2021

    Vimos um dos finais mais empolgantes da história recente do Grand Tour durante a última prova de contrarrelógio individual do ano passado em Les Planches des Belles Filles. Tadej Pogacar arrebatou a camisa amarela enquanto Primoz Roglic deu tudo o que podia para se salvar.
    Este ano, somos presenteados com dois contrarrelógios individuais, mas ambos são relativamente planos. Não obstante a falta de elevação, estas duas etapas podem revelar-se decisivas na classificação geral, especialmente porque os vencedores do Tour de France são historicamente muito bons contrarrelogistas.
- Etapa 5: Changé - Laval Espace Mayenne ITT, 27 km
- Etapa 20: Libourne - Saint-Emilion ITT, 31 km
Alejandro Valverde | Tour de France 2019

Quem participa no Tour de France 2021?

    Muitas equipEs estruturam as temporadas dos seus ciclistas em torno de Grand Tours, particularmente o Tour de France. A maioria das equipes já nomearam pelo menos uma mão cheia de ciclistas que marcarão presença em Brest, no dia 26 de junho. As equipas irão escolher os ciclistas que se destaquem tanto em montanha como nos contrarrelógios.
    A equipe Ineos confirmou a sua equipe, a qual inclui o vencedor do Giro d 'Italia de 2020 Tao Geoghegan-Hart, juntamente com o vencedor do Tour de France de 2018 Geraint Thomas.
    O vencedor do ano passado, Tadej Pogacar, regressará com a UAE-Team Emirates e uma forte esquadra de apoio para se revezarem na frente. O confronto de 2020 no TdF será retomado com Primoz Roglic a alinhar pela Team Jumbo-Visma.
    No que se refere a confrontos, também veremos a Alpecin-Fenix no tour deste ano e com eles estará Mathieu van der Poel, o Campeão Mundial de Ciclocross e de 2021. Após o que esperamos ser uma temporada frutuosa de Clássicos para MVDP, estamos ansiosos para ver os dois ciclistas de ciclocross a subir para as suas bicicletas de estrada.
    Outros candidatos à camisa amarela serão Nairo Quintana (Team Arkea Samsic) e Enric Mas (Team Movistar), que venceu a camisa para jovem ciclista na Vuelta do ano passado. Este ano não poderá competir pela camisa branca, será que conseguirá a amarela?
-
Labels:

Postar um comentário

[blogger]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget