...Mazobikers

-->

Através destas fontes você consegue acompanhar as principais provas do ciclismo mundial!

Clique em uma das Opções de Streaming para assistir...

Para fechar basta clicar no botão na referida Streaming...

As Transmissões do ciclismo feitas pela CyclingToday, EUROSPORT1 UK, EUROSPORT1 ES e EUROSPORT1 POR-PT iníciam-se sempre em torno de 09:00am.

Indicamos o uso do Browser BRAVE para que não haja aberturas de Popups/ADs.

Para o download do Brave Browser acesse aqui!


Volta ao Algarve: João Rodrigues põe fim a um longo jejum de 15 anos...

    João Rodrigues, da W52-FC Porto, fez este domingo história ao conquistar a Volta ao Algarve, corrida do escalão ProTour. Desde 2006 que um português não vencia a prova portuguesa mais cotada no escalão internacional.
Fotografia: João Fonseca / Volta ao Algarve
    João Rodriguês desferiu um ataque demolidor na subida ao Alto do Malhão, final da quinta e última etapa, deixando sem resposta Ethan Hayter, da Ineos, que partira com 12 segundos de vantagem.
    A etapa foi ganha pelo francês Élie Gesbert, da Arkéa-Samsic, o único que conseguiu acompanhar os ataques da W52-FC Porto, tendo aproveitado o esgotamento de João Rodrigues para o superar na reta da linha de chegada.
    A estratégia delineada por Nuno Ribeiro, diretor-desportivo da W52-FC Porto, voltou a ser perfeita, mesmo estando perante as melhores equipes mundiais. Amaro Antunes lançou um primeiro ataque, a 2,3 quilômetros do alto, deixando a perceber que Hayter, massacrado pela queda de sábado, não estava nas melhores condições.
    João Rodrigues juntou-se depressa ao seu colega de equipe, que se revelou precioso para cavar uma vantagem inesperada para o camisa amarela, que terminaria a 21 segundos.
    A W52-FC Porto, depois de ter garantido que João Rodrigues seguia a caminho da amarela, ainda atacou com Jóni Brandão, que viria a ser o terceiro da etapa, a 9 segundos do colega, subindo a nono da geral. Amaro Antunes ainda teve forças para terminar em quinto, completando uma exibição perfeita da equipe portista.
    Nas contas finais, João Rodrigues, que passa a ser o único corredor português deste século a ter no palmarés o Algarve e a Volta a Portugal - Cássio Freitas (1995 e 1993), Vítor Gamito (1994) e Joaquim Gomes (1988 e 1992) foram os últimos a fazê-lo, mas a Algarvia não tinha a projeção atual -, deixou Ethan Hayter (Ineos) a 9 segundos e Kasper Asgreen (Deceuninck-Quick Step) a 28s.
    Curiosamente, a Deceuninck e Asgreen endureceram a corrida e atacaram ainda antes do Malhão, mas não tiveram força para acompanhar os ataques dos portugueses - Joaquim Silva, da Tavfer-Meadinsot-Mortágua, foi sexto na etapa e o dinamarquês apenas oitavo - nos últimos dois quilômetros.
-
Labels:

Postar um comentário

[blogger]

Mazobiker

{google#Mazobiker}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget