.
NOVAS NOTÍCIAS:
Carregando...

STREAMING OFICIAL - Audio INGLÊS


STREAMING ESPN2 - Audio Português-BR

Focada em Tóquio, Jaqueline Mourão abre mão de vaga no Mundial de Mountain Bike

    
    Um dos maiores nomes do ciclismo brasileiro em todos os tempos, Jaqueline Mourão preferiu por não estar presente no Campeonato Mundial de mountain bike, que vai acontecer entre 5 e 11 de outubro em Leogang, na Áustria.
        A atleta de 44 anos, que mora no Canadá, tem outras prioridades no momento, incluindo reunir todas as forças possíveis para estar, no ano que vem, no que pode ser sua sétima participação olímpica. Até aqui, ela soma duas presenças nos Jogos de verão e quatro nos Jogos de inverno, competindo no esqui e biatlo.
        Depois de receber a convocação por parte da Confederação Brasileira de Ciclismo, ela agradeceu o chamado em decisão conjunta com seus patrocinadores.
        "Fui convocada mas abri mão da minha vaga. Desde o início do isolamento, venho conversando com a Confederação e o pessoal da Sense Factory Racing. Todos estamos de comum acordo que seria melhor concentrar na temporada 2021 e nas Olimpíadas. Nós focamos na preparação e em arriscar menos em virtude da Covid-19. Os pontos de agora não contam para o ranking olímpico", lembra Jaque, mineira de Belo Horizonte.
        O Brasil segue na briga para ter mais de uma atleta nos Jogos de Tóquio. O número de representantes vai de acordo com o ranking do país no cenário internacional. No feminino, o país, 19º colocado, teria direito a uma única vaga, que é dada às nações entre 8ª e 21ª posição no ranking. Para ter uma segunda atleta, teria que estar entre o 3º e 7º lugar.
        Na briga com Jaque, estão Raíza Goulão e Letícia Cândido, que estarão presentes no Mundial da Áustria.
-

0 comentários: