...Mazobikers

-->

Através destas fontes você consegue acompanhar as principais provas do ciclismo mundial!

Clique em uma das Opções de Streaming para assistir...

Para fechar basta clicar no botão na referida Streaming...

As Transmissões do ciclismo feitas pela CyclingToday, EUROSPORT1 UK, EUROSPORT1 ES e EUROSPORT1 POR-PT iníciam-se sempre em torno de 09:00am.

Indicamos o uso do Browser BRAVE para que não haja aberturas de Popups/ADs.

Para o download do Brave Browser acesse aqui!


Mundial de Mountain BIke XCO: Schurter, campeão pela 8ª vez

O suíço Nino Schurter, aos 33 anos, conquistou neste sábado (31 de agosto) seu 8º título de campeão mundial de MTB XCO, o quinto consecutivo, na disputa no Mont-Sainte-Anne, no Canadá. Vale destacar que esta é a primeira vez que um atleta vence cinco anos seguidos o Campeonato Mundial de Mountain Bike. O também suíço Mathias Flueckiger terminou em 2º lugar e o francês Stephane Tempier foi o 3º. O brasileiro Henrique Avancini, que começou forte e chegou a liderar o pelotão, terminou em 10º.
“Trabalhei duro este ano em direção a essa meta e é importante para o próximo ano. Eu sei que ainda estou no topo e posso lutar pelo ouro em Tóquio”, disse Schurter, campeão olímpico dos Jogos Rio 2016.
Schurter já venceu o Mundial em 2009, 2012, 2013, 2015, 2016, 2017, 2018 e agora 2019. O suíço, que no começo da semana declarou que estava em sua melhor forma na temporada, comprovou o bom momento. Com a ausência de Mathieu Van der Poel, que se destacou nesta temporada nas etapas da Copa do Mundo de MTB, mas preferiu treinar para o Mundial de Ciclismo de Estrada, Schurter chegou para a disputa no Canadá como franco-favorito.
Na largada, Schurter começou forte e Avancini o seguiu. O tcheco Ondej Cink, os franceses Jordan Sarrou, Victor Koretzky e Tempier perseguiam. Na segunda volta, Schurter seguia com Avancini, mas na terceira passagem o brasileiro começou a ficar para trás.
Schurter enfrentou todos os adversários que ameaçavam sua vantagem e encerrou a disputa com o tempo de 1h27min05s. O italiano Gerard Kerschbaumer teve um problema mecânico na reta final e ficou fora do pódio. Flueckiger cruzou em 2º, a 30 segundos, e Tempier em 3º, a 38 segundos. Avancini encerrou a 2min07s. 
“Acredito ter feito uma boa corrida e ter tentado um resultado expressivo, me mantendo em “contato” com a medalha até a penúltima volta. Para competir na ponta, neste nível, eu preciso de mais tempo e carga de treinamento. Não foi possível me preparar da maneira desejada. Fechar no top 10 do Mundial, é abaixo do almejado (já que as expectativas são ambiciosas) porém decente”, comentou Avancini.
Entre os brasileiros, Luiz Henrique Cocuzzi ficou em 41º, a 7min22s, Sherman Trezza foi o 61º, Guilherme Muller o 74º, Rubens Donizete terminou em 78º e Kennedi Lago em 79º.
-

Postar um comentário

[blogger]

Mazobiker

{google#Mazobiker}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget