Banner do Campeonato Paranaense de DH 2019
-->
NOVAS NOTÍCIAS:
Carregando...

Pedalando pela Vida: Evento reúne mais de 450 ciclistas

Sexta edição da iniciativa seguiu estimulando a doação de sangue.
Pedalando pela Vida: Evento reúne mais de 450 ciclistas


Mais uma vez, a adrenalina do ciclismo se misturou com a solidariedade. Gravatal recebeu a 6ª edição do Pedalando Pela Vida, reunindo mais de 450 participantes e cerca de 500 doações de sangue.

Segundo o organizador do evento, Thiago Deodato Pereira, a edição deste ano quebrou recordes tanto do número de participantes, quanto em doações de sangue.
“O evento contou com um percurso diferenciado esse ano, com 27 quilômetros, passando por cachoeiras, trilhas no interior de Gravatal. Depois fizemos um almoço no salão, com 650 pessoas. Só não tivemos mais gente participando, porque o salão não comportava mais. O evento foi um sucesso”, afirmou.
Para 2020, a ideia é receber ainda mais participantes. Para isso, a organização busca um local que comporte mais pessoas para o almoço.
“Neste ano tivemos vários ciclistas que entraram em contato na última hora e ficaram fora. A tendência é ano que vem, não termos mais essa limitação, adianta Thiago.

Objetivo de ajudar


Antes de ganhar a dimensão atual, o evento começou mais simples, mas desde o início já contava com um grande número de pessoas. “O evento começou com o primeiro pedal solidário, onde foi dois grupos. Um era o meu e outro de Tubarão. Nesse evento, a intenção era comprar uma bike adaptada para uma criança paraplégica. E na época não tinha inscrição. Cada um doava o que queria. Esperávamos cerca de 30, 40 pessoas. E chegamos a 230 ciclistas. Foi o pontapé inicial. Arrecadamos mais de R$ 3 mil, compramos a bike adaptada e o resto do dinheiro compramos cestas básicas e fraldas geriátricas para a Apae e outras famílias carentes”, conta.

Foi apenas no segundo ano que o Pedalando Pela Vida ganhou esse formato. E quase por acaso. “No segundo ano, não sabíamos o objetivo do evento. Minha mãe e meu irmão tinham chegado de uma doação de sangue e sugeriram isso. Eu achei que não ia dar certo, pois alguns tem medo da doação de sangue. Então eu tive a ideia, que todo o ciclista que doasse sangue, ganharia uma camiseta de ciclismo de doador”, afirma.

A ideia da doação era nova para os participantes. Tanto que cerca de 70% deles, fez a doação pela primeira vez na ocasião. Mas a iniciativa se manteve. Segundo Thiago, mais da metade continuou doando durante o ano. “Criaram o hábito pela nossa campanha. E a gente viu que hoje, não doam só pela camiseta. Não se for contabilizar, durante o ano inteiro, as passamos de 600, 700 doações”, revela.

Exemplo para outras cidades

A idéia que surgiu em Gravatal ganhou o Brasil. Principalmente após o vídeo que o grupo fez no ano passado, viralizou em todo o país. Na ocasião, o menino de Vitor, que lutava contra o câncer, gravou um agradecimento a todos que doaram sangue.

Com o sucesso do movimento, grupos de diversas cidades do país fizeram seus próprios eventos com o objetivo de estimular a doação de sangue.
“Mais de 50 cidades realizaram um Pedalando Pela Vida. Não podemos contabilizar quantas vidas foram salvas com isso”, conta Thiago.
O evento corre o Brasil. Foram realizados eventos do Rio Grande do Sul a Rondônia. Neste mês, será feito um em Presidente Prudente, no interior de São Paulo.
-
Fonte: https://notisul.com.br/geral/145861/pedalando-pela-vida-evento-reune-mais-de-450-ciclistas

0 comentários: