NOVAS NOTÍCIAS:
Carregando...

Mundial de MTB 2018 - Lenzerheide - Convocação da seleção gera polêmica

Atletas questionam critério escolhido pela Confederação Brasileira de Ciclismo para selecionar atletas que vão representar o Brasil na Suíça.
-
No dia 6 de de agosto deste ano, a Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC) divulgou os atletas brasileiros que representarão o pais no Campeonato Mundial de MTB 2018, prova que será realizada em Lenzerheide, na Suíça, entre os dias 05 e 09 de setembro.
Os atletas convocados foram Luiz Henrique Cocuzzi (Scott/Lar/Shimano), Henrique Avancini (Cannondale Factory Racing), José Gabriel (Groove/Chaoyang/Shimano/ASW) e Raiza Goulão (Primaflor-Mondraker-Rotor). A escolha dos representantes, porém, gerou alguma confusão e insatisfação entre atletas e técnicos, já que o critério utilizado pela CBC não leva em conta somente os pontos no ranking olímpico da UCI e sim outros critérios justificáveis. Com isso, Henrique Avancini, atual número 2 do mundo, foi um dos primeiros a relatar sua insatisfação.

"Já me posicionei algumas vezes em relação aos pontos que eu considero falhos, dentre eles: - Critérios justificáveis ao invés de critérios concretos prévios: Como exemplo na Elite Masculina os atletas convocados foram Luiz Cocuzzi e José Gabriel. O primeiro atual campeão Panamericano e 2º brasileiro no ranking UCI (Justificável!). O Zé é atual vice-campeão brasileiro Elite em seu primeiro ano na categoria (Justificável também)! Aí entra a falha! Quase sempre há uma justificativa. Mas eu me pergunto se a prioridade não deveria ser o Gotardelo, já que ele atualmente é o 2º colocado no ranking olímpico UCI", afirmou Avancini em sua conta do Instagram.

Segundo colocado entre os brasieliros no Ranking Olímpico da UCI, Guilherme Gotardelo Muller (Sense Factory Racing) também não ficou satisfeito com a decisão CBC.
"Mais uma vez fico sem entender as escolhas da CBC. Sou o segundo atleta de maior pontuação no ranking olímpico da UCI, fui top 3 entre os brasileiros em todas as provas que participei desde o início do ano, além de ser 4º colocado no campeonato Pan-americando de MTB na Colômbia esse ano. Todos que foram convocados tem seu mérito e merecem muito estar lá. Mas não faria sentido levar todos os pontuadores do ranking Olímpico? Já que o Brasil está na busca de vagas?", desabafou o ciclista em sua conta do Instagram.

Critérios de seleção

Segundo a CBC a convocação tem como objetivo exclusivo o Campeonato Mundial. Para selecionar os atletas convocados, foram adotados critérios objetivos, fundamentados em resultados esportivos (Campeonato Brasileiro, eventos nacionais, internacionais, e demais resultados de competições recentes), e também critérios subjetivos, como fator idade, renovação da base, surgimento de novos atletas com alto índice técnico e atletas que tenham apresentado resultados crescentes significativos ao longo da última temporada.

"Antes de criticar minha convocação busque no site da CBC o critério que está no site a semanas e entenda melhor o porque fui convocado. Fui segundo colocado na Campeonato Brasileiro e no RANKING UCI me encontro em terceiro, atrás de Cocuzzi e Guilherme e foi no qual foi usado como critério! E acima de tudo esta no site da CBC para todos os atletas criarem suas estratégias para conquista a vaga! Eu fiquei atento a isso e tracei estrategia em cima", afirmou José Gabriel em resposta à Avancini.
Além da confusão com os atletas, a convocação também gerou um certo desconforto na equipe Técnica, com o treinador Helio Souza deixando seu posto por não concordar com o atual formato. Em seu lugar, Cadu Polazzo foi selecionado para auxilar a equipe. A falta de mais atletas mulheres também incomodou, já que existe uma busca pela segunda vaga olímpica para as mulheres e somente uma atleta está sendo levada.
-
Fonte: https://www.pedal.com.br/mundial-de-mtb-2018-lenzerheide-convocacao-da-selecao-gera-polemica_texto13208.html

0 comentários: