NOVAS NOTÍCIAS:
Carregando...

ESPAÇO LOBI: Pedalando por Carambeí

O fim de semana foi bem proveitoso! Além de pedalar e encontrar amigos em Ponta Grossa, o Lobi e amigos também percorreram caminhos de Carambeí, tudo isso nos Campos Gerais. Foram quase 100 quilômetros pedalados no município em estradas rurais e pontos turísticos e característicos. Carambeí é conhecida como a Holanda do Paraná, devido a arquiteturas semelhantes, alimentos icônicos holandeses e a fundação do município por imigrantes dos Países Baixos.

Carambeí é um dos municípios situados nos Campos Gerais do Paraná, que já foi denominada o "paraíso terrestre do Brasil" pelo naturalista francês Auguste de Saint-Hilaire em virtude de suas paisagens naturais. O Lobi sempre está percorrendo esses caminhos que são espetaculares mesmo!

Pedalando no fim de semana

O pedal até Carambeí nesse fim de semana começou em Ponta Grossa onde Lobi e amigos seguiram pela avenida Souza Naves, sentido norte do Paraná, entrando na estrada da Bocaina, percorrendo a Santa Cruz, com uma pausa para descanso e registro de visitas na igrejinha de São Francisco de Chagas. 

Na cachoeira do Tamanduá, foi possível fazer um lanche e mais algumas fotos e vídeos. Partindo dali, passamos pelas duas pontes sobre o rio São João, pela avenida dos Pioneiros até a Fazenda Capão Grande e a Chácara do Nícolas. 

A pedalada também levou os amigos até o Rancho HS de Equitação e até o Parque Histórico de Carambeí. Já em região urbana, Lobi e os participantes desse pedal passaram pela Praça 4 de Abril e seu moinho holandês, Casas datadas de 1939, Igreja Evangélica Reformada, Monumento do Lavrador e para fechar o passeio, que teve cerca de 80 quilômetros, um registro no portal da cidade.

Alagados em Carambeí - Ponta Grossa/PR


Carambeí

Carambeí tem segredos, belezas, aromas e sabores na sua gastronomia que se caracterizam principalmente por influência das etnias holandesa e indonésia, porém com forte presença brasileira. As bem faladas tortas, consagradas pelos sabores tradicionais que seguem receitas centenárias e também aquelas que a criatividade e talento criaram transformam um simples degustar em uma experiência inesquecível aos paladares mais exigentes.

O sucesso das tortas é recente, desse século, já a tradição de acrescentar deliciosos, bolos, tortas e bolachas nas mesas de café da manhã e também da tarde é um hábito secular. Era em volta da mesa, principalmente no domingo, após voltar da Igreja, que as famílias se reuniam para tomar o café acompanhado dos familiares e amigos e ali se falava da semana que passou e também se traçava planos para uma nova jornada. Na mesa estavam todas as delicias produzidas com as receitas de família passadas de geração à geração sendo acrescidas, gradativamente, por pitadas de brasilidade adaptando-se a ingredientes tropicais.
A Tacinha em Carambeí - Ponta Grossa/PR
Além das tortas, Carambeí também imprime na sua gastronomia a exoticidade da cozinha indonésia, uma herança trazida por imigrantes holandeses vindos da Indonésia. Nessa receita um dos destaques é o Rysttafel que é uma reunião de mais de 20 diferentes receitas indonésias, sendo uma adaptação dos holandeses que colonizaram a Indonésia no século VI. As cores, diversidade de sabores que se misturavam a temperos agridoces e molhos de pimenta transformam o Rysttafel em um banquete colorido com aromas e sabores impressionantes.
Estando em Carambeí, aproveite da gastronomia e pedale depois para queimar as deliciosas calorias adquiridas. Foto: Divulgação
Tortas da tradicional Holandesa, de Amora, Chocolate com Pimenta, saborosos bolos, Lumpia, Rysttafel, Poffertjes, Bitterballens, Kroketten, Patatjes, Bitterballen, acompanhadas de cafés variados ou ainda de uma cerveja artesanal garantem o sucesso dessa gastronomia que torna Carambeí, um lugar mais que especial.
-
Fonte: http://www.lobi.com.br/2017/07/cicloturismo-pedal-carambei-parana.html

0 comentários: