...Mazobikers

-->

Através destas fontes você consegue acompanhar as principais provas do ciclismo mundial!

Clique em uma das Opções de Streaming para assistir...

Para fechar basta clicar no botão na referida Streaming...

As Transmissões do ciclismo feitas pela CyclingToday, EUROSPORT1 UK, EUROSPORT1 ES e EUROSPORT1 POR-PT iníciam-se sempre em torno de 09:00am.

Indicamos o uso do Browser BRAVE para que não haja aberturas de Popups/ADs.

Para o download do Brave Browser acesse aqui!


Espaço LOBI: Ponta Grossa desponta para o cicloturismo

O dia 3 de junho de 2017 (sábado) foi marcado pela amizade, paisagens espetaculares, motivação, esforço, alegria e pessoas "ponta firmes" em Ponta Grossa, onde aconteceu o Cicloturismo de Aventura do Lobi com mais de 40 participantes que percorreram os Campos Gerais, um dos melhores trajetos para a realização do cicloturismo de aventura no Paraná.
Logo no início da manhã, os cicloturistas se encontraram em Witmarsum e encaminharam para o pedal off-road que contou com a presença das dezenas de amigos e de autoridades do Poder Executivo de Ponta Grossa e de representantes de Prudentópolis e Carambeí, também no Paraná.
No Paraná a diversidade de roteiros e de atividades diferenciadas, aliadas à prática da aventura segura, proporciona uma mistura de grandes emoções e muita diversão. O estado dispõe de locais onde o ecoturismo, sobretudo o cicloturismo, contribui para a preservação e conservação do ambiente natural e a adoção de uma conduta consciente. E em Ponta Grossa, isso aconteceu.
A programação do Cicloturismo de Aventura tinha como roteiro de visitar os campos que dão nome á região, e alguns pontos turísticos como a cachoeira da Mariquinha, Capela de N.Sª das Pedras, Cachoeira do Perau e o Buraco do Padre, num passeio que se aproximou dos 100 quilômetros percorridos com esforço, amizade e prazer.
A rota do passeio foi definida depois de várias visitas e anunciada aos participantes que sabiam das condições duras, mas possíveis e prazerosas de se realizar.

"SUPER! Pedal pra fazer brilhar os olhinhos, pulsar coração, arrepiar a pele e vibrar o ar!!!!", comentou o ciclista de Curitiba Ricardo Navarro.
O grupo contou com carro de apoio, suprimentos de alimentação e hidratação. Aqueles cicloturistas que participaram do evento e que responderam às condições técnicas e físicas também estavam asseguradas com a apólice de seguro que o Lobi conta para os eventos em que está encabeçado.

Parte do grupo que participou do Cicloturismo de Aventura com o Lobi junto à vice-prefeita de Ponta Grossa. Professora Elizabeth Smith que também é secretária de Turismo do município. Foto: Rhamonn Rangel Cottar 

Prefeitura Municipal de Ponta Grossa, acesso ao locais, Prudentópolis e moradores da região

A participação nesse Cicloturismo de Aventura nos Campos Gerais era gratuita e condicionada a condições para a garantia da segurança, preservação à riscos e acidentes, manutenção ao meio ambiente, direito à propriedade privada e o direito ao lazer e o ir e vir. O Lobi apresentou as condições para a realização do pedal.

A vice-prefeita recepcionou os amigos do Lobi. Foto: Rhamonn Rangel Cottar
A Prefeitura de Ponta Grossa, por meio da Secretaria Municipal de Turismo e a Vice-Prefeitura, estiveram presente e o conhecimento de que o grupo estava visitando os pontos cicloturísticos do município. A Professora Elizabeth Schmidt, que é vice-prefeita e secretária de Turismo recepcionou o grupo no Buraco do Padre, um dos locais da programação de visitação.

Além do conhecimento das autoridades do Executivo Pontagrossense, o Lobi fez o contato com os proprietários das áreas visitadas onde há lavouras para informar o passeio e que o grupo passaria somente haveria autorização para dirimir qualquer prejuízo à produção agrícola. Um dos principais agricultores da região percorrida pelo grupo garantiu que o Lobi é um dos poucos que conseguem realizar os passeios sem degradar a área de plantio.
Franqueado o acesso em propriedades particulares, o acesso ao Buraco do Padre e Cachoeira da Mariquinha é concedido a partir da compra de tickets que foram adquiridos por cada um dos interessados a visitar os locais. A compra foi realizada diretamente aos gestores dos locais.
Grupo na Cachoeira da Mariquinha. Foto: Ricardo Navarro
Grupo diante da Capela de N.Sª das Pedras. Foto: Ivan Mendes
E os cicloturistas se rendem à beleza do Buraco do Padre. Foto: Ivan Mendes
Dezenas de cicloturistas conheceram esses locais que estavam entre os principais pontos do Cicloturismo de Aventura. Entre eles estavam muitos integrantes do Grupo Pedalada Cristã e também visitante do município de Prudentópolis.
"Ótimo pedal como o esperado, cheio de desafios e aventura espero poder participar em pedais futuros. Agradecido pelo convite", disse Luciano Voyvoda que levará a experiência para Prudentópolis, outro lugar que sempre o Lobi e amigos pedalam. Confira aqui.
A Pedalada Cristã é outra que teve a experiência do Cicloturismo de Aventura. "Obrigado por nos proporcionar esses passeios desafiadores!!!", exclamou Angelo Júnior, um dos integrantes do grupo Pedalada Cristã que acompanhou os amigos do Lobi e também juntou-se a dezenas de outros ciclistas do seu grupo.

Conhecer o local

Ponta Grossa é uma das localidades onde o Lobi e amigos mais pedalam. Somente em 2016 foram quase 10 passeios em diversos locais do município, clique aqui e confira. Junto com o Lobi foram mais de 100 visitantes nesses passeios. Em Ponta Grossa existe o Parque Estadual de Vila Velha onde constantemente vários amigos do Lobi de outros estados e localidades do Brasil fazem os passeios de cicloturismo guiados pelo nosso simpático lobinho e demais equipe.
Entre os parques mais visitas estão Serra da Baitaca (Caminho do Itupava), em Quatro Barras; o Parque Estadual de Vila Velha, em Ponta Grossa; e o Parque Estadual Pico do Marumbi, em Morretes. Apenas entre Natal e Ano Novo, os locais receberam cerca de três mil visitantes.
Para o presidente do Instituto Ambiental do Paraná, inserir o parque na programação turística é importante para incentivar a participação da sociedade na conservação do meio ambiente, mesmo de férias. “A gente só preserva aquilo que a gente conhece. Incentivar o lazer em locais onde a estrutura e o ambiente permitem é uma maneira mais leve de proporcionar esse conhecimento”, disse.

VILA VELHA 

Em Ponta Grossa, o Parque Estadual de Vila Velha é um dos locais mais visitados da região e o Lobi conhece e faz cicloturismo constantemente nesse parque, confira clicando aqui. Atualmente ele passa por um período de transição de gestão de atendimento ao público, com o encerramento do contrato entre IAP e Paraná Projetos e, por isso, a visitação está restrita aos Arenitos até a metade do mês.

Tombado como Patrimônio Histórico e Artístico Estadual, o Parque Estadual de Vila Velha tem mais de 3 mil hectares e diversas atrações, entre elas os Arenitos, Furnas e a Lagoa Dourada. Entre a fauna, já foram encontradas muitas espécies endêmicas e ameaçadas de extinção, como o lobo-guará, bugio-ruivo, tamanduá-bandeira, jaguatirica e aves como a águia-cinzenta, papagaio-de-peito-roxo, galito, caminheiro-grande e noivinha-de-rabo-preto.

Campos Gerais

A região dos Campos Gerais é um lugar de natureza privilegiada com aclives e declives em diferentes tipos de terrenos, sendo a maioria por estradas de chão, off road mesmo. O mais interessante é que, sempre quando chegamos no topo pedalando, avistamos paisagens surpreendentes; e, nas descidas, riachos e cachoeiras de todo o tipo e formação.

No século XVIII, estas terras eram passagem de inúmeros rebanhos de gado e tropeiros que percorriam o Caminho do Viamão, desde o Rio Grande do Sul até as feiras de São Paulo. O antigo fluxo desses viajantes exerceu fundamental importância na formação cultural e econômica do Paraná, que acolheu várias levas de imigrantes europeus nessa região. Um passado repleto de histórias, que pode ser revivido percorrendo a Rota dos Tropeiros ou o Roteiro dos Imigrantes ou ainda o Roteiro Industrial. Ponta Grossa é referência da Região, quer pelas suas empresas, por seus eventos ou ainda pela sua natureza.

O contraste entre os campos – onde surgem as imponentes araucárias – e as escarpas serranas é a característica principal da região. Essa paisagem proporciona cenários naturais de magia e rara beleza. Uma região onde os passeios podem ser de pura contemplação da paisagem ou de muita aventura, dentro de Parques e Reservas, como o de Vila Velha com suas formações rochosas e do Guartelá que abriga um dos maiores cânions do País e ainda Itaytyba, uma reserva de agradáveis surpresas em meio à área rural. São muitos os rios, mas destacam-se o Tibagi e o Iapó, proporcionando aventura e lazer.

As cidades históricas surgiram em grande parte, em função do pouso de tropeiros, como Palmeira, Castro, Tibagi, Jaguariaíva, Arapoti, Sengés e Piraí do Sul, onde se ergue o Santuário de Nossa Senhora das Brotas, a padroeira da Rota dos Tropeiros.

A cultura local é fortemente influenciada pelas inúmeras cooperativas de colonização holandesa e eslavo-germânica, como Batavo, Castrolanda, Witmarsum e Capal, que oferecem gastronomia, história, artesanato e um grande aprendizado.
Foto: © Valmir Singh


VISITA OFICIAL

Antes da realização do Cicloturismo de Aventura desse 3 de junho, o Lobi fez uma reunião com as autoridades de Ponta Grossa. No dia 30 de maio, foi apresentada programação do evento e outras intenções de realizações de projetos em Ponta Grossa. 
Participaram da reunião na Prefeitura de Ponta Grossa nesse fim de maio a vice-prefeita de Ponta Grossa que também é secretária de Turismo professora Elizabeth Schmidt, o presidente da Paraná Turismo professor Jacó Gimennes, o empreendedor Ivan Mendes, o assessor do Paraná Turismo Paulo Mosimann, a presidente da Agência de Desenvolvimento do Turismo dos Campos Gerais – ADETUR Cíntia Capri, e o Lobi.
O Lobi colocará Ponta Grossa como um dos roteiros mais indicados para o cicloturismo e também a intenção de realizar mais eventos e reuniões de cicloturistas no município. Ao fim da tarde do dia 30 de maio, visitações técnicas e levantamentos foram realizadas para a produção de eventos e hospitalidade em Ponta Grossa.
Da esquerda para direita: Professora Elizabeth Schmidt, Ivan Mendes, Paulo Mosimann e Cíntia Capri. Foto: Divulgação








Sobre o Lobi

O Lobi surgiu com o objetivo de ajudar os ciclistas e cicloturistas a conhecer os melhores lugares para passear e se aventurar de bicicleta. Principalmente, aqueles que gostam de pedalar em trilhas alternativas junto à natureza. É o resultado de anos de prática em "mountain bike" e turismo ecológico com milhares de quilômetros pedalados "on e off road".
Somos ciclistas experientes com conhecimento, principalmente no PR,SC e RS, região privilegiada pela natureza com muitos rios, matas, cachoeiras, montanhas e trilhas.
Curtiu esse passeio?
Curta também o Lobi no Facebook

Ecoturismo em Ponta Grossa

O ecoturismo pode ser realizado em sua essência em distintos pontos da região dos Campos Gerais, desenvolvendo uma relação sustentável com a natureza, conservação e educação ambiental. Destaca-se o Parque Estadual de Vila Velha, em Ponta Grossa, tendo como principal atrativo seus arenitos que possuem formatos variados. Também vale visitar o Parque Estadual do Guartelá, em Tibagi, que conta com belas paisagens que podem ser admiradas através de diversas opções de trilhas, além de possuir o 6º maior Canyon do mundo. Já para quem gosta de turismo geológico, a RPPN (Reserva Particular do Patrimônio Natural) Itáytyba é uma ótima opção para se apreciar os monumentos geomorfológicos existentes na região.

Postar um comentário

[blogger]

Mazobiker

{google#Mazobiker}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget