NOVAS NOTÍCIAS:
Carregando...

Jaguariaíva / Piraí do Sul e o Turismo Rural: Mais Renda para o Produtor...

O Turismo Rural oferece uma experiência e um contato diferenciado do cotidiano ao turista. Muitos procuram o campo para recarregar as energias e tirar um tempo só para si.
O Turismo Rural é um segmento do turismo que permite um contato direto e genuíno com a natureza, a agropecuária, tradições locais, através da hospedagem em hotel fazenda e camping. Uma experiência que proporcione ao turista um contato diferenciado do seu cotidiano, mas ao mesmo tempo deve ser domiciliar inserido no ambiente rural e familiar. São essas características que a Fazenda Cercado Grande, na divisa entre Jaguariaíva e Piraí do Sul, possui - uma imensa área de preservação permanente que é explorada com turismo.
O local vem proporcionando aos turistas do Norte do Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, entre outros estados, momentos de descontração e contato com a natureza. A Cercado Grande oferece trilhas na mata nativa com belas paisagens e exuberante biodiversidade, formações rochosas, lajeado para seu lazer, luz, água, telefone e cabana com lareira. No quesito alimentação oferece deliciosos pratos com frango caipira, carneiro, leitão e costela de chão. Porém, em relação à refeição é necessário avisar previamente para oferecer produtos frescos e que atendam corretamente um grupo de pessoas. Já nas acomodações oferece chalé, área para camping e um restaurante para atender os clientes.
José Luiz Fonseca Pereira

O proprietário da Fazenda Cercando Grande, José Luiz Fonseca Pereira, carinhosamente chamado pelos amigos de Zeca, destaca que a região dos Campos Gerais é privilegiada com belezas naturais e o produtor pode explorar essas riquezas de uma maneira consciente. “Temos aqui turismo de contemplação, aventura, científico, tecnológico, entre outros. O turismo rural é uma atividade secundária, pois o forte na propriedade é grãos e pecuária. Porém, o turismo agrega valor à propriedade e aproveita a oportunidade em que as cidades estão crescendo e o turista tem a carência da natureza. Portanto, é um campo econômico a ser explorado pelo produtor rural”, descreve. Ele destaca que é um dos pioneiros na região com a atividade e deseja incentivar outros proprietários para que aproveitem esse dinheiro extra que pode entrar através do entretenimento, pois tem mercado e a propriedade recebe turista de diversos lugares.
Zeca lembra que a atividade na Cercado Grande nasceu com a visita de amigos que vinham da cidade para passar uns dias no campo e através deles outras pessoas começaram a frequentar o local e assim surgiu a oportunidade de renda extra. Hoje os turistas chegam até a propriedade por uma agência de turismo que passa todas as características do local aos clientes. “Hoje temos a empresa Adventurous Friends, que está explorando o local por Jaguariaíva e traz muitos turistas para fazerem rafting, trilha de bike, jipe e outros.
Toda essa movimentação não traz dinheiro somente para as propriedades rurais, mas também para outros setores do comércio como postos de gasolina, farmácias e lanchonetes”, frisa o proprietário. Ele destaca que a parceria entre produtores pode dar certo e nem todos precisam fazer investimentos em construções.
“O produtor não precisa ter toda a estrutura como chalés, restaurante e outras coisas. Pois, ele pode fazer uma parceria com quem já possui a estrutura e levar os turistas na sua propriedade com um guia capacitado e aproveitar a beleza da natureza como cachoeiras, rios, paredões, assim ele também terá uma renda extra”, explica Zeca.


Restaurante Rural - Hoje a Cercado Grande investiu em um restaurante rural onde recebe grupos de turistas que fazem montain bike, jipeiros, entre outros.
 “Com a estrutura do restaurante temos feito agendamentos para atender esses clientes, pois podemos fazer costela do chão, leitão assado, frango caipira e outras comidas caseiras deliciosas. Sempre após as refeições, os turistas saem para conhecer os sítios arqueológicos com pinturas rupestres, trilhas com mais de 10km, passeio pelo cânion, e turismo de esporte com boiacross, rafting e rapel. Além disso, podem fazer cavalgada e, em algumas noites, com agendamento, montamos um observatório astronômico. A procura para isso sempre acontece mais no inverno por causa do tempo”, descreve Zeca.
Ele explica que os turistas procuram o local mais em épocas de férias, como verão, onde buscam atividades ligadas ao rio, cachoeiras, trilhas. Já no inverno a busca é mais no final de semana ou feriado prolongado que visitam a fazenda e propriedades vizinhas.
“A nossa atividade não explora somente a Cercado Grande, pois temos vizinhos de ótimo potencial natural e, através de uma parceira, levamos os turistas até lá e depois fazemos um partilha dos lucros referente ao número de pessoas que visitaram determinado local. Assim, eu sou beneficiado e o meu vizinho também, portanto, essa cultura de partilha é que também precisa ser fomentada”, incentiva.



O acadêmico de direito e morador de Maringá, Anselmo Santaroza, explica que procurou o local com mais dois amigos, Silvio e Rogério, para aproveitar os últimos dias de férias de verão e fazer o aquatrekking, que consiste em caminhar por dentro dos rios, transpondo pedras, quedas d’agua, cachoeiras e quaisquer outros obstáculos que aumentem o desafio.
“Como somos da cidade, precisávamos fazer uma atividade diferente e que nos desse motivação para aguentar 2017. Procuramos uma área de Camping e encontramos aqui na Cercado Grande, onde pudemos fazer atividades como montain bike, banho de cachoeira e pegar muita lama e chuva em um dia ou outro. Tudo isso nos dá sensação de liberdade, longe do trânsito, da tecnologia, sem horários, rotina e podemos aproveitar o nosso tempo”, descreve o turista.

Serviço:

Quer saber mais sobre a Fazenda Cercado Grande, entre em contato pelo fone Fonseca: (42) 99940-4780 e (42)98872-3122.









-
Fonte: http://www.sindruralpg.com.br/single-post/2017/02/09/Turismo-Rural-mais-renda-para-o-produtor

0 comentários: