NOVAS NOTÍCIAS:
Carregando...

Sueca Jenny Rissveds leva o ouro no Mountain Bike - Rio 2016

___Com torcida colada à pista, sueca leva o ouro; brasileira termina prova em 20º
___Jenny Rissveds vence com o tempo de 1h30m15s. Torcedores acompanham a disputa próximo dos competidores e a cada passagem dos ciclistas davam grito de incentivo.
-
___No dicionário a palavra linda diz que é algo muito bonito, ótimo, excelente... São várias as definições. Esse nome está no registro de nascimento da ciclista Linda Indergrand. Poderia se encaixar perfeitamente também em relação ao desempenho da suíça na prova feminina de mountain bike neste sábado, no Parque Olímpico de Deodoro. Ela liderou boa parte da disputa, mas acabou sendo superado nos últimos minutos pela sueca Jenny Rissveds, que aos 22 anos conquistou a medalha de ouro da Rio 2016 com o tempo de 1h30m15. O pódio foi complementado pela polonesa Maja Wloszczowska (prata) e a canadense Catharine Pendrel (bronze).

Sueca Jenny Rissveds conquistou o ouro na Olimpíada do Rio (Foto: Reuters)
___A brasileira Raiza Goulão, estreante em Jogos Olímpicos, terminou na 20ª posição com a marca de 1h39m21s. A meta inicial da ciclista goiana era ficar entre as 15 melhores, de um total de 30 atletas. Mas esse resultado alcançado também estava dentro dos planos.
Raiza Goulão chegou em vigésimo lugar na prova (Foto: Bryn Lennon/GettyImages)
- Queria agradecer a toda minha equipe, meu time, foi uma ótima experiência e um ótimo resultado para mim que estou há cinco, seis anos pedalando. Acho que é motivação para continuar treinando forte e buscar um ótimo desempenho. O percurso foi bem pesado, com subidas longas. Fiquei surpresa, adorei o circuito, é digno de uma Olimpíada. Fiquei muito feliz de ser no Brasil. Nunca contei com uma torcida tão calorosa. Tenho que agradecer a todo mundo e pedir desculpas por não ter conseguido uma posição melhor. A energia estava muito boa mesmo - avaliou Raiza Goulão.
____Na prova, a representante do Brasil travou um duelo particular com Sabine Spitz. A alemã, que terminou uma posição à frente de Raiza, tem nada menos que três medalhas nos Jogos Olímpicos: bronze em Atenas 2004, ouro em Pequim 2008 e prata em Londres 2012.
- Foi uma grande experiência. Na última volta ela veio recuperando, mas tenho muita honra de disputar posição com uma atleta medalhista olímpica. Foi uma grande motivação e que venham as próximas. Com fé em Deus, vou buscar um resultado muito mais expressivo em Tóquio 2020 - comentou.
Maja Wloszczowska, Jenny Rissveds e Catharine Pendrel formaram o pódio (Foto: Reuters)
Público acompanhou a prova colado com a pista (Foto: Christian Petersen/GettyImages)
___Durante o percurso, o público pôde acompanhar bem de pertinho os ciclistas. Quase "invadindo" a pista. Muitos saudaram os competidores, dando um grito de incentivo a cada passagem deles e também registrando o momento com uma selfie, por exemplo, para deixar guardado de lembrança.
-
Fonte: http://globoesporte.globo.com/olimpiadas/ciclismo/noticia/2016/08/com-torcida-colada-pista-sueca-leva-o-ouro-brasileira-termina-prova-em-20.html

0 comentários: