NOVAS NOTÍCIAS:
Carregando...

Scott apresenta a nova linha de bicicletas 2017

___Mais leves, rígidos e desenvolvidos com nova tecnologia, modelos tem como objetivo proporcionar ao ciclista a experiência de pedalar no mais alto nível
___Scott, uma das principais marcas de bicicleta do mundo, apresenta suas duas novas mountain bikes para a linha 2017: Scale e Spark. Quadros mais leves e rígidos são desenvolvidos com nova tecnologia, comprovando a paixão e o comprometimento da marca suíça que não pensa somente em oferecer ao ciclista um equipamento de alta qualidade, mas também proporcionar o pedal ou competição no mais alto nível.  
Scott apresenta suas duas novas mountain bikes para a linha 2017: Scale e Spark. Foto: Martin Bissig/Scott

Scale: a grande dominadora de incontáveis batalhas em Copas do Mundo
___Essa super máquina da Scott venceu muitas etapas da Copa do Mundo e pode se gabar de ter conquistado os títulos de campeã mundial. Quando pensamos em Scale, lembramos de Nino Schurter, pois nenhuma outra combinação atleta e bicicleta venceu tantas competições.
“A nova Scale não é só incrivelmente leve, mas também preconiza muito conforto em seu triângulo traseiro, o que é muito importante quando passo por descidas muito técnicas. Ela me poupa energia tanto nas descidas quanto nas subidas. Outra grande mudança é a geometria que me proporciona melhor distribuição de peso entre as duas rodas e uma frente mais estável, além da bicicleta estar mais ágil devido ao chainstay mais curto”, afirma Nino Schurter.
Scale RC 900 SL. Foto: Martin Bissig/Scott
Scott Scale RC 900 World Cup. Foto: Martin Bisseg/Scott
___Devido a sua longa trajetória de grandes conquistas é difícil encontrar uma bike que possa competir com a Scale. A linha 2017 não deixou por menos e em sua nova plataforma chega completamente melhorada, mais ágil e em melhor forma do que nunca.

Detalhes técnicos:
- 849 gramas para o quadro Scale SL no Tamanho M (Fibras HMX).
- Geometria redefinida: superioridade em todas as manobras (comparado a Scale anterior).
- Em média, 47 por cento mais confortável que a Scale anterior, sem perder rigidez e ainda mais ágil.
- Suporte para o Caliper traseiro: O funcionamento do seatstay é fundamental para o conforto do atleta enquanto encara os diferentes obstáculos. Para que o seatstay desempenhe seu papel de conforto apropriadamente, eles devem estar livres do efeito enrijecedor do suporte do freio traseiro e em busca do melhor equilíbrio entre as funções de rigidez e conforto. Pensando nisso, nós revemos todo o paradigma que era o suporte do freio traseiro na nova Scale.
- Nova gancheira: redesenhada para ser integrada ao eixo, mais leve e eficiente, o novo design evita danos ao quadro em caso de impacto no câmbio traseiro. Disponível para câmbios Sram e Shimano Direct Mount.
- Geometria do quadro: o chainstay da linha 29” está mais curto em 13mm além de ter o seat tube 1,1° mais elevado ajudando a distribuir o peso do ciclista de forma equilibrada entre as duas rodas. A 27,5” segue a mesma geometria, porém com o chainstay mais curto em 2mm.
Observação: os modelos 945 e 965 em alumínio não existiam no ano passado. Essas novidades trazem componentes Sram, algo que não acontecia.

Spark: leveza com simplicidade
___Por despertar o interesse tanto de atletas profissionais quanto amadores, a nova Spark vem para atender todos os tipos de ciclistas. Por isso desenvolvemos um quadro específico para uso com duas coroas e um quadro somente para uma coroa. Baseado no critério seletivo do campeão Nino Schurter na montagem, a Spark não é diferente daquele que chega ao consumidor final. Isso vale para todos os 33 modelos da linha.
Scott 2017 Spark 900 Premium. Foto: Martin Bissig/Scott


Veja as novidades da versão 2017:
- Câmbio dianteiro High Direct Mount: enquanto a Spark antiga usa o câmbio dianteiro Direct Mount, a nova vem com o High Direct Mount nos modelos equipados com duas coroas, esse câmbio permitiu mais espaço para desenvolvermos o pivô principal mais largo e um chainstay mais reforçado. O quadro da Spark RC é projetado especificamente para o uso de somente uma coroa na dianteira. Isso nos permitiu trabalhar mais leveza e rigidez em pontos específicos do quadro além de retrabalhar a simetria do conjunto formado por triângulo dianteiro e balança traseira.
- Nova balança traseira: construída a partir de uma única parte de carbono moldada, foram usados menos metal e menos encaixes. Essa medida reduziu o peso da bicicleta em 130 gramas.
- Amortecimento Trunnion Mount: adotamos o novo sistema de shock traseiro Metric Trunnion Mount. O corpo do shock agora se estende entre os dois parafusos em uma nova posição permitindo maior curso para o mesmo tamanho de shock (165mm de olho a olho) assim, o curso efetivo (Stroke) do amortecedor passa de 38mm para 40/45mm, representando um ganho de até 7mm durante o funcionamento.
- Tecnologia de amortecimento: O link do pivô foi alterado para um rocket link, permitindo chegar a características e funcionamento do amortecedor superiores ao design anterior. Após anos de estudo, os engenheiros da Scott substituíram a plataforma antiga, pois concluíram que esse sistema é o caminho certo para oferecer a melhor cinemática aliada ao mais baixo peso e rigidez.
Scott 2017 Spark 700. Foto: Martin Bisseg/Scott

“A nova Spark vem pronta para competir no mais alto nível. Eu não poderia querer no momento uma bike mais perfeita. Ela é inacreditavelmente leve e rígida, me proporcionando a sensação de eficiência de uma hardtail. O comportamento desse novo quadro se encaixa perfeitamente ao meu estilo de pilotagem, pois a nova cinemática proporciona amortecimento mais eficiente e progressivo. A suspensão é mais sensível no início do curso e se torna mais estável do SAG em diante com a progressão do curso final perfeita para o XCO”, analisa o atleta Scott, Nino Schurter. Componentes Syncros SL
___Reduzir cada vez mais o peso do quadro sem perder rigidez. O segredo de conseguir o melhor resultado dentro desses padrões está nos componentes Syncros SL, presentes, por exemplo, na Scale 700 RC SL. A linha é uma das novidades nas bicicletas 2017 da Scott e foi desenvolvida baseada no objetivo de reduzir o peso, proporcionar maior conforto e aumentar a rigidez estrutural das bikes.

Divisão dos modelos nas linhas
___Os modelos Scale serão divididos em RC (carbono HMX); 900, 910, 920, 930 e 935 (carbono HMF); e os 940, 945, 950, 960, 965 e 970 (alumínio). Ao todo, são mais de 26 bikes diferentes, tanto 27,5” quanto 29” – além da Contessa.
___Já na linha Spark, são 33 modelos diferentes, divididos em:

- RC SL; RC World Cup; RC Ultimate e RC Pro 700/900: carbono HMX, 1 Coroa e Susp. Diant. 100mm
- Ultimate e Premium: 700/900: carbono HMX, 2 Coroas e Susp. Diant. 120mm
- 900/700, 910/710, 920/720, 930/730: carbono HMF, Susp. Diant. 120mm
- 940/740, 945/745, 950/750, 960/760: alumínio, Susp. Diant. 120mm

Segurança e proteção

___Outra novidade da linha mountain bike da Scott é o novo capacete Centric Plus. Desenvolvido sob o acompanhamento de pilotos de expressão mundial, ele traz toda a experiência da marca para oferecer maior aerodinâmica, além de mais ventilação e conforto.
-
Fonte: http://www.webventure.com.br/h/noticias/scott-apresenta-a-nova-linha-de-bicicletas-2017/34042

0 comentários: