NOVAS NOTÍCIAS:
Carregando...

VUELTA com trajeto montanhoso em 2016

___A 71.ª edição da Volta a Espanha, foi apresentada neste sábado e promete ser uma prova "sem etapas mornas", com um trajeto montanhoso, que levará o pelotão do Atlântico ao Mediterrâneo e com passagem garantida nos Pirenéus franceses.
___A Vuelta 2016 - que parte de Ourense, na Galiza, a 20 de agosto e termina em Madrid a 11 de setembro - terá uma extensão total de 3.277 quilômetros, repartidos por 21 etapas, com dois dias de descanso pelo meio.
___Com 10 chegadas em alto, a última das quais em Aitana (Alicante) um dia antes da chegada à capital espanhola, e um contrarrelógio individual de 39 quilômetros, em Calpe, a dois dias do final, a prova apresenta um traçado emocionante até ao final.
___Durante a primeira semana, a Vuelta pedalará em quatro províncias espanholas, com o primeiro camisa vermelha a ser eleito depois de um contrarrelógio por equipes, entre Lais e Castrelo de Mino, de 29,4 quilômetros.
___No dia seguinte, os sprinters poderão impor-se na etapa entre Orense e Baiona, que antecede a tirada que termina no imponente Mirador de Ezaro.
___Depois deixar a Galiza, a prova ruma à província de Zamora, entrando de seguida nas montanhas das Astúrias, onde poderão começar a vislumbrar-se os principais candidatos à sucessão de Fabio Aru, vencedor da edição de 2015.
___Antes do primeiro dia de descanso, a 30 de agosto, o pelotão enfrentará duas chegadas em alto, a Naranco e Lagos de Covadonga.
___No último dia de agosto, a Vuelta regressa à estrada para mais uma chegada propícia para escaladores, com chegada a Peña Cabarga.
___Na ligação entre o País Basco e Navarra, o pelotão disputará a mais longa das 21 etapas, quase uma clássica, que ligará Bilbao a Urdax-Dantxarinea, numa distância de 212 quilômetros, bem perto da fronteira com França.
___A 03 de setembro, a prova entra na fase decisiva e em território gaulês, com chegada marcada a Aubisque, depois de três contagens de montanha de primeira categoria e uma de categoria super.
___Dos Pirinéus franceses, a Vuelta ruma à costa valenciana, que será palco de cinco etapas, entre as quais o único contrarrelógio individual, de 39 quilômetros, com chegada em alto a Calpe, que o diretor da prova considerou decisivo para 'eleger' o vencedor.
"Creio que a Vuelta se decidirá neste contrarrelógio", disse Javier Guillen, sobre a 19.ª etapa, agendada para 9 de setembro entre Xabia e Calpe.
___No penúltimo dia, o Alto de Aitana, onde o pelotão chegará após uma etapa de 184 quilômetros, dos quais os 22 últimos com uma subida com 5,7% de inclinação média.
___O vencedor da 71.ª edição e sucessor do italiano Fabio Aru será coroado a 11 de setembro no habitual palco das festas do desporto espanhol: a Praça Cibeles.

Etapas:
1.ª etapa:
20 ago, Laias - Castrelo de Mino. 29,4 km (CRI equipas).
2.ª etapa: 21 ago, Ourense - Baiona, 159 km.
3.ª etapa: 22 ago, Marin - Mirador de Ezaro, 170km.
4.ª etapa: 23 ago, Betanzos - San Andres de Teixido, 161 km.
5.ª etapa: 24 ago, Viveiro - Lugo, 170 km.
6.ª etapa: 25 ago, Monforte de Lemos - Luintra, 163 km.
7.ª etapa: 26 ago, Maceda - Puebla de Sanabria, 158,3 km.
8.ª etapa: 27 ago, Villalpando - La Camperona, 177 km.
9.ª etapa: 28 ago, Cistierna - Oviedo/Alto Naranco, 165 km.
10.ª etapa: 29 ago, Lugones - Lagos de Covadonga, 186.6 km.
# Primeiro dia de descanso: 30 ago.
11.ª etapa: 31 ago, Colunga - Pena Cabarga, 168.6 km.
12.ª etapa: 01 set, Corrales de Buelna - Bilbao, 193.2 km.
13.ª etapa: 02 set, Bilbao - Urdax-Dantxarinea, 212.8 km.
14.ª etapa: 03 set, Urdax Dantxarinea - Aubisque, 195.6 km.
15.ª etapa: 04 set, Sabinanigo - Aramon Formigal, 120 km.
16.ª etapa: 05 set, Alcaniz - Peniscola, 158 km.
# Segundo dia de descanso: 06 set.
17.ª etapa: 07 set, Castellon - Llucena, 173,3 km.
18.ª etapa: 08 set, Requena - Gandia, 191 km.
19.ª etapa: 09 set, Xabia -- Calpe, 39km (CRI).
20.ª etapa: 10 set, Benidorm - Alto de Aitana, 184 km.
21.ª etapa: 11 set, Las Rozas - Madrid, 102.5 km
-
Fonte: http://www.record.xl.pt/modalidades/ciclismo/detalhe/vuelta-com-trajeto-montanhoso-em-2016.html

0 comentários: