NOVAS NOTÍCIAS:
Carregando...

Morte de ciclista brasileiro é lamentada por campeão mundial: "É uma pena"

 ___A trágica morte do ciclista brasileiro Cláudio Clarindo, de 38 anos, atingido por um carro enquanto treinava na rodovia Rio-Santos na última segunda-feira, foi lamentada pelo campeão mundial da modalidade, Peter Sagan, que esteve no Rio de Janeiro nesta terça para fazer o reconhecimento do percurso dos Jogos Olímpicos de 2016. Durante visita a uma loja de artigos de ciclismo, o eslovaco de 26 anos respeitou um minuto de silêncio em respeito a Clarindo. Em entrevista, ele ressaltou os perigos do ciclismo de estrada e disse que todos os atletas estão expostos a acidentes desse tipo.
"Eu soube da história através de um dos ciclistas que me apresentou o percurso. Lamento muito por ele, é uma pena. O ciclismo é um esporte muito bonito, mas é perigoso. Não é praticado dentro de um estádio, estamos do lado de fora, no meio do tráfego, nas estradas. A bicicleta não protege muito também. É um risco que corremos. Acidentes podem acontecer a qualquer momento." Disse Sagan
___Especialista em provas de longas distâncias, Clarindo era um dos maiores ciclistas do país e considerado um dos dez melhores do mundo na modalidade. O condutor do veículo, Gabriel Bensdorf Aguiar de Oliveira, de 24 anos, responderá por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.
___Independentemente das circunstâncias do acidente que vitimo Clarindo, na visão de Sagan, para que o ciclismo seja um esporte mais seguro, é preciso mais respeito entre as pessoas nas ruas e estradas.
"O problema são as pessoas, acredito. Há bons e maus motoristas lá fora. Se as pessoas não começarem a respeitar umas as outras será sempre perigoso" resumiu Sagan
___O eslovaco lembrou de outros dois acidentes que aconteceram nesta semana. Um deles foi em circunstâncias bem parecidas como a de Clarindo. Seis atletas da equipe Giant-Alpecin foram atingidos por um carro que invadiu a contramão enquanto treinavam em uma estrada na cidade de Alicante, na Espanha. Já o outro foi durante uma competição. O italiano Adriano Malori sofreu um mau súbito durante o Tour de San Luis, na Argentina, e provocou um “strike” entre diversos competidores (veja o vídeo).
"Nas últimas semanas aconteceram muitos acidentes ruins. A equipe Giant sofreu uma acidente grave, o Adriano Malori também se acidentou, mas durante uma prova, no Tour de San Luis."
Atletas da equipe Giant-Alpecin foram atingidos por um carro durante treinamento na Espanha
___Peter Sagan, que completou 26 anos nesta terça-feira, aproveitou a disputa do Tour de San Luis, realizado nesta semana na Argentina, e passou no Rio para conhecer o percurso que será utilizado na prova de ciclismo estrada nos Jogos Olímpicos deste ano. Acompanhado de outros ciclistas, o eslovaco conheceu o trajeto que será utilizado na competição de ciclismo de estrada em agosto.
Peter Sagan e companheiros de equipe percorrem trajeto da prova de ciclismo estrada do Rio 2016
 ___Serão 164,9km em uma rota diversificada, que une belezas naturais a um trajeto duro e seletivo, com subidas íngremes, paralelepípedos e descidas técnicas. A largada será na praia de Copacabana. Em seguida os competidores percorrem a orla, sobem a Avenida Niemeyer, passam por toda a extensão da Barra da Tijuca até Prainha-Grumari (2), onde completarão duas voltas. Eles retornam pela Barra, dão duas voltas pela Floresta da Tijuca (3 e 4) e terminam a competição em São Conrado.
-
Fonte: http://globoesporte.globo.com/ciclismo/noticia/2016/01/morte-de-ciclista-brasileiro-e-lamentada-por-campeao-mundial-e-uma-pena.html#esporte-ciclismo

0 comentários: