NOVAS NOTÍCIAS:
Carregando...

Richie Porte conquista neste último domingo a Volta à Catalunha

http://thumbs.web.sapo.io/?W=800&H=533&Q=65&pic=https%3A%2F%2Fsm1.imgs.sapo.pt%2Fmb%2F0%2Fb%2Fe%2Fd905076a6d15b543fc3fa5a41ad667c5b2085.jpg&hash=f594a6c994e366ae775e2b99de3cae35&errorpic=http%3A%2F%2Fassets.web.sapo.io%2Fdesporto%2Fimgs%2Fno-photo.jpg 
. O ciclista australiano Richie Porte (Sky) confirmou este domingo a sua vitória na Volta à Catalunha, numa etapa em que o espanhol Alejandro Valverde (Movistar) foi forte para conquistar o seu terceiro triunfo em sete etapas.

. Richie Porte, que venceu o Paris-Nice há duas semanas, demonstrou que o seu quase perfeito início de temporada está longe de esmorecer, ao acrescentar um segundo triunfo numa prova por etapas do WorldTour a sua lista de triunfos de 2015, depois de ser 19.º na sétima e última etapa, com o mesmo tempo do vencedor.

"Depois do Tour Down Under [n.d.r.: foi segundo] e da vitória no Paris-Nice, não esperava vencer esta prova, sobretudo depois da fuga de segunda-feira. Este triunfo é algo fantástico. Quando ganhas o Paris-Nice e a Volta à Catalunha, podes ganhar o Giro", disse o ciclista da Sky, que tem como grande objetivo da temporada a conquista da Volta a Itália.

. O circuito final da Volta à Catalunha, um traçado de 126,6 quilômetros, que compreendeu oito subidas ao Parque de Montjuic, em Barcelona, terminou da mesma forma que duas outras etapas da corrida: com a vitória de Alejandro Valverde.

. O líder da Movistar foi o mais forte no "sprint" final, encabeçando um grupo de 31 ciclistas, que registaram o tempo de 2h47m33s, e batendo o francês Bryan Coquard (Europcar) e o russo Sergei Chernetski (Katusha).

. Emocionado, o veterano espanhol abraçou o colega e amigo Jose Joaquin Rojas, celebrando também a subida ao segundo lugar da geral, graças às bonificações atribuídas ao vencedor.

. Tal como no ano passado, a diferença entre primeiro e segundo ficou nos quatro segundos, um fato que poderia ter sido diferente caso Valverde não tivesse ficado atrasado na terceira etapa, devido a uma queda.

. Segundo em 2014, Alberto Contador (Tinkoff-Saxo) voltou a ficar aquém do esperado, sendo mesmo afastado do pódio por Domenico Pozzovivo (Ag2r-La Mondiale). O italiano, que ficou a cinco segundos de Porte, relegou o espanhol para o quarto lugar por dois segundos.

-
Fonte: http://desporto.sapo.pt/ciclismo/artigo/2015/03/29/richie-porte-conquista-volta-a-catalunha

0 comentários: