NOVAS NOTÍCIAS:
Carregando...

Espaço DHGIRLS: As meninas no Downhill

Por Lais Duarte

. Down hill - Morro abaixo. Essa é a modalidade escolhida por 6 mulheres adeptas dos esportes radicais: descer montanhas pedalando. Elas foram a DH Girls. Há mais de 2 anos a representante de vendas de Atibaia, Fabiana Carvalho, a headhunter Lenyta Diniz, a consultora de proteção financeira Patrícia Loureiro, a farmacêutica Marília Duarte, a advogada Luana Gardim e a representante comercial Janaína Fernandes se reúnem aos sábados, domingos e feriados para cortar montanhas em trilhas eletrizantes.
http://academialucena.com.br/img/gallery/m03.jpg
Atleta de Atibaia patrocinada pela Academia Lucena integra primeira equipe feminina da modalidade no país.

. Descendo montanhas, em meio às árvores, arbustos, rampas, pedras, sentem as bicicletas tremerem sob seus corpos. Sentem a adrenalina da velocidade. Sentem as dores dos incontáveis tombos.
. Todas colecionam cicatrizes e fraturas, consequências conhecidas dos esportes de risco. Mas todos os cuidados com a segurança são adotados. Vão do capacete reforçado às luvas, passando pelo colete, joelheira, proteção para o pescoço.
. Fabiana, atleta da Academia Lucena, abandonou o vôlei anos atrás. Procurava um esporte que a completasse. Encontrou o Downhill. Ela conta que o maior desafio das meninas que pilotam essas bikes nem é uma ladeira íngreme.
"A maior dificuldade é entrar no esporte, ainda muito masculino. Tem provas com 150 pilotos homens inscritos e apenas 10, 12 mulheres, resume Fabiana".
. O preço também pesa no bolso das iniciantes. A bicicleta certa para a modalidade pode custar de 4 mil a 28 mil reais. Com dificuldades, vontade e velocidade sobre os pedais, elas se arriscam Brasil afora.
Olha ai a Fabiana Carvalho em Ação!
. As DH Girls disputaram provas como Downhill Descida Radical, Descida das Escadas de Mont Serrat, Campeonato Brasileiro e Paulista. A preparação não é nada simples. Exige muita musculação, treinos em academia, trilhas no meio da mata, principalmente na Serra da Cantareira, região metropolitana de São Paulo.

Sacrifício? Nem um pouco!
Fabiana Carvalho define: "É uma sensação única praticar downhill. Você se desliga do mundo, deixa seus problemas para trás, na poeira. Somos só nós, as bikes e a natureza."

-
Fonte:  http://academialucena.com.br/meninas-downhill.html

1 comentários:

Ana luisa e maithê mendes disse...

Olha eu gostaria de fala que é linda essa bicicleta eu queria uma dessa de bresete. obrigado