NOVAS NOTÍCIAS:
Carregando...

Ciclistas se reúnem para conhecer oásis pouco conhecido em Umuarama

http://www.revistabicicleta.com.br/admin/fotos/noticias/201220141231081459umuarama.jpg
. Umuarama – O Japan Team (JT), um dos grupos de ciclismo mais atuantes de Umuarama, decidiu fazer um pedal – termo utilizado pelos ciclistas para definir um passeio coletivo – para a Represa do Desengano. Apesar do nome do lugar significar desilusão, decepção, ou desespero, na realidade, trata-se de um verdadeiro oásis, em meio a uma imensidão de cana-de-açúcar.
. Um dos entusiastas com o lugar é Udnilson dos Santos Leonel, o Léo. Ele conta que combinou com seus amigos de bike para fazerem um evento que fechasse o ano de atividades com ‘chave de ouro’.
 “Gostamos de esportes entre amigos e família, em contato com a natureza. Conhecia o lugar e queria que meus colegas de pedal também conhecessem. Foi formidável”, definiu.
. Léo conta que 15 pessoas participaram da aventura. A maioria - 13 para ser mais exato - foi de bicicletas e duas seguiram de carro, como apoio.
“Saímos às 7 horas da manhã e seguimos rumo a Xambrê, onde fizemos a primeira parada. De lá seguimos para Roberto Silveira – distrito de Umuarama. Aí, foram mais sete quilômetros até a Represa do Desengano”, ensina.
. Ana Leila Marques conta que o percurso foi cansativo, mas ao se deparar com a imensidão de água, a poucos metros da estrada, tudo valeu a pena. “Muita areia, poeira, sol escaldante e uma represa abençoada no fim. A cachoeira então, é impagável. Nem imaginamos como nossa região é bonita. Um lugar deste tão perto e pouca gente conhece”, destaca.
Ismael Rosada fez questão de pedalar com a esposa e o filho. Para ele o lugar precisa ser aproveitado, protegido e preservado.
“O cicloturismo é pouco difundido em nossa região, porém, lugares como estes provam que temos muito potencial, sobretudo no que tange ao turismo rural. É preciso aproveitá-lo com consciência ambiental é claro”, observa.
Silvano Bertinoti conta que o grupo de ciclistas sempre procura lugares e estradas que são verdadeiros cartões postais. Ele conta que os pedais são quase que diário e o resultado dos passeios são postados nas redes sociais.
“Umuarama tem paisagens magníficas. Em nossos pedais, aproveitamos ao máximo. Fazemos uma infinidade de fotografias e desfrutamos de locais como estes: verdadeiras dádivas”.
A definição de Bertinoti é perfeita e, para quem pensa que ao paraíso se chega por caminho estreito e sinuoso fica a dica. O ‘Desengano’ oferece acesso fácil, mesmo assim, boa parte dos umuaramenses sequer imagina que estão a 40 quilômetros de uma verdadeira pintura produzida pela mais criativa das artistas: a Mãe Natureza.
-
Fonte: http://www.ilustrado.com.br/jornal/ExibeNoticia.aspx?Not=Ciclistas%20se%20re%C3%BAnem%20para%20conhecer%20o%C3%A1sis%20pouco%20conhecido%20em%20Umuarama&NotID=63036

0 comentários: