...Mazobikers

Através destas fontes você consegue acompanhar as principais provas do ciclismo mundial!

Clique em uma das Opções de Streaming para assistir...

Para fechar basta clicar no botão na referida Streaming...

As Transmissões do ciclismo feitas pela CyclingToday, EUROSPORT1 UK, EUROSPORT1 ES e EUROSPORT1 POR-PT iníciam-se sempre em torno de 09:00am.

Indicamos o uso do Browser BRAVE para que não haja aberturas de Popups/ADs.

Para o download do Brave Browser acesse aqui!


Tour de France quer recriar competição feminina.

# Prova de ciclismo teria uma semana de duração e seria bancada por americanas Nike e AT&T.
-
http://inspire-ipcmedia-com.s3-eu-west-1.amazonaws.com/inspirewp/live/wp-content/uploads/sites/2/2013/10/Womens_Tour_de_France.jpg
. O Tour de France a principal prova de estrada do ciclismo, quer recriar sua versão feminina. Para isso, Jean-Etienne Amaury, da ASO (Amaury Sport Organization), que controla o evento desde 1947, está atrás de patrocínio capaz de garantir a competição em 2015. As multinacionais norte-americanas, Nike e AT&T, são as principais interessadas até o momento.
. Ao contrário do evento masculino, iniciado em 1903 e que já teve 101 edições, a estratégia para as mulheres é oferecer contratos mais curtos, atraindo menos patrocinadores, mas que sejam capazes de cobrir os custos com evento e premiação.
. A versão feminina seria mais curta, com uma semana de duração, mas passando pelo mesmo percurso do masculino. A disputa entre os homens tem duração de 23 dias, com dois de descanso.
. A ASO organizou a Volta da França feminina de 1984 a 1989. Segundo Amaury, o evento foi descontinuado porque não atraiu torcedores e mídia.  A última edição da prova aconteceu em 2009. Mas a grave crise econômica, que assolou o mundo a partir de setembro de 2008, e a falta de patrocínios consistentes fizeram a organização desistir de novo do evento.
. As mulheres retornaram à competição em 2014. No ano passado, uma reivindicação das ciclistas, lideradas pela holandesa Marianne Vos, campeã olímpica de estrada, fez a ASO organizar a Corrida da Volta da França. A prova teve duração de um dia, e foi vencida pela própria Vos.
. A disputa inaugural foi transmitida pela Universal Sports nos Estados Unidos. O evento teve um retorno “tremendo”, segundo Robert James, vice-presidente de conteúdo da Universal Sports, que não divulgou o índice de audiência. Ainda mais se pensarmos na ressaca com o ciclismo nos Estados Unidos, após a confissão de doping do norte-americano Lance Armstrong, que foi destituído de sete títulos da Volta da França.
. Especializada em componentes para bicicleta, a Morgan Hill, empresa da Califórnia, patrocinou uma prova de um dia entre mulheres.
“Faz mais sentido [ter uma companhia norte-americana como patrocinadora]. Há uma audiência muito grande nos Estados Unidos”, afirmou Amaury, em entrevista à agência Bloomberg.
. Os principais patrocinadores da versão masculina são empresas da França, como a Orange (telefonia), Accor (hotéis) e Carrefour (supermercados). A ASO também organiza o Rali Dakar e a Maratona de Paris. Na última edição da Volta da França, a organizadora arrecadou 36,1 milhões de euros (R$ 110 milhões), um aumento de 8% em relação a 2013.
. Caso optasse por uma prova mais longa no feminino, a ASO teria mais custos com montagem de sinalização e painéis de patrocínio ao longo dos 3.200 km de percurso. Mais custoso ainda seriam os custos com a transmissão. A RCS Sport e a italiana RAI gastaram mais de 6 milhões de euros para mostrar o Giro da Itália, prova com duração de três semanas. No caso da Volta da França, essa despesa é coberta pela France Television.

Postar um comentário

[blogger]

Mazobiker

{google#Mazobiker}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget