NOVAS NOTÍCIAS:
Carregando...

Gary Fisher participa de debate com cicloativistas e pedala com prefeito Fernando Haddad

. Nesta semana, Gary Fisher, lenda viva da história da bicicleta e um dos criadores do Mountain Bike, participou de debate com cicloativistas e encontrou o Prefeito Fernando Haddad para sugerir possíveis melhorias no transporte e na implementação das ciclofaixas.
. Aos 64 anos, Fisher pedala mais de três horas todos os dias em São Francisco, nos Estados Unidos, sua cidade natal. Atualmente ele assina a linha de Mountain Bike da TREK, uma das principais marcas de bicicleta do mundo. Gary Fisher é um ativista nato e um dos grandes incentivadores das ciclofaixas. Tem conhecimento sobre experiências similares em outras regiões do mundo e já se deparou com as mais variadas dificuldades para a aceitação desse novo meio de transporte.
. Durante o debate organizado pela Ciclocidade, Gary respondeu dúvidas sobre como se comportar no transito e como fazer para as pessoas aceitarem melhor as bicicletas.
"Antigamente, o automóvel era visto como a bike hoje, estava fora do contexto e a cidade se adequou a ele. Hoje precisamos trabalhar esse caminho inverso, através de instrução, infraestrutura e acima de tudo legislação, para apoiar essa transformação", relata Gary Fisher durante o encontro de ontem (29) a noite na Vila Madalena. "Para isso, respeito tanto da parte do motorista como do ciclista é primordial, para aprimorar essa inclusão e melhorar a convivência".
. Hoje, no encontro com o Prefeito, Haddad comentou sobre os principais empecilhos à implementação das ciclofaixas e ouviu os conselhos de Fisher sobre sua experiência nas outras cidades. "Os jovens hoje em dia estão muito mais abertos para discutir novas possibilidades. Precisamos mostrar que a bicicleta é uma opção e funciona", destacou Fisher hoje pela manhã.
. Outro tema discutido foi a diminuição dos impostos como incentivo ao uso da bicicleta. Fisher usou o exemplo de Nova York, onde constou um crescimento de 50% nas vendas após a criação das ciclofaixas.
-

0 comentários: