.
NOVAS NOTÍCIAS:
Carregando...

Projeto social recupera e doa bikes usadas em Cuibá

# Grupo de ciclistas cuiabanos cria chance para jovens e crianças carentes de ter e aprender a andar na própria “magrela”
-
. Dizem que quem aprende a andar de bicicleta jamais esquece. Porém, algumas pessoas nunca tiveram a oportunidade de praticar ou ter a sua própria bike. Em Cuiabá, um projeto social recicla bicicletas usadas para doar para jovens e crianças carentes. O grupo também ensina as pessoas andarem com a ‘magrela’ e a se comportarem no trânsito.
. De acordo com o presidente da Associação MT Bikers (AMTB) e do grupo Gurizada Mountain Bike Cuiabá, Fabian Martinelli, há algum tempo o grupo pensava em maneira de fomentar a prática do ciclismo na Capital que é tão subestimado pelo poder público e pela própria sociedade.
. Ao percorrer pela cidade, os ciclistas perceberam a carência dos bairros periféricos, em que os jovens não tinham atividades de lazer e prática esportiva. “Bicicleta é mais do que meio de locomoção. Ela pode ser um estilo de vida, que representa mais saúde, melhor qualidade de vida, alívio do stress e sustentabilidade. Mas, as crianças deixam de fazer isso por falta de oportunidade e o custo da manutenção”.
. A ideia de reciclar bikes surgiu de um projeto semelhante realizado pelo grupo Bike Anjo de São Paulo. A associação adaptou a ideia e criou o ‘Recicletas’.
. Conforme Fabian, o projeto ainda está em sua primeira etapa, que visa encontrar pessoas que queiram doar bicicletas usadas, novas ou até mesmo inutilizadas. A associação também realizou uma parceria com estudantes de arquitetura da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e da Universidade de Cuiabá (Unic). Os alunos incluíram em questões referentes ao tema em suas pesquisas sociais e posteriormente repassam os resultados para a associação. Contudo, se alguém quiser indicar ou receber uma doação pode entrar em contato com a associação. A meta é entregar 100 bicicletas reformadas até o final do mês de julho.
. O Recicletas recebe qualquer tipo de aparato referente ao ciclismo. Desde equipamentos danificados até vestuários e materiais no transito. “O público-alvo é formado por crianças e adolescentes que tenham difícil acesso à escola ou não tenham nenhum tipo de lazer. Mas, também iremos doar para homens e mulheres que precisem delas para outros fins, como ir para o trabalho.”
. Fabian afirmou que seu amor pelo esporte surgiu durante os dois anos que morou na Itália. Para economizar em passagens de trem, metrô e ônibus ele passou a utilizar a bike para todas as atividades. Porém, quando retornou para Mato Grosso sentiu dificuldade de voltar a andar de bicicleta. Tanto pelos altos preços dos equipamentos, quanto pela precariedade das ruas e vias da Capital.
. Por conta disso ele juntou um grupo de amigos e passou a realizar pedaladas. Ainda assim, viu que as pessoas mais carentes não utilizavam o veículo. Então, o grupo começou a realizar atividades de inclusão e palestras para as pessoas que queriam praticar o esporte ou utilizar o veículo para outros fins. “Se nós atravessamos a cidade por hobbie, porque o cidadão não pode fazer isso para trabalhar? Mas, é necessário saber como se comportar no trânsito.”
. A divulgação do projeto está sendo realizada principalmente através das redes sociais. Ontem, a Associação realizou o ‘Dia das Recicletas’ no Parque Mãe Bonifácia, em Cuiabá. O local funcionou como ponto de coleta para peças e bicicletas usadas. Mas, além de recolher os materiais, o grupo também tirou dúvidas dos ciclistas e cadastrou voluntários para engrossar o mutirão de reforma das usadas ou apoiar a ideia financeiramente.
. O prazo para a coleta de bicicletas termina no dia 01 de junho. Os pontos de coleta são nas lojas Tribo Bike Sports, na avenida Miguel Sutil, próximo a Churrascaria Boi Grill, e na Max Renn Nutrition, na avenida Isaac Póvoas. Os interessados em apoiar financeiramente o projeto ‘Recicletas’ ou doarem equipamentos podem mandar e-mail para: contato@gurizadamtb.com.br.
-
Fonte: http://www.diariodecuiaba.com.br

0 comentários: