Banner do Campeonato Paranaense de DH 2019
-->
NOVAS NOTÍCIAS:
Carregando...

Mountain Biker fica a 1,22mm de perder o movimento das pernas.

http://www.hiperativos.com.br/wp-content/uploads/2014/04/barelriderprofilebillymaribor325.jpg# Fabien Barel teve a sorte parecida a de achar uma agulha em um palheiro.
-
. O francês Fabien Barrel estava mandando muito bem no Enduro World Series, no Chile. Com a cabeça preparada, Fabien estava no pelotão da frente quando se deparou com uma curva acentuada. A “força G” o jogou para fora da pista e o derrubou a uma altura de cinco metros. O ciclista caiu de costas e demorou por volta de dez minutos para ficar de pé. Impressionantemente, voltou a sua bike e fez a segunda e terceira etapas da corrida – apesar de dizer que estava com muita dor no corpo inteiro. Terminando a prova na nona posição, Fabien - que já estava se arrastando – voltou a sua casa para enfrentar uma das noites mais doloridas de sua vida.
“Me sentia como um velho de 90 anos”, disse Fabien.
. Além das fortes dores, o mountain biker ainda tinha que enfrentar o dilema de continuar ou não na competição. Pela manhã, Fabien resolveu que não dava. Foi para o hospital e de repente começou a ver a preocupação estampada na cara dos médicos e enfermeiras. O terceiro colocado geral no EWS (Enduro World Series), do ano passado, não entendia nada. Foi ai que descobriu que havia fraturado seriamente a sua oitava vértebra dorsal. A fratura tinha ficado a 1,22 milímetros de atingir a espinha em um local que tiraria o movimento das suas pernas.
. Fabien foi imobilizado imediatamente. O ciclista ainda aproveitou para deixar uma nota no Facebook, para expressar o quão pasmo estava com a sorte que teve.
“Foi por um triz”, disse Barel, “Estou começando a refazer o filme todo, o quanto eu ignorei a dor no dia seguinte e quanto riscos tomei sem perceber as conseqüências”.
. No vídeo abaixo, Fabien ensina como fazer um bom “corner” – justamente a técnica que causou o seu acidente.

-
. Realmente, Fabien teve sorte. E ainda bem que estava usando equipamentos de segurança para ciclismo, na hora que se acidentou. Imagine se não tivesse usando um capacete ou um colete de proteção. O biker ficará fora das pistas por um tempo, mas logo estará de volta aos “corners” e, com certeza, nos pelotões da frente. Força Fabien!
-
Fonte: http://www.hiperativos.com.br

0 comentários: