NOVAS NOTÍCIAS:
Carregando...

Andy Schleck desiste da Volta do Mediterâneo devido a problemas respiratórios

O ciclista luxemburguês Andy Schleck (RadioShack), vencedor da Volta a França 2010, desistiu ontem na primeira etapa da Volta ao Mediterrâneo, devido a uma infeção nas vias respiratórias, naquele que é o seu segundo abandono consecutivo esta temporada.
--_«Esta manhã, já tinha problemas respiratórios. Em vez de melhorar, foram piorando ao longo da etapa por causa do frio e do vento», explicou Andy Shleck, citado pela sua equipe.
--_Em dificuldades desde a descida de Fourches, ao quilômetro 44, o vencedor do Tour2010 (por desclassificação do espanhol Alberto Contador) e vice-campeão das edições de 2009 e 2011 encostou a bicicleta perto da chegada da primeira etapa, ganha pelo alemão André Greipel.
-
>> «Não queria abandonar por respeito aos adeptos e aos organizadores e porque preciso de competir. Depois do Tour Down Under pensei que estava bem e queria ter uma boa prestação nesta corrida, mas estou pior do que antes. Necessito recuperar o mais rapidamente possível», lamentou o luxemburguês.
--_É o segundo abandono do mais novo dos irmãos Schleck esta temporada, em igual número de provas. No ano passado, Andy não pôde participar no Tour e perdeu quatro meses da temporada, ao fraturar a bacia, a 07 de junho, na sequência de uma queda no Critério do Dauphiné.
--_A desistência de uma das principais figuras do pelotão internacional ofuscou a vitória do alemão da Lotto-Belisol, que bateu ao sprint o italiano Matteo Pelucchi (IAM Cycling) e o francês Maxime Daniel (Sojasun), no final de uma etapa de 141 quilômetros, entre Limoux e Gruissan, cumprida em 03h25m23s.
--_Os portugueses José Gonçalves (La Pomme Marseille) e Bruno Pires (Saxo Bank-Tinkoff) chegaram integrados no pelotão, com o mesmo tempo de Greipel, ocupando a 53.ª e a 127.ª posição da geral, respetivamente.
-

0 comentários: