.
NOVAS NOTÍCIAS:
Carregando...

Contador: “Vou continuar no ciclismo de forma limpa, como sempre”

--_Suspenso por dois anos pelo Tribunal Arbitral do Desporto, o ciclista espanhol garantiu que não pensa abandonar o ciclismo e reafirmou que está convicto da sua inocência.
-
>> “Vou continuar plenamente no ciclismo. Vou continuar a praticá-lo de uma forma limpa, como fiz toda a minha vida”, garantiu Alberto Contador em conferência de imprensa realizada nesta terça-feira em Madrid. O ciclista espanhol reagiu assim à sentença do Tribunal Arbitral do Desporto (TAD), que o condenou a dois anos de suspensão por um controle antidoping positivo por clembuterol na Volta a França de 2010.
-
>> Contador confessou sentir uma “desilusão enorme”. “Há um ano e meio que começou isto e não há um dia que não me levante e questione como posso encontrar-me nesta situação. Não o desejo a ninguém”, disse o ciclista espanhol, descrevendo como “um calvário” este ano e meio que levou à espera de uma sentença.
-
--_O ciclista espanhol, único corredor em atividade que já ganhou as três grandes corridas ciclisticas (Tour 2007, Tour 2009 e Tour 2010; Giro 2008 e Giro 2011; Vuelta 2008) manifestou “total desacordo” com a sentença do TAD e disse “não poder entender” o castigo que lhe foi aplicado.
-
>> “Com a sentença na mão, o sentimento claro com que fico é de inocência, de que não tomei doping”, afirmou Alberto Contador. “Estes processos não se podem arrastar tanto tempo. Para bem do ciclismo e do esporte, que a justiça funcione mais rápido”, acrescentou o ciclista espanhol, que cumprirá suspensão até dia 5 de Agosto.
>> “Não sei como o meu corpo vai responder a todo o stress a que fui submetido durante este tempo”, indagou Contador, que mantém a vontade de continuar no ciclismo ao mais alto nível. “É verdade que em Agosto termina a suspensão, mas tenho de analisar tudo, organizar-me. O meu futuro não depende só de mim. Quando voltar é claro que gostaria de disputar as melhores provas”, frisou.
-
>> Contador reforçou ainda que vai “continuar a lutar até ao final” e não descartou a possibilidade de recorrer da decisão do TAD na justiça civil. “Algo está errado na legislação antidoping”, continuou o ciclista espanhol, que quer continuar na SaxoBank quando terminar o castigo: “Será a minha primeira opção”, garantiu.
--_Ao lado de Contador na conferência de imprensa esteve o diretor desportivo da SaxoBank, Bjarne Riis. “EmQuando o Alberto está impedido de andar de bicicleta, o contrato não pode continuar. Isso é óbvio”, apontou o dirigente, que no entanto sublinhou a vontade de continuar a contar com o ciclista espanhol: “Como equipe continuamos a apoiar o Alberto. Ainda falta muito tempo para Agosto. Temos de nos sentar e falar sobre o futuro. Se ele tiver vontade de continuar na equipe só posso dizer que a minha intenção será a mesma, terei todo o prazer em continuar com ele na equipe”.
-
Fonte: PUBLICO
Link Origem

0 comentários: