Banner do Campeonato Paranaense de DH 2018
NOVAS NOTÍCIAS:
Carregando...

Curiosidade: Em Copenhague, 37% da população anda de bicicleta.

- -_A capital dinamarquesa é a cidade mais popular da Europa entre os ciclistas. São 350 km de ciclovias em uma cidade limpa e sem ladeiras, o que faz com que 37% das pessoas em Copenhague vão de bicicleta para o trabalho, escola ou universidade. Mas o governo dinamarquês acha pouco. Até 2012, o plano é chegar a 40% de ciclistas, passando para 50% em 2015.
- -_Os ciclistas de Copenhague têm preferência nos cruzamentos e nos semáforos. A cidade vai ser sede da conferência da ONU (Organização das Nações Unidas) sobre as mudanças climáticas, em dezembro. Ela quer miostrar para o mundo o quanto já é verde, e persegue metas ainda mais ambiciosas para o futuro.
- -_Para tornar as bicicletas responsáveis por metade do transporte, já há uma ponte que é fechada para carros e planos para ampliar as ciclovias existentes. Também está sendo estudada a criação de um pedágio urbano para desencorajar os motoristas de carros.
- -_Porém o sistema mais ambicioso e libertário é o das bibliotecas públicas, ou partilhadas (em dinamarquês bycyklen). Elas ficam à disposição da população, gratuitamente, entre maio e outubro (durante o duro inverno do Báltico, são recolhidas). As pessoas pegam uma bicicleta pública, fazem o percurso que desejam e deixam-na no meio da rua, para uso dos seus concidadãos.
- -_O sistema foi implantado em 1995, a partir de uma ideia que vem dos anos 1970. As bycyklen são de um modelo robusto e simples, sem marchas, para reduzir os custos, e pintadas em cores brilhantes. Só podem circular num determinado perímetro da cidade. No inverno, passam por uma revisão geral. Copenhague possui 2 mil dessas bicicletas estatais, distribuidas por 110 estações.
- -_A geografia da capital dinamarquesa favorece o ciclismo. A cidade, na costa de uma ilha do Mar Báltico, é quase toda plana, com ladeiras mais penosas apenas na parte noroeste. O tamanho também ajuda. Copenhague tem 500 mil habitantes, embora a região metropolitana alcance 1,8 milhão, um terço da população total da Dinamarca.
- -_A campanha conta com o apoio do príncipe da Dinamarca, que também anda de bicicleta. "É bom para o clima, mas também para manter a forma e evitar a obesidade, um outro grave problema dos dias de hoje", diz o príncipe Frederik.
- -_Uma pesquisa do departamento de transportes de Copenhague indica que quanto mais pessoas andam de bicicleta, mais segura é a viagem. O número de ciclistas mortos na cidade caiu pela metade na última década e a maioria dos motoristas não reclama, porque eles também têm bicicletas.
-
Fonte: Porto Vermelho - http://www.vermelho.org.br
Link Origem: http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_secao=10&id_noticia=114686

0 comentários: