Clique aqui e faça sua inscrição para o Desafio. Clique aqui para mais informações sobre o pedal. Clique aqui para ver a lista de inscritos.
NOVAS NOTÍCIAS:
Carregando...

Bradley Wiggins anuncia aposentadoria

Considerado o melhor ciclista olímpico da história, o britânico Bradley Wiggins anunciou sua aposentadoria nesta quarta-feira, através do Facebook.

Dono de oito medalhas olímpicas, sendo cinco de ouro, o recordista em conquistas na história da modalidade dedicou 20 anos às pistas de velocidade.
- Eu fui sortudo o suficiente para viver um sonho e atingir meus sonhos de infância ao ter uma vida e uma carreira no esporte pelo qual me apaixonei aos 12 anos. Eu encontrei meus ídolos e pedalei com os melhores por 20 anos. Eu trabalhei com os melhores técnicos e chefes de equipe do mundo, e sempre serei grato ao apoio deles. - escreveu Wiggins em sua conta no Facebook.
Ele também agradeceu o apoio da família.
- O ciclismo me deu tudo e eu não poderia ter conseguido isso sem o apoio da minha maravilhosa esposa Cath e as minhas incríveis crianças. 2016 é o fim da estrada deste capítulo.
Aos 36 anos, Wiggins encerra uma carreira gloriosa, que iniciou em 1998, com a sua primeira conquista internacional, Mundial Júnior de Ciclismo de Pista (perseguição individual) até o ouro olímpico na Rio-2016, na perseguição por equipes. A grande fama do atleta também advém de sua grande capacidade de adaptação, já que disputou, e foi bem sucedido, tanto na pista quanto na estrada.
Sua aposentadoria já era esperada. Durante o Seis Dias de Ghent, na Bélgica, um torneio de duplas, em novembro, o britânico já havia divulgado que esta seria sua última competição como profissional.
-
Fonte: http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/lancepress/2016/12/28/bradley-wiggins-anuncia-aposentadoria.htm

CIMTB divulga calendário para o próximo ano com novidades

A CIMTB já está com as datas confirmadas para o próximo ano. Além das etapas tradicionais de Araxá, São João del-Rei e Congonhas, o evento irá encerrar de forma diferente, na maior feira de bicicletas da América Latina, na Brasil Cycle Fair, em São Paulo.
Em Araxá, a prova continuará com a classificação Stage Race Hors Class (SHC) e somará 160 pontos aos campeões. A novidade é que a competição irá sediar, ao mesmo tempo, uma etapa da UCI Junior Series XCO. O evento acontece no primeiro fim de semana de março, entre os dias 3 e 5. Já a segunda etapa da competição será em São João del-Rei entre os dias 9 e 11 de junho e terá provas de Cross Country Olímpico (XCO) Classe 1, Cross Country Short Track (XCC) Classe 3 e irá sediar mais uma etapa da UCI Junior Series. A disputa de Congonhas volta a acontecer em agosto, entre os dias 18 e 20, com o Cross Country Maratona (XCM) fazendo parte do calendário mundial da UCI MTB Marathon Series.
A temporada fecha em São Paulo, na maior feira do seguimento da América Latina, na Brasil Cycle Fair, entre os dias 22 e 24 de setembro com provas de XCO e XCC. De acordo com o diretor de portfólio da NürnbergMesse Brasil, Diego Carvalho, em 2017 o objetivo é unir todas as frentes do mercado. A CIMTB conta pontos para os rankings da União Ciclística Internacional (UCI), Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC) e Federação Mineira de Ciclismo (FMC).

-
Fonte: http://blogs.oglobo.globo.com/de-bike/post/cimtb-divulga-calendario-para-o-proximo-ano-com-novidades.html

Bike Registrada mantém cadastro que já é usado até pela Polícia Militar

Em junho 2013, atrapalhado com uma reforma que fazia em casa, o economista Maxmuller Poeck decidiu avisar aos colegas do seu grupo de ciclismo de que participava que iria se afastar por uns tempos e pedalar sozinho, nos horários em que conseguisse.
Todos o aconselharam a não fazer isso, já que roubos de bicicletas são muito comuns no Distrito Federal. Poeck ficou com aquela mensagem ecoando em sua cabeça e decidiu contar a história para três colegas de trabalho, empreendedores como ele.
“Achei, desde o início, que buscar solução para o problema dos roubos de bicicletas poderia render um negócio”, lembra. E foi o que aconteceu.
Meses depois, em dezembro, os quatro sócios colocavam na internet o site bikeregistrada.com.br, que, em 2014, virou uma microempresa, com o apoio do Sebrae no DF. “Inicialmente, procuramos o Sebrae para pedir uma ajuda sobre como divulgar nosso produto para o público e termos mais acessos em nosso site. Depois de formalizados, um de nossos sócios participou do Empretec, o que foi muito importante”, conta.
Hoje, a Bike Registrada oferece aos clientes o Cadastro Nacional de Ciclistas e Registro de Bicicletas, serviço gratuito que permite a identificação da bike e do dono de forma rápida e simples, além de informar se a bike é roubada ou não. O site também oferece contato direto com os donos das bicicletas roubadas, criando possibilidades reais de devolução de uma bike recuperada.
“Queremos estimular a mobilidade urbana de maneira sustentável, promover a segurança do ciclista e combater o roubo, dificultando a comercialização e auxiliando na recuperação e na evolução de bicicletas roubadas no País”, explica Maxmuller Poeck. “No Brasil, 4 milhões de bicicletas são vendidas anualmente, trata-se de um mercado considerável”, acrescenta.
Rapidamente, o negócio foi crescendo e veio a criação de um selo de segurança – este comercializado pela empresa –, que é colocado na bicicleta para inibir os roubos e para facilitar a identificação dela, caso seja encontrada. Usando a tecnologia QRCode, o selo é super-resistente e está ligado a um aplicativo que o reconhece.
“Ao comprar uma bicicleta usada, é possível usar o programa para identificar, por meio do selo, ou buscando na lista de registros do site, todo o histórico e a procedência do produto. Caso o alerta de roubo tenha sido ativado, o contato com o proprietário é imediato e pode ser feito, dentro do próprio sistema, por SMS, e-mail ou telefone”, lembra o empresário, que tem como sócios Marcos Carneiro, Alexandre Ramos, Rubem Vasconcellos. Hoje, todos largaram os empregos que tinham e se dedicam integralmente ao negócio.
Outra inovação atrelada ao nascimento e ao crescimento da Bike Registrada é o fato de ela ser uma startup, modelo de negócio que está se fortalecendo no Brasil.
“Trata-se de uma empresa nova ligada a tecnologia, com poucas pessoas trabalhando, atuando em nível nacional e cujo produto é altamente escalonável, já que nosso público-alvo inclui todos os que possuem ou possuirão bicicletas”, explica o empresário. “Tem todas as características de uma startup”, acrescenta Poeck.
Na história mais recente com o Sebrae, a Bike Registrada teve um estande na Feira do Empreendedor 2015 e conquistou uma das disputadas vagas para o Programa Startup DF.
“Por meio do programa, já conhecemos vários mentores de startups que nos mostraram modelos de negócios vencedores, de estruturas de empresas e até ensinaram como apresentar nosso produto para investidores”, explica o empresário. 
No próximo mês, a Bike Registrada começa uma consultoria pelo Sebrae para a criação do plano de marketing da empresa.
O crescimento da empresa está rendendo diversas boas parcerias.
“A Polícia Militar do DF, quando vê alguma atitude suspeita envolvendo uma bicicleta, logo faz a consulta para identificar o proprietário e ver se o alerta de roubo está ativado. Também temos sido procurados por seguradoras e outras empresas que veem na Bike Registrada um possível parceiro para negócios já existentes ou para novos negócios”, acrescenta o empreendedor.
-
Fonte: http://revistapegn.globo.com/Startups/noticia/2016/12/empresa-cria-registro-de-bikes-para-combater-roubos.html

Volta ao Catar de 2017 cancelada devido a falta de financiamento

"A UCI recebeu hoje a notificação do cancelamento da Volta ao Qatar, tanto masculino como feminino. Esta decisão justifica-se com base nas dificuldades para encontrar patrocínios" para financiar as duas provas, indica o comunicado do organismo regulador da modalidade.
O ciclista britânico Mark Cavendish venceu a edição de 2016 da Volta ao Qatar, que foi criada em 2002 e deveria passar a integrar o calendário do circuito mundial em 2017 e com realização agendada entre 08 e 12 de fevereiro.
O cancelamento das provas no Qatar, as mais longas realizadas no Médio Oriente, constitui um rude golpe para a política de promoção do ciclismo na região, surgindo apenas dois meses após a realização dos Mundiais naquele país.
-

Executivo brasileiro em 2017 assume divisão de bicicletas nos Estados Unidos

A fabricante japonesa Shimano, de assessórios e componentes para bicicleta, terá a partir de 1º de janeiro de 2017, o executivo brasileiro Fábio Takayanagi, de 49 anos, liderarando os negócios da marca na América do Norte, sendo o responsável pela Shimano American Corporation, divisão Componentes de Bicicleta, nos Estados Unidos. Takayanagi, seguirá também na presidência da Shimano Latin America - com escritórios na Argentina, Brasil (sede) e Uruguai, função exercida desde 2007, ano da fundação.
Com a mudança para a América do Norte, Fabio Takayanagi assume um mercado maduro e bastante representativo para a marca, como é o segmento de bike norte-americano, indo morar na Califórnia e, consequentemente, ficando mais próximo da América Latina. Fábio morou os últimos quatro anos no Japão, de onde comandava as operações nos mercados emergentes, incluindo China, onde exercia também a função de CEO da Shimano Shanghai.
Nascido em São Paulo e graduado em Osaka, no Japão, Fábio é pai de dois filhos que vivem com ele e sua esposa no Japão. Formado em línguas pela Kansai Gaidai University de Osaka e com MBA na I.E. Business School Madrid (Espanha), Fábio Takayanagi iniciou a carreira no mercado automobilístico, na Suzuki Japão, com passagens pela Suzuki na Espanha, Argentina, México e Brasil. No Brasil, foi diretor financeiro e diretor comercial da Suzuki. Motivado pelo ideal de trabalhar com um produto mais sustentável e menos poluente, Fábio viu na Shimano, marca referência em componentes para Bike e Pesca, a oportunidade de concretizar esse ideal. Quando juntou-se à empresa, o executivo literalmente trocou o carro pela bicicleta e sob seu comando, a marca tem exercido papel de destaque na profissionalização do mercado latino-americano, na popularização do life-style e cultura da bike assim como o desenvolvimento do esporte.
-
Fonte: http://blogs.oglobo.globo.com/de-bike/post/executivo-brasileiro-comanda-gigante-do-ciclismo-na-america-latina-e-no-proximo-ano-vai-assumir-divisao-de-bicicletas-nos-estados-unidos.html

Tour de San Juan confirma 4 equipes World Tour e seleção do Brasil

A organização do Tour de San Juan, na Argentina, que será disputada de 23 a 29 de janeiro, confirmou que vai receber quatro equipes World Tour. Estarão na corrida, que passa a abrir o calendário após o cancelamento do Tour de San Luis, também na Argentina, e agora é categoria UCI 2.1 as equipes Bahrain-Merida, Trek-Segafredo, Quick-Step e UAE Abu Dhabi (ex-Lampre-Merida). Entre os nomes mais esperados estão o italiano Vincenzo Nibali (Bahrain-Merida) e o colombiano Fernando Gaviria (QuickStep).

Entre as equipes Pro Continental estão confirmados seis times: Bardiani-CFS, UnitedHealthCare, Nippo-Vini Fantini, Caja Rural, Wilier Triestina-Selle Italia e Androni Gioccatoli. O Tour de San Juan vai contar também com seis seleções nacionais, inclusive a do Brasil, que estará com as seleções da Itália, Argentina, México, Uruguai e Chile.
A competição terá ainda 10 equipes continentais: SEP San Juan, Municipalidad de Pocito, Asociacion Civil Mardam, Asociacion Civil Agrupacion Virgen de Fatima, Municipalidad de Rawson Somos Todos, Los Cascos Esco-Agroplan, Italomat-Dogo, Unieuro, Medellín-Inder e Bolivia Te Espera.
A prova em sete etapas vai percorrer 891,6 quilômetros.
-
Fonte: http://www.bikemagazine.com.br/2016/12/tour-de-san-juan-confirma-quatro-equipes-world-tour-e-selecao-do-brasil/

Razões para ciclistas comerem mais ovos e os benefícios

Além de deliciosos, os ovos são alimentos surpreendentes. Mas cuidado com os ovos que provém de animais que recebem antibióticos e hormônios, prefira sempre os orgânicos. Confira alguns benefícios.

Melhora o humor
Os ovos contém ômega 3, zinco, vitamina B que juntos combatem a fadiga do dia-a-dia e o mau humor.

É bom para os músculos
O ovo é um dos alimentos mais completos que existe. Tem baixo teor calórico, é rico em proteínas e possui vitaminas que dão energia aos músculos durante o treino.

Aliado contra o câncer
Boa notícia principalmente para as mulheres: comer ovos reduz em 24% a incidência de câncer de mama, segundo estudos recentes. A substância responsável por isso está presente na gema então certifique-se de ingerir o ovo inteiro e não só as claras.

Bom para o cérebro
Ovos de galinhas criadas ao ar livre e na grama possui uma quantidade grande de ômega 3, essa substância é ótima para o cérebro e ajuda na memória e na percepção.

Bom para a visão
Também são encontrados nos ovos (gemas) antioxidantes que evitam a formação de cataratas.

Ajuda a emagrecer
Pesquisadores da Louisiana desmistificaram a ideia de que ovo aumenta o colesterol e a gordura corporal. Em um teste com pessoas obesas, as que incluíram ovos na dieta ao menos cinco vezes por semana, perderam cerca de 65% mais peso. Outros pesquisadores afirmam que comer ovos pela manhã te leva a comer menos o resto do dia.
-
Fonte: https://revistaridebike.com.br/2016/12/24/razoes-para-ciclistas-comerem-mais-ovos-e-os-beneficios/

Top 10 das melhores suspensões para mountain bike e seus respectivos pesos

O peso é um fator preponderante para quem compete e com as suspensões de mountain bike não é diferente. Selecionamos os top 10 melhores garfos com amortecedores no mercado para MTB e seus respectivos pesos.

Suspensões Peso anunciado (g) Peso verificado(g) Preço(R$)
Lauf LTR 29  990  –
Fox 32 StepCast Factory 1.360 1.367
Fox 32 StepCast Performance 1.650 1.442
DT Swiss OPM O.D.L. 100 Race 1.485 1.423
RockShox SID World Cup (2) 1.468
RockShox RS-1 (3) 1.666 1.690
SR Suntour Axon Werk 1.570
Magura TS8 R 1.630
Formula 33 Thirty Three 1.665
Cannondale Lefty 2.0 Carbon (4) 1.765
Proshock Onix Dark 1.780
2 – A SRAM não anuncia o peso no site, somente o peso verificado.
3 – O peso da RS-1 já inclui o bloqueio remoto e cabos.
4 – O peso da Lefty já inclui o bloqueio remoto e cabos.
 
 
 

Fonte: http://www.biketek.com.br/suspensao/top-10-peso-suspensao-mtb/

Brasil Enduro Series 2017 - Série terá prova classificatória para o mundial

Após seu terceiro ano de realização, o Brasil Enduro Series renova com a Chaoyang Tires, marca que foi o principal patrocinador da série em 2016. A marca de pneus Chinesa - que está entre as dez maiores do mundo - é uma das grandes apoiadoras do mountain bike nacional.

 “- Decidimos repetir a excelente experiência vivenciada em 2016 com o BES. A renovação reforça o empenho permanente da CHAOYANG em fomentar este esporte e apoiar nossos consumidores a alcançar suas metas e superar seus desafios. Em 2017 estamos colocando as novidades mundiais da linha de enduro e DH que foram testadas por nossos atletas no Brasil e no mundo. Prova disso são os inúmeros títulos que nosso time conquistou em 2016.
O consumidor brasileiro encontrará todos os produtos CHAOYANG através de nosso importador e distribuidor oficial no Brasil, LM GROUP. Tenho muito orgulho de estar aqui nessa etapa de renovação como BES e apoio ao Enduro no Brasil”. Mauricio Atauri, gerente da operação no Brasil comentou.

A organização do BES, representada por Théo Duarte, completou: “ A renovação com a Chaoyang nos dá a oportunidade de dar continuidade com nosso projeto e confirma a qualidade do trabalho que temos feito. Nossa proposta sempre foi fomentar o enduro, profissionalizar a “cena” e deixar um legado. Estamos ansiosos em continuar essa construção e empolgados para fazer de 2017 mais um ano incrível para a modalidade Enduro do Brasil. E para isso vamos continuar trabalhando duro, aplicando melhoras e criando novas experiências”.
2017 promete ser um ano de novidades na série de eventos do Chaoyang BES. Esta semana foi divulgado a lista de eventos classificatórios para o Enduro World Series - o mundial de enduro, e a última etapa do campeonato de 2017 - que vai acontecer na cidade de Urubici, Santa Catarina - será válida como classificatória para o mundial de 2018.
 
A temporada 2017 será aberta com a primeira etapa dias 18 e 19 de março, em São Paulo. As datas das etapas seguintes serão: 20 e 21 de maio, 08 e 09 de julho e 02 e 03 de setembro.
O Calendário com as locações será divulgado em Janeiro.
Mais informações em www.brasilenduroseries.com.br
Email: contato@brasilenduroseries.com.br
-
Fonte: https://www.pedal.com.br/brasil-enduro-series-2017-serie-tera-prova-classificatoria-para-o-mundial_texto11578.html

Quintana confirma que vai disputar o Giro e o Tour 2017

Em entrevista ao 'El Tiempo', Nairo Quintana, líder da Movistar confirmou que vai disputar duas das provas mais importantes por equipas em todo o mundo: O Giro e o Tour.


O ciclista colombiano quer fazer a dobradinha, no entanto, a prioridade é vencer a prova francesa.


"O objetivo é o Tour, mas vamos disputar o Giro com muito caráter e com uma grande equipe. Vamos tentar fazer uma boa prova, mas o objetivo é sair em boas condições na prova francesa".

Confirmada a presença do ciclista colombiano, a 100ª edição do Giro conta com um contingente de peso: Vinzenzo Nibali, Fabio Aru, Mikel Landa, Esteban Chaves, Steven Kruikswijk e o francês Thibout Pinot.
-
Fonte:  http://desporto.sapo.pt/ciclismo/artigo/2016/12/24/quintana-confirma-que-vai-disputar-o-giro-e-o-tour

Mountain bike na neve, nova modalidade no calendário do ciclismo

O calendário oficial do ciclismo no mundo terá uma novidade em 2017. A UCI, entidade que rege o esporte, incluiu uma prova de mountain bike (MTB) na neve.
A modalidade já é disputada há algum tempo, e ganhou mais repercussão desde o Snow Bike Festival, em Gstaad, na Suíça, que começou em 2015.
A prova que ocorre no festival suíço agora é homologada pela União Ciclística Internacional (UCI), como Classe 2, e passará a ter premiação em dinheiro e contabilizar pontos para o ranking de MTB.
A edição 2017 será de 19 a 22 de janeiro.

Muito bacana a inclusão do MTB na neve. Mas já imaginaram que barra pesada pedalar nesse tipo de terreno? Os pneus grossos das chamadas "fat bikes" (daqueles que servem pra areia fofa também) ajudam na missão, claro. Mas que dureza, hein?


Fonte:

Inventor do doping mecânico antevê escandalo no mundo do ciclismo

Istvan Varjas, o engenheiro húngaro considerado o cérebro da invenção do "doping" mecânico, sugeriu hoje que a última versão de motores ocultos pode dar a um ciclista uma vantagem de 15 segundos sobre os rivais.
Em entrevista ao diário francês Le Monde, citada pelo site especializado Cyclingnews, Varjas revelou que uma grande investigação feita por um certo programa de tv pode apresentar, em breve, mais detalhes sobre o doping mecânico ou "fraude tecnológica", como é apelidada pela União Ciclista Internacional (UCI).
De acordo com o engenheiro húngaro, a investigação poderá ser emitida em janeiro, com o diário francês a arriscar que as novas revelações podem causar um 'terremoto' tão grande como o 'affaire' Festina, o primeiro caso conhecido de um esquema de dopagem organizado, que 'parou' a Volta a França de 1998.
"Não fui pago por aquilo que fiz, pagaram-me para não fazê-lo para os outros. Para saber quem usa motor, é preciso olhar para a cadência. Os pequenos motores trabalham melhor com uma cadência de pedalada maior", explicou.
Varjas defendeu que a UCI obstruiu o trabalho da polícia durante a última edição da Volta a França para evitar que descobrissem "trapaceiros" e mostrou-se cético quanto aos métodos utilizados pela federação internacional para detectar possíveis campos magnéticos e motores ocultos, sugerindo uma solução.
"Simplesmente, pesa-se a roda traseira: se houver motor, a roda pesa, pelo menos, 800 gramas mais do que o peso normal. Se a roda pesar dois quilos, deve ser desmontada", indicou.
O húngaro explicou ainda que os motores ocultos nas bicicletas podem ser ativados desde um carro de apoio através de tecnologia Bluetooth, por controlo remoto ou através de um relógio.
"Pode controlar-se desde o carro da equipe e o corredor nem ter consciência de que tem um motor. Poderá sentir que está a ter um bom dia. O modelo está desenhado para altas velocidades, para os contrarrelógios", sublinhou Varjas.
De acordo com Varjas, Ferrari estava preocupada pelo seu futuro, uma vez que a fraude tecnológica poderia substituir os métodos de dopagem fisiológicos para melhorar o rendimento.
A presença dos motores nas provas de ciclismo detectou-se pela primeira vez na Copa do Mundo de Ciclocross no início de 2016, na bicicleta da ciclista belga sub-23 Femke Van den Driessche.
-
Fonte: http://www.jn.pt/desporto/interior/inventor-do-doping-mecanico-anteve-novo-terramoto-no-ciclismo-5557086.html

O site Mazobikers BLOG de cara nova!

Bom dia amigos,

Depois de mais de um mês de correrias em função de vários motivos, até que enfim estamos na atividade novamente. O pouco tempo que estava sobrando, estava sendo voltado para o desenvolvimento de uma cara nova para o nosso site. E graças ao nosso bom Deus, e muito esforço, está ai amigos bikers, o Site todo remodelado, mais limpo, acessível e todo remodelado.
Sem brincadeira, foi um trabalho duro, pois fazer as coisas sozinho, deixam por demorar que os resultados apareçam, mas tudo isso em função do amor ao ciclismo.
Isso tudo é feito para que toda informação possível sobre o pedal chegue a todos os cantos pois se dependermos te TV para divulgar o nosso esporte estamos fritos... kkk , e é claro, divulgar as belezas naturais de nossa região, para que todos possam conhecer e ver até onde podemos ir sobre duas rodas.

Espero que gostem do resultado, pois é feito sempre por muito carinho.

Um grande abraço.

Rogério Loureiro (Redator Mazobikers)