NOVAS NOTÍCIAS:
Carregando...
Clique aqui e faça sua inscrição para o Desafio Clique aqui para mais informações sobre o pedal.

Brasil Ride 2012 - Pelotão levanta poeira na 6a e penúltima etapa



  28 de setembro - A Brasil Ride 2012 – principal ultramaratona de mountain bike das Américas – apresentou um percurso inédito nesta sexta etapa para os participantes de 19 países e 15 Estados Brasileiros. 

  O percurso de 119 quilômetros, apesar de longo, mostrou-se bastante rápido. O pelotão partiu num ritmo conservador no caminho que envolveu o ínicio no asfalto, estrada de terra, singletrack, descidas e subidas em piso arenoso. O tempo nublado favoreceu novamente os atletas, no entanto, um forte vento soprou constante, levantando muita poeira com a passagem dos atletas!

  O dia foi marcado pela pedalada por blocos, isto é, com pelotões compostos por dezenas de atletas. O principal deles só foi desmantelado com dois ataques, primeiro dos alemães da equipe Focus, mas sem obter sucesso. Depois foi a vez do ataque fatal nipônico-brasileiro: Kohei Yamamoto e Daniel Carneiro, da equipe Specialized / Tripp Aventura saíram escapados para conquistar a vitória e a margem de mais de 7 minutos dos demais adversários.

  "Hoje foi só ataque, ataque, ataque. Ganhamos. Amanhã (sábado) também será assim, mais ataque e, quem sabe, mais uma vitória", afirmou Yamamoto em entrevista aos jornalistas após a linha de chegada. "Foi um dia especial, a gente não teve nenhum problema. Na segunda etapa a gente furou o pneu, no cross country (3ª etapa) eu não estava bem e o Yamamoto andou pra caramba. Depois, no outro dia, a gente furou pneu. Acho que a gente teve foi bastante azar, fisicamente a gente está bem preparado, mas é uma prova que depende também de muita sorte, não ter nenhum problema mecânico", comentou Daniel Carneiro que conheceu Yamamoto
na véspera da competição e já demonstra total entrosamento.

  Os portugueses Luís Leão Pinto e Tiago Ferreira (Lapierre Cycles) administraram a vantagem conquistada ao longo das etapas e terminaram na sexta posição, mantendo a liderança da prova com quase 30 minutos sobre os tchecos da equipe BMC Savo Racing.

  A supresa ficou para a segunda colocação geral, com os mineiros Uirá Ribeiro e Gustavo Santos (LM Bike/ Shimano) que ultrapassaram os compatriotas, Gilberto Goís e Josemberg Pinho “Montoya” literalmente em cima da linha de chegada, já que os melhores brasileiros na prova, o time Trust Bikes / JC Bikes cedeu a colocação em retribuição ao auxílio concedido à eles na etapa anterior.

  Mesmo restando ainda uma etapa pela frente, os títulos nas categorias femininos, mista, máster e melhor time na prova já estão praticamente definidos. Adriana Nascimento e Daniela Genovesi (RC Bikes / Brasil Soul) tem uma vantagem de cinco horas sobre a segunda colocado, e já pedalam tranquilas para conquistar o título. A situação é similar para Abraão Azevedo e Paulo Borges (RC Bikes / Brasil Soul), com trinta minutos de vantagem; além de Mateus Ferraz e Ivonne Kraft (RC Bikes / Brasil Soul), com uma hora a frente do segundo lugar. 

  No mountain bike tudo pode acontecer, por isso a briga na categoria Grand Máster e nova categoria Corporativa pode surpreender, pois a grande final será realizada num percurso bastante técnico, que finaliza com o mesmo trecho pedalado no prólogo. 

  Paralelamente à última etapa da Brasil Ride Ultramaratona de MTB, acontecerá a prova para os amadores, uma novidade para estimular a participação de novos adeptos ao esporte.

  Brasil Ride 2012 tem o patrocínio da SHIMANO, RC BIKES, Governo da BAHIA /Bahiatursa-SUDESB. Frota oficial da FORD, vestuário oficial KAILASH. Suporte da Continental, Feel Good. Gorgeous, Isotônico Marathon, Mauro Ribeiro, Squirt e Valverde Ambulância.

FONTE: BRASIL RIDE

Brasil Ride 2012 - Super homens voam na 5a etapa


  26 de setembro 2012 – Após um sol escaldante no dia anterior, a quinta etapa da Brasil Ride 2012, ultramaratona de mountain bike, amanheceu com o céu nublado para largada nesta quinta-feira (27), num percurso de 128 quilômetros, marcado por estradas de terra “planas” e uma forte serra ao final, entre as cidades de Rio de Contas e Mucugê/BA.

  “A estratégia é pedalar em pelotão para facilitar o ritmo de prova”, comentou Mateus Ferraz da equipe RC Bikes/Brasil Soul pouco antes da largada, depois conformando o domínio absoluto com 5 vitórias consecutivas até o momento.

  Com isso, um pelotão grande formou-se à frente, ditando o ritmo forte da prova, formado por 6 equipes: Lapierre Cycles (Portugal); Milka Superior MTB Team (Holanda); Specialized Brasil / Tripp Aventura (Japão-Brasil); LM/Shimano (Brasil); Trust Bikes / JC Bikes (Brasil); e BMC Savo Racing (República Tcheca).

  A 5ª etapa, no entanto, foi decidida na subida até os Gerais, como é chamado o platô da Chapada Diamantina. O caminho via o povoado São João consiste numa serra bastante dura (inclinada) de aproximadamente 5 quilômetros. Por outro lado, o clima ideal para pedalar favoreceu uma média de velocidade alta. Logo no início do aclive, os portugueses, que vestem a camisa amarela, Luís Leão Pinto e Tiago Ferreira impuseram o próprio ritmo e não demorou para distanciarem dos adversários.

  “Estamos tentando administrar a vantagem da segunda etapa. Conseguimos uma diferença confortável, mas no mountain bike tudo pode acontecer. Procuramos pedalar na nossa zona de conforto e atacar nas subidas e assim temos conseguido abrir dos principais adversários”, comenta Luís Leão Pinto, que finalizou a etapa com 4h41m55s de prova e na semana seguinte da corrida no Brasil disputará o Mundial de Mountain Bike Maratona na França.

  “Tenho grande consideração pela organização da Brasil Ride, pelo Mário Roma, Andre Piva e todo pessoal envolvido que é super profissional, e mesmo tendo como objetivo principal nesta temporada a Copa do Mundo, não queria deixar de estar presente na Brasil Ride para rever meus amigos e ter o prazer de poder disputar e quem sabe ganhar uma prova desta dimensão, que acredito que está no nível das melhores do mundo, e que com certeza no próximo ano será considerada a melhor prova por etapas do mundo”, comentou o português que já participou dos principais eventos desta modalidade ao redor do mundo!

  A emoção ficou na disputa do segundo lugar. “Tentamos atacar várias vezes, mas a fuga foi neutralizada”, disse o holandês Bart Brentjens (Milka Superior MTB Team). “Hoje eu vi a potência do campeão olímpico, ele acelerou como nunca havia visto antes no trecho no plano de estrada de terra, fique apenas no gancho (na cola)”, revelou Gilberto Gois (Trust Bikes/ JC Bikes), atual campeão brasileiro de MTB maratona, que fez muito esforço para manter-se entre os líderes. Assim, o segundo lugar foi na reta final, com melhor para os brasileiros que conseguiram cruzar a linha de chegada juntos, entre os dois atletas holandeses, para conquistar o vice e aumentar a vantagem da camisa branca, de melhor equipe nacional na prova, com o tempo de prova com 4h56m03s

  “Etapa mais rápida, mas de fácil não tem nada, a cada etapa é tudo diferente. Pedalar 130 quilômetros é sempre desafiante”, comentou Christian Fittipaldi (Scott Fittipaldi) que fez novamente uma ótima prova e encaminha-se para conquistar a camisa de “finisher”.

  A disputa mais acirrada acontece na categoria Grand Máster, com vitória nesta etapa 5 dos ciclistas de São Paulo, José Gusmão e Antônio Junior, que embolaram novamente a classificação geral. O título ainda está indefinido, lembrando que no MTB simplesmente TUDO pode acontecer e ainda temos mais 2 dias de prova!

  Brasil Ride 2012 tem o patrocínio da SHIMANO, RC BIKES, Governo da BAHIA /Bahiatursa-SUDESB. Frota oficial da FORD, vestuário oficial KAILASH. Suporte da Continental, Feel Good. Gorgeous, Isotônico Marathon, Mauro Ribeiro, Squirt e Valverde Ambulância. 

   FONTE: Brasil Ride

Francês de 100 anos tenta bater o seu segundo recorde no ciclismo


Das agências internacionais, em Lyon (FRA)

Marchand posa antes de tentar estabelecer novo recorde na categoria 'mais de 100 anos'

 Desde o seu aniversário de 100 anos, no dia 26 de novembro do ano passado, o francês Robert Marchand passou a se dedicar a fazer história no ciclismo. Depois de obter o recorde de distância percorrida em uma hora entre atletas centenários, agora ele se prepara para estabelecer uma marca inédita nos 100 quilômetros.

  Em fevereiro deste ano, Marchand completou 24,2 quilômetros em uma hora e estabeleceu o primeiro recorde para a categoria “mais de 100 anos”, criada especialmente para ele pela UCI (União Ciclística Internacional).


  Nesta sexta-feira, Marchand tentará dar cerca de 300 voltas em um velódromo de Lyon para completar a distância de 100 quilômetros e obter um novo recorde para a sua categoria.

  “O segredo para me manter em forma? Treinar. Se ficar preso em uma cadeira na frente da televisão, estarei acabado”, disse Marchand à agência AFP. Quando ao seu regime de alimentação, o ciclista afirmou que “água e mel é tudo o que é preciso”.

  Marchand corre 30 quilômetros todos os dias e, durante o inverno, pula corda caso o tempo o impeça de sair de casa. Ele comprou sua primeira bicicleta em 1978. “Há 15 anos, eu pedalava 15.000 quilômetros por ano. Agora, faço só 7.000”, declarou.



  O ciclista centenário tem apenas 1,52 metros de altura e 51 quilos. Ele viveu duas guerras mundiais e passou oito anos na Venezuela, de onde acabou sendo expulso por ser acusado equivocadamente de tráfico de armas durante um momento conturbado da política do país. Depois da Segunda Guerra, viveu no Canadá antes de voltar definitivamente para a França. 

  (FONTE: UOL.COM.BR)



Brasil Ride 2012 - 4a etapa - Calor excessivo



  26 de setembro 2012 – Enquanto o sudeste e o sul do Brasil passa frio, o nordeste está em chamas! Chapada Diamantina/BA com 50ºC! A Brasil Ride 2012, principal Ultramaratona de MTB da América Latina – está literalmente fervendo! O quarto dia de competição ficou marcado pelo forte calor nesta quarta-feira (26.9) na Chapada Diamantina/BA, em que temperatura subiu dentro e fora das pistas, em que os competidores precisaram de muita energia para completar o percurso de 81 quilômetros aos arredores do pico do Barbado com 2033 metros de altitude, o ponto mais alto do nordeste brasileiro.

  “Hoje foi o dia preferido”, concordou o grupo de grandes ciclistas portugueses na hora do jantar: Pedro Duque, Nelson Rosado, Marco Chagas e Nuno Margaþa.

  Neste momento da prova, os ciclistas já percorreram pouco mais de 278 km, praticamente a metade do caminho para linha de chegada na cidade de Mucugê, no próximo sábado dia 29 de setembro.

  Os portugueses Luís Leão Pinto e Tiago Ferreiro (Lapierre Cyles) dominaram a prova novamente, numa margem “conservadora”, que já obtém 15 minutos de vantagem sobre os tchecos, Martin Horak e Thomas Vokrouhlik (BMC Savo Racing), que vem na segunda colocação na classificação geral. Os brasileiros seguem na cola, com Gilberto Gois e Josemberg Pinho “Montoya” (Trust Bikes / JC Bikes) que fizeram uma etapa muito regular com o terceiro lugar no geral, consolidando a camisa branca na disputa pelo título na categoria Brasil. A dupla Japão-Brasil formada por Kohei Yamamoto e Daniel Carneiro (Specialized Brasil / Tripp Aventura) completou em Top 4 no geral.

  “O Brasil Ride é desafiante do que o Cape Epic, as trilhas são mais técnicas e com certeza vai atrair cada vez mais pessoas e atletas de Elite com a chancela da UCI (União Internacional de Ciclismo) ano que vem”, disse o campeão olímpico Bart Brentjens na hora da cerimonia de premiação quando foi convidado para relatar sua experiência no Brasil. O holandês vem na quinta colocação com Hans Becking (Milka Superior MTB Team). 

  Outro grande duelo aconteceu na categoria Grand Máster (novidade 2012), em que a briga pelo título está indefinida entre os três primeiros colocados devido uma diferença de tempo com menos de 5 minutos entre eles. Já nas categorias feminino, mista e máster, os líderes abriram mais vantagem. Adriana Nascimento e Daniela Genovesi (RC Bikes – Brasil Soul) aumentam a margem sobre a equipe Alegria. As equipes campeãs da edição 2011: na mista, Mateus Ferraz e Ivonne Kraft (RC Bikes – Brasil Soul), e Abraão Azevedo e Paulo Borges (RC Bikes – Brasil Soul), na máster, dominaram a etapa e ficaram mais próximas do bicampeonato.

 Brasil Ride 2012 tem o patrocínio da SHIMANO, RC BIKES, Governo da BAHIA /Bahiatursa-SUDESB. Frota oficial da FORD, vestuário oficial KAILASH. Suporte da Continental, Feel Good. Gorgeous, Isotônico Marathon, Mauro Ribeiro, Squirt e Valverde Ambulância.

  FONTE: BRASIL RIDE

Brasil Ride 2012 - 3a etapa - Cross Cowntry



  25 de setembro 2012 – O terceiro dia da Brasil Ride 2012, principal Ultramaratona de Mountain Bike da América Latina ficou marcado pela etapa de cross country (XCO) em Rio de Contas/BA, estágio que estreiou na edição passada, inovando mundialmente em provas por etapas. 


  O sol agraciou os atletas num dia de esforço intenso nesta etapa relativamente curta com 35 quilômetros no total, já que o percurso técnico exigiu muita habilidade e resistência dos atletas devido os trechos em singletrack (trilha estreita), com destaque para o morro da Capela do Bom Jesus, em que o padre benzeu a passagem de todos os atletas. 


  A 3ª etapa serviu também para integrar o público e atletas, já que os competidores pedalaram num circuito fechado num ritmo alucinante. Assim, a competição literalmente ferveu na briga pela vitória, pois na regra diferenciada no “cross country,” as duplas puderam separar-se e lutar individualmente pela vitória. O resultado final foi calculado pelo tempo médio de chegada entre os dois competidores. 


  Logo no início da prova de cross country, cinco ciclistas destacaram-se do pelotão formado por Luís Leão Pinto, Tiago Ferreira (líderes da prova), Kohei Yamamoto, Henrique Avancini e Josember Pinho “Montoyo”. Após revezarem-se por todas as 5 voltas de 7 km, o japonês “voador” Kohei Yamamoto ultrapassou o ciclista português e acelerou na descida para conquistar a vitória.


  “Você é Kamikaze”, disse Luís Leão Pinto na linha de chegada ao japonês Kohei Yamamoto, que compete pela equipe Specialized Brasil com uma bike (Epic) full suspension, literalmente voando pela trilha. “Estou muito feliz com a vitória, não era o mais forte na subida, mas acelerava nas descidas,” disse o ciclista japonês que esteve presente na Olimpíada de Londres 2012 e na hora do jantar deu um show de simpatia e profissionalismo ao relatar a etapa aos outros competidores, que retribuiram com muitos aplausos.


  No entanto, o resultado final pela somatória dos tempos dos respectivos parceiros ficou diferente. A equipe de Portugal defendeu a liderança da prova, seguido por duas duplas brasileiras: Henrique Avancini e Douglas Moi (Caloi); e Josemberg Montoya e Gilberto Goís (Trust Bikes / JC Bikes), fechando o pódio. O vencedor da etapa o japonês Kohei Yamamoto terminou na 4ª posição, devido a média de tempo somado com o resultado do seu parceiro, Daniel Carneiro, que finalizou em 14º lugar na geral.


  A quarta etapa da Brasil Ride será marcada pela grande beleza do trajeto, em que poderá avistar o pico do Barbado com 2033 metros de altitude, o maior de todo o nordeste brasileiro. A Brasil Ride é um desafio, com 7 dias de competição, estabelecendo uma nova meta para os desportistas, isto é, mais de 600 quilômetros de percurso em cenário épico pelos caminhos abertos no garimpo de diamantes do século XVIII no coração do Brasil. O evento Brasil Ride ajuda a transformar vidas, estimular o esporte olímpico, fomentar o ecoturismo e conquistar corações e mentes de desportistas, graças toda atenção, qualidade organizacional, logística, segurança e infraestrutura. E as inovações com a homologação da competição em 2013 pela UCI - União Ciclística Internacional - somando pontos no ranking internacional.


  Open
  1 - Luís Leão Pinto e Tiago Ferreira (Lapierre Cycles) - Portugal – 08:48:28
  2 - Martin Horak e Thomas Vokrouhlik (BMC-Savo Racing) – Rep. Tcheca – 09:01:36
  3 - Josemberg Pinho e Gilberto Gois (Trust Bikes / JC Bikes )– Brasil – 09:13:11


  Brasil
 1 – Josemberg Pinho e Gilberto Gois (Trust Bikes / JC Bikes )– Brasil – 9 horas, 13 minutos e 11 segundos
 2 – Uira Ribeiro e Gustavo Santos ( Lm Bike/Shimano) - 09:33:33
 3 - Henrique Avancini e Douglas Moi (Caloi) – 09:36:56


 Feminino
 1 - Adriana Nascimento e Daniela Genovesi (RC Bikes Ladies– Brasil Soul) – Brasil – 13:54:11
 2 - Alice Leão e Susan Zorzetto (Alegria) – Brasil – 16:19:46
 3 - Telma Cerqueira e Alexa Diekhaus (Cara e Coragem) – 16:57:19


 Master
 1 – Abraão Azevedo e Paulo Borges (RC Bikes-Brasil Soul – Brasil – 10:11:17
 2 - Edward Szraucner e Axel Strauss (HIRSCH INTEGRAL GLOBAL) – Alemanha - 10:27:15
 3 – Nico Pfitzenmaier e Carlos Cardemil (TWO CONTINENTS) – Africa do Sul/ Chile – 10:50:17


 Mista
 1 – Mateus Ferraz e Ivonne Kraft (RC Bikes / Brasil Soul) – Brasil/Alemanha – 1:04:43 segundos
 2- Agustina Apaza e Cesar Letolli (Argentina) – Argentina – 1:06:45 segundos
 3 – Annabela Stropparo e Piero Pelegrini (Amici di Annabella) – Itália – 1:12:28 segundos


 Grand Máster
 1 – Alfredo Montenegro e José Lito (Savana) – Brasil – 13:38:54
 2- Dorivaldo Abreu e Sergio Bonfim (Aky Veiculos) - 14:10:24
 3 – Marco Melo e Marco Corrado – Brasil – 14:10:54

 Fonte: Brasil Ride

Brasil Ride 2012 - 2a etapa (etapa rainha)

24 de setembro 2012 – O segundo dia da Brasil Ride 2012 reafirmou o de ser uma "etapa da vida"' devido ao longo percurso de 143,6 quilômetros entre as cidades de Mucugê e Rio de Contas, percorrendo muitas trilhas, estrada de terra e travessias por lugares inospitos pela região com altas montanhas da Chapada Diamantina, Bahia.

Foto

A rotina numa ultramaratona de mountain bike é intensa, pois o acampamento desperta cedo, neste caso, aconteceu às 4 da manhã, num clima de apreensão, afinal, antecedia a largada de uma das etapas mais desafiantes do mundo numa competição neste formato, com duas serras que somam mais de 3300 metros de desnível acumulado (ou seja, subidas!) além do exótico singletrack apelidado de “vietnã”.

Após um café da manhã reforçado, os competidores largaram às 6 da manhã sob temperatura ideal para pedalar no coração do Brasil, com céu nublado e amenos 16 graus Celsius. Com isso o pelotão da frente avançou rapidamente pelo percurso, utilizando como referência o ponto de apoio 2 na cidade de Piatã, a mais alta cidade serrana de todo o Nordeste (1180 m de altitude), em que os moradores reçeberam os atletas com muita música e alegria. 

O piloto de automobilismo Christian Fittipaldi, que estreiou em sua primeira Ultramaratona de MTB: “Quando alinhei de manhã estava bastante nervoso, o que não acontece nas corridas de carro. Ao longo do percurso cheguei a empurrar a bicicleta, mas considero um grande resultado chegar ao final”, comentou Fittipaldi que emocionou-se na chegada ao relatar toda sua superação para completar o dia com 8 horas, 52 minutos e 22 segundos. Destaque também para a mais jovem atleta na Brasil Ride com 15 anos de idade: "É uma competição dura, mas muito bonita", disse Zsuzsa Gyurka de 15 anos, campeã nacional da Romênia, que compete ao lado do seu pai.


Na disputa pelo título da etapa “rainha”, o time de Portugal que veste a camisa amarela de líder fez uma estratégia de atacar os adversários na subida final, após os trechos técnicos.

“É uma etapa mítica da Brasil Ride, para mim é uma das etapas mais duras em toda minha vida, mas o importante é que nossa estratégia deu certo e chegamos ao final. Quero agradecer ao meu companheiro Tiago Ferreira pelo excelente trabalho, mas ainda temos 5 dias pela frente e vamos continuar lutando pelo título”, comentou Luís Leão Ferreira, da equipe Lapierre Cycles que assim estabeleceu um novo recorde da etapa com 6 horas e 21 minutos!

Uma das equipes favoritas, liderada por Bart Brentjens (campeão olímpico Atlanta 96) sofreu uma queda mais forte ao longo do percurso e terminou na 4ª colocação. O destaque ficou para os brasileiros, Gilberto Goís (atual campeão brasileiro de Maratona) e Josemberg Pinho “Montoya”, da equipe JC Bikes / TRUST, que terminaram na 3ª posição geral e asseguraram a camisa de líder como melhor time nacional. Os tchecos do time BMC Savo ficaram com o segundo lugar geral na etapa, e o time da Specialized Brasil, formado por Kohei Yamamoto e Daniel Carneiro, finalizou na quinta colocação geral.

O Brasil ainda foi destaque com vitórias nas categorias: mista, feminino, máster e grand máster. Mateus Ferraz, que compete com a alemã Ivonne Kraft assegurou a camisa de líder por mais um dia. Adriana Nascimento e Daniela Genovesi confirmaram o favoritismo e mantiveram a liderança; Abraão Azevedo e Paulo Freitas dominaram a categoria Máster, assim como o time formado por Marco Corrado e Marco Melo, de Ribeirão Preto/SP, que vestem pelo segundo dia a camisa rosa de líder nova categoria Grand Máster.

Foto

Brasil Ride 2012 tem o patrocínio da SHIMANO, RC BIKES, Governo da BAHIA /Bahiatursa-SUDESB. Frota oficial da FORD, vestuário oficial KAILASH. Suporte da Continental, Feel Good. Gorgeous, Isotônico Marathon, Mauro Ribeiro, Squirt e Valverde Ambulância.

Fonte: Brasil Ride

Brasil Ride - Prólogo

  A terceira edição da Brasil Ride, principal Ultramaratona de Mountain Bike das Américas, começou em grande estilo neste domingo, dia 23 de setembro 2012, realizado na cidade de Mucugê, portal de entrada do Parque Nacional da Chapada Diamantina- Bahia.

  O primeiro dos sete dias do maior desafio em mountain bike, já realizado em solo brasileiro, recebeu a presença de mais de 300 atletas de 19 países e 15 diferentes estados brasileiros. “A Chapada tem um grande potencial para a realização deste tipo de prova, por isso na primeira oportunidade montei o evento e agora que entrou para o calendário oficial da União de Ciclismo Internacional, o nosso próximo desafio é realizar uma etapa dentro da cidade de Salvador, entre a cidade alta (Centro Histórico) e a cidade baixa. Uma espécie de carnaval a duas rodas”, declara Roma.

imagem

  Para o Secretário de Turismo do Estado, a Brasil Ride começa a ser patrimônio da Bahia com a grande contribuição que traz para o turismo da região. “Esperamos que o evento seja cada ano maior e melhor, se isso for possível, pois já é muito bom. Além de encher os hotéis e os restaurantes, esta turma está enchendo os habitantes desta terra de alegria”, afirma Leonelli.

  Entre corredores profissionais e amadores, o time de Portugal saiu a frente em busca do título, já que terminou como vice-campeão da Brasil Ride 2011.“Hoje era importante não perder muito tempo, conseguimos fazer um bom trabalho e amanhã é que realmente começa a briga pelo título”, comentou Luís Leão Pinto, de 33 anos, campitão do time campeão do prólogo, que mudou de parceiro para 2011 e compete com o amigo Tiago Ferreira, de 24 anos.

  O percurso inicial contou com um pouco de tudo: pedras, areia, travessia de rio, trilhas técnicas, trecho urbano, enfim, um aperitivo do que virá pela frente num percurso de 18km. Ao final dos 7 dias, os atletas percorrerão mais de 600 km de percurso, sendo que 11.359 metros são de subidas acumuladas.

imagem


Resultados da primeira etapa - Prólogo


Open


1- Luís Leão Pinto e Tiago Ferreira (Lapierre) - Portugal – 53:31 segundos
2- Martin Horak e Thomas Vokrouhlik (BMC-Savo Racing) – Rep. Tcheca - 54:26 segundos
3- Bart Brentjens e Hans Becking ( Milka Superior MTB Racing Team) – Holanda - 55:34 segundos

Brasil

1 – Henrique Avancini e Douglas Moi (Caloi) – 57:39
2 – Raphael Mendes e Cesar Moura (JC Bikes) – 58:08
3 - Uirá Ribeiro e Gustavo (LM Bike/Shimano) – 58:31

Feminino

1- Adriana Nascimento e Daniela Genovesi (RC Bikes Ladies– Brasil Soul) – Brasil – 1:22:02
2- Alice Leão e Susan Zorzetto (Alegria) – Brasil – 1:41:12
3- Telma Cerqueira e Alexa Diekhaus (Cara e Coragem) – 1:46:11

Master


1 – Abraão Azevedo e Paulo Borges (RC Bikes-Brasil Soul – Brasil – 59:28 segundos
2- Eduardo Soares e Eduardo Costa (Ale/Brou/Tripp) – Brasil – 1:03:52 segundos
3 – Heleno Borges e Paul Romero (ICE Racing) – Brasil/EUA – 1:04::43 segundos

Mista


1 – Mateus Ferraz e Ivonne Kraft (RC Bikes / Brasil Soul) – Brasil/Alemanha – 1:04:43 segundos
2- Agustina Apaza e Cesar Letolli (Argentina) – Argentina – 1:06:45 segundos
3 – Annabela Stropparo e Piero Pelegrini (Amici di Annabella) – Itália – 1:12:28 segundos

Grand Máster


1 – Marco Melo e Marco Corrado – Brasil – 1:22:08
2 – Alfredo Montenegro e José Lito (Savana) – Brasil – 1:22:17
3- Antônio Junior e José Gusmão – Fleet – Brasil – 1:25:24

Brasil Ride 2012 tem o patrocínio da SHIMANO, RC BIKES, Governo da BAHIA /Bahiatursa-SUDESB. Frota oficial da FORD, vestuário oficial KAILASH. Suporte da Continental, Feel Good. Gorgeous, Isotônico Marathon, Mauro Ribeiro, Squirt e Valverde Ambulância.

(Fonte: www.pedal.com.br)

Luís Amorim da Padaria Real/Caloi/Céu Azul é Campeão Paulista Contrarrelógio

--_O atleta Luís Amorim, do time sorocabano, é o vencedor do Campeonato Paulista de Contrarrelógio, realizado em Boituva, no sábado (15/09). Seu colega de equipe, Walter Júnior, foi o vice-campeão.
--_A prova foi disputada em etapa única, em um circuito de seis quilômetros, montado na Avenida dos Trabalhadores, em Boituva, em torno do qual os atletas deram duas voltas. Amorim venceu com o tempo de 14min08seg e Walter Júnior concluiu a prova em 14min35seg. O terceiro lugar do pódio foi conquistado pelo atleta de Rio Claro, Renato Ruiz, com o tempo de 15min08seg. Outro atleta do time sorocabano a alcançar boa classificação foi Adriano Martins, que chegou em quinto lugar, com a marca de 15min26seg.
-
>>“O Amorim confirma, com mais esta vitória, a boa fase pela qual vem passando neste ano, pois já havia conquistado, em junho, o título de campeão brasileiro dessa modalidade, em Rio das Ostras, no Rio de Janeiro. E o Walter Júnior, outro contrarrelogista importante de nossa equipe, valorizou a nossa participação nessa disputa tornando-se vice-campeão paulista”, comentou o atleta e técnico do time sorocabano, Edgardo Simón.
-
--_Walter Júnior também venceu a quarta etapa do Campeonato Paulista de Resistência. Walter Júnior também sagrou-se o campeão da quarta e última etapa do Campeonato Paulista de Resistência, disputada neste domingo (16/09), em Boituva. --_Seu colega Kleber Ramos conquistou o título de vice-campeão.
--_A prova se desenvolveu num circuito de quinze quilômetros, montado na Avenida dos Trabalhadores, em torno do qual os 130 atletas participantes correram durante 1h30min. Em terceiro lugar chegou o atleta de Rio Claro, Halysson Ferreira; em quarto, veio Luiz Roberto Ortiz, de Santos; em quinto, outro atleta da equipe sorocabana, Alan Maniezzo. Também disputaram essa prova pelo time da Padaria Real/Caloi/Céu Azul Alimentos os atletas Jadson de Araújo, Luís Amorim, Francisco Chamorro, Rogério Santiago, Adriano Martins e Alex Diniz.
--_O resultado final do Campeonato Paulista de Resistência foi divulgado na tarde desta segunda-feira pela Federação Paulista de Ciclismo, organizadora da competição.
--_Classificaram-se nas três primeiras posições os ciclistas: Halysson Ferreira (1º), de Rio Claro; Bruno Tabanês (2º), de Americana; e Cristian Egídio (3º), de Ribeirão Preto. Completaram o pódio da geral Nilceu Santos (4º), de Pindamonhangaba; e Walter Júnior (5º).
--_A equipe de Sorocaba é mantida pela Padaria Real, patrocinada pela Céu Azul Alimentos, Caloi (fabricante de bicicletas) e Shimano (componentes de bicicleta). É apoiada pela Prefeitura de Sorocaba e Academia Training Center
-
Fonte: SOROCABA FÁCIL
Link Origem: www.sorocabafacil.com.br/noticias/ciclismo-luis-amorim-da-padaria-realcaloiceu-azul-e-campeao-paulista-contrarrelogio-4226

Jonathan Tiernan-Locke (Endura) foi o grande vencedor do Tour da Grã-Bretanha

Jonathan Tiernan-Locke foi o primeiro britânico em 19 anos a triunfar na competição.

--_O ciclista britânico Mark Cavendish (Sky) ganhou neste último domingo (16/09) ao “sprint” a oitava e derradeira etapa da Volta à Grã-Bretanha, após 147.7 quilômetros, entre Reigate e Guildford, local da consagração de Jonathan Tiernan-Locke (Endura) como grande vencedor da prova.
--_O terceiro triunfo do “Expresso da Ilha de Man” na presente edição foi conseguido com uma marca de 3h33m05s, à frente do holandês Boy Van Poppel (UnitedHealthcare) e do italiano Fabio Sabatini (Liquigas).
--_Tiernan-Locke tornou-se o primeiro britânico em 19 anos a ganhar a Volta à Grã-Bretanha, ficando com vantagens de 18 e de 23 segundos sobre o australiano Nathan Haas (Garmin) e o italiano Damiano Caruso (Liquigas), respetivamente.
-
Fonte: DESPORTO
Link Origem: http://desporto.sapo.pt/ciclismo/artigo/2012/09/16/cavendish_vence_etapa_de_consagr.html

 

Omega campeã mundial de contrarrelógio por equipes

A Omega Pharma-Quick Step sagrou-se neste último domingo (16/09/2012) campeã do Mundo de contrarrelógio por equipes (CRE), em prova que abriu o programa dos Campeonatos do Mundo que decorrem até ao dia 23 em Limburgo, na Holanda. A formação belga do ProTour cumpriu os 53,2 quilômetros em 1h03m17s, ficando à frente da BMC (1h03m20s) e da GreenEdge (1h04m23s).
-
Fonte: RECORD
Link Origem: http://www.record.xl.pt/Modalidades/Ciclismo/interior.aspx?content_id=778409

UCI MOUNTAIN BIKE MASTERS - AO VIVO!

Bom dia mazos!!!



Segue link pra quem quiser acompanhar o Mundial Master que está acontecendo em Balneário Camboriú nesse final de semana:

http://www.timbonet.com.br/mundial/

Segue programação:

SÁBADO - 15/09/12:

10:30 - Final Masculino XCO - Categoria 45-49 anos;
12:00 - Cerimônia de premiação;
13:00 as 17:00 - Finais do Downhill - todas as categorias;
17:30 - Cerimônia de premiação;

DOMINGO - 16/09/12:

08:30 - Final Masculino XCO - Categoria 40-44 anos;
11:00 - Final Masculino XCO - Categoria 35-39 anos;
13:30 - Cerimônia de premiação;
14:00 - Final Masculino XCO - Categoria 30-34 anos;
16:00 - Cerimônia de premiação

Ciclismo de Indaiatuba vence na 15ª Volta Internacional do Grande ABC

--_A equipe de ciclistas de Indaiatuba, apoiada pela Secretaria Municipal de Esportes, conquistou o pódio em quatro categorias na 15ª Volta Ciclística Internacional do Grande ABCD, realizada no dia 9 de setembro, em São Caetano do Sul.
--_A prova teve a participação de cerca de mil competidores e contou pontos para o ranking da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC). Confira a classificação dos atletas que defendem o município, sob a coordenação do treinador Armando Camargo:
> Cleiton dos Santos – categoria Open Speed – 1º lugar
> Herton Bittencourt – categoria Open Master B – 1º lugar
> Marcelo Ariani – categoria Open Master A – 2º lugar
> William dos Anjos – categoria Open Juvenil – 3º lugar
-

## Esporte como exercício da cidadania e inclusão social
--_ O esporte competitivo em Indaiatuba tem como objetivo primordial inspirar e estimular crianças e jovens para a prática esportiva, tendo como exemplo atletas de sucesso que iniciaram sua carreira no Pria (Programa de Recreação, Iniciação e Aperfeiçoamento) da Secretaria Municipal de Esportes. Direcionado a crianças na faixa etária de 06 a 17 anos, o projeto oferece atendimento gratuito para 28 modalidades em 28 pólos. Suas metas são o desenvolvimento da ética esportiva, a valorização do caráter educacional do esporte, a cooperação, a consciência corporal e o exercício pleno da cidadania, com amplo acesso à participação popular.

-
Fonte: ITU.COM.BR
Link Origem:  http://www.itu.com.br/regiao/noticia/ciclismo-de-indaiatuba-vence-na-15-volta-internacional-do-grande-abc-20120914

Bradley Wiggins abandona na Volta à Grã-Bretanha

Vencedor da edição deste ano do Tour, o britânico Bradley Wiggins abandonou, nesta sexta-feira, a Volta à Grã-Bretanha.

--_Segundo revelou a sua equipe, Wiggins está com um problema gástrico que o obriga a abandonar a corrida britânica.
--_Bradley Wiggins ocupava um modesto 41.º lugar na classificação geral da Volta à Grã-Bretanha, a mais de 12 minutos do líder, o australiano Leigh Howard.
-
Fonte: DIARIO DIGITAL
Link Origem: http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?id_news=591741

Mundial MTB Master - Recorde de inscritos! O bicho vai Pegar!!!

--_O Parque Unipraias, em Balneário Camboriú (SC), recebe pelo terceiro ano consecutivo o Campeonato Mundial de Mountain Bike Master. O evento será entre os dias 11 e 16 de setembro com a participação de mais de 600 atletas de diversas nacionalidades que vão disputar o título mundial nas modalidades Cross Country e Downhill nas faixas etárias 30/34 anos, 35/39, 40/44, 45/49, 50/54, 55/59 e acima dos 60 anos.
-
## Record de Inscritos
--_Com uma completa infraestrutura e muito bem organizado, em 2011 o evento reuniu mais de 300 atletas vindos de 23 países. O Brasil compareceu com 196 ciclistas, a Argentina com 69, o Chile com 23 e a Venezuela e a Colômbia marcaram presença com 11 atletas cada. Entre os europeus, a França veio com 6 atletas e a Itália com 4 atletas.
--_Nos quatro dias de competição, o Brasil conquistou 13 medalhas, sendo quatro de ouro, três de prata e seis de bronze. Em 2012, a organização está preparada para receber um número recorde de participantes e espera mais medalhas para o Brasil.
--_O evento desse ano promete estabelecer um novo recorde de participantes e já conta com 330 atletas confirmados. As inscrições estão abertas e podem ser feitas no site da Federação Catarinense de Ciclismo (www.ciclismosc.com.br) até o dia 4 de setembro.
Para se inscrever, basta apenas ser filiado em alguma Federação Estadual.

O download da ficha de inscrição pode ser feito AQUI
-
>> “É importante que o atleta se inscreva e garanta logo seu lugar na corrida, pois a ordem de largada é definida pela data do pagamento. Quem quer brigar pelo título é bom garantir um bom lugar no grid de largada”, lembra João Carlos Andrade, presidente da Federação Catarinense de Ciclismo, organizadora do evento.
-
## Pré-Mundial
--_A Federação Catarinense de Ciclismo oferece uma excelente oportunidade de conhecer e competir no circuito do Cross Country e na pista de Downhill com a realização do Pré Mundial de 7 a 9 de setembro.
--_Muitos atletas já se inscreveram e vão usar as disputas do Pré Mundial como um treino com foco no Mundial. As provas vão contar pontos para o ranking catarinense de ambas as modalidades.
-
--_As inscrições para o Pré Mundial devem ser feitas até o dia 5 de setembro no site http://www.ciclismosc.com.br
-
##As Pistas
--_A pista de Cross Country tem um desnível de 159 metros, e oferece muitos trechos de trilha em single track, e alguns de asfalto.
--_Já a pista de Downhill tem início na cota de 252 metros sobre o nível do mar e oferece 1.230 metros de muitos obstáculos com uma inclinação que chega aos -30%. Para a largada do Downhill, o acesso ao mirante é feito pelo teleférico inaugurado em 1999 com 47 bondinhos que interligam três estações.
-
Mais informações no site http://www.ciclismosc.com.br
-
Fonte: PEDAL.COM.BR
Link Origem: http://www.pedal.com.br/mundial-mtb-master-recorde-de-inscritos_texto6255.html

Rui Costa, André Cardoso, Bruno Pires e Sérgio Paulinho eleitos para a competirem na COPA DO MUNDO de Estrada

--_Rui Costa (Movistar), André Cardoso (Caja Rural), Bruno Pires e Sérgio Paulinho (Saxo Bank) são os selecionados de Portugal para a corrida de fundo da COPA DO MUNDO de estrada, anunciou nesta ultima quarta feira a a Federação Portuguesa de Ciclismo (FPC).
--_Manuel Cardoso (Caja Rural) e Tiago Machado (RadioShack), que estavam entre os seis pré-convocados pelo selecionador português, José Poeira, permanecem de prevenção para a corrida de 261 quilômetros do Mundial de Maastricht, na Holanda, agendada para 23 de setembro.
-
>>«O Rui Costa é um excelente corredor e atravessa um grande momento de forma. Nas últimas três corridas em que participou – três provas de um dia do calendário “World Tour” – ficou sempre nos dez primeiros, chegando ao pódio em duas delas. Os outros três selecionados demonstraram na Volta a Espanha estarem em muito boas condições, o que potencia as melhores qualidades de todos eles», afirmou José Poeira, citado pela FPC.
--_O selecionador luso acrescentou ainda que «André Cardoso tem feito sempre bons lugares nos Mundiais, mesmo quando o percurso é menos ao seu jeito do que o deste ano», destacando ainda que Sérgio Paulinho «também tem provas dadas em corridas de um dia, pois já foi vice-campeão olímpico [Atenas2004]» e «Bruno Pires tem vindo a afirmar-se como um dos mais consistentes trabalhadores de equipa do pelotão ‘World Tour’».
--_A corrida de fundo para os ciclistas de elite terá 261 quilômetros e, ao contrário de outras edições, não será propícia a “sprinters”, uma vez que será um constante "sobe e desce", com vários "picos" a serem transpostos.
--_Após a largada em Maastricht, o pelotão percorre 100 quilômetros com sete subidas, curtas, mas íngremes, e entra no circuito de 16,1 quilômetros, ao qual serão dadas dez voltas, em redor de Valkenburg. Este percurso inclui duas "subidas", um dos quais, a cerca de dois quilómetros da chegada é o emblemático Cauberg, que muitas vezes determina os vencedores da "clássica" Amstel Gold Race.
--_Portugal abdicou de participar na prova de contrarrelógio, na qual não poderia contar com o seu melhor especialista, Nelson Oliveira, 17.º no ano passado, que recupera de uma infeção bacteriana, e decidiu “apostar” na corrida de fundo, considerando que perfil do traçado encaixa nas características dos corredores lusos.
--_Também a 23 de setembro, Portugal vai estar representado por Francisco Valinho (CC José Maria Nicolau), Luís Gomes (Silva & Vinha-ADRAP) e Rúben Guerreiro (Alcobaça CC), na corrida de fundo de juniores, cujos 128,8 quilômetros serão disputados no circuito de 16,1 quilômetros.
-
>>«Qualquer um dos três deu boas indicações na recente Volta a Portugal de Juniores, embora lhes falte experiência de competição ao mais alto nível mundial. Assim, tentaremos dar o melhor, assumindo uma postura ambiciosa, mas sem nos comprometermos com uma meta concreta», explicou José Poeira.
--_Além do “crono” de elites, Portugal abdicou também do exercício individual de juniores e vai estar ausente das competições de sub-23, uma vez que não conseguiram pontos suficientes para a apuração.
-
Fonte: SAPO DESPORTO
Link Origem: http://desporto.sapo.pt/ciclismo/artigo/2012/09/12/rui_costa_andr_cardoso_bruno_.html

Desafio Márcio May - Inscrições abertas

Já estão abertas as inscrições para o 6º Desafio Márcio May de Ciclismo de Estrada e Mountain Bike. Uma prova para Amadores e Profissionais com categorias de SPEED e Mountain Bike, que vai ocorrer no estado de Santa Catarina.

Como o sucesso dos últimos anos, a competição vem atraindo muitos atletas de todo o país. Ao todo serão 33 categorias em disputa, distribuindo 170 troféus aos 5 primeiros colocados de cada categoria.

Você não pode perder esse DESAFIO!
Serviço

Rio do Sul - SC - 25 de Novembro
SPEED - 84,2 km
Mountain Bike - 60,2 km
SPEED ou MTB Light - 45,9 km

-
Maiores informações Clique Aqui.
-
Fonte: Pedal.com.br
Link Origem: http://www.pedal.com.br/desafio-marcio-may-inscricoes-abertas_texto6282.html

Saalfelden XCO - UCI World Championships 2012

  Neste final de semana aconteceu na cidade de Salzburguerland, na Áustria, o UCI World Championship 2012 de XCO.

Sabine Spitz looked as if she was going to run away with this race. But then Olympic Champ Julie Bresset roared to the front and in a show of complete dominance simply rode away from everyone. Spitz and Gunn-Rita Dahle Flesja both went down in lap two and Spitz just never recovered. Dahle Flesjaa on the other hand kept a steady hand on the throttle moving up and picking off riders until she was securely in second place. Not bad for a 39 year old mother.

  Em um circuíto muito bem projetado, com dificuldades elevadas, a prova era composta por 8 voltas de 4600m cada para a elite masculina e 6 voltas para a elite feminina.

  Na elite masculina, a prova iniciou com uma leve alternância da primeira colocação entre o francês Julian Absalon, o suíço Fabian Giger e o italiano Marco Fontana, que num trabalho em conjunto com o suíço Nino Schurter, conseguiram se distanciar dos perseguidores e abrir uma boa vantagem, levada até o final da prova.

  Fontana não conseguiu manter a segunda posição, sendo ultrapassado pelos suíços Lukas Fluckiger e Matias Fluckiger que compuseram as segunda e terceira posições e no mais alto do pódio, quem levou a camisa de campeão foi Nino Schurter, com o tempo de 1h40min55seg.

Elite Men s Podium L-R Lukas Fluckiger 2 Nino Schurter 1 and Matthias Fluckiger 2

  O brasileiro melhor colocado foi Ricardo Pscheidt, que terminou a prova na 43a posição, 1 volta atrás do primeiro colocado, resultado parecido com o de Rubens Valeriano, que chegou 47o lugar e 1 volta atrás do líder.
  Henrique Avancini ficou na 54a posição e duas voltas atrás do primeiro colocado e Sherman Paiva na 66a colocação.

  Na elite feminino, a campeã olímpica Juliet Bresset assumiu a liderança logo no início da prova e assim se manteve até o final, com o tempo de 1:32:25, seguida da atleta e mãe de 39 anos Gunn Rita Dahle Fleesjaa e da americana Georgia Gould.

Elite Women s Podium L-R Gunn Rita Dahle Flesjaa Bresset and Gould.

  A prova foi transmitida ao vivo pela RedBull tv e para quem não viu, segue o link:

  http://live.redbull.tv/events/134/uci-xco-men-world-championship/

  Fonte: http://www.pinkbike.com/news/Results-Saalfelden-XCO-UCI-World-Championships-2012.html?trk=rss&utm_source=twitterfeed&utm_medium=twitter
http://www.saalfeldenleogang2012.at/en/news/results-cross-country-men-elite/

Contador faz prova segura e confirma título da VUELTA A ESPAÑA 2012

Contador veste definitivamente a camisa "roja"
--_O espanhol Alberto Contador, duas vezes campeão do Tour de France, confirmou neste domingo o título da Volta da Espanha 2012. O ciclista, extra-oficialmente, já havia ganho o campeonato na etapa de ontem (08/09). Ele terminou a última etapa - um trecho de 115km entre Cercedilla e Madrid - em 54º lugar. É a segunda vez que ele vence a mais tradicional competição do ciclismo disputado em território espanhol - a primeira foi em 2008.
--_A vitória no torneio representa uma ressurreição na carreira do ciclista, que voltou de uma suspensão por doping no último mês. Em 2010, eles testou positivo para a substância proibida clembuterol e foi sancionado pelo Tribunal Arbitral do Esporte. 
--_O julgamento ocorreu neste ano, e ficou decidido que o atleta perderia todos os resultados de dois anos para cá. Desta forma, ele teve cassados os títulos da Volta da França de 2010 e da Volta da Itália de 2011. Na época da sentença, Contador declarou que havia sido vítima de contaminação alimentar e que abandonaria o esporte caso fosse suspenso.
-
>> "Pelo o que aconteceu comigo nos últimos tempos, esta foi uma vitória muito especial para mim. Minha vitória mais bonita... Estava há muito tempo sem competir e minha situação estava complicada. Foi um torneio muito duro desde o início", disse ele aos jornalistas, após a finalização da 21ª etapa da Volta da Espanha. 
-
--_Além de Contador, que compete pela Saxo-Bank e foi campeão no geral individual, o também espanhol Alejandro Valverde, da Movistar, levou o título da classificação por pontos e da competição combinada. O australiano Simon Clarke, da Orica, foi o melhor montanhista.
-
Resultado
Classificação da última etapa
-
Classificação Final da VUELTA
-
Fonte: ESPN BRASIL

Cross Cowntry Eliminator - Women and Men Elite - Ao vivo agora

Mazobikers e ciclistas de plantão!

Daqui a 9 minutos entra ao vivo a transmissão do Cross Cowntry Eliminator - Women and Men Elite em Saalfelden.



Na briga, temos 4 brasileiros.

Acompanhem no link abaixo:

http://live.redbull.tv/events/135/uci-xce-world-championship/

Abraço!

VUELTA 2012: Joaquin Rodríguez aumenta diferença para Contador na etapa rainha...

--_Disputou-se nesta segunda-feira a etapa rainha da Volta a Espanha (VUELTA), percurso com um total de 183,5 quilômetros entre Gijon e a duríssima subida de Cuitu Negru, que, em alguns locais, tinha percentagens de inclinação de 24 por cento.
--_O italiano Dario Cataldo (Quick Step) foi o vencedor da etapa, batendo o belga Thomas De Gendt (Vacansoleil), seu companheiro de fuga, por sete segundos

--_A sucessão de dificuldades era "brutal", com San Lorenzo, La Cobertoria, Branillin, todas subidas de primeira, a servir de "aperitivo" para a escalada do Cuitu Negru, especialmente demolidora nos três ultimos quilômetros. Na geral, Rodríguez aumentou de 22 para 28 segundos a vantagem sobre Contador. Valverde é terceiro a 2.04 minutos. André Cardoso subiu do 26.º para o 21.º lugar e está a 36 segundos de entrar para os vinte primeiros da Vuelta
--_Os Dois ciclistas de nível razoável, mas atrasados na geral, o italiano Dario Cataldo (Omega Pharma) e o belga Thomas de Gendt (Vacansoleil), realizaram a fuga cedo, antes da estrada começar a "subir a sério", e conseguiram levar o esforço até à meta, com vitória para o transalpino.
--_Cataldo gastou 5h18m28s, com de Gendt a ficar um pouco para trás nos últimos 500 metros.
Mais atrás, na luta pelos melhores lugares finais da Vuelta, Cuitu Negru não trouxe uma realidade muito diferente da véspera, em Lagos de Covadonga.
--_"Purito" Rodriguez subiu sempre muito bem e não cedeu absolutamente nada para os ataques, cada vez mais desalentados, de Contador.
--_Foi terceiro, a 2m39s de Cataldo, e ganhou tempo para toda a concorrência - dois segundos sobre Contador, 19s sobre o espanhol Alejandro Valverde (Movistar) e 2m32s sobre o inglês Christopher Froome (Sky).
--_O britânico, que nos primeiros dias da Vuelta chegou a ser apontado como favorito para a "roja", foi sempre dos primeiros a descolar, quando os "gregários" da Saxo Bank ou da Movistar reduziram drasticamente o grupo em que sempre esteve o líder.
-
Fonte: A BOLA
Link Origem: http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=350657

VUELTA 2012: 04/09/12 Dia de descanço dos atletas...

Olá a todos os ciclistas e bikers de plantão, hoje (04/09/2012), não há transmissão da Volta a Espanha pois é dia de descanço para os Atletas, pois ninguem é de ferro né! kkkk

Amanhã a 17a Etapa - Santander a Fuente Dé com 187,3 km de distância - etapa esta de alta montanha.

Abraços a todos!

Brasileiro de XCM 2012 - Gilberto Goes e Roberta Stopa vencem



  Neste último domingo (02) aconteceu na cidade de Campo Largo o Campeonato Brasileiro de Marathon - XCM 2012.
  Quase 400 atletas, de diferentes categorias, participaram da prova e percorreram os seus difíceis 83km.


  Na Elite Masculina quem levou a melhor, com o tempo de 2h41min55seg foi o atleta da equipe Trust Gilberto Goes, consagrando-se campeão da competição, após ter liderado a prova de ponta a ponta em um ritmo intenso e agressivo, seguido do atleta da equipe Soul/Taschibra/Proimport, Ricardo Pscheidt que venceu ao sprint o terceiro colocado, Leandro Donizete, da Associação Paulínia de Desporto.

  Já na Elite Feminina, Roberta Stopa, da equipe Damatta/Mob/Ashima/XFusion, foi a melhor e venceu a prova com uma diferença de 16min37seg da segunda colocada, Luisa Saft, da equipe Memorial/Santos, cruzando a linha de chegada com o tempo de 3h23min28seg, seguidas, na terceira colocação, da atleta Tania Clair, da Assiclo/FME/Indaial.



  (Fonte: Blog Jacus de Duas Rodas)
  (Fotos de: Blog Jacus de Duas Rodas)

Brasileiro confirma liderança e é o primeiro a vencer Tour do Rio


Kléber Ramos foi o primeiro brasileiro a vencer o Tour do Rio. Foto: Mauro Pimentel/Terra

Kléber Ramos foi o primeiro brasileiro a vencer o Tour do Rio

  Foto: Mauro Pimentel/Terra
  PAULA BIANCHI
  Direto do Rio de Janeiro


  O paraibano Kléber da Silva Ramos, da Padaria Real Cycling Team, se sagrou campeão do Tour do Rio na manhã deste domingo. Na liderança desde a terceira etapa, Ramos foi o primeiro brasileiro a vencer o circuito e completou o tour em 19h23m27s.

  Porém o primeiro lugar da quinta e última etapa da prova, que saiu de Rio das Ostras, ficou com Roberto Pinheiro, da equipe Funvic/Pindamonhangaba, que fez o trajeto em 3h54m27s. O argentino Edgardo Simon, da Padaria Real Cycling Team, ficou com o segundo lugar, e Ricardo Ortiz, da São Francisco/Powerade/Ribeirão Pretro, completou o pódio. Ambos completaram a prova em 3h54m27s, sendo que a diferença entre os finalistas foi de 299 e 49 milésimos, respectivamente.

  Ramos fez questão de agradecer a sua equipe e disse que esta é a vitória mais importante de sua carreira. "Essa vitória é para o grupo, que foi fundamental. Devo muito a todos eles", disse, emocionado. "Ser o primeiro brasileiro a ganhar a prova é incomparável".

  Para ele, o primeiro lugar se deve em grande parte a preparação exclusiva da equipe para os 800 km da prova. "Focamos a preparação no Tour do Rio, isto foi essencial, e desde o começo conseguimos abrir uma boa vantagem".

  Na chegada, uma surpresa. Os troféus foram entregues pela ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira que disse ser um grande fã do esporte. "O evento é genial, além de ser uma grande perspectiva para os Jogos de 2016. Ninguém anda de bicicleta e fica de mau-humor. É uma questão de atitude. Até eu pretendo voltar a pedalar assim que o médico me liberar", disse.

  Esta foi a terceira edição do Tour do Rio, que acontece uma vez por ano. A prova consiste em etapas que vão passando por várias cidades do Estado do Rio de Janeiro, em um formato parecido com o Tour da França e o Giro da Itália. Vencedor do circuito de cinco dias, Ramos leva para casa um prêmio de R$ 200 mil.
(Fonte: Terra.com.br)

VUELTA: Antonio Piedra (Caja Rural) vence e Juaquim Rodrigues mantém a liderança

Antonio Piedra (Caja Rural) em uma fuga solitária espetacular vence a 15a Etapa da Volta a Espanha com o tempo de 5:01:23s abrindo sobre os outros competidores 2 minutos de vantagem sobre os outros  participantes da fuga. Ruben Perez Moreno, Lloyd Mondory e David Rasilla, decidiram ao sprint o os 2O, 3O e 4o lugares respectivamente.
O grupo de Juaquim Rodriguez/Alejandro Valverde e Alberto Contador, chegou 9m25s depois.  
-
Resultados
Classificação da 15a Etapa
01. Antonio PIEDRA PEREZ 05:01:23
02. Ruben PEREZ MORENO a 02:02
03. Lloyd MONDORY a 02:02
04. David DE LA FUENTE RASILLA a 02:02
05. Pablo LASTRAS GARCIA a 02:07
06. Simon GESCHKE a 02:12
07. Kevin SEELDRAEYERS a 02:25
08. Andrey KASHECHKIN a 03:35
09. Vicente REYNES MIMO a 03:49
10. Sergey LAGUTIN a 06:45
11. Alejandro VALVERDE BELMONTE a 09:25
12. Joaquin RODRIGUEZ OLIVER a 09:25
13. Alberto CONTADOR VELASCO a 09:25
-
Classificação Geral após a 15a Etapa.
01. Joaquin RODRIGUEZ OLIVER 58:17:21
02. Alberto CONTADOR VELASCO a 00:22
03. Christopher FROOME a 01:41
04. Alejandro VALVERDE BELMONTE a 02:16
05. Daniel MORENO FERNANDEZ a 04:51
06. Robert GESINK a 05:42
07. Andrew TALANSKY a 06:48
08. Laurens TEN DAM a 07:17
09. Igor ANTON HERNANDEZ a 07:39
10. Tomasz MARCZYNSKI a 09:01