Clique aqui e faça sua inscrição para o Desafio. Clique aqui para mais informações sobre o pedal. Clique aqui para ver a lista de inscritos.
NOVAS NOTÍCIAS:
Carregando...

El Gallo CG Camp no Chile - Downhill e solidariedade

- -_Aconteceu no primeira quinzena de abril, o 2º El Gallo CG Camp e pela primeira vez no Chile. Cedric Gracia e equipe foram ao Chile para realizar a segunda edição da "clínica", e prestar sua solidariedade aos pilotos chilenos.
- Confira relato de Cedric:
- -_Depois de um terrível terremoto o país está em reconstrução, eu sei que as coisas não são fáceis neste momento para a população chilena. Eu fiquei muito feliz de estar ali com as pessoas que estavam dispostos a seguir em frente com seus planos e ser positivo sobre a vida, como andar de bicicleta.
- -_O meu grupo na clínica era fantástico, divertido, muito bons pilotos e muito boa disposição das pessoas! Eles aprendiam rapidamente e estavam felizes por poder me perguntar sobre a World Cup.
- -_Graças a EL GALLO Alexi GARCIA e sua família tudo isso aconteceu. Eu nunca vou esquecer essa experiência no Chile, não apenas pelo rolê incrível, mas também pelo lado humano!
::Obrigado Chile e Forza Chile!
- -_Na mesma semana, Cedric seguiu para o Sea Otter, onde disputou a sua segunda corrida da temporada!

Fonte: Pedal.com.br - http://www.pedal.com.br
Link Origem: http://www.pedal.com.br/el-gallo-cg-camp-no-chile-downhill-e-solidariedade_texto3808.html

Copa do Mundo de MTB XC #1 - Sprint final garante vitória para Nino Schurter e Irina Kalentieva vence entre as mulheres

- -_Dalby Forest, Yorkshire (Inglaterra), foi o local da primeira etapa do cross country na Copa do Mundo de Mountain Bike 2010. Semanas antes, as cinzas do vulcão da Islândia deixaram vários vôos cancelados por toda Europa, o que deixou o espaço aéreo congestionado logo depois da liberação. Com isto, muitos atletas ficaram de fora desta etapa, dentre eles, o nosso brasileiro Henrique Avancini.
:: A competição
- -_Durante a manhã, uma pequena chuva regava o circuito. O sol apareceu bem fraco, pois o frio permanecia, cerca de 11oC.

Confira como foram as batalhas nas duas categorias:
:: Elite Feminino
- -_Mais de 90 mulheres disputaram a categoria Elite. Todas elas iniciaram a corrida com um “Start Loop” de 2km antes de entrar no circuito. Depois disto, deram cinco voltas de 6.82km, totalizando 36,25km.
- -_Logo no início, as americanas mostraram serviços e assumiram a ponta. Apenas a russa Irina Kalentieva diferenciava do grupo: Heather Irmiger, Willow Koerber, Emily Batty e Georgia Gould. Todas as cinco atletas formavam um pelotão até registrarem a primeira volta.
- -_Logo em seguida, Irmiger, Kalentieva a Koerber atacaram na entrada do single track e formam um trio implacável até registrarem a segunda volta. Nenhuma das outras atletas acompanhou o ritmo forte. Koerber se destaca na frente com Irmiger. Kalentieva ficava na roda.
- -_O registro da terceira volta já apontava essas líderes como grandes pretendentes ao pódio. Mas foi por pouco, Kalentieva ataca no subidão e assumia a ponteira. Apenas Koerber contra-atacou. Irmiger não agüenta.
- -_As líderes registram a quarta volta com um tempo de 01:10:45. As demais, com 36 segundos de diferença. O famoso “troca-troca” deposições predominava no pelotão, mas o destaque mesmo era Julie Bresset, da categoria Sub-23. A francesinha mostrava porque é uma das grandes revelações desta temporada.
- -_As líderes registram a última volta. E logo em seguida, Kalentieva realiza outro ataque fulminante. Koerber não deixa barato e continua a perseguição. A russa, que é considerada uma das atletas mais técnicas que o XC, mantêm uma cadência mais forte e começa a se distanciar da americana. No final da descida, a diferença entre elas já chega aos cinco segundos.
- -_Outro subidão surge e a perseguição continua. Americana enxerga a russa em alguns trechos do circuito, mas já começa a ter sinais de cansaço e aceitar a segunda colocação. E por mais metros que percorriam no circuito, a diferença aumentava. Dez segundos finalizava o que já estava certo.
- -_Irina Kalentieva cruza a linha de chegada com o tempo de 01:54m:57s. Willow Koerber chega depois de exatos 11 segundos. A tcheca Katerina Nash vence no sprint final outra americana, Georgia Gould, sua companheira de equipe.

::Resultados:
:: Elite Feminina
1 Irina Kalentieva (Rus) Topeak Ergon Racing Team 1:54:57
2 Willow Koerber (USA) Subaru-Gary Fisher +0:11
3 Katerina Nash (Cze) Luna Pro Team +0:28
4 Georgia Gould (USA) Luna Pro Team +0:29
5 Julie Bresset * (Fra) Bh-Suntour +0:53
6 Catharine Pendrel (Can) Luna Pro Team +0:57
7 Katrin Leumann (Sui) Goldwurst-power.ch +1:25
8 Marie-Helene Premont (Can) Team Maxxis-Rocky Mountain +1:37
9 Heather Irmiger (USA) Subaru-Gary Fisher +1:46
10 Lene Byberg (Nor) Specialized Factory Racing +1:52

:: Elite Masculino
- -_Os homens também tinham que enfrentar o “Start Loop”. Seis voltas foram indicadas para eles, que totalizava 43,07km de prova. Mais de 180 pilotos estavam inscritos.
- -_Assim que foi dada a largada, Ralph Naef assumia a ponta do gigantesco pelotão. Quando foi aberta a cancela para o início oficial da prova, Lukas Fluckiger foi o primeiro a dar as boas vindas. Mas Julien Absalon, Marco Aurélio Fontana, Nino Schurter e Geoff kabush também formavam o quinteto deste pelotão.
- -_Mas quando chegou no trecho técnico, Absalon e Naef já mostravam que dariam trabalho, assumindo a liderança e colocando 3 segundos de vantagem. Schurter e Ivan Alvarez Gutierrez encostavam na dupla. Burry Stander também começava aparecer na prova.
- -_No registro da segunda volta, os cinco atletas já pedalavam juntos: Naef, Absalon, Schurter, Gutierrez e Stander. Muito atrás, cerca de 20 segundos, todos os outros atletas vinham numa destruição total. Troca-troca deposições a todo instante. José Hermida, Chirstoph Sauser, Geoff Kabush e Todd Wells estavam neste pelotão.
- -_Nino Schurter e Julien Absalon eram os centros das atrações. Ambos tinham duelado no último mundial, onde o suíço levou vantagem. E Ralph Naef e Burry Stander assistiam de camarote essa briga dos dois.
- -_Na terceira volta, tudo embolou. O ritmo dos líderes diminui e pelotão encosta, deixando a disputa mais eletrizante: Schurter, Absalon, Gutierrez, Fontana, Stander, Ruben Ruzafa Cueto, Manuel Fumic, Lukas Flückiger, Florian Vogel e Stéphane Tempier. E logo em seguida, outro pelotão começa a enconstar, com
Kulhavy, Hermida, Lejarreta e Mathias Flückiger.
- -_O suíço Christoph Sauser tem problemas e encontra-se na 37ª colocação.
- -_A quarta volta tudo muda novamente e o pelotão se separa. Stander assume ponteira da prova. Abslaon, Schurter, Fontana, Gutierrez e Ruzafa aparecem em seguida. Fluckiger e Naef encontram-se mais atrás. Fumic é o nono com 22 segundos. E Vogel o décimo.
- -_Stander ataca nos trechos técnicos, seguido de Absalon e Schurter. Fontana, Gutierrez e Ruzafa seguem um pouco atrás. No subidão, tudo muda novamente. Fontana assume a liderança. Quando chegam no topo, apenas três se destacam, mas Stander assume a ponteira novamente.
- -_A briga começa esquentar e Absalon ataca, seguido por Stander, Shurter, Naef, Fontana, Gutierrez, Ruzaf e Gutierrez. A quinta volta chega e a situação fica:

::Stander, Absalon e Schurter;
- -_Primeiro pelotão: Lukas Fluckiger, Fontana, Gutierrez, Naef e Ruzafa com 24 segundos;
Kulhavy, Fumic e Vogel com 51 segundos.
- -_Os líderes permanecem implacáveis. Ninguém acompanha mais o ritmo deles. Stander ataca e se destaca. Schurter fica um pouco mais atrás, com Absalon na sua roda. Mas quando registram a última volta, novamente o trio em destaque volta a pedalar juntos. A prova está finalizada por eles. Mas a é dúvida era quem iria vencer.
- -_Faltando 4km para o final, o francês ataca e entra no single track na frente. Schurter estava na sua cola e Stander fica uns três segundos atrás deles. Quando chegou no subidão, os dois em destaques emparelham e começam a subir juntos. O público vai à loucura. Neste momento, o sulafricano já mostrava sinais de cansaço e pedia de vista a disputa.
- -_Estava repetindo a disputa do último mundial: Absalon X Schurter.
- -_E quando todos esperavam, os dois surgem brigando e pedalando terreno por terreno. O suíço realiza um sprint espetacular - vindo de trás - e cruza na frente por meia roda. Para alegria geral da sua equipe.

Resultados:
1 Nino Schurter (Sui) Scott-Swisspower Mtb-Racing, 1:54:52
2 Julien Absalon (Fra) Orbea, +0:1
3 Burry Stander (RSA) Specialized Factory Racing +0:14
4 Jaroslav Kulhavy (Cze) Rubena - Birell - Specialized Cycling Team +0:28
5 Ralph Naef (Sui) Multivan Merida Biking Team +0:41
6 Manuel Fumic (Ger) Cannondale Factory Racing +0:52
7 Ruben Ruzafa Cueto (Esp) Orbea +0:55
8 Lukas Flückiger (Sui) Trek World Racing +1:19
9 José Hermida (Esp) Multivan Merida Biking Team +1:37
10 Marco Aurelio Fontana (Ita) Cannondale Factory Racing +1:45
11 Ivan Alvarez Gutierrez (Esp) Giant Italia Team +1:54
12 Florian Vogel (Sui) Scott-Swisspower Mtb-Racing +2:17
13 Mathias Flückiger * (Sui) Trek World Racing +2:32
14 Sergio Mantecon Gutierrez (Esp) Trek-Lorca Taller Del Tiempo +2:42
15 Stéphane Tempier (Fra) Tx Active Bianchi +2:48
16 Christoph Soukup (Aut) Merida Biking Team +2:54
17 Rudi Van Houts (Ned) Multivan Merida Biking Team +3:03
18 Inaki Lejarreta Errasti (Esp) Orbea +3:24
19 Todd Wells (USA) Specialized Factory Racing +3:49
20 Roel Paulissen (Bel) Cannondale Factory Racing +3:53



Fonte: Pedal.com.br - http://www.pedal.com.br
Link Origem: http://www.pedal.com.br/copa-do-mundo-de-mtb-xc-1-sprint-final-garante-vitoria-para-nino-schurter_texto3821.html

Copa Brasil de Ciclismo Paraolímpico começa no dia 30 de abril

- -_A cidade de Caraguatatuba/SP será sede da Copa Brasil de Ciclismo Paraolímpico. A competição ocorrerá entre os dias 30 de abril e 02 de maio e será classificatório para o Campeonato Mundial de Ciclismo UCI 2010.
- -_A Copa Brasil contará com a participação de 60 atletas de 17 clubes. Ao todo, serão cerca de 80 pessoas envolvidas na competição.
- -_Além de ser importante para o desenvolvimento da modalidade no país, o torneio servirá como base do ranqueamento dos atletas que deverão pleitear a Bolsa Atleta Nacional do Ministério do Esporte.
- -_A Comissão Técnica brasileira irá iniciar suas observações dos atletas visando a formação da Seleção Brasileira Paraolímpica de Ciclismo que representará o Brasil no Mundial da categoria a ser realizado entre os dias 17 e 22 de agosto, no Canadá.

Fonte: Final Sports - http://www.finalsports.com.br
Link Origem: http://www.finalsports.com.br/03/comando/headline.php?n_id=130240&u=0%5C

Vuelta: A Espanha sobre rodas começou há 75 anos...

A primeira edição da Volta da Espanha de ciclismo começou em 29 de Abril de 1935. Ainda não havia Merckx mas os belgas dominaram...

- -_A Volta a França começou em 1903 e foi ganha por um francês, Maurice Garin. A Volta a Itália começou em 1909 e teve um italiano como vencedor, Luigi Ganna. Portugal só se estreou em 1927, mas também teve direito a um vencedor nacional, Augusto de Carvalho, ciclista do Carcavelos. Apesar de hoje ser considerado um dos principais países do ciclismo, a Espanha só começou a ser percorrida por bicicletas em 1935, faz hoje 75 anos. E, ao contrário dos anteriores, não conseguiu ter um vencedor caseiro. Foi um belga, Gustaaf Deloor, que tinha idade para ser pai de Eddy Merckx, a entrar na história como o primeiro vencedor de sempre da competição.
- -_A ideia de criar uma Volta a Espanha de ciclismo foi de Lopez Doriga e, tal como em Itália (onde o jornal "La Gazzetta dello Sport" foi fundador) teve uma ajuda decisiva do "Diario Informaciones".
- -_O ciclismo na década de 30 era bastante diferente do atual. À partida compareceram apenas 50 ciclistas para cumprir as 14 etapas que estavam programadas para a ligação de Madrid a Madrid, com passagens por Bilbau, Barcelona, Valência e Sevilha. As condições do percurso eram sobre--humanas, com nove etapas com mais de 200 quilómetros e uma de 310, entre Saragoça e Barcelona, fez com que nem todos conseguissem aguentar o ritmo. Dos 50 iniciais, apenas 29 cortaram a meta em Madrid.
- -_A preparação física era um conceito estranho na altura e a melhor forma que os ciclistas tinham para enfrentar as dificuldades diárias era ingerir um famoso cocktail de Perico Chicote. Entre outras coisas, a bebida tinha sumo de laranja, gin, vermute, licor e rum.
- -_A primeira etapa, entre Madrid e Valladolid, deu logo a entender que os ciclistas belgas iam ter um papel importante na edição. Antoine Dignef foi o primeiro vencedor de etapa e, como tal, o primeiro camisola laranja (cor que simbolizava a liderança na altura). O espanhol Antonio Escuriet conquistou a segunda etapa e tornou-se no primeiro atleta da casa a liderar, mas foi um dos 21 desistentes. E foi logo ao terceiro dia que entrou Gustaaf Deloor, o belga que venceu três etapas e esteve 11 dias de laranja até à etapa da consagração, entre Zamora e Madrid.
- -_Na classificação final, a Espanha surgiu logo no segundo lugar com Mariano Canardo que, ainda assim, terminou a 12 minutos e 33 segundos de Deloor. Numa das classificações finais mais diversificadas de sempre, houve ainda espaço para mais dois belgas, dois italianos, um austríaco, um francês, um suíço e um holandês.
- -_Desde então, os espanhóis assumiram um papel de destaque e lideram a lista de triunfos com 29 vitórias em 64 edições. A Bélgica surge apenas na terceira posição com sete vitórias. Gustaaf Deloor mantém um lugar de honra com duas vitórias (nas duas primeiras edições). Eddy Merckx, o melhor belga de sempre, também lá venceu, em 1973.
- -_... Esse foi um poquinho da história do ciclismo mundial em uma de suas mais famosas classicas...

Fonte: IOnline - http://www.ionline.pt
Link Origem: http://www.ionline.pt/conteudo/57432-vuelta-espanha-rodas-comecou-ha-75-anos

Armstrong, Leipheimer e McCartney vão correr em casa

Os três ciclistas da RadioSchack vão participar na modesta Volta ao Gila, em Silver City, no estado do Novo México, com as cores da loja de Armstrong no Texas.
Johan Bruyneel, dirigente da RadioSchack, anunciou, esta quarta-feira, que o norte-americano Lance Armstrong vai participar no Tour of the Gila, de 28 de Abril a 2 de Maio, no Novo México, Estados Unidos.
Armstrong, que já participou na edição do ano passado da prova, terá a companhia dos seus compatriotas e companheiros de equipa Levi Leipheimer e Jason McCartney.
Devido à regra que determina que as equipa de elite do ciclismo mundial não podem participar em provas de âmbito nacional, Armstrong e companhia usarão camisas com as cores da Mellow Johnny's, o nome da loja de bicicletas do texano, em Austin, sua terra natal.


Fonte: http://tv1.rtp.pt
Link Origem: http://tv1.rtp.pt/noticias/?t=Armstrong-Leipheimer-e-McCartney-vao-correr-a-terra.rtp&article=338112&visual=16&layout=55&tm=46

Começa hoje o Tour de SC, com equipes de quatro países, além do Brasil

- -_Começa hoje o Tour de SC, com equipes de quatro países, além do BrasilA 23ª edição do Tour de Santa Catarina, a mais tradicional prova ciclística de estrada do Brasil, por etapas, começa hoje. No bairro Adhemar Garcia, em Joinville, 112 ciclistas estarão alinhados para a largada.
- -_Acompetição de cinco etapas inicia hoje e termina no dia 25, com o desafio da subida da Serra do Rio do Rastro, no Sul do Estado. Serão 619,1 quilômetros pedalados em estradas catarinenses. Os 122 ciclistas estão divididos em 18 equipes, seis delas estrangeiras: três equipes da Argentina, uma da Colômbia, uma do Uruguai e uma dos Estados Unidos.
- -_O grau de dificuldade aumenta após cada etapa, por conta dos percursos com muitas subidas. A mais plana e por isso “tranquila” é a primeira, com partida de Joinville, às 13h, e chegada em Timbó.
- -_A segunda etapa inicia em Timbó e termina em Ibirama. A terceira etapa liga Rio do Sul a Urubici, e começa a ser definida quando os ciclistas passarem o trevo de acesso a Alfredo Wagner. Os favoritos deverão aumentar o ritmo quando chegaram na ondulada BR-282.
- -_A maior dificuldade da quarta etapa está a 800 metros da largada, em Urubici: um verdadeiro paredão que inicia em 918 metros de altitude e salta para 1.550 metros em apenas 10,8 quilômetros. A quinta etapa é o maior desafio da prova, com a subida da Serra do Rio do Rastro. Os ciclistas largam em Forquilhinha, ao nível do mar, para chegar ao mirante do Rio do Rastro à altitude de 1.464 metros.
- -_Acostumados a este tipo de relevo, os ciclistas da Colômbia largam com favoritismo. Eles acabaram de vencer a Volta Ciclística Internacional de Gravataí (RS), com Jaime Castañeda em primeiro e Juan Suarez em segundo. Santa Catarina participa com as equipes do Avaí, Joinville e Seleção Brasileira.
- -_Entre os favoritos pelo Brasil estão nomes conhecidos do ciclismo de estrada como Antônio Nascimento (Memorial), Renato Seabra (Clube Dataro), e os gaúchos Mauricio e Fabrício Morandi (Scott/Marcondes).

EDINHO TOMASCHITZ
Técnico da equipe de Joinville
"Nosso objetivo é colocar o Ricardo Pscheidt e o Valcemar Justino entre os 10 primeiros colocados na classificação geral do Tour, para garantir uma melhor classificação para equipe."



Fonte: Diario Catarinense - http://www.clicrbs.com.br/diariocatarinense/jsp/default.jsp?uf=2&local=18§ion=capa_online
Link Origem: http://www.clicrbs.com.br/diariocatarinense/jsp/default2.jsp?uf=2&local=18&source=a2879436.xml&template=3898.dwt&edition=14537§ion=132

Sam Pilgrin vence Vienna Air King 2010

- -_Mais de 50 pilotos de 14 países comemoraram o quinto aniversário do Viena Air King. A edição deste ano foi o pontapé inicial de eventos para o Freeride Mountain Bike (FMB) World Tour.
- -_Sam Pilgrim travou uma forte luta com o vencedor do ano passado, Martin Soderstrom que terminou em segundo lugar. O jovem John Alm Hogman ficou em terceiro lugar, Jamie Goldman conseguiu o quarto e o austríaco local Andi Brewi quinto.
- -_O público apreciou o espetáculo na frente do salão histórico da cidade, onde saíram manobras como double tailwhip 360 , flip combos no step down, flairs, super flips e flipwhips. Mas a manobra mais ousada foi o 720 de Andi Wittmann (GER) no Panasonic Best-Trick. Total de 10.000 Euros em prêmio, e um show de hard rock fez o Viena Air King um começo perfeito para a temporada de competição de pilotos e fãs.
- -_As condições do tempo não ajudaram muto, o clima instável, o que é típico de abril na Europa Central, trouxe um pouco de sol, mas muito vento forte e chuva. Pilotos como Darren Berrecloth e Agassiz Graham e os alemães Amir Kabbani e Korthaus Benny não tiveram sorte e sofreram com rajadas de vento.
- -_A grande surpresa foi o local Andi Brewi, que mandou um x-up no primeiro drop, seguido
por um superman indian, barspin e turndown backflip nos doubles, bem como um flatspin 540 no quarter, um quinto lugar merecido.
- -_Jamie Goldman manteve-se bem técnico, um backflip no step down, superman seatgrab , dois 360 seguidos e um x-up que lhe garantiu o quarto lugar. O terceiro colocado John Alm Hogman mandou um tailwhip no drop, seguido por um superman enorme e um 360 e um tailwhip 360 na sequência, terminando com um tailwhip no quarter.
- -_Martin Soderstrom e Sam Pilgrim travaram uma grande batalha para o título do Vienna Air King. Martin venceu a edição do ano passado e Sam em 2008. Martin impressionou na segunda bateria, um 360 no drop, double tailwhip, 360,360 double tailwhip e um tail tab foot jam no quarter.
Sam sabia que esta seria sua última chance de vencer, e assim fez: a sua terceira volta foi insana, backflip-table no step down, backflip x-up one foot, 360 table top, 360 double whip e um flair no quarter. Foi bem disputado e apertado os pontos, mas Sam Pilgrin levou o primeiro lugar e 3.800 euros em dinheiro bem merecido.
- -_A variedade de manobras dos Top 15 foi de altíssimo nível, no final todos foram bem diversificados, novos nomes estão surgindo e o nível do freeride mundial evolui mais a cada dia.

:: Resultado
1. Sam Pilgrim (GBR/DiamondBack)
2. Martin Soderstrom (SWE/NS Bikes)
3. John Alm Hogman (SWE/Scott)
4. Jamie Goldman (USA/Santa Cruz)
5. Andi Brewi (AUT/KTM)
6. Blake Samson (GBR/Diamond Back)
7. Thomas Zejda (CZE/Dartmoor)
8. Andi Wittman (GER/Giant)
9. Symon Godziek (POL/Dartmoor)
10. Marek Maro (CZE/Dartmoor)
11. Benny Korthaus (GER/Red Bull)
12. Bartek Obukovicz (POL/NS Bikes)
13. Amir Kabbani (GER/Mongoose)
14. Darren Berrecloth (CAN/Specialized)
15. Jakub Vencl (CZE/Author)











Fonte: Pedal.com.br - http://www.pedal.com.br
Link Origem: http://www.pedal.com.br/sam-pilgrin-vence-vienna-air-king-2010_texto3800.html

Marcos Fernando e Erli Lima vencem Mountain Bike

- -_Com o tempo de 1h43min07s, o ciclista de Guarapuava, Marcos Fernando da Cruz foi o grande vencedor da 3.ª etapa do Campeonato Metropolitano de Mountain Bike, prova realizada na cidade de Lapa, município próximo à região metropolitana de Curitiba. Na categoria elite feminina, a vencedora foi a ciclista da Equpe Audax Aventura, Erli Lima com o tempo de 2h14min53s.
- -_Com um tempo nublado e com uma garoa fina, os 260 pilotos largaram para uma prova de categoria Marathon, para vencer os 52 km da competição, com muitas estradas rurais e trilhas. A prova que teve a largada em frente à Câmara Municipal da cidade teve a presença de um bom público, que participou intensamente de todas as atividades paralelas à prova.

O Campeonato
- -_Metropolitano de Mountain Bike continua no próximo dia 1.º de maio, na cidade de Balsa Nova, com a realização da 4.ª etapa. O 2.º Mountain Bike do Trabalhador será uma prova de Marathon, com aproximadamente 45 km de percurso.


Fonte: Parana-online - http://www.parana-online.com.br
Link Origem: http://www.parana-online.com.br/editoria/esportes/news/440634/?noticia=MARCOS+FERNANDO+E+ERLI+LIMA+VENCEM+MOUNTAIN+BIKE

Volta Ciclística de Gravataí - Roberto Pinheiro vence novamente em Gravataí

- -_Antonio Nascimento é o melhor brasileiro na terceira colocação geral
Roberto Pinheiro repetiu a dose de ontem e venceu a última etapa da sétima edição da Volta Ciclística Internacional de Gravataí. A prova começou na quarta-feira, dia 14, e teve um total de cinco etapas.
- -_Num dia de céu azul e com temperatura na casa dos 30º C, o atleta da equipe paulista Funvic-Sundown, de Pindamonhangaba, completou os 140,6 km do trajeto que passou pelos municípios de Taquara, Rolante, Santo Antonio da Patrulha e Glorinha em 3h18min41s e superou no sprint final ao colombiano Jaime Castañeda.
- -_“Hoje usamos a mesma estratégia de ontem. Fizemos um excelente trabalho de equipe e nos revezamos com os colombianos na ponta do pelotão. Deixei as disputas de metas volantes de lado e me concentrei para a chegada. No final, levei a melhor no sprint”, contou Pinheiro.
- -_A vitória deu a Roberto Pinheiro o título da classificação por pontos e a segunda colocação garantiu a Castañeda o título de campeão geral individual da prova com uma vantagem de dois segundos sobre seu companheiro de equipe Juan Suarez, que teve um raio quebrado a menos de 3 km para a chegada e terminou como vice-campeão da Volta de Gravataí.
- -_O melhor brasileiro na classificação geral individual da competição foi Antonio Nascimento, da equipe paulista GREC Memorial, de Santos, que terminou em terceiro na etapa e na geral, a 1min35s do campeão Castañeda. Nascimento também foi campeão da classificação de montanhas e foi o terceiro na classificação por pontos.
- -_“Eu sempre digo que as coisas de um jeito ou de outro sempre dão certo para a minha equipe. Isso é resultado de muita união. Na terceira etapa eu tive um dia complicado e precisei me superar. Estou em um momento muito bom de vida profissional e pessoal e tenho boas expectativas para o Tour de Santa Catarina que começa na próxima quarta-feira”, comentou Nascimento, atleta de 32 anos que no mês passado terminou como campeão de montanhas no Giro do Interior de São Paulo.

:: Exemplo de organização

- -_Volta Ciclística Internacional de Gravataí tem categoria 2.2 da UCI (União Ciclística Internacional) e é válida para o ranking internacional da modalidade.
- -_Aos 25 anos, Robson Timm, Coordenador Geral do evento, é um dos idealizadores da Volta de Gravataí juntamente com Marcos Lorenz, presidente da Federação Gaúcha de Ciclismo, e trabalha diretamente na organização da prova desde sua terceira edição.
- -_“Melhoramos muito em relação ao ano passado. Tivemos um salto de qualidade na recepção dos atletas e equipes, no nível dos hotéis, na organização geral das etapas, nos trajetos e também na divulgação e cobertura do evento pela imprensa. O nível técnico das equipes também melhorou. O bom desempenho dos colombianos fez com que toda a prova ganhasse em qualidade”, declarou Robson Timm, que disputou a primeira e a segunda edição da corrida como ciclista.
- -_A organização foi muito elogiada tanto por atletas quanto por dirigentes e também pelo presidente do colégio de comissários, o experiente colombiano César Augusto Sanches, que já esteve no Brasil 26 vezes e trabalhou em todas as voltas realizadas no Brasil e outras provas importantes, inclusive nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro em 2007.
- -_“Posso dizer que a prova foi perfeita. Tem que melhorar apenas alguns detalhes pequenos, mas a prova foi muito boa”, afirmou Sanches.

:: Os cinco primeiros da última etapa
1 – Roberto Pinheiro – Funvic-Sundown-Pindamonhangaba – 3h18min41s
2 – Jaime Castañeda (COL) – EPM-Une - mt
3 – Antonio Nascimento – GREC Memorial-Santos-– mt
4 – Renato Ruiz - Scott-Marcondes César-S. J. Campos - mt
5 – Fabiele Mota - GREC Memorial-Santos – mt

:: Os 10 primeiros da classificação geral
1 - Jaime Castañeda (COL) – EPM-Une– 17h54min44s
2 - Juan Suarez (COL) – EPM-Une – a 2s
3 - Antonio Nascimento - GREC Memorial-Santos-Giant – a 1min35s
4 – Renato Seabra – Clube DataRo de Ciclismo – a 2min01s
5 - Giovanni Baez (COL) – EPM-Une – a 2min07s
6 - Maurício Morandi – Scott-Marcondes César-S. J. Campos – a 2min38s
7 - Jair Santos - CESC-Kuruma-Calypso-Maxxis-DKS – a 2min57s
8 – Jeovane Oliveira – S. Fco Saúde/KHS/SME R. Preto/ATC – a 3min27s
9 - Stiver Ortiz (COL) – EPM-Une – a 3min41s
10 – Rogério Silva - CESC-Kuruma-Calypso-Maxxis-DKS – a 3min57s

:: 1ª META VOLANTE – KM 91,1
1 – Eduardo Pereira (Sub-23) - Clube DataRo de Ciclismo
2 – Ivan Gomes – Xpro-IB Factoring-União Ciclística MG
3 – Antonio Nascimento - GREC Memorial-Santos-Giant

:: 2ª META VOLANTE – KM 121
1 – Eduardo Pinheiro - GREC Memorial-Santos-Giant
2 - Antonio Nascimento - GREC Memorial-Santos-Giant
3 – Juliano Silva – Clube DataRo de Ciclismo

:: CLASSIFICAÇÃO DE METAS VOLANTES
1 - Roberto Pinheiro – Funvic-Sundown-Pindamonhangaba – 27 pontos
2 - Jaime Castañeda (COL) - EPM-Une – 26 pontos
3 - Antonio Nascimento - GREC Memorial-Santos-Giant – 22 pontos

:: PRÊMIO DE MONTANHA – KM 36
1 – Wagner Alves - Xpro-IB Factoring-União Ciclística MG
2 - Antonio Nascimento – GREC Memorial-Santos-Giant
3 – Felipe Delai – Clube DataRo de Ciclismo

:: CLASSIFICAÇÃO DE MONTANHA
1 - Antonio Nascimento – GREC Memorial-Santos-Giant – 19 pontos
2 – Eduardo Pinheiro – GREC Memorial-Santos-Giant – 17 pontos
3 - Jair Santos - CESC-Kuruma-Calypso-Maxxis-DKS – 15 pontos

:: CLASSIFICAÇÃO POR EQUIPES
1 - EPM-Une – 53h47min01s
2 - Scott-Marcondes César-S. J. Campos – a 8min27s
3 - GREC Memorial-Santos-Giant – a 8min44s
4 - CESC-Kuruma-Calypso-Maxxis-DKS – a 9min02s
5 - Clube DataRo de Ciclismo – a 10min37s

- -_A sétima edição da Volta Ciclística Internacional de Gravataí foi uma realização da Federação Gaúcha de Ciclismo, Confederação Brasileira de Ciclismo e da União Ciclística Internacional com o apoio da Brigada Militar Comando Rodoviário, DAER, Governo do Estado do Rio Grande do Sul, Prefeitura Municipal de Cambará do Sul, Prefeitura Municipal de Torres e Prefeitura Municipal de Canela, com a promoção da Prefeitura Municipal de Gravataí. O patrocínio é do Banco do Brasil com o apoio do Ministério dos Esportes.


Fonte: Pedal.com.br - http://www.pedal.com.br
Link Origem: http://www.pedal.com.br/volta-ciclistica-de-gravatai-roberto-pinheiro-vence-novamente-em-gravatai_texto3795.html

Inscrições abertas para o Audax 200

- -_Estão abertas as inscrições para mais uma edição do Audax 200 da Unesc. O desafio, com extensão de 200 quilômetros, tem novidades no trajeto nesta temporada e será disputada no dia 16 de maio.
- -_Os competidores arrancarão de Criciúma, passarão por Cocal do Sul, Urussanga, Orleans, São Ludgero, Braço do Norte e a chegada será em Rio Fortuna.
- -_"A prova de superação já está madura e concretizada em nosso calendário. Em dois dias, já foram quarenta inscritos", comemora Augusto Freitas, um dos coordenadores da prova.
- -_A largada será as 7 horas, no Ginásio da Unesc, e cada participante poderá permanecer até 13 horas no circuito. Outras inovações são a criação do Desafio 90 quilômetros para mulheres e o GP Ciclismo Infantil.
Informações no www.audaxcriciuma.com.br e no telefone 3439.3788.


Fonte: ENGEPLUS - http://www.engeplus.com.br
Link Origem: http://www.engeplus.com.br/conteudo.php?int=noticia&codigo_not=21249

Volta Ciclística de Gravataí - Dupla da Colômbia vence na montanha

- -_A equipe colombiana mostrou sua força e emplacou cinco atletas entre os 10 primeiros na segunda etapa da sétima edição da Volta Ciclística Internacional de Gravataí.
- -_A vitória foi de Juan Suarez de 24 anos, que cruzou a meta de mãos dadas com seu companheiro de equipe Jaime Castañeda, quinto colocado na primeira etapa. Juarez é o novo líder geral da competição.
- -_“Foi uma etapa dura e muito exigente. Eu vim no pelotão até metade da subida e ataquei. Alcancei a fuga (de Eduardo Pinheiro e de Rogério Paulista) depois da serra, já no trecho do planalto. Revezamos eu, meu companheiro Castañeda e o Antonio Nascimento. Então, atacamos faltando 3 km e viemos até chegada”, resumiu o vencedor Juarez, que tem no seu currículo um total de sete títulos continentais entre Pan-americanos, Sul-americanos e Bolivarianos.
- -_A segunda etapa foi disputada nessa quinta-feira, dia 15 de abril, e a dupla da equipe EPM-UNE – habituada ao relevo andino e com altas montanhas da cidade de Medellín - pedalou os 135,1 km entre a cidade de Torres no litoral norte gaúcho e a cidade serrana de Cambará do Sul, a 1.050 metros sobre o nível do mar, em 3h42min34s.
- -_Na terceira colocação, a 1min27s dos colombianos, chegou Antonio Nascimento, atleta da equipe GREC Memorial-Santos-Giant que reside em Guarulhos, na Grande São Paulo.
- -_“Eu ataquei logo depois do primeiro túnel e alcancei os colombianos. O ciclismo deles é forte por natureza”, reconheceu Tonho, que assumiu a terceira colocação na classificação geral, a 1min35s de Juarez.
- -_A quarta disputa de meta volante da Volta de Gravataí teve como vencedor Eduardo Pinheiro, o Volverine. O atleta da equipe GREC Memorial-Santos-Giant sustentou uma longa fuga até o alto da serra e teve como companhia o ciclista da categoria Sub-23 Patrick Oyakaua (CESC-Kuruma-Calypso-Maxxis-DKS) até o primeiro prêmio de montanha. Oyakaua foi segundo colocado na meta volante e também no prêmio de montanha.
- -_Volverine venceu os dois prêmios de montanha e assumiu a camisa branca com bolas vermelhas de líder de montanha com 17 pontos, contra 7 pontos de Rogério Silva (CESC-Kuruma-Calypso-Maxxis-DKS), o Paulista.
- -_A equipe colombiana EPM-UNE lidera a disputa da camisa azul, de classificação por pontos. A liderança é de Juan Juarez com 10 pontos, seguido por Julian Muñoz também com 10 pontos e por Castañeda com 9 pontos na terceira colocação.
- -_A EPM-UNE é líder também da classificação por equipes, com 4min55s de vantagem sobre a GREC Memorial-Santos-Giant e com 7min58s sobre a Scott-Marcondes César-S.J. Campos.

:: Os 10 primeiros da 2ª etapa
1 – Juan Suarez (COL) – EPM-UNE - 3h42min34s – 36,4 km/h
2 – Jaime Castañeda (COL) – EPM-UNE - mt
3 – Antonio Nascimento – GREC Memorial-Santos-Giant – a 1min27s
4 – Giovanni Baez (COL) – EPM-UNE – a 1min37s
5 – Renato Seabra – Clube DataRo de Ciclismo – a 1min41s
6 – Wagner Alves – Xpro-IB Factoring-União Ciclística MG – a 1min53s
7 - Julian Muñoz (COL) – EPM-UNE – a 2min00s
8 – Stiver Ortiz - (COL) – EPM-UNE – mt
9 – Mauricio Morandi – Scott-Marcondes César-S.J. Campos – a 2min17s
10 – André Pulini - GREC Memorial-Santos-Giant – mt

:: Os 10 primeiros da geral individual
1 – Juan Suarez (COL) – EPM-UNE – 8h24min49s
2 – Jaime Castañeda (COL) – EPM-UNE – a 5s
3 – Antonio Nascimento – GREC Memorial-Santos-Giant – a 1min35s
4 – Giovanni Baez (COL) – EPM-UNE – a 1mn50s
5 – Renato Seabra – Clube DataRo de Ciclismo – a 1min54s
6 - Julian Muñoz (COL) – EPM-UNE – a 2min03s
7 - Wagner Alves – Xpro-IB Factoring-União Ciclística MG – a 2min06s
8 - Stiver Ortiz - (COL) – EPM-UNE – a 2min13s
9 - André Pulini - GREC Memorial-Santos-Giant – a 2min30s
10 - Mauricio Morandi – Scott-Marcondes César-S.J. Campos - mt

:: Meta volante – KM 49,5
1 – Eduardo Pinheiro - GREC Memorial-Santos-Giant
2 – Patrick Oyakaua (Sub-23) – CESC-Kuruma-Calypso-Maxxis-DKS
3 – Gabriel Richard (URU) – Porongos

:: Classificação das metas volantes
1 - Juan Suarez (COL) – EPM-UNE – 10 pontos
2 - Julian Muñoz (COL) – EPM-UNE – 10 pontos
3 - Jaime Castañeda (COL) – EPM-UNE – 9 pontos

:: 1º Prêmio de montanha – KM 80,1
1 – Eduardo Pinheiro - GREC Memorial-Santos-Giant
2 – Patrick Oyakaua (Sub-23) – CESC-Kuruma-Calypso-Maxxis-DKS
3 – Fernando Mendez (Sub-23 URU) – Start Under 23 (Argentina)

:: 2º Prêmio de montanha – KM 88,1
1 – Eduardo Pinheiro - GREC Memorial-Santos-Giant
2 – Rogério Silva - CESC-Kuruma-Calypso-Maxxis-DKS
3 - Álvaro Tardáguila (URU) – Porongos

:: Classificação de montanha
1 – Eduardo Pinheiro - GREC Memorial-Santos-Giant – 17 pontos
2 – Rogério Silva - CESC-Kuruma-Calypso-Maxxis-DKS – 7 pontos
3 - Álvaro Tardáguila (URU) – Porongos – 5 pontos

:: Terceira etapa
- -_A terceira etapa também será muito exigente, com 160,9 km e início em Cambará do Sul, passando por São Francisco de Paula, de onde descem a serra até Taquara, via Igrejinha e Três Coroas, para subir a serra de Gramado até chegarem a Canela.
- -_No sábado, os atletas terão uma etapa mais tranqüila, com 107 km entre Canela e Gravataí.
- -_O último dia começa em Gravataí e terá 148,2 km de percurso misto, com subidas, descidas e trechos planos. Os atletas vão passar por Taquara, Rolante, Santo Antonio da Patrulha, Glorinha e fazem a última chegada em Gravataí onde serão conhecidos os campeões.
Todas as etapas terão início às 9 horas.

:: Etapas - Total – 730 km
16/04 – 3ª – Cambará do Sul-Canela – 160,9 km
17/04 – 4ª – Canela-Gravataí – 107 km
18/04 – 5ª – Gravataí-Taquara-Rolante-Sto Antônio-Glorinha-Gravataí – 148,2 km

- -_A sétima edição da Volta Ciclística Internacional de Gravataí é uma realização da Federação Gaúcha de Ciclismo, Confederação Brasileira de Ciclismo e da União Ciclística Internacional com o apoio da Brigada Militar Comando Rodoviário, DAER, Governo do Estado do Rio Grande do Sul, Prefeitura Municipal de Cambará do Sul, Prefeitura Municipal de Torres e Prefeitura Municipal de Canela, com a promoção da Prefeitura Municipal de Gravataí. O patrocínio é do Banco do Brasil com o apoio do Ministério dos Esportes.



Fonte: Pedal.com.br - http://www.pedal.com.br
Link Origem: http://www.pedal.com.br/volta-ciclistica-de-gravatai-dupla-da-colombia-vence-na-montanha_texto3811.html

Armstrong resolve tirar 'folga' antes da Volta da França

- -_Maior nome do ciclismo mundial, o norte-americano Lance Armstrong causou surpresa nesta terça-feira ao anunciar que não irá disputar três competições que estavam previstas em seu calendário em abril. Assim, ele deve voltar para casa, nos Estados Unidos, para descansar antes de encarar a Volta da França, marcada para largar em 3 de julho.
- -_Lance Armstrong começou a disputar nesta terça-feira uma prova de quatro dias pela França - ficou em 24º lugar na primeira etapa do Circuit de la Sarthe. E, como cancelou sua participação em três competições que faria em abril na Europa, ele só voltará a competir novamente no Tour da Califórnia, nos EUA, de 16 a 23 de maio.
- -_Aos 38 anos, Lance Armstrong é o maior campeão da história da Volta da França, a mais importante e tradicional prova do ciclismo mundial, com sete títulos no currículo. E sua preparação nesta temporada está toda voltada para brilhar novamente na disputa que acontecerá em julho, mas ele não explicou a razão do afastamento de cerca de um mês.
-
Fonte: Estadao - http://www.estadao.com.br
Link Origem: http://www.estadao.com.br/noticias/esportes,armstrong-resolve-tirar-folga-antes-da-volta-da-franca,534551,0.htm

Itararé - Equipe Itararé Adventure de MTB participa de competição em Araraquara

- -_A equipe Itararé Adventure de ciclismo esteve presente na copa Super Camp amador de Mountain Bike, na cidade de Araraquara no último dia 28, no qual foi destaque em todas as categorias.
-
Master A:
Reinaldo Fortes - 2º lugar
Alexandre Bastista - 4º lugar
-
Feminino:
Karla Oliveira - 1ª lugar
-
Sub 25:
Otavio Carlos - 1º lugar
Marcio Neilor - teve sua bike quebrada na 1ª volta.
- -_O atleta Reinaldo Fortes teve um pneu furado, porém conseguiu completar a volta, literalmente, com a bike nas costas e chegar até o ponto de apoio onde fez a troca da roda.
- -_A equipe Itararé Adventure agradece os patrocinadores Bazar Cristal, Biolabor, Cipapel, Pizza 7, Auto Posto Estradão, Valorem, Bicicletaria Du Bike, Jornal O Guarani, Escritório Martins, Virtual Guia, Padaria XV, Cicles Progresso, Max Screen, Loja Itararé Adventure Sports, Dr. Junior, Free Company, Gi Hair e Miraluz Compensados.
No próximo domingo a equipe Itararé Adventure participará de uma competição em Apiaí, em um percurso que terá 40 Km pela subida da Serra.
-
Faça parte desta equipe, pedale nesta idéia !






Fonte:
Link Origem:

Atletas ituanos disputam vaga no Mundial de Mountain Bike

- -_A equipe de ciclismo da cidade de Itu participou recentemente da “Copa Internacional de Mountain Bike”, na cidade de Araxá, em Minas Gerais. A disputa é válida pelo ranking internacional da modalidade.
- -_A cidade de Itu foi representada por seis atletas e o melhor resultado foi obtido por Márcio Ravelli na categoria Sub-40, com a quarta colocação. Jeferson Rodrigues, da categoria Júnior, ficou com a quinta colocação; Luiz Carlos foi o 12º e Erik Camargo o 37º, ambos na Sub-40. Ivan Draceno foi o quinto colocado pela categoria Expert e José Dias Neto foi o quinto colocado pela categoria Over.
- -_A segunda etapa da Copa Internacional de Mountain Bike acontecerá em São Lourenço e a última em Congonhas, ambas em Minas Gerais. Esta copa vale pontos na classificação para participação no Mundial de Mountain Bike, que acontece no mês de setembro em Balneário Camboriú, em Santa Catarina.


Fonte: Itu.com.br - http://www.itu.com.br
Link Origem: http://www.itu.com.br/esportes/noticia/atletas-ituanos-disputam-vaga-no-mundial-de-mountain-bike-20100331

Claro 100k - Sucesso na primeira etapa em SP

- -_A abertura da Claro 100k batizou o asfalto do trecho Sul do Rodoanel de São Paulo neste sábado, 27 de março, com largada às 9 horas. Os seis mais rápidos foram definidos em uma acirrada disputa nas Elites Ciclismo de Estrada, Triathlon e Mountain Bike, masculino e feminino: Jorge Gianti, Ivan Albano, Erasmo Carlos Xiquito, Janildes Fernandes da Silva, Luzia Bello e Adriana Nascimento
- -_A Elite Ciclismo de Estrada foi a primeira a cruzar a linha de chegada da Claro 100k. Jorge Gianti, da Equipe Scott / Marcondes César, foi o campeão, completando o circuito no Rodoanel em 2h16min10s. No feminino, o time de São José dos Campos também dominou o pódio com Janildes Fernandes subindo no lugar mais alto após 02h21min20s de prova.
- -_“Essa estrada nova é impecável, melhor impossível para correr de bike. A equipe é hoje a melhor do Brasil. Conquistar uma vitória para a equipe é difícil, mas estamos na briga”, disse Jorge, que vai correr as outras quatro etapas pelo título da copa.
- -_Janildes também planeja dar continuidade à disputa. “Foi um evento muito bem organizado. Agora é lutar pelas próximas etapas”, contou a atleta, que venceu Daniela Genovesi por menos de um segundo. “Foi uma prova muito disputada. Acelerei nos últimos 250 metros, o sprint final é o meu forte”.
-
:: Mountain Bike
- -_Provando que se adaptam a qualquer tipo de terreno, a Elite Mountain bike trocou a terra pelo asfalto e fez uma prova disputada. No masculino, Erasmo Carlos Xiquito (Equipe Quasar Lontra) superou seus adversários, fechando os 100 quilômetros em 02h21min22s. Morador de Embu das Artes, nas últimas três semanas ele treinou no Rodoanel.
- -_“Estudei bastante o percurso, sabia onde tinha vento contra ou a favor, onde tinha que descer embalado”, confessou o campeão, atleta de corrida de aventura. “Para garantir a vitória, forcei o ritmo e andei junto com o pelotão de ciclismo. Não sei como eu agüentei, minhas pernas estão travadas”.
- -_Adriana dos Santos Nascimento (Brasil Soul) venceu a briga feminina com 2h33min57s. “Minha disputa foi com o percurso. Tinha muita gente competindo e não identifiquei minhas adversárias, mas dei o meu melhor. As técnicas do mountain bike me ajudam muito no reflexo e a antecipar os movimentos dos outros”.
-
:: Escuderias
- -_Na inédita categoria Escuderias, as 17 principais assessorias esportivas do país travaram uma dura batalha com equipes de quatro atletas. Daniel Costa, Lucas de Vasconcelos, Jorge Angelo Nisinaga e Alexandre Chad foram responsáveis pela vitória da Trilopez. “Na metade da prova conseguimos uma fuga e mantivemos a vantagem. Conversamos muito antes e durante a prova para trabalhar bem em grupo”, afirmou Daniel.
- -_Mais de 800 ciclistas, divididos por faixa etária, compuseram o pelotão das categorias Open. Os amadores tiveram a oportunidade de correr ao lado de seus ídolos e usufruir de uma estrutura profissional. Ronaldo Lelis veio do Rio de Janeiro para competir. “Vim porque a prova abre precedentes. Tem um percurso muito gostoso sem ser agressivo. Pura adrenalina”.
- -_O prêmio de R$ 50 mil foi dividido entre 75 atletas - 15 homens e 10 mulheres melhores colocados em cada categoria profissional. Os amadores também ganharam medalhas e troféus, e todos os que cruzaram a linha de chegada levaram medalha de finisher.
- -_A próxima etapa da copa de Ciclismo de Estrada está marcada para o dia 25 de abril, em Campinas. A Claro 100k é realizada pela Roma Comunicação, tem o name sponsor da Claro, official suppliers Mitsubishi Motors, Shimano e TAP Portugal, e apoio do Governo do Estado de São Paulo, Confederação Brasileira de Ciclismo e Dersa.




Fonte: Pedal.com.br - http://www.pedal.com.br
Link Origem: http://www.pedal.com.br/claro-100k-sucesso-na-primeira-etapa-em-sp_texto3766.html

1ª Etapa Circuito Campos Gerais de MTB

Data(s):
04/04/2010

Local:
Ponta Grossa

Programação:
Etapa de Cross Country, com 3.500m por volta, 150m do percurso são em asfalto, 1000 m são em área limpa, com grama e/ou terra, pedrisco, saibro e o restante dentro da mata, em corredor de aproximadamente 2 m de largura.

Categorias:
Juvenil – categoria oficial;
Junior – categoria oficial;
Feminino aberto;
Open – adulto (entre 19 e 30 anos);
Master (entre 31 e 40 anos);
Veterano (acima de 41 anos).


8hs - Concentração, Centro Agropecuário ao lado do Centro de Eventos, em Ponta Grossa.
9hs – Largada das categorias Juvenil, Feminino e Veterano.
10:20 – Largada das demais categorias, Open, Junior e Master.
Obs. Se houver grande número de inscritos, haverá uma diferença de 5 minutos entre cada largada.

Inscrições:
Local:
No local de prova.
Valores:
R$ 25,00 para as categorias Open, Junior e Master.
R$ 15,00 para as categorias Feminino, Juvenil e Veteranos.


Alojamento:
No Ginásio Oscar Pereira, de sábado para domingo, trazer roupa de cama.


Organização:
Liga de Ciclismo Campos Gerais
Apoio:
Prefeitura Municipal de Ponta Grossa, através das Secretria de Esportes, Turismo, Agricultura, Obras e Serviços Públicos, 3º RCC.


Informações:
Sandro Biedermann, fones 42 3226 7485, 42 9905 0033 ou pelo e-mail sabiedermann@hotmail.com


Descrição:
Evento com objetivo divulgar a Região dos Campos Gerais com seus costumes, atrativos turísticos e sua potencialidade em eventos esportivos.
O Circuito Campo Gerais de Mountain Bike, distribuirá uma premiação final de Cinco mil reais, Mil Reais distribuídos entre a categoria Junior, Mil Reais, entre a categoria master e três mil entre a categoria Open.


Fonte: Federação Paranaense de Ciclismo - http://www.fpciclismo.com.br
Link Origem: http://www.fpciclismo.com.br/index.php?area=ver_evento&id=119