NOVAS NOTÍCIAS:
Carregando...

Volta ao mundo sobre duas rodas: ciclista paulista chega a Vitória

- -_Dar a volta ao mundo sobre duas rodas. Para muitos, a ideia pode parecer uma loucura. Mas para Arthur Simões Cardoso, de 27 anos, o objetivo de percorrer os cinco continentes do planeta se tornou realidade a partir de abril de 2006, quando o paulista iniciou sua jornada.

Arthur descansa sobre os trilhos na Bolívia
- -_Para explicar de onde surgiu a ideia de dar a volta ao redor do planeta, Arthur se remete a um desejo de adolescente. "Sabe aquela vontade que todo mundo já teve quando é mais jovem, de sair pelo mundo viajando? Então, começou assim. Eu me formei em Direito, mas queria viajar. Pensei na minha bicicleta e a partir daí comecei a planejar", explicou.
- -_No começo nem a família acreditou na ideia de Arthur. Ao tomar conhecimento da viagem, ele conta que os pais tiveram uma reação inusitada. "Quando contei eles falaram: "Ih, o muleque pirou!' (risos). Mas depois que expliquei que era um projeto sério, que eu estava atrás de patrocínio e de parcerias, eles também me ajudaram", contou.
- -_Mas não foi fácil colocar o projeto em prática. De acordo com Arthur, a viagem precisava ter um objetivo maior, foi quando surgiu a idéia do projeto social, o "Pedal na Estrada". "Não dava para ficar três anos pedalando pelo mundo por nada. Então pensei em fazer um projeto ligado aos estudantes. Fui registrando histórias, costumes e curiosidades dos locais onde eu passei, através de textos, imagens e vídeo. Para mostrar aos estudantes uma nova forma de ver o mundo e de aprender com ele", afirmou.
- -_Ao todo, o paulista passou por 46 países, cinco continentes e pedalou por mais de 35.000 km. Arthur superou muitos desafios na viagem, incluindo acidentes, enfermidades e assaltos, e contou ainda como conseguiu entrar em países onde o acesso é complicado.
- -_"Ser brasileiro ajudou muito. Eu presenciei americanos, por exemplo, que não conseguiam vistos para entrar no Irã, no Sudão, entre outros países. E teve país, que com 24 horas eu conseguia o visto para entrar", revelou.
- -_Outra história interessante aconteceu quando o brasileiro chegou em Israel. Como tinha vários vistos de países muçulmanos no passaporte, quase não o deixaram entrar no país. "Foi complicado. Porque cheguei lá com um monte de vistos de países que querem acabar com Israel (risos). Tive que explicar muito tempo, mas no final eles acabaram me entendendo e eu consegui entrar".
- -_De volta ao Brasil para encerrar sua trajetória, Arthur Simões desembarcou em Salvador no dia 28 de março e segue agora de bicicleta pelo litoral brasileiro, rumo à cidade de São Paulo. "Não queria terminar a viagem dessa forma, desembarcando de avião. Então resolvi pedalar até São Paulo, para conhecer um pouco mais do Brasil também", disse.
- -_Após três anos viajando, o paulista ainda não sabe o que fazer quando acabar o percurso. Mas uma coisa é certa. De acordo com Arthur, voltar ao Direito está descartado. "Sinceramente, eu ainda não pensei (risos). Mas vou tentar trabalhar em cima desse projeto. Com as fotos, que eu fiz bastante, ou fazendo um livro contando as minhas experiências na viagem", afirmou.
- -_Para saber mais sobre a aventura de Arthur, é só acessar a pagina oficial do Pedal na Estrada na internet:
http://www.pedalnaestrada.com.br/ e conferir!

Mapa que mostra o trajeto percorrido por Arthur em sua volta ao mundo sobre duas rodas

Fonte: Gazeta Online - http://gazetaonline.globo.com
Link Origem: http://gazetaonline.globo.com/_conteudo/2009/04/81540-volta+ao+mundo+sobre+duas+rodas+ciclista+paulista+chega+a+vitoria.html

0 comentários: