Clique aqui e faça sua inscrição para o Desafio. Clique aqui para mais informações sobre o pedal. Clique aqui para ver a lista de inscritos.
NOVAS NOTÍCIAS:
Carregando...

"Nem Que Chova" e "Mazobikers" (Jaguariaíva - Vale do Jaguaricatú) - Pedal Inesquecível!




Olá pessoal!!

Pois é, estamos aqui novamente postando sobre um marco na história do pedal na nossa região.
O encontro dos grupos "Mazobikers" e "Nem Que Chova", das cidades de Jaguariaíva e Itararé respectivamente.
Para mim, foi um pedal que marcou como uma grande prova de força de vontade e de superação, pois parecia que nada queria cooperar com a minha permanênciaou no pedal, um capote, câimbras monstruosas nas duas coxas( de um jeito que eu nunca havia sentido na minha vida). Algo que parecia interminável, e se fosse pela vontade dos meus amigos que pensavam pelo meu bem, era pra eu retornar, mas 35km já haviam se passados, ira ser elas por elas. E estar junto com eles e com o pessoal da Nem Que Chova até o fim do pedal era algo que havia almejado desde o começo. Força, Coragem e força de vontade era o que eu precisava e foi o que eu mais obtive deles e de toda a galera da Nem Que Chova.

O caminho percorrido por nós mazobikers, foi um pouco menor foi de 85km até na Rodoviária de Sengés, o pessoal da Nem Que Chova deve ter feito em torno de 95 a 100km.
Trajeto de pedal com vários tipos de graus de dificuldades, de um visual maravilhoso e inesquecível, um cenário que é um verdadeiro colírio para os olhos de todos nós que trabalhamos todos os dias e sentimos stress o tempo inteiro.
Muitas retas, muitas subidas, muitas decidas... Downhill da Santo Antonio... fabuloso... a adrenalina em alto nível o tempo inteiro, até chegar na estrada principal da Fazenda Marajó, acesso principal a um dos lugares mais bonitos da região "Vale do Jaguaricatú" quase 15km de Cannyon acompanhando o Rio Jaguaricatú... de visual maravilhoso, mas de alto nível de dificuldade, BARRO da cabeça aos pés para quem gosta de sentir na pele a natureza, e para finalizar uma linda cachoeirade uns 30 metros de altura, uma visão exuberante.
Os dois grupos se diviram e se despediram na divisa da Fazenda Mocambo, na parte mais alta do Vale e a Nem Que Chova tomou o rumo de itararé e nós Mazobikers o rumo de Sengés.

Senti muito pela presença de alguns Mazobikers que falaram que iam, mas em cima da hora desistiram. Não dá nada pois esse foi o
primeiro de vários ao lado da galera da Nem Que Chova.

Amigos da Nem Que Chova, foi muito 10 estar ao lado de vcs curtindo este pedal punk e peço desculpas em nome dos Mazobikers por qualquer coisa.

Galera um imenso abraço a todos da equipe nem que chova e a todos os Mazobikers de plantão.

Pedal "Jaguariaíva/Sengés (Vale do Jaguaricatú) Mazobikers/Nem Que Chova



Aeee Pessoal, Blz!!
Ficamos muito contentes com o convite da equipe "Nem Que Chova" da cidade itararé para um pedal de longa distância partindo daqui de Jaguariaíva até a cidade de Sengés, mais precisamente até o Vale do Jaguaricatú, serão em torno de 80 km de pedal. Esse é o melhor jeito de se curtir a natureza!
Esse evento fica para a história como um marco de início de muitos pedais a serem realizados com a galera da região.
Pois é estou abrindo esta discusão através dos comentários do blog para combinarmos o pedal.
E confirmar a galera que irá participar dele. Quanto mais ciclistas juntarmos, melhor será!!!

Durante a semana, conversamos através do blog para combinarmos o pedal.

Abraços a todos!!! E Pedal na Veia!

Fotos do fundo do baú!!! Um lugar novo para vcs conhecerem!!

Aeee pessoal, pois é, enquanto estou me recuperando do tombo, vascolhando as fotos, achei algo muito importante. Um pedal de final de semana que o Renato (Pira, eterno mazobiker) e eu fizemos em direção a Cachoeira do Rio Butiá. São uma sequencia de 7 cachoeiras, a última e mais bonita, desemboca no Vale do Codó. Esse canto do mundo tem cada lugar um mais belo que o outro. O potêncial turistico de Jaguariaíva é imenso, rezo para que um dia os políticos e o comércio local e a nova rede de hotéis que estão surgindo acorde para isso, pois não é só as indústrias podem gerar empregos, mas a exploração da beleza visual da região através do turismo, geraria muito mais empregos, além de criar um marketing do que nossa região tem a oferecer...

Um imenso abraço ao meu mano Renato (Pira) e a todos os Mazobikers de plantão e a toda a galera que prestigia o BLOG.

Para ampliar as imagens basta clicar sobre elas!





































Pedal Jaguariaíva/Sengés/Jaguariaíva 07/06/2008

Aeee galera,

Estamos ai na ativa novamente, estou quase 100% depois do susto!!! Um tombinho mais ou menos, caido a duas semanas atrás, no trecho mais punk do "downhill das cobras" aqui em jagua! (Trocador de marcha direito estourado, Velocimetro quebrado e perdido, Ralado fundo e Corte de uns 5 cm no braço esquerdo e ralados no joelho esquerdo e braço direito e foi por pouco que não vai algumas costelas pro saco! rssss tem que rir pra não chorar pois o pegada foi seca), num da nada, mais umas duas semanas, pedal na veia novamente!

A galera foi para sengés este final de semana, (Adriano, Polaco, João Ricardo, Fábio Henning e Beto), disseram que o pedal foi massa. O Fábio e o Beto não encararam o pedal completo, ainda não sei o motivo...
O pedal começou as 9 da matina, o ponto de encontro foi na casa do Polaco. Somente o Adriano, João Ricardo e o Polaco fizeram o percurso completo, 84km de pedal.
Hehehe por incrível que pareça a parada no posto da padroeira em sengés parece que foi só para reencher as garrafas com água e retorno em seguida, pois antes da 12:00 a galera já estava novamente em Jaguariaíva!

Vou ver com a galera que foi... se tiver fotos, postarei em seguida!!!

Abraços a todos!